segunda-feira, 7 de novembro de 2016

O Que Ganhamos


Depois do empate de ontem, é um erro pensar que se perdeu algo mais do que os dois pontos. Na verdade ganharam-se muitas coisas, no meu entender. A saber, creio que se ganhou o seguinte:
  • Ganhou-se uma equipa à Porto - Vi, finalmente, ao fim de todo este tempo, uma equipa completamente ligada, atenta, solidária, pressionante e intensa - pelo menos enquanto NES o permitiu. É certo que ainda não se sabe se é algo fugaz ou se é uma atitude em coerência, mas estou em crer que o será. Mais a mais, tivemos momentos de pura classe e um momento daqueles que - especialmente se formos campeões, como estou convicto que poderemos ser - figurará nos vídeos do grande Johnny Rabbit, por exemplo: o de Felipe a puxar pelos adeptos, cheio de Raça de Dragão.
  • Desmistificou-se e desmascarou-se a real valia dos coisinhos - Por muito que tentem disfarçar, por muito que os media dourem a pílula, a verdade é que trouxeram do Dragão um humilhante empate, depois de terem sido absolutamente pulverizados em 3/4 do jogo. Mostraram que são uma equipa pequena, com um pensamento pequeno e que, contra as equipas que não podem condicionar, mostram o quanto são ídolos de pés de barro. Não fora o excelente guarda-redes que têm e a nossa (ainda) falta de eficácia, teríamos hoje outro resultado do nosso lado. 
  • Nada está perdido - Ficou mais claro que faltam 24 jornadas e 72 pontos nessas jornadas. O nosso calendário, na teoria, também já teve os jogos mais difíceis, embora tenda a ser contra os Tondelas e os Setubals desta vida que nos lixamos. Os nossos adversários têm ainda muitos jogos difíceis pela frente e nós, jogando como ontem, temos todas as possibilidades do mundo de nos chegar à frente. Até ser matematicamente impossível, cabe-nos a nós lutar por tornar esses objectivos realidade.
  • Temos ainda (muita) margem de progresso - Rui Vitória apropriou-se das ideias e da grande parte dos jogadores do seu antecessor e tentou mudá-las. Quatro derrotas depois, voltou para trás. Basicamente copiou o modelo de jasus. Este, no sportem, pegou no eixo Rui Patrício - William - Adrien - João Mário e Slimani e dispôs o resto da equipa à volta deles. Não foi possível no FC Porto. Todos os anos mudam - e este não foi excepção - jogadores em todos os sectores e este ano até mudou a ideia e o modelo de jogo. Assim sendo, nota-se que se vão encaixando as peças e ontem já se viram as dinâmicas a aparecer. E estou certo que muitos de nós pensamos o potencial que poderá advir dalí. Bem sei que teremos vendas para fazer, já em Janeiro. Mas não me parece que o núcleo se quebre. E a ideia vai-se solidificando. 
São quatro aspectos que me parecem interessantes. Mas gostaria de fazer também umas perguntas que me parecem relevantes:
  • O que aconteceria se o FC Porto tivesse sempre o apoio de, pelo menos, 3/4 da massa adepta que teve ontem? Estou farto de ir a um Dragão despido. A Raça e o jogar à Porto é só para a equipa? Então e nós, adeptos?
  • O que precisa de fazer mais a equipa para convencer críticos? Que mais do que as capas da imprensa de hoje precisam os adeptos para perceber o quanto se mente nos media sobre o que se passa com o FC Porto? 
  • Não merecem os jogadores que os amparemos?
Convém ter presente que continuamos em guerra. Todos juntos. Por Amor ao Norte. À nossa Identidade. Ao Porto. Por Amor ao FC Porto! 

40 comentários:

  1. Quase 24 horas depois, ainda matuto sobre aquele ultimo lance.
    Foi o ambiente foi o jogo de equipa foi o apoio, mas aquele lance foi uma guilhotinada naquilo tudo.
    E hoje faz 6 anos desde os 5-0 e ontem só pelo banho de bola e se houvesse mais eficácia era o mesmo resultado.

    Espero que isto seja um ponto onde todos nós possamos de uma vez por todas perceber que esta equipa tem um potencial enorme, que com ambientes destes esse potencial é ainda mais exposto.

    Nem gosto muito de falar de justiças, mas este foi o julgamento mais falso que eu já vi dos últimos anos.

    Que este trabalho que se tem feito seja compensado no seu máximo.

    Este é a minha sensação hoje:
    https://www.youtube.com/watch?v=nq9j1qkj2Vc

    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haveremos de ter a compensação da injustiça.

      Abraço

      Eliminar
  2. Caro Jorge Vassalo, aprecio muito as suas crónicas e esta não foi excepção.
    Ontem, quando ao intervalo lia alguns comentários nas redes sociais, de adeptos a questionarem por que a equipa não joga sempre assim, apeteceu-me perguntar se os adeptos também têm sempre o mesmo comportamento de ontem. Quantas vezes o estádio enche como ontem? Cabe-nos sim a nós ajudar esta equipa e apoiá-la, que bem o merecem. Ontem não estive lá. Não faltou quem lá estivesse. Mas no próximo jogo se Deus quiser lá estarei para gritar pelo nosso Porto!

    ResponderEliminar
  3. Caro Jorge,
    O jogo de ontem não foi mais do que esta equipa tem andado a fazer.. Acredito que falta finalização, falta remate no tempo certo. Mas em construção tem sido isto! E não é nada mau! Para os adptos que diziam que o VP e o Lopetegui davam sono, aqui têm emoção até ao fim!
    Eu acho que ha muitos portista que já nem vêm os jogos, porque este novo portismo é terrivel, e ficam-se pelas capas e pelas observações daqueles que nos querem muito bem. Quando vêm jogos dos grandes ou "clássicos" ficam admirados da forma como equipa joga.
    Este Filipe foi uma belíssima aquisição, destaco mais aquela entrada de dentes serrados sobre o prodigio lampiónico, do que ele a puxar pelo público. Porque uma atitude daquelas merecia logo uma ovação sem ser necessário pedir!
    Um abraço, só falta 1/3 do dragão ser porto e o treinador aplicar o ser porto durante 90min

    ResponderEliminar
  4. Em relação ao post, concordo com o segundo ponto, realmente os coisinhos não jogam nada, vá borram-se todos e têm tido chouriços como ontem,quanto a ganhar uma equipa á porto espero que este empate não deite isso por terra e que deixemos de ser uma equipa bipolar, que tanto é capaz do melhor, como logo a seguir, ou até dentro do mesmo jogo do pior, quanto á margem do progresso, é mais facil progredir sobre vitórias regulares, do que com esta instabilidade exibicional,quanto a não estar nada perdido, acho que vai depender dos próximos 5 a 6 jogos da liga, a ver se conseguimos pelo menos recuperar nem que seja 2 pontos no mínimo,quanto ao apoio no dragão, é dificil ser sempre assim também por culpa dos preços altos dos bilhetes, quer sócios quer não sócios,depois esta politica de emprestimos de cartões também não é totalmente justa, pois já dei muito dinheiro a ganhar ao porto, quando entrava com um cartão de sócio sem ser anual, e pagava bilhete mais em conta como um amigo meu não ia, estava lá eu a apoiar, e o banco não ficava vazio e mesmo com os lugares anuais, não é preferivel que se deixe emprestar o cartão para haver mais público e o lugar não ficar vazio, quando um amigo ou familiar nosso não pode ir?, só aceito o caso de que tem lugar anual como menor, e quem o usa não é o filho é o pai, isso sim é injusto e prejudica o clube, tanto já dei 25 euros po porto benfas dos 5 a 0 , quando era śocio, como também dei 30 ou 35 contra o man united e mesmo sendo sócio foi carissimo, os adeptos devem apoiar a equipa sempre, quem tiver possibilidade para tal e não só os clássicos e guardar o assobio, mas também o clube tem de rever a politica dos preços e fazer mais promoções, como com o limianos que tavam 35 mil pessoas,ou quem é socio poder comprar 2 bilhetes a preço de sócio por ex, é a minha opinião, já tenho saudades de ir ao Dragão, mas de momento só se for a uma taça da liga ou taça portugal, com uma equipa mais fraca, e como eu há muitos portistas, pois por mais que se que goste do clube, o dinheiro não dá pra tudo, e mesmo algumas pessoas quem tem lugar anual, fazem sacrificios para o ter e nada contra isso, se o clube quer estádio mais composto nos outros jogos tem de baixar o preço dos bilhetes e fazer as tais promoções que referi mais vezes. abraço
    João Moreira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro João Moreira, há sempre bilhetes mais baratos nas laterais, centrais e topos...

      Abraços.

      Eliminar
    2. João, o lugar anual é transmissível na mesma faixa etária.

      Abraço

      Eliminar
    3. É transmissivel apenas a quem é sócio da mesma categoria , li agora no site,eu de momento não sou sócio, por isso já não me podem emprestar o cartão algum amigo que tenho e familiares meus, pois serei barrado na entrada, não acho justo, repito, qual é o mal de quem paga lugar anual, quando não pode ir emprestar a um portista?, abraço. joão moreira

      Eliminar
    4. Caro filipe Ferreira, isso é verdade nos jogos com as equipas mais fracas, e se não quiser ver atras da baliza ou num canto, e não digo bancada central,mesmo assim já vai prós 15 a 18 euros, eu que queria que o meu irmão fosse pela primeira vez ao Dragão e comigo, vai ter de ser mesmo na taça da liga.

      Eliminar
    5. Todos os preços não-sócios são mais caros, mas sou capaz de apostar consigo, João, que esta coisa de se barrar à entrada não acontecerá.

      Abraço

      Eliminar
    6. Caro Jorge mas é o que diz no site, quanto aos bilhetes nao socios e normal que sejam mais caros mas nalguns jogos podiam baixar pra em vez de estarem 25 mil estar 30 ou 35 mil. Assim sendo vou continuar a apoiar o clube em casa a la inacio. Abraço e que quem for ver que guarde o assobio no bolso. Abraço

      Eliminar
    7. Pois, a verdade é que já falei disso aqui. Ontem, naturalmente, não, mas noutras ocasiões, como os próximos jogos no Dragão, aquilo que fizeram com o Roma, ou seja, lugar anual poder adquirir outro a preço de sócio.

      Abraço

      Eliminar
  5. Não querendo ser desmancha prazeres e porquê a azia ainda não me passou...


    "Ganhou-se uma equipa á Porto"...

    Por quanto tempo? É que não me parece que o Nuno aposte consecutivamente já nos proximos 3 jogos fora de casa (Chaves, Copenhaga e Belem) numa equipa com tracção á frente.

    Sendo que são jogos em competições diferentes e todos decisivos, sim, para mim, aumentar da distancia no campeonato pode ser decisivo para o desfecho final...

    Jogamos em 433 ou 4132 ontem?
    Para mim foi importante a dinamica conseguida no jogo, sempre em busca do golo, faltou foi mais rotinas e CLASSE na execução das jogadas, mas os 5 da frente são novos e ainda dou desconto pela juventude que todos têm...

    O problema é o EQUILIBRIO no jogo, ontem foi facil motivar o onze para este jogo, e no proximo em Chaves, será que os jogadores estarão motivados para dar o litro...
    Pois, tenho duvidas, é só ver as declarações do André Silva antes do jogo da Champions na semana passada...



    "Desmistificou-se e desmascarou-se a real valia dos coisinhos"...

    Pois, mas isso de jogarem pouco ou muito não afecta a classificação final dos ultimos 3 campeonatos...

    Não me esqueço da forma como o benfica ganha na maior parte dos jogos fora de casa, arbitragens e equipas contrárias a jogar aberto...
    Sempre a facilitar quando jogam com eles, seja porque recebem indirectamente por fora (pagamentos ordenados em atraso, casos do setubal e belenenses), seja porque o benfica lhes contrata jogadores para ver os jogos facilitados, todos sabemos disso, só que se fosse a Norte estaria na CS, a sul não se passa nada...


    "Nada está perdido"...

    Pois, ai, e olhando para o passado, perdoe-me, mas sou pessimista...

    Seria mais optimista se tivessemos ganho, ou se simplesmente o NES tivesse acertado nos jogadores cansados nas substituições, e não nos que estavam a levar o jogo para frente ou simplesmente a equilibrar o jogo, como o Oliver, depois dele sair e com Octavio cansado, faltou quem pegasse e controlasse o jogo, pergunto-me eu, para que servem os outros médios do plantel, uma vez que André André desapareceu, Herrera mostra que não está cá, Sérgio tbm não conta, Evandro ou João Carlos Teixeira ainda estão no plantel?

    Ou se por exemplo em Setubal, com o FCP a precisar de atacar e marcar, ele retira o Jota e não coloca outro avançado ao lado do André silva, Depoitre não conta? Para que o convoca então?

    Nesse jogo em Setubal, ele está empatado e coloca o Ruben no meio, num jogo onde não se jogava pelo chão e com o Depoitre no banco, não o coloca...

    Já contra o Copenhaga em casa, ficamos em vantagem e depois fomos recuando no campo até surgir o empate...

    Tudo isto são exemplos...

    Eu não quero ser pessimista, mas gostava de não ter de escutar o NES a apregoar "Somos Porto" e depois a ver a leitura completamente incorrecta que faz durante os jogos...


    "Temos ainda (muita) margem de progresso"...

    Quero acreditar que sim, mas será que todos acreditam, Presidente, NES, jogadores???


    "Não merecem os jogadores que os amparemos?"...

    Pela parte que me toca, estou farto de amparar Herrera e Brahimis...

    De cabeça, julgo que cada um fez um golo esta epoca em cerca de 15 jogos...

    Herrera (de quem aprecio a garra e vontade) marcou ao Rio Ave, depois foi sempre a descer, e desculpa-me Jorge, o André André saiu da equipa por bem menos asneiras que o Herrera, e os outros médios nem sequer oportunidades tiveram...

    Brahimi fez um golo no Dragão num jogo já resolvido e decidiu festejar contra o publico, no jogo seguinte em Setubal teve 15 m para mostrar real serviço e nem uma vez passou pelo marcador directo...

    Parte 1

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até que enfim uma análise com objectividade e dirigida ao que mais interessa.
      Frustrações como a de ontem, cada uma a seu jeito, vamos tendo de vez em quando e Herrera está em todas. Enquanto não for afastado da equipa o martírio vai continuar. A minha esperança é que em Janeiro o Vilas Boas o leve para a China.
      Um abraço

      Eliminar
  6. Concluindo:

    Boly 6 milhoes (Indy ou Reyes), Depoitre 6 milhoes (Suk ou Gonçalo), Adrien Lopez 8 milhoes, mais a venda do Herrera e do Brahimi neste defeso passado teria dado quanto?

    50 milhoes que se poupavam?
    Numas contas apresentadas há uma semana estavam 75 milhoes de prejuizo...


    Ou seja, gestão simplesmente ruinosa...
    É pura e simplesmente empurrar com a barriga para a frente...


    P.s.: Eu quero acreditar, claro que quero, quero acreditar que os miudos na frente e os veteranos atrás vão ser capazes de dar a volta a este estado de coisas, que vão ser capazes de recuperar animicamente e conquistar os pontos necessários para acabarmos na frente.

    P.s.2: Espero que o Treinador Nuno Espirito Santo perceba que não são as palavras que vão dar-nos vitórias, mas sim o trabalho, as rotinas dos jogadores, o saber aproveitar todos os jogadores que tem no plantel e a ousadia de arriscar ganhar desde o minuto zero até ao minuto em que o arbitro apita para o fim do jogo, ele que perceba isso...
    E estaremos mais perto da Vitória...

    Abraço
    Gil Lopes

    Parte 2

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entendo o cepticismo mas não comungo assim tanto do mesmo.

      A não ser em relação a NES. E não percebo a implicância com o Brahimi. Ontem teria dado um jeitaço.

      Abraço

      Eliminar
    2. A implicância com o Brahimi tem a ver com numeros, o jogador está na sua 3ªepoca ao serviço do FCP e tirando a 1ªmetade da Epoca do 1ºano (com Lopetegui), onde mostrou um futebol muito bom...
      A partir do momento em que foi á CAN esse ano nunca mais foi o mesmo, ou seja, deslumbrou-se...
      De lá até agora tem estado muito intermitente, não sei se jogaria melhor noutra posição, o que sei é que aparenta ser um jogador desligado em muitos momentos do jogo e demasiado individualista.

      Ora como este ano há CAN e ele deve ser convocado (mais 2 meses for a do clube), teria sido uma optima altura no defeso passado para uma transferência...

      Não aconteceu e este ano duvido que seja a solução para os nossos problemas devido á continuidade que não teve até agora no 11, nem vai ter até final de Fevereiro (voltar da CAN), depois em 3 meses vai mostrar serviço?

      Terá feito exibições interessantes pelo seu Pais e regressará motivado...pois, demasiadas duvidas para um jogador no seu 3ºano...

      Para mim, e tirando algumas excepções, 2ºanos são elucidativos do que esperar de um jogador no clube...

      Mas é apenas a minha opinião...

      Quanto á sua utilidade no jogo frente ao benfica, sim, teria, mas estava no banco e o treinador optou por colocar sempre homens para defender na vez dele (logo pergunto eu, o treinador acredita mesmo nas suas potencialidades?)...


      Quanto ao cepticismo, sim, estou céptico, se calhar demasiado, tendo em vista os primeiros 60 minutos que os 5 miudos da frente nos deram...

      Mas um jogo tem 90 m. e o treinador já mostrou que tem medo quando está a ganhar!!!

      É desesperante perceber que um treinador parte para o jogo com o objectivo de marcar golos, mas depois tem medo e recua linhas até á sua propria baliza...

      Ou ele muda e percebe a maneira de jogar sempre ao ataque ou passa a saber controlar os jogos com bola e sem bola (com substituições), ou isto acaba mal para o FCP...

      Das 3, uma...


      Abraço, Gil Lopes

      Eliminar
    3. É preciso deixar de ser conas.

      Abraço

      Eliminar
  7. Caro Jorge Vassalo,

    Se a tremenda injustiça de ontem servir para percebermos em definitivo que a entrega e a atitude competitiva tem que ser a que ontem tivemos, em todas as partidas, até pelo menos estarem resolvidas e não embarcarmos de novo em jogos a dar minutos a adversarios que não valem um xavelho (vulgo Tondela, Setubal e afins) então ok. Até lá continuo achar que matematicamente está tudo em aberto mas ontem perdemos mais do que 2 pontos. Provamos muita coisa mas que apenas interessa, se ganharmos algo. De outra forma, a memória é como o vento...vai-se.
    Empatamos ontem mas estamos a 5 pontos devido a erros basicos e primarios nossos e a erros do apito que só agora (pasme-se) começaram a ser denunciados pelo Clube. A isto chama-se acordar tarde. Vamos ver se não foi também a más horas.
    Não acredito que não haja um único portista orgulhoso da prestação da equipa ontem. Quantas destas tivemos nos últimos anos? Creio que isto explica, em boa parte, o ambiente do Dragão nos ultimos jogos/anos. Se esta determinação for para manter, não tenha dúvidas que o Dragão irá apoiar.

    RAOC

    ResponderEliminar
  8. O Sporting leva constantemente 40 mil ao estádio; Benfica 50 mil; O Porto andará pelos 30. Não é de equipa grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho interessante isso, porque a proporção de habitantes é de ter em conta... Lisboa e área metropolitana envolvente tem muitíssimos mais habitantes...

      Eliminar
    2. Isso são estatísticas recentes, dependem sempre do estado de espírito da equipa/adeptos. Obviamente, o dos portistas não é o melhor.
      http://ligaportugal.pt/pt/liga/estatisticas/espectadores/clube/20092010

      Se for ver aí as épocas há 4-6anos, o SCP andava com médias de 23-25k, e o SLB raramente passava os 40k. Esses valores que refere são deste ano, por andarem empolgados - no caso do SLB por terem ganho campeonatos, no caso do SCP por estarem mais competitivos - e também pelas "guerrilhas", obviamente, essas apesar de rasteiras têm o seu objetivo... vender jornais, aumentar audiências, e aumentar o sentimento de "competição" entre adeptos. Nada é inocente, chego a ter dúvidas quanto disso não será "combinado" para as operadoras rentabilizarem/recuperarem os valores de contrato. Mas ok, isso são outras histórias.

      Os valores do site só aparecem até 2009-10, mas recordo que houve mesmo anos anteriores em que o FCP chegou a ter média superior ao... SLB. Claro que na altura "ninguém" falava nisso...

      Paulo_R

      Eliminar
  9. Sou benfiquista mas tenho de reconhecer que a equipe do Foot-Ball Club do Porto jogou bastante melhor que o meu Sport Lisboa e Benfica. Foi um autêntico milagre das rosas aquele golo do Lisandro Lopez aos 92 minutos. Eu sou até dos que tem a opinião que o keeper do Porto, Casillas, foi mal batido. Foi uma desilusão ver o Benfica apresentar-se nas Antas desta maneira, ao contrário das jornadas anteriores em que nos tinha porpocionado um foot-ball de qualidade.

    Mas, meus amigos, 5 pontos são 5 pontos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela sua opinião civilizada. 5 pontos é uma derrota e um empate. Não é assim nada de extraordinário, caro amigo.

      Abraço

      Eliminar
    2. Sim, 5 pontos são 5 pontos. Veja quantos de atraso tinha o seu clube há 1 ano atrás por esta altura, e qual foi o resultado no fim da época.
      Ainda há muitos jogos...

      Paulo_R

      Eliminar
  10. Caro Jorge,
    em tudo de acordo consigo, mas mais especialmente no parágrafo seguinte:

    O que aconteceria se o FC Porto tivesse sempre o apoio de, pelo menos, 3/4 da massa adepta que teve ontem? Estou farto de ir a um Dragão despido. A Raça e o jogar à Porto é só para a equipa? Então e nós, adeptos?

    Realmente é desolador ouvir assobios ao primeiro percalço, é ceder aos interesses dessa (dita) imprensa vermelha. Abraços.
    Vítor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a palha - e muita! - que se come, caro Vítor!

      Abraço

      Eliminar
  11. É isso mesmo meu caro Jorge. Mais do que carpir mágoas, prefiro aconchegar-me no conforto da bela exibição do FC Porto e acreditar que temos finalmente uma Equipa à Porto, o que, a ter continuidade, perspetiva um futuro de grande alegrias para nós Portistas.

    Se não houver qualquer contrariedade de última hora, dia 3 de Dezembro irei ao Porto para assistir ao FC Porto x Sp.Braga no Dragão.

    Grande abraço e...

    FC PORTO SEMPRE

    ResponderEliminar
  12. Enquanto Casillas - Marcano - Filipe (deverá ser 3ºcentral) - Adrien Lopez - Herrera se mantiverem no clube não tenham esperanças, basta ver os erros destes jogadores no nosso clube que davam para fazer um filme de terror ! Não me conformo como vendemos Fabiano, Otamendi e Maicon por meia duzia de tostoes para termos 3 jogadores que custaram mais e com ordenados muito superiores !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vale a pena comentar este comentário? Não. É só emoldurar e contemplar como finíssima arte.

      Abraço

      Eliminar
    2. Caro,

      Esse parece o típico comentário de resmungão, sentado no seu "trono" (sofá/cadeira) a assistir de longe, reclamando de tudo e todos.

      Vamos agora recordar com saudade todos os craques que por cá passaram? Olhe, lembro de desesperar a ver o Hulk jogar nos primeiros tempos - sem largar a bola (tipo... Brahimi?), perdendo-a de seguida. Ou Jackson, que falhou golos à boca da baliza em inúmeras ocasiões. Até os "mega-laterais", Alex Sandro e Danilo, no início não davam uma p'ra caixa, era só correrias com pouco critério, o Alex então era uma nódoa a defender (quase nunca lá estava). Mesmo Otamendi teve as suas falhas, recordo de ser posta em causa a sua qualidade muitas vezes (até o Pepe!!! e vejam onde andam).

      O problema é que as pessoas têm memória curta. Nenhum desses jogadores foi "perfeito", mas contribuíram quando foi preciso. Tal como os nossos atuais o poderão vir a fazer, mas teremos que os acarinhar nesse sentido. Será que vão virar craques? Talvez sim, talvez não. Sinceramente vejo muito potencial nesta equipa, ainda mais atendendo à larga margem de progressão que ainda terão pela frente.

      Olho para os jogadores adversários, e não vejo mais do que nós. Octávio, Oliver, Jota, André Silva, Corona, Ruben, Danilo, ... sem me alargar, só aqui está um conjunto de luxo, fora os restantes. Temos um Brahimi e um Layun NO BANCO, que seriam titulares em praticamente qualquer outra equipa portuguesa (e não só). Não estamos assim tão mal, só falta alinhar as peças - estratégia e mentalidade.

      Cumps

      Eliminar
    3. Quando um gajo escreve Adrien em vez de Adrián, diz muito do conhecimento que tem do FCP...é apenas mais um brumelho ou um daqueles entendidos de futebol que começa a assobiar a equipa no pontapé de saída, porque foi feito para trás. Abraço.

      Eliminar
  13. lavagem cerebral à descarada...

    http://www.maisfutebol.iol.pt/opiniao/rui-lanca/rui-vitoria-o-que-fazes-para-eles-nao-tremerem

    quando os nossos são tão ou mais novos, massacram o opositor e no final são os "ganhamos um ponto à rasquinha" é que são os valentes, corajosos e tranquilos

    ResponderEliminar
  14. A equipe visitante que não jogou nada, e ainda teve mais um dia de descanso que nós! Fosse ao contrário e só se falava disso!
    Deixem-se de criticar o PdC o NES e o Herrera ! Já se disse o que havia a dizer, basta! Por agora vamo-nos concentrar nas equipes que só existem no papel, e cujo cobertor também ou tapa os pés ou a cabeça... - Como sabemos basta um deslize, uma equipe sentir que pode surpreender, e os estragos para aqueles lados podem surgir!
    Faltam muitos muitos jogos até ao fim !
    temos de fazer troar o dragão!
    ( Os bilhetes é que podiam ser mais baratos; o esforço nestes tempos é grande. Mas, sem esforço não se vai a lado nenhum, tb é verdade...)

    ResponderEliminar
  15. Caríssimo Jorge,

    O que ganhamos?

    A distância de 5 pontos em relação ao Benfica mantem-se e perdemos a vantagem que tínhamos para o Sporting. Factualmente não ganhamos nada, antes pelo contrário.

    Entendo o seu ponto de vista, Jorge, mas não acredito que se ganhe uma equipa à porto ou se prove o real valor do adversário num jogo. Há 3 semanas goleamos o Nacional e todos pensavam que a equipa tinha finalmente engrenado. Depois foi o que se viu. Quem pode realmente dizer que será diferente desta vez?

    Eu pessoalmente acho que os jogadores têm tido uma excelente atitude desde o começo da época. Não foi apenas neste jogo.

    5 pontos no campeonato português não é pouco. É verdade que é apenas "uma derrota e um empate", mas o Porto também irá perder pontos até o final. E não devemos esquecer o Sporting.

    Em relação a margem de progressão, não sou tão positivo quanto o Jorge. O que vejo de progresso nestes 3-4 meses não me enche de entusiasmo. Não posso dizer que o treinador tenha mudado a sua filosofia e forma de encarar os jogos passados estes meses. Não se pode culpar, insultar ou criticar um treinador por ser aquilo que é. Quem contratou o Nuno que venha explicar e justificar o que viu nele.

    É impossível olhar para a gestão do plantel este ano e sentir-se encorajado. Para mim é apenas uma questão de tempo até que o treinador perca o controle do balneário.

    A minha opinião vale o que vale. Não tenho nenhum conhecimento técnico ou profissional na área. Apenas a opinião de adepto que não faz a mínima ideia do que se passa lá dentro.

    No futebol tudo pode acontecer. Prefiro ser pessimista e surpreender-me depois com o desempenho do treinador e da direção do clube.

    Abraço.



    ResponderEliminar
  16. JV
    Excelente post sobre o Herrera no blog Tribunal do Dragão.
    Herrera merece-me, e deveria merecer de todos os portistas, mesmo os do clube do assobio, o máximo respeito.
    Aconselho vivamente a sua leitura.
    Abraço
    Jorge Fonseca

    ResponderEliminar