quinta-feira, 21 de maio de 2015

A Meditar: As Perdas de Pontos e a sua Escalpelização I - As Derrotas


Gosto muito de certas enfabulações este ano. Estamos num ano complexo este, em termos de análise ao jogo. Senão vejamos algumas das ideias mais populares e erradas sobre as perdas de pontos deste ano.

Perdemos duas vezes. para o campeonato, tivemos 5 derrotas no total. Tivemos uma derrota vergonhosa, a do Marítimo. Nesse jogo tudo correu mal, mas a apatia principalmente, durante grande parte do encontro, uma falha defensiva tremenda de Maicon e Salin, que não havia jogado contra o benfas sem nada que o justificasse, defendeu tudo e mais alguma coisa - ênfase no remate de um Tello que, se tivesse a afinação que tem por estes dias, teria feito da história deste jogo outra coisa. Mas aqui quem falhou foi o benfas, que perdeu e não arrumou o campeonato. Veja-se no resumo, presença variada na área, toda a carne no assador. Não me parece que tenha havido grande erro táctico. Desde então vamos com 15 jornadas sem perder.

Contra o benfas, não vale a pena dizer nada mais do que ver o resumo. O domínio total em 70% do tempo, traduziu a injustiça do resultado, isto para lá de algum critério... estranho..., do golo mal anulado a Jackson e da forma parva que ocorreram os golos. Também, insisto, o Marcano de hoje em dia não fazia as azelhices de marcação nos dois golos e tenho a certeza absoluta que não houve erros táctico neste jogo, a não ser aquele que é transversal a esta época, o da sobre-utilização de Brahimi.

Nos dois casos, a inexperiência colectiva pesou muito. E mais eficácia na finalização.

A Taça de Portugal foi um caso ridículo de falta de sorte e inexperiência. Nenhum dos erros que deram origem aos golos do zbordem aconteceriam hoje em dia. Marcano é, hoje em dia, o mais seguro de todos os centrais. Casemiro nunca mais aliviará uma bola daquela maneira, e a falha defensiva colectiva dos terceiro golo foi um posicionamento deficiente. Do nosso lado, a falta de eficácia será uma das coisas que terá de ser revista urgentemente. De resto, vou bater na mesma tecla, desafio-vos a ver quantas vezes esteve Adrián bem posicionado para receber um cruzamento e verão quantas vezes foi ignorado. Isto para lá do remate que falhou, claro, coisa que viria a acontecer também com Tello e Quaresma várias vezes durante a época. Houve rotatividade? Sim. Mas todos os jogadores que jogaram estiveram bem em outra fase da época. Resumo aqui.

O jogo da Taça da Liga sim, foi um exemplo de amorfismo e de indiferença. O tempo parecia que seria infinito para os Portistas. A imaturidade desta equipa parecia dar de si nesta altura. As duas perdas de pontos, esta e a do Nacional, com o resultado adiantado e depois os pontos perdidos.. enfim. Esta questão ansiosa tem de ser resolvida por Lopetegui com um conjunto mais experiente e maduro. Faz falta, nestas situações, alguém que tomo o pulso e decida pôr ordem na casa. E mais uma vez, Salin, que nunca joga contra o benfas, vá-se lá saber porquê, a defender o resto das poucas bolas de golo que o encontro teve. Resumo aqui.

Lamentavelmente, o jogo em Munique deu cabo de uma auto-confiança que estava em crescendo e "matou" o resto da época para o FC Porto. Helton teria defendido algumas bolas que Fabiano não defendeu, o que terá ditado o afastamento da equipa, mas a verdade é que 450M de diferença de orçamento, a experiência e uma garra e vontade de dar a volta, trouxe um Bayern qual piranha, a rebentar connosco pelo nosso elo mais fraco, as laterais. Podemos teorizar o que quisermos, com um Bayern a jogar à Bayern, ou se jogava como se jogou na Luz ou então seria o que foi. Mas deixo no ar a pergunta: teria sido mesmo? Teria o Bayern de triangulações rápidas e movimentação acelerada, que se viria a verificar outra vez contra o Barça no mesmo Allianz, sido parado por mais Evandro e Rúben? Duvido. Duvido mesmo. Nós não somos o Barcelona, e mesmo este perdeu, e só passou a eliminatória graças aos golos de Neymar, pelo tridente ofensivo do Barça. E Brahimi, Quaresma e Jackson não é o mesmo que Neymar, Messi e Suarez.

De facto, falta um pouco mais de um plano B, falta lateralizar um pouco menos, falta frieza quando temos um resultado positivo e falta killer instinct para matar os jogos. Tudo isto está identificado. Umas coisas a experiência trará, outras uma escolha de um médio ofensivo mais acutilante (Bueno?), e de um Ponta de Lança mais... ponta de lança. Jackson é excelente, mas o facto de fazer muitas vezes o transporte de bola vicia o meio campo a não fazer o seu trabalho nesse sentido.




22 comentários:

  1. Um plano B chamado "confiança".

    Imbicto abraço!

    http://imbictopoema.wordpress.com

    ResponderEliminar
  2. Chega! Sempre os mesmos a bater sem sentido e sem contra propôr. Alternativas, gente! Ou... lixo! E já agora, dizer que eu não estou com os adeptos porque não gosto de assobios é lindo!

    ResponderEliminar
  3. Só tivemos falta de sorte e inexperiência. De resto foi uma época fabulosa. Semeamos para colher num futuro risonho.
    Rebelo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cuidado, ainda lhe caem em cima e lhe chamam Lopeteguista...

      Abraço

      Eliminar
    2. Será louvável que hajam "portistas" que acham que tivemos uma época fabulosa e que só não fomos mais longe por pequeníssimos imponderáveis e porque o malandro do Salin até um remate do Tello defendeu.
      Peço desculpa por pertencer à minoria dos ainda "Andrades" que acha que foi uma das épocas mais tristes do nosso historial. Não consigo alcançar esse crescimento que vocês vislumbram. Pelo contrário, vejo Lopetegui insistir sempre nos mesmos erros com uma teimosia arrepiante, mas é possível que seja defeito da idade.
      Reis

      Eliminar
    3. Aí é que o Reis se engana. A pluralidade das opiniões é importante. E as visões diferentes fazem parte da Cultura do nosso Clube. Desde que elas não venham de uma posição soberba de "vocês não percebem nada disto".

      Garanto-lhe, a minha não é.

      Abraço

      Eliminar
  4. Depois de ler o Post percebe-se o que houve poucas derrotas mas todas elas em fases fundamentais da época e quase todas com consequência imediata na competição em que aconteceram!
    Mas pior é muito adepto não entender que em condições normais seriamos campeões, o que aconteceu com os nossos rivais foi anormal, algo que espero que não se torne normal!
    O que chateia qualquer adepto é que tivemos as oportunidades para acabar o campeonato em primeiro e não as agarramos, a equipa não soube ir com tudo nos jogos em que devia ter tido uma atitude mais aguerrida!
    Mesmo assim não entendo porque o treinador pode ser o único culpado se os jogadores não metem na cabeça que tem que correr mais e jogar ainda melhor nestes jogos seja quem for o adversário!
    O homem nao pode andar com 25 jogadores ao colo ou a pedir lhes de joelhos ou se quisermos de chicote na mão a oferecer tareias a quem entra em campo e nao da 100%, o jogo contra o belenenses mostra isso mesmo!
    Para a próxima época é preciso que esta equipa continue o trabalho que tem vindo a fazer, é preciso que os jogadores recebam as consequências do que andaram a fazer esta época e para tal este treinador é a pessoa mais indicada, só ele sabe quem se esforçou quem lutou quem deu tudo quem mais trabalhou quem tem carácter para estar no FCPorto e depois aqueles que merecem ficam os outros é continuarem a carreira noutro clube!
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. "Jackson é excelente, mas o facto de fazer muitas vezes o transporte de bola, vicia o meio campo a não fazer o seu trabalho nesse sentido."

    Muito bem dito, concordo.

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde Sr. Jorge Vassalo...

    Mais uma vez de pleno acordo com o tópico...

    Soluções? hm ora vejamos uma das ideias que tinha era conseguir trazer mais um jogador da equipa B, como Rúben Neves, para também já começar a assentar e incutir verdadeiramente espírito Porto, mas isto leva ao tal problema de como fala inexperiência...bem verdade...Então é preciso equilibrar mas como pergunto eu...Porque também muitos que eram considerados verdadeiros portistas não sei se vinham com idade ou orçamento mais baixo para integrar o plantel...
    Eu tive algumas ideias que também já foi falado por alguns antigos do Porto nas suas historias...Para ajudar a unir mais a equipa e sentir mais o clube, Ipads e Ipods etc, fora dos ouvidos na presença de adeptos…Acho uma falta de respeito adeptos correrem longas distancias para apoiar a equipa e as vezes saiem dos autocarros e nem ligam a ninguém…só porque é assim no mundo inteiro não quer dizer que também o tenhamos que o ser.
    As mesmas regras no autocarro para obrigar a conviverem uns com os outros(folha falou no porto canal disto dos miúdos).
    Cada vez que um jogador não dê o máximo ou esteja amuado tem que ser castigado com exercícios físicos fortes e talvez penalizações de ordenado…
    Direcção tem que voltar ser mais humilde com os seus adeptos e muito mais lutadora com os adversários…
    Comunicação social era um corte radical para melhorar as audiências do Porto canal e meter alguns jornalistas no seu lugar.
    Jogadores do Porto, tendo possibilidade deviam ser obrigados a ver jogos de camada jovens (equipa B por exemplo), julgo que isto iria motivar os mais jovens e aumentar o carinho dos jogador com o próprio clube…

    Porque não aulas de Portismo para os jogadores do Porto?Historia do Porto mostrar relatórios médicos de jogadores lesionados que jogavam a mesma por amor há camisola.
    Treinador vir assumir as suas culpas mais em detalhe ao Porto canal. Mostrava sinais de aprendizagem e deixaria os adeptos mais descansados, porque ai sabíamos verdadeiramente que esses pontos estavam a ser resolvidos.

    Em suma, o que reparado ultimamente é que os tempos da nossa verdadeira mística, também ocorria em alturas difíceis…Caso do Domingos que era muito magro e vivia de baixo de uma bancada…Óbvio que não ia ser igual hoje em dia…Mas julgo que quanto mais mimarmos os nossos jogadores menos garra teremos…

    Ao lerem o meu comentário podem achar que muitas ideias são "parvas" mas por vezes com ideias parvam podem surgir outras grandes ideias.
    E óbvio que não era assim ideias postas em marcha no clube assim ao calhas, mas por isso o nosso clube tem profissionais…

    Tendo em conta as minhas capacidades e conhecimentos de futebol é o melhor que posso fazer para já Sr. Jorge

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperemos que algumas dessas ideias tenham eco :)

      Abraço

      Eliminar
  7. Já chateia ler tanta negação, repetições constantes dos jogos como se o ocorrido pudesse ser desfeito e a realidade tornar-se diferente.
    Já pensaram que os outros também se podem queixar das mesmas coisas?
    A realidade é que os árbitros ajudaram e prejudicaram tanto o FCP como o outro. E isto não pode ser escondido pois é realidade. Já chateia tanto enfiar de cabeça na areia! O treinador é banal eu não estou sozinho nesta opinião como há jogadores que também são banais. Nunca houve equipa com fio de jogo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe, Rui Santos, esse conhecido Portista, tem uma opinião diferente da sua.

      Abraço

      Eliminar
    2. "A realidade é que os árbitros ajudaram e prejudicaram tanto o FCP como o outro"
      Tem certeza disso? È que quem diz o contrario do que afirma baseia-se em factos, depois de analisar os jogos argumenta em concreto e não de maneira superficial e pouco precisa!
      Prove o que diz com factos, mostre de que forma é que as arbitragens se equilibraram este campeonato? Aposto que não consegue...!

      Eliminar
    3. "O outro": "He has done great things with his wand. Terrible, yes, but great!"
      Aquele cujo nome não pode ser dito... Ao estilo Harry Potter.

      Eliminar
  8. Se analisarmos onde estávamos há um ano atrás verificamos que hoje estamos muito melhor.
    Não sou Lopeteguista mas considero que deva continuar.
    Tem uma ideia de jogo, incutiu uma forma de estar em campo e isso são coisas que não existiam num passado longínquo de 365 dias
    No entanto considero que tem de melhorar/alterar várias coisas, nomeadamente:
    - saídas rápidas para o ataque, o único momento em que o conseguimos fazer é quando os mais atacantes recuperam a bola, quando a bola é recuperada pela defesa não existe um mecanismo de ataque rápido que nos dê vantagem numérica;
    - bolas paradas, nem é preciso comentar este ponto;
    - poucos jogadores dentro da área ou a aparecerem nessa zona, na maior parte das vezes só o Jackson está dentro da área, assim torna fácil a sua marcação;
    - Com a saída do Casemiro, penso que o Ruben irá ter dificuldades pois ainda lhe falta intensidade, mas pode er que com um André André ao lado dele, com uma função ajudar a bloquear e de transportar o jogo, até venha a ser uma solução que nos dê mais possibilidades de ataque do que tinhamos até hoje.

    Com a resolução destes pontos, e a conseguir manter a estrutura defensiva forte deste ano, penso que seremos campeões mesmo contra o colinho e APAF.

    Vamos ver o que o futuro nos reserva, mas acredito que estamos no caminho certo.

    Abraços a todos os Portistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que estamos todos de acordo com os pontos que refere. Há quem dê o André André como certo no Málaga, o que, para mim, seria uma triste notícia.

      Abraço

      Eliminar
  9. Em cada ser humano há uma opinião plausivel de ser acertada, contrariada ou simplesmente ignorada. E na minha opinião (lá está!!!) a acertada é dar continuidade ao projecto de Lopetegui, pois Roma e Pavia não se fizeram num dia, ou sendo bom português, primeiro gatinhamos, depois andamos aos tombos até que o passo seja firme e seguro (Alex Ferguson foi para o Manchester United numa altura em que este clube inglês penava por falta de titulos, foi (e é) o treinador com mais titulos no futebol inglês com 13 campeonatos ganhos, mas... e o grande MAS é que Sir Alex foi campeão pela primeira vez à SEXTA época de Manchester!!!!).

    P.S. Estamos na fase de endeusamento do catedrático das chiclas! O maior e melhor supra-sumo da táctica do futebol. O génio! O professor! O mestre!
    Cá para mim é o gajo que em 6 anos ganhou 3 (Jesualdo ganhou 3 em 3), viu o Seixal ser invadido por adeptos tresloucados, viu Cardozo no Jamor como nós vimos, perdeu um campeonato aos 90+2 minutos, nunca alcançou os quartos-de-final de uma Champions e mesmo assim apesar de goleados pelo bayern, marcamos mais golos a esta equipa que Jesus em toda a fase da Champions!!!!
    Mas os portugueses são assim, imediatistas, trágicos, desorganizados e sobretudo super influenciados!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Subscrevo completamente. Mas a hype chiclas vai ver-se pro ano! Não só aqui em casa com um Lopetegui muito mais pronto, mas na presença europeia que o patrocinador exige. Não há cá mais saidas europeias em Novembro. Agora é que vamos ver o que vale o sr chiclas!

      Abraço

      Eliminar
    2. Muito bom e Genial já estão, nesse caso: Muito Genial Jorge! :)
      Será impressão minha, ou os anti-Çopeteguistas tem tendência a andar sempre para trás? Para o que aconteceu e nunca para o que está por vir? Tipo maquina do tempo, mas com defeito. Antes ou muito antes era melhor. OU então, se fosse antes assim... Não sei, fiquei a matutar nisto...
      Aplaudo de pé como sempre
      Silva

      Eliminar
  10. das melhores coisas que já li na bluegosfera.. já o tinha dito e volto a repetir: Lopetegui é o melhor treinador do FC Porto desde josé mourinho.. o estilo de jogo é fantástico.. pelo menos para o meu gosto.. entendo as enormes desconfianças de alguns adeptos, uma época sem nada ganhar, chateia e preocupa.. mas aquele jogo contra o bayern em casa, não foi por acaso, nem fruto de sorte.. alias, se tivessemos sorte o resultado teria sido maior (defesas de neuer e a expulsão que ficou por acontecer).. bayern que em barcelona aguentou e jogou 75 min de grande inteligência.. o problema é que os nossos miúdos não aguentaram a pressão nos momentos cruciais.. enquanto que os velhos dos coisinhos souberam gerir.. o Mister tem que aprender a corrigir isso.. talvez com a ajuda de algum histórico que venha a fazer parte do plantel/corpo técnico na próxima época..

    jackson é grande jogador.. mas.. é cada falhanço às vezes (alvalade isolado, académica em casa, belém, etc)

    Mário Costa

    ResponderEliminar