quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Análise FC Porto 0-5 Liverpool - Bem, Siga...


Bem, assim foi. Vamos recuperar animicamente a equipa e andar para a frente. Vamos aguentar o gozo dos outros, sempre com a certeza que fomos melhores que todos os outros portugueses. Adiante. É o que é. Siga.

38 comentários:

  1. Boa noite Portistas tristes e desiludidos como eu.

    Siga? Que remédio. Agora não vamos esquecer o que se passou hoje no Dragão.

    Esta foi a pior derrota de sempre em casa para as competições europeias, e aquilo que me apetece dizer é "Ó Sérgio Conceição vai para o Carvalho"

    Eu bem sei que Jogamos contra uma equipa com um andamento muito superior, isto já para não falar em orçamentos, mas porra, nós já jogamos contra Chelsea, Arsenal, Bayern Munique etc e até vencemos. Hoje a equipa foi mal estruturada e sabendo-se que o forte do Liverpool é o contra-ataque, então para quê permitir espaços e jogar de forma aberta como o fizemos abrindo espaços nas nossas costas? Eu sei que Danilo Pereira fez falta, mas SC e o nosso Presidente teve em Janeiro a oportunidade de arranjar um substituto que pudesse fazer o seu papel. Na Champions nem um Real Madrid prescinde de um Casemiro e quando ele falta a equipa ressente-se. Com o FcPorto é a mesma coisa e sem Danilo perdemos a ancora que socorre os dois centrais. Não podemos jogar sem ele e ponto final.

    Quero também dizer que eu não compreendo a titularidade de José Sá nestes jogos a doer. Casillas pelo o que representa continua a ser o melhor guarda-redes do FcPorto e só não joga porque a estrutura não quer.

    Para finalizar, é por estas e por outras que continuo achar que mais vale jogar a Liga Europa ou cair para essa competição. Aí sempre podemos aspirar a mais do que que aquilo que podemos fazer na fase a eliminar da Champions.

    Venha daí o Rio Ave. Agora só espero que os jogadores se lembrem que o mais importante é o campeonato e que tem de dar 200% dentro do campo pois já sabem que jogaremos contra tudo e contra todos.

    Estou triste e desiludido.

    Saudações Portistas

    11DruLoVic

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas.
      Querias o quê? Ser campeão europeu?! Estatisticamente, as equipas portuguesas têm muitas dificuldades contra equipas inglesas. Ainda para mais, quando apanhas um Lverpool que este ano é uma máquina de fazer golos! Quando não tens dinheiro para contratar seja o que for! E tens jogadores como Danilo magoado e Felipe castigado!

      Não há milagres! Vamos lá parar com o 8 e o 80, do sermos bestiais e bestas! Nunca tive ilusões!

      Já todos percebemos que esta é a forma de jogar das equipas do SC. Se não estão contentes, mandem vir o Lopetegui (o que ganhou ao Bayern mas levou 6 batatas fora), ou o NES! Provavelmente teriam mamado menos, porque jogariam a defesa, mas não teriamos uma equipa tão competitiva como hoje temos.

      O José Sá era o maior, agora já é uma besta? Cometeu alguns erros mas já vi o Casillas a dar perus, frangos! E se queres o Casillas, paga-lhe o salário!

      O problema meu amigo, não é o SC, o problema é o teu presidente ter andado a deitar resmas de dinheiro ao bolso/lixo, ao ponto de hoje não ter um tostão para arranjar jogadores de jeito! Substituir o Danilo? Como o Real Madrid? Não me faças rir! Arranjas tu o guito?!

      Abraço.





      Eliminar
  2. E Sérgio Conceição preparar os jogos, não?

    ResponderEliminar
  3. Acho que a única coisa a dizer é apenas de que não gostava de estar na pele dos jogadores do Rio Ave no próximo domingo.

    Oupa caralho!

    ResponderEliminar
  4. Boa noite Jorge Vassalo

    Para mim e uma derrota dura com vários culpados e de varias formas.

    Neste jogo previa que jogasse Osório, e porque?

    Nao ter um 6 posicional num jogo destes paga-se caro (Mourinho metia la o Costinha, Jesualdo o Assunção e depois o Fernando).
    Nos tínhamos o Danilo lesionado, não tínhamos Felipe para colocar o Reyes a 6, mas sempre esperei que jogasse Osório, ate pela dimensão física do adversário.

    Nao foi essa a escolha do SC, e começamos a jogar em 424 ou 4231, mas só com 2 homens no meio, com o problema de Marega estar com metade da intensidade que já teve (não ganhava uma em velocidade), com Brahimi fora de forma , a acusar claro desgaste físico e Otávio a fazer 3 jogos em 7 dias depois de 2 meses parado, aja fé no Soares na frente.

    Tínhamos de jogar em 433 na champions, nem que fosse o Oliver o 3º médio (pode não ter a intensidade que o SC quer num esquema de 2, mas jogando com 3, porque não?
    Ele que entrou muito bem contra o Sporting na taça da Liga quando Danilo se lesionou)...

    Na fase de grupos os jogos com 2 médios foi o caos, com 3 resultou, porque mudar num jogo a eliminar?
    Ate porque se estivesse a correr mal, dava depois para alterar e meter mais um homem na frente, assim jogamos sempre da mesma forma, com um adversario forte em transiçoes rapidas...

    Aqui acho que o adjunto do Klopp ganhou de goleada na tactica, perto do fim da para perceber que o Klopp lhe diz algo depois do 5º golo, deve ter sido do género ("Eles jogam sem um 6 posicional...").

    Iker vs José Sá, Iker também falhou com o Besiktas, e acho que falhar todos falham, mas Iker transmite outra segurança a defesa, principalmente nestes jogos, mas SC não vê assim, tenho pena, acho que Iker merecia mais...

    Depois realço que nestes jogos jogar com pesos pluma, mas sem qualidade na posse de bola, pedindo aos jogadores para andarem num corre corre contra uma equipa que tem na intensidade um dos seus pontos fortes e um erro crasso...
    O problema foi fazer isso durante 90 m. sem plano B.

    No nosso campeonato funciona porque cá somos nos que temos mais intensidade, la fora temos de ser matreiros, espertos (e nisso Mourinho com a idade do SC já tinha de sobra...)...espero que aprenda rápido...

    Depois a situação dos jogadores a jogarem nos limites físicos, Marcano regressou mas estava lento, Marega anda a gasóleo (e tecnicamente já se sabe...) e Brahimi esta cansado e Otávio sem pernas para mais de 45m...

    Foco nas competições internas, teremos dias duros pela frente, e teremos 3 jogos para ganhar no espaço de 7 dias para o campeonato.
    Espero que joguem os jogadores que demonstrem ter carácter e que estejam bem fisicamente, pois já contra o Rio Ave vai ser preciso intensidade alta (pois eles são bons de bola...)

    Abraço, Gil Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gil Lopes!

      Evidentemente que o calcanhar de Aquiles da equipa esteve na defesa:
      O José Sá intranquilo, Marcano sem ritmo, Reyes macio; no meio campo só Herrera tem velocidade para ombrear com os ingleses, pois Sérgio Oliveira que até é bom tecnicamente mas é lento de pernas e a executar. Outra evidência foi a diferença da velocidade de pernas e de execução entre os de Liverpool e os portistas, aqueles chegavam sempre primeiro à bola. Também acho que dadas as impossibilidades de Danilo e Felipe; e o poderio do meio campo e linha avançada do Liverpool; o Osório devia ter jogado para reforçar a defesa.
      E na linha da frente também fez falta um Aboubakar em boa forma.
      E ainda situação incrível, como é que a defesa do Liverpool conseguiu fazer sempre a circulação de bola à vontade?! Porque faltou aos avançados e médios azuis e brancos estofo físico para contrariar essa estratégia. Ponto.

      Abraço,
      dragaoatento.blogspot.com

      PS - Amigo a minha desilusão é tanto ou maior do que a tua...

      Eliminar
  5. A diferença está no ritmo do futebol inglês
    No fim dos primeiros 45' já perdíamos por 2-0
    Apesar de José Sá parecer ter sido mal batido no 1º e a desorientação da defesa portista no 2º golo...!
    Este é já um velho problema do futebol português que nunca se deu bem com: o ritmo, a velocidade e a capacidade de choque do futebol inglês...
    Esmagados pelo Liverpool
    Conclusão: os dragões jogam a 50 e os ingleses a 100 km à hora
    Destaques pela negativa
    O Liverpool ganhou o jogo quando quis e como quis...!
    José Sá teve hoje a pior noite da sua carreira no FC Porto
    A defesa portista nunca conseguiu segurar os avançados do Liverpool.
    No meio campo portista só Herrera tentou e conseguiu por vezes realizar algumas boas jogadas. Sérgio Oliveira por seu lado, é bom mas para consumo interno. É lento, tanto de pernas como a executar, na Champions League contra adversários rápidos e possantes não vai lá.
    Quanto aos avançados portistas Brahimi, Soares, Otávio e Marega , muito marcados pelos defesas e centro campistas ingleses (de cada vez que a bola ia para uma avançado azul e branco era imediatamente assaltado por um enxame de contrários), e ainda mal servidos pelos organizadores de jogo portistas, nada puderam fazer...

    Saudações portistas
    Armando Monteiro
    dragaoatento.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Doeu e Doeu muito...

    Não percebi porque raio entrou o Otávio, que parece a nova coqueluche do treinador, quando precisamos de um jogador a meio campo para ajudar o Herrera e o Sérgio Oliveira naquela batalha... Oliver ou mesmo André André teriam dado muito mais a este jogo que Otávio alguma vez poderia dar.

    Depois do 1-0 sofrido daquela forma o jogo acabou... notou-se claramente uma série de jogadores a baixar os braços de desilusão e veio o 2-0 e já não ouve recuperação possivel.

    Brahimi foi dos que mais isso se notou, fora jogadores que fizeram exibições para esquecer (Sergio Oliveira ou Marega).

    Enfim... num resultado de 5-0 não existe muito para dizer a não ser que realmente o dinheiro está a matar o futebol e se à uns anos atrás, ainda tínhamos armas para lutar, hoje em dia é esquecer...

    ResponderEliminar
  7. Por onde anda o Nhaga?
    Com mais oportunidades de golo, e menos jogadas de perigo concedidas, lembro-me do Dortmund perder com os mouros.
    Hoje, apesar de a derrota ser merecida, o Liverpool finalizou 100% das jogadas de perigo. Ou 90, se considerarmos aquele corte na queima do Marcano.
    Números exagerados àparte, exibição desastrosa da nossa equipa.

    1. Porquê manter Marega nesta fase da época? Contra as equipas do nosso campeonato, são por demais conhecidas as dificuldades do Maliano, conseguindo com o físico disfarçar as debilidades. Contra uma equipa anos-luz superior às portuguesas, só mesmo por fé, fezada, teimosia ou loucura é que se poderia esperar algo mais do que termos passado 90 minutos a jogar com menos 1.

    2. Duas boas exibições de José Sá nos últimos jogos não disfarçam que devemos ser um caso único no mundo em que preferimos ter no banco o melhor guarda redes da equipa. No comments...

    3. À excepção do primeiro golo, que resulta de asneira forte do Sá, nos outros 4 temos o Reyes, Marcano e o Alex a apanharem com 4 atacantes pela frente. Onde andava o resto da equipa? S. Oliveira? Herrera? Ricardo? Absolutamente comidos na transição. Volta rápido Danilo.

    4. Será que os jogadores do FCP estavam a pensar na noite com as mulheres e namoradas? Não me lembro de ter visto um Porto tão macio e pouco agressivo como esta noite.

    Já sabemos que vamos ser gozados.
    Na RTP, exceptuando o Postiga, os rostos de felicidade diziam tudo...

    A verdade é que ninguém estava a pensar ganhar a Champions, pois não? Por isso o importante é tratar de ganhar o campeonato e a taça que isso é que nos dá felicidade. Se conseguissemos uma vitória qualquer em Liverpool era fantástico. Senão, é não repetir esta miséria.

    Cumprimentos Portistas

    ResponderEliminar
  8. É impressionante!
    Passei os olhos pelos sites e blogs do nosso clube e não me apercebi de um único comentário portista sobre o responsável, o culpado por esta vergonha, Pinto da Costa.
    Sinto um ar de déjà vu que parece anunciar a repetição das últimas tragédias.
    O que li?
    Frustrações pelo jogo de hoje!
    Como?
    A sério? Só de hoje? Aves, Moreirense, Estoril e até outros jogos que acabamos por vencer por larga vantagem.
    O plantel do FCPORTO não tem qualidade, o treinador só manda bazófia e o tarado do presidente apenas se interessa pela sua vida luxuosa e da sua familia à custa dos sócios do clube.
    Venha outra gaja e mais uma mansão na Foz.
    Em Maio há tempo para criticar o homem!
    Isto, já não é ignorância, é burrice da grossa.



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, amigo e alternativa ao Pinto da Costa? Quem sugere?
      Fico a aguardar que descubra a pólvora...
      Cumprimentos portistas
      dragaoatento.blogspot.com

      Eliminar
    2. Cartilheiro? Não há substituto para Pinto da Costa?
      Por vezes, penso que o Pedro Guerra frequenta este espaço. Pelo menos, os discursos são similares!
      Aprendam a conviver com o contraditório! Ou são os tais "profissionais do assobio", a quem se refere Pinto da Costa?
      "Sim, querido presidente".
      Nós é que somos portistas porque dizemos amém consigo.

      Eliminar
    3. Estás a falar de gajas, mansões na Foz ou de futebol?
      É que falas em contraditório, mas os contraditório desses assuntos ou são no Paganini ou na Remax, a não ser que sejas travesso.

      Eliminar
    4. Se há não sabemos, pela minha parte gostaria de saber na sua opinião quem poderá ser. O que é certo é que ainda não apareceu um candidato com coragem para enfrentar Pinto da Costa nas eleições.
      Deitar "bolas fora" é fácil, difícil é apontar soluções...

      Eliminar
  9. PARTE 1
    Olá Jorge! Pois.... de facto a imagem diz tudo. És minha testemunha de como devo ser dos gajos que mais vezes lembra que a ida do Sá para a titularidade é uma burrice. Uma burrice completa e sem explicação de tão óbvia que é. Ele não tem andamento para ser o GR de uma equipa como a nossa! Está visto. Quantas mais vezes é preciso Sá enterrar para o treinador ver que ele não tem estofo para ser o nosso GR titular??!!!

    Em 25 minutos conseguiu por 4 vezes colocar mal a bola em jogo. À quarta foi de vez e depois de mais uma reposição de bola mal efectuada, surge o remate à baliza e cúmulo da incapacidade do nosso GR, como se não bastasse, ainda decide dar um frango numa bola defensável. Não me lixem. Enquanto SC mantiver este o Sá na baliza vai ser um ai jesus!!!! Ainda só não se notou mais a sério no campeonato devido ao flagrante desnível entre equipas. É péssimo a jogar com os pés e entre os postes não é nada de especial. O quarto golo mostra isso mesmo.

    Lembram-se de uma série de jogos no Dragão (há não muito tempo) em que a primeira jogada de ataque de uma equipa mediana do nosso campeonato dava golo. Lembram-se daqueles jogos em que o Sá não fazia uma defesa, mas que de uma maneira ou de outra ia sempre buscar a bola dentro da baliza????? Pois..

    SC deu a entender que Casillas perdeu a titularidade por causa de 2 semanas em que não se aplicou como devia. Já Soares manda o treinador àquela parte e passado 2 jogos é titular! São critérios! Maus critérios, mas mesmo assim... critérios. Saúdo o que se passou com Soares, e que o treinador lhe tenha concedido uma segunda oportunidade, o que acho que está mal é o que se fez com Casillas. Não tem justificação. É um desaproveitamento total de um activo. É um insulto a tudo o que representa Casillas e ao seu passado.

    A defesa mais segura que esta equipa teve foi a de início de campeonato... precisamente com Casillas. Um guarda redes experiente e vencedor como é Casillas não é só uma mais valia entre os postes mas também fora deles, na voz de comando que dá à defesa e até à equipa.

    Em minha opinião existiu um jogo até ao minuto 25 e depois existiu outro a partir do minuto 29. É pelo elo mais fraco que corrente quebra e esse elo foi (como há muito eu previa) José Sá. E creio que a equipa acusou o golo ao ponto de ter ficado "zonza" e permitido pouco tempo depois o segundo. Parece-me evidente que este repentino "adormecer" da equipa deveu-se mais à forma como sofremos o golo e não ao golo em si. Não é difícil adivinhar o sentimento que reinava na equipa depois do primeiro golo e da maneira como aconteceu: descrédito total e a sensação de termos na baliza alguém que não está à altura da equipa e da competição.

    A equipa encaixa o segundo golo estando ainda a digerir o primeiro. Os jogadores pareciam ainda estar a pensar na forma ridícula como sofreram o primeiro golo.

    A sensação que tive durante o jogo é que a equipa não confia no guarda-redes. E convenhamos que não tem razões para o fazer até porque vêm Casillas como suplente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim Amigo, o José Sá falhou, mas eu acho que o JS só acelerou aquilo que se estava a adivinhar que era a equipa do Liverpool ser muito mais competente do que a do FC Porto, e, na minha opinião, nem com o Casillas lá íamos, de tão desamparado o goalkeeper estava...

      dragaoatento.blogspot.com

      Eliminar
    2. O José Sá tem comprometido?
      Com o Liverpool comprometeu. Tal como Marcano, Reys, Ricardo, Telles, Brahimi, Soares, Sérgio Oliveira, Herrera, Marega e sobretudo Sérgio Conceição.

      Eliminar
    3. O Aires diz que o Casillas é um Ferrari estacionado na garagem.
      Nunca lhe ocorreu questionar porque é que o antigo dono do Ferrari, pagou para que o tirassem da sua garagem?

      Eliminar
  10. PARTE 2:

    E assim, de um momento para o outro uma equipa que nada tinha feito, apanha-se a ganhar 2-0. Inacreditável. Se até ao minuto 25 as equipas estavam a medir-se, o que é perfeitamente normal em jogos como este, foram as nossas burrices a desequilibrarem a balança, e é a partir daqui que o jogo é outro, vindo a piorar na segunda metade.

    E piorou porquê? Porque Sérgio Conceição é um treinador emotivo que não pesou bem as consequências das substituições que fez: Tirou um homem de meio-campo e colocou mais um ala. Resultado: auto-estrada para o Liverpool fazer o que melhor sabe.

    Em vez de tentar minimizar a situação, SC opta pela jogada Kamikaze. Não entendo às vezes esta obsessão pelo 4x2x4. Será que SC pensa que um 4x3x3 é conservador ou pouco ofensivo???!!! Credo! E assim SC optou por jogar tudo numa táctica que à partida tinha pouquíssimas hipóteses de dar certo, sendo que até o mais certo seria ampliar o resultado e ainda aprofundar mais o desnorte da equipa. E foi exactamente isso que se verificou!

    Somando tudo: Para mim os principais culpados desta derrota HISTÓRICA são José Sá e Sérgio Conceição. Se um esteve na origem do desnorte da equipa, o outro através das suas opções ainda mais o amplificou! Não foram os únicos culpados, mas foram para mim, sem sombra de dúvida os principais.

    UMA ÚLTIMA QUESTÃO: Disse SC na conferencia de imprensa após o jogo que tirou Octávio porque este acusava fadiga muscular. Acho isto incompreensível numa equipa profissional de futebol de alta roda. Então recuperam o jogador de lesão à menos de 2 semanas, ele joga a titular no passado Domingo e depois na quarta o treinador tem de o substituir por fadiga muscular???!!!!! Só podem andar a brincar! Isto sim, é preparar mal um jogo!

    O FUTURO: Domingo, usar a raiva e azia desta derrota e trocidar o Rio Ave para na próxima quarta-feira, novamente com garra e uma grande vontade, anular o erro de José Sá e conseguir ganhar ao Estoril nos segundos 45min, para assim aumentar a vantagem sobre Sporting e Benfica para 5 pontos. Nesta altura do campeonato seria uma vantagem muito boa. É o que eu chamaria ficar com o campeonato na mão.

    De uma vez por todas que acabe a instabilidade na baliza. Estou farto disso. Farto. Tenho uma sensação de insegurança sempre que a bola vai enquadrada à nossa baliza. Espero que não seja preciso perdermos pontos valiosos e a meia-final da taça de Portugal por causa de erros do GR para Sérgio Conceição admitir que devia ter optado por Casillas. Aí já será tarde.

    SC está a fazer até agora um muito bom trabalho, uma época acima das expectativas, e isso é um dado adquirido. É grande o potencial e rendimento que a equipa já demonstrou, e, será por isso terrível se depois de todas as batalhas que temos ganho, a equipa não conseguir conquistar nenhum troféu! Repito: Será terrível.

    Confesso que pelo trajecto efectuado até agora no campeonato, será uma ENORME e GRANDE frustração se este não conseguirmos vencer.

    ResponderEliminar
  11. Sobre a questão José Sá vs Casillas não vou dar para esse peditório pois não concordo com ela. Casillas tem um grande historial e tem grandes qualidades, mas também dá os seus frangos... é não são assim tão raros como alguns preferem omitir. José Sá é um jovem e que tem de evoluir bastante ainda, mas que tem pontos melhores que Casillas nomeadamente saída aos centros isso é evidente. Portanto não vou discutir as opções do treinador e acho que reduzir os problemas de ontem somente à baliza é fazer tábua raza do que foi o nosso adversário e o jogo.

    Agora é passar a fatura ao Rio Ave e acreditar nesta equipa até ao fim.

    Abraços

    ResponderEliminar
  12. O FCPorto que investiu 1 milhão em contratações, mais que cumpriu a sua obrigação ao qualificar-se para os oitavos da Champions (24 milhões ganhos). A título de curiosidade aonde se encontram nesta competição o campeão belga, romeno, holandês, russo, austríaco, polaco, húngaro, grego, sueco, norueguês, finlandês, islandês, irlandês e dinamarquês?
    Esta Liga dos Campeões em pouco tempo vai tornar-se na liga dos mamões (Ingleses, Alemães, Espanhóis um ou outro Francês, um ou outro Italiano e mais nada).
    A Liga Europa segue os mesmos passos ainda que de forma mais lenta.
    Os pequenos clubes europeus que juntem esforços para acabar com esta situação, pois de outra forma vão terminar a jogar ao bilas.
    Pode dizer-se que o campeonato português podia ter mais qualidade, mas sem descentralização e justiça esqueçam.
    O mais importante é que o FCPorto seja Campeão Nacional.

    ResponderEliminar
  13. Jurgen klopp estudou o F. C. do Porto.
    Sérgio Conceição foi à sebenta para ver o que o seu ídolo Jorge Jesus costumava fazer.
    O resultado espelha o trabalho dos treinadores.
    O Liverpool não é tão forte como o tentam agora pintar, nem o F. C. do Porto é a miséria que ontem se viu.

    ResponderEliminar
  14. Grande desilusão. Culpados? Eu que sou um apaixonado e sonhador...
    Esperemos que não haja réplicas...
    Abraço
    Manuel Magalhães

    ResponderEliminar
  15. Rapaziada, curto e grosso:

    - Projecto, projecto, projecto. Uma equipa semi-experimental contra um colosso tactico.
    - Sergio, pa! Caralho, pa! Estas farto de saber que contra gente desta tem de ser 4x3x3, de la por onde der.
    - Vamos ser campeoes. Podem escrever que eu disse isto. Agora sejam Portistas ate debaixo de agua e ajudem os rapazes a levantar aquelas cabecas, receptaculos prontos para os louros finais.

    E ainda vamos a Anfield salvar a honra.

    ResponderEliminar
  16. um descalabro completo. SC espero tenha percebido que nao preparou bem o jogo ao contrario do alemao. Para ganhar ao liverpool ou a outros do generoi com este tipo de jogo tem os jogadores de esta todos no topo. Alias com o chaves aconteceu um pouco do que o liverpool fez, a potencia fisica nao chega nestes jogos, brahimi nao tem pedalada para a liga inglesa, corona tadito que quem precisa. Bruno costa e nesta altura superior a sa e dalot a ricaedoi pereira, manias. Nestes jogos e que se percebe a frustaçao do grande profissional e homem que e casillas. SC tem muito de aprender, hoje para termos um resultado decente tinhamos de jogar a fernando santos, como carvalhal por exemplo. Os jogadores que estao na bancada ou sistematicamente no banco nao me venham com historia de que entram com toda a vontade. SC AINDA NAO GANHOU ABSOLUTAMENTE NADA, PERDEU MISERAVELMENTE PONTOS NAS AVES , NO MOREIRENSE E ESTA A PERDER NO ESTORIL ATE A SECRETARIA NOS DAR OS TRES A ZER. Sa esta a transformar se numa desgraça franciscana, mais um frango, nervoso, enfim..... SC ESTAVA MUITO PREOCUPADO PORQUE PERCEBEU QUE A JOGAR ASSIM EM PORTUGAL ATE PODE DAR MAS E PRECISO ACRESCENTAR MAIS CAPACIDADE TECNICA A EQUIPA, METER PACIENCIA COM QUATRO A ZERO E A 10 MINUTOS DO FIM NAO E DE TREINADOR SERIO, QUANDO MAREGA ANDAVA A PASSEAR E BRAHIMI IDEM. Afinal em jogos a serio danilo faz falta porque nao jogou osorio??? teimosias do treinador. O LIVERPOOL LEVOU O JOGO A SERIO A LIÇAO CARVALHAL SERVIU, NATIRALMENTE ESTARIA A ESPERA DO MESMO TIPO DE JOGO MAS FOI LHE APRESENTADO UM JOGO FACIL PARA QUE OS SEUS JOPGADORES APARECESSEM AOS 3, 4 E 5 NA AREA. A equipa falhou e o treinador falharam. AGORA ENTRAR COM O R AVE A SERIO PORQUE PROVAVELMENTE TEREMOS O CAPELA E SE SOFREMOS PRIMEIRO A COISA FICARA MUITO NEGRA.

    ResponderEliminar
  17. Perder contra quem é muito melhor e participa numa liga que respeita o futebol não me envergonha. Só temos a aprender.

    ResponderEliminar
  18. Ha jogos assim, a verdade é que eles jogam com muito criterio. Meia duzia de remates e 5 golos. E tinhamos meia equipa numa forma lastimavel.

    ResponderEliminar
  19. Após uma banhada enorme de chuva, antes e depois do jogo, face ao local da cidade em que estive instalado sou contemplado pelo meu clube com o pior resultado internacional de sempre no Dragão . Ainda agora não me apetece comentar nada sobre o jogo . Siga...No final da época faz-se o balanço. Sobre a situação da baliza já comentei no pós-Leipzig da 3ªjornada e a semana passada após a 1ª mão da meia-final da Taça . Não concordo com nada do que se tem feito mas é o lobby para a promoção do José Sá (S.Conceição, Pinto da Costa e quiçá Fernando Santos) quem manda . Agora temos 2 jogos decisivos para reverter isto : Rio Ave e Estoril . Um abraço.

    ResponderEliminar
  20. Ena! tantos! Se ao menos as caixas de comentários estivessem assim cheias quando GANHAMOS!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Costuma ser assim, pelos piores motivos. Todavia, neste caso penso que é diferente. Trata-se dum acontecimento absolutamente extraordinário na vida do Clube (igualmente pelos piores motivos...). Naturalmente que suscitaria muitos comentários.

      Eliminar
  21. É nestes momentos que se percebe o quão grande é este amor! E incondicional. Se há prova de que está a existir um grande trabalho é o apoio no final do jogo. Mérito do Sérgio e desta equipa que a maior parte duvidava desde o início da época, eu incluido. Fodasse, eu dei por mim em momentos da época a pensar "Caralho, foi o Marega que fez isto, que jogador que ele está a ficar. Agora é a fase do Sérgio Oliveira, o Sérgio !!!, aquele jogador que quase todos nós oferecíamos facilmente como moeda de troca ao Nantes na vinda do Conceição. E isto não quer dizer que acho que temos que concordar com tudo. Eu há muitos coisas que não posso dizer que concordo porque eu nem sequer as percebo. Não percebo o caso Sá-Casillas (onde eu escolheria o Casillas porque não devia existir outra possibilidade tendo em conta o nosso leque de GR, mas crlho, o Sá também nos safou em momentos chave como em Braga e mesmo em Chaves. Tremeu?, oh se tremeu, mas não se pode viver constantemente nesta dicotomia Grande jogador/Pior Jogador) como não percebo o "caso" Oliver. Mas há uma coisa que eu percebo, percebo que somos uma equipa defensivamente e mesmo ofensivamente (os golos de bola parada não nascem de cabeceamentos do Brahimi, do Corona ou do Ótávio) muito inferior sem o Felipe e sem o Danilo.
    Claro que eram escusadas as 5 batatas em casa, mas estamos em ano reset com contas e dividas para pagar, e ainda assim passamos a fase de grupos da champions, estamos em primeiro com todo o mérito, bem posicionados na taça de portugal e fartos de martelar em grande parte das equipas do nosso campeonato. Porque é isso que nós somos, uma equipa de martelar o adversário. Perdemos porque houve uma equipa que aproveitou muito bem o que lhes demos e foi um justo vencedor. Agora é marcar os 5454546 golos que falhamos no ultimo jogo com o Rio Ave, dar a volta no Estoril e mostrar aos adversários que podem ir gozar é com o crlho!

    Btw, sou daqueles que ouço o " A Culpa é do Cavani" e leio o Porto Universal quase religiosamente, e já agora Parabéns pelo teu trabalho e dos teus colegas. Normalmente não costumo comentar mas deve ser contágio do espírito de união que se sente novamente no nosso grande, gigante clube.

    Um abraço e Viva o Futebol Clube do Porto!


    Fábio Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa Fábio, já somos 4 a ouvir o Cavani. ;)

      Eliminar
  22. Jorge!
    Vê lá se te dás ao trabalho de escrever nem que seja um olá no dragaoatento

    Abraço

    ResponderEliminar
  23. Ainda a propósito de José Sá!

    "De acordo com dados da Opta e do site Goalpoint, José Sá tem apenas 50 por cento de remates enquadrados defendidos na Liga dos Campeões, o que o torna no segundo guarda-redes com pior registo neste capítulo, atrás apenas de Brad Jones, do Feyenoord, eliminado na fase de grupos. Por sua vez, o registo de Casillas na Champions de 2016/17 foi de 75 por cento de defesas em remates enquadrados."

    Este tipo de dado é esclarecedor. Não gosto de bater em jogadores do meu clube, mas quando as escolhas me parecem completamente erradas não consigo deixar de criticar.

    ResponderEliminar
  24. Ok tira-se o Sá e coloca-se o Casillas.
    Mas quando o Casillas meter um frango, o que fazemos? Vamos arranjar um caso Varela para a nossa baliza?

    ResponderEliminar
  25. Pensando nas condicionantes da 2 parte do jogo com o Estoril acho que Sá, Dalot, Felipe, Marcano, Maxi, André, Sérgio Oliveira, Otávio, Corona, Gonçalo, Soares deviam ir a jogo, sendo que Reyes, Telles, Herrera, Oliver, Paulinho, Brahimi, Waris, Marega deviam começar no banco.

    ResponderEliminar
  26. Acho que no final do jogo se esqueceram de cantar "Pinto da Costa allez"!

    ResponderEliminar