segunda-feira, 29 de maio de 2017

Esperar, Mas Sentadinho, Que De Pé Canso-me...

Algo vai um bocado mal neste reino do Dragão quando, face a uma urgência tão premente de realização de capital para cumprir o Fair Play financeiro da UEFA, não há ainda um grupo de trabalho para tomar decisões complicadas. Não espero um contra-relógio, mas espero sim incisividade e decisões.

Se Francisco J. Marques disse que não houve qualquer negociação com Marco Silva, espero que já esteja a ser ultimada a contratação de um nome firme, forte e agregador, com raça e capacidade técnica para fazer ressurgir uma equipa recheada de bons jogadores.

Não me assustam os 115M não vou estar a dar palpites - de que servem, afinal? - sobre quem deveria sair, ficar ou emprestar - cabe ao treinador e ao director desportivo - e tenho-o já dito, em tempos de contenção não se criam fachadas opulentas, é preciso ser-se homenzinho e assumir o estado das coisas E A RESPONSABILIDADE PESSOAL nas mesmas.

Posto isto, sou Portista até morrer, principalmente na fase difícil, e esperarei que tudo se resolva, em tempo útil - o que não tem de ser hoje ou amanhã.

De resto, volto já. Meus amigos: falar da ratazana? Já o faço há anos! Falar de Janela? Qualquer Portista que ainda acredite no criador da cartilha benfas.... sem comentários. A propaganda é a mesma de sempre, há pelo menos sete anos. Por mim, entra a 100, sai a 200. E a vocês?

Realizou-se no sábado o Dia do Clube. Fui um orgulhoso participante, principalmente da parte da manhã. Os meus amigos bloggers ajudaram a fazer uma reflexão que eu considero fundamental sobre aquilo que é a única coisa que me importa -  o Presente e o Futuro do FC Porto. Parabéns aos meus amigos por isso, e a todos os participantes e sócios que se inscreveram e enriqueceram este debate.

Mas quero deixar uma coisa bem clara: apesar do orgulho e da feliz memória de Viena, tenho um absoluto asco e urticária ao saudosismo militante. Acho que o cavar da sepultura do Presente é o olhar insistente no Passado.

Aqueles que viveram Viena, Sevilla, Gelsenkirchen, viveram um Presente fantástico, não um Passado nostálgico!

Insisto: quero Garra, Vontade, Raça e FOME de Futuro! Não quero saber do bom que era antigamente!

Para o Futuro, naquilo que puder, contém comigo! Para o Passado, está o Museu!

PS: - Está a dar o Universo Porto, e os jogadores em destaque este ano no painel são... da defesa. É preciso dizer mais? Não creio! 

66 comentários:

  1. Caro Jorge Vassalo,

    Está enganado, a nós garantem-nós que a caravana há-de passar. Parece que o tempo cura tudo....

    Raoc

    ResponderEliminar
  2. Aqui na feira dizem que é o Pedro Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui em Saturno fala-se no Pai Natal. Mas em azul.

      Abraço

      Eliminar
  3. Aqui há quem garanta ser o Pacheco. Saiu do Tang Tanjing e vai assinar por 3 épocas, traz o Scolari como adjunto e o prof. Neca para treinador de guarda-redes. Saúde. João.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma belíssima equipa de treinadores: títulos mundiais e nacionais nos curriculos dessas referências. Muito bem lembrado

      Eliminar
  4. Cá eu, aqui em Lisboa e do alto dos meus quase 55 anos tambem nao gosto de viver de memorias. Quem não for capaz de tirar o clube deste marasmo desportivo e financeiro só tem de dar lugar a gente nova, que a há e com capacidade. Deixem o clube assumir definitivamente a dimensão mundial que tem, enquanto é tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tempo existe para todos... e a pessa para nenhures.

      Abraço

      Eliminar
  5. Treinadores em 17 épocas, no período de 1959 a 1976 (durante a longa travessia do deserto) foram 24; em 37 épocas, de 1976, com a vinda de Pedroto, a 2013 (no período de vitórias) foram 23; de 2013 até agora foram 5. As análises valem o que valem, mas… que caminho queremos seguir?

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Até que enfim que vi um comentador do FCP afirmar publicamente que o ciclo de Pinto da Costa terminou e que só ele pode colocar fim ao "martírio" portista. Como? dar lugar a "sangue novo". O presidente não deve ter gostado. Por isso, Serrão que se prepare para o sermão do presidente na sua próxima entrevista ao Porto Canal na apresentação do novo treinador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O sermão é o menos... O problema é se aparecem uns super dragões à porta de casa... para "conversar"!

      Eliminar
  7. Se a escolha do treinador ultrapassar esta semana de facto algo vai mal na Sad. O dia 3 de Julho aproxima-se rapidamente e há tanta coisa para resolver quanto a jogadores. A palavra do treinador é ou deve ser fundamental neste campo.
    O barulho quanto ao nome do próximo treinador é tanto e tão disperso que o melhor é aguardar e ver o que sucede.

    ResponderEliminar
  8. No dia 14 de maio escrevi isto no poste de seu nome "paradoxos".

    "Eu começo a achar que fui enganado e afinal o FCPorto nao é nada daquilo que eu achava ate hoje. Um individuo que usa a frase "somos porto" vai dar os parabens aqueles merdas que ganharam como toda a gente sabe..??? Amanha nem entrava no olival para dar treino, politicamente correto o caralho.... Mas pensando mais à frente vai ser lindo para arranjar treinador, repito TREINADOR".

    Como era de imaginar ia ser muito dificil arranjar treinador, pelo menos eu achava. E HOJE acho que ja arranjaram um rapaz para treinar o nosso Clube e so está a demorar a formalizar porque estao a pensar como nos vao dizer que nao arranjaram um treinador, estao a pensar como vao passar a mensagem de uma forma que todos aceitem esse nome e apoiem essa decisao. Nao vejo um futuro facil, mas espero estar redondamente enganado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As explicações são para ser dadas pela Direcção.

      Abraço

      Eliminar
  9. O bom de ser emigras é não perder tempo a ver e ouvir imprensa davtreta a debitar mentiras. O FCPorto está faz hoje há uma semana sem confirmar treinador. Não significa que este não esteja já escolhido, perfiro que tarde a que seja do mesmo nivel q os últimos 3 que iniciaram a época e um quarto q entrou pelo Lopetegui. Em tempos de tormenta há que manter a calma e ser assertivo na crítica

    ResponderEliminar
  10. O problema é mentalidade envelhecida. Ontem na SIC notícias, o José Guilherme Aguiar continuava como os velhos do restelo. A minha interpretação do que disse: Vamos arranjar um bom plantel, e depois arranjar alguém que o treine. Assim não iremos lá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso não é - nem vai ser - feito assim.

      Abraço

      Eliminar
  11. Pelo menos há dois treinadores em Italia sem contrato, o Paulo Sousa e o Luciano Spalletti.
    Não seria o Luciano Spalletti uma boa escolha? Talvez.

    O Vitor Pereira também deve estar prestes a perder o seu cargo, a não ser que ganhe hoje o jogo e consiga a manutenção na segunda divisão alemã. Um regresso do Vitor Pereira também seria uma boa opção. Mas será que queira voltar?

    O problema é que na minha opinião, a situação em que o clube se presenta não é muito conveniente para nenhum treinador de nome.
    Ter que vender os melhores por causa do Fair Play, não poder comprar bons jogadores, e ter logo a obrigação de ser campeão para não dar o penta ao rival.

    No meu ver, devíamos não pensar muito no próximo ano se o rival ganha ou não ganha o penta. Devíamos ate dar se calhar um passo a trás para dar 4 ou 5 para frente. Repetir o penta seria e dominar o futebol outra vez seria maior bufetada do que impedir de eles serem na próxima temporada outra vez campeões.

    Marco

    ResponderEliminar
  12. Caro Jorge
    Esperar sentado é o nosso destino, mas não é por causa do treinador, pois mal ou bem esta semana vai parecer um...é porque a seca vai ser muito mais longa e as costas não aguentam.
    Esta imagem de incapacidade, de imobilismo, de falta de comunicação, de falta de projecto, de navegar à vista é confrangedora e envergonha qualquer portista.
    Estou desolado.
    Mas sinto que esperar sentado poderá ser indício de resignação, de conformismo e de desinteresse mas para isso não contem comigo. Temos de varrer a incompetência custe o que custar
    Abraço
    Manuel Magalhães

    ResponderEliminar
  13. Rui Ratazana Santos... quem ousa dizer mal deste mafarrico quando é avalizado pelo sr ex., capitão do F.C. Porto de seu nome Rodolfo Reis que até tem direito as estátua no museu, eu que digo faz muito tempo para se por uma letreiro na mesma a dizer "VENDIDO A AVENÇAS".. Tens razão oh rui..
    Porto Canal, apresenta programa sobre aparição de Fátima e de seguida um outro de chamado de Imperdíveis sobre vinhos.. de seguida o jornal da noite, e se um canal de um clube se diverte a fazer esta programação tenho de recorrer a outros canais mais generalistas para escutar a dizerem mal do F.C. Porto, sobre treinadores para cima e para baixo, etc.. e o nosso canal a divertir-se com os referidos programas, deixando que os portistas sejam intoxicados pelos ditos canais. Vergonhoso é a palavra para o Porto canal, ontem preferi assistir ao canal do Sporting, ao menos falava de futebol que é para o que está fadado s canais dois clubes. Estou a ficar sinceramente preocupado, pois estão a levar-me a desinteressar do clube.. e a existir um retrocesso na adesão da miudagem ao F.C.Porto.
    Agora aparece no ciclismo a celebrar vitorias na companhia de alguém que foi fazer a festa do campeonato dos lampiões.
    Acabou... estou vacinado.
    Chau.. e passem bem.
    A. Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nos tempos difíceis é que se vê quem Ama e quem abandona.

      Posso não concordar, mas estarei aqui.

      Abraço

      Eliminar
    2. Estou plenamente de acordo. Pinto da Costa logo que lhe cheire a dinheiro faz negócios com qualquer sarrafeiro anti-portista. O Porto Canal foi outro negócio para servir os interesses pessoais e familiares da corja que gere o F.C.Porto. O director Júlio Magalhães não passa de um boneco facilmente manipulável. Como portista, envergonho-me por ter à frente do clube uma chularia muito perigosa. Quando se deu o apito dourado, pensei que P.Costa iria tomar a decisão de saír do clube. Hoje, não estranho não o ter feito porque uma pessoa como ele não sabe o que significa a dignidade. Conseguiu pôr o F.C.Porto a rastejar perante todos e não há quem lhe tire a mama. Faz questão de realçar o seu passado como se fosse o único a mudar o paradigma do futebol nacional. Não, houve muito mais gente que contribuíu para esse facto indesmentível. Só os fracos vivem do passado. Otelo Saraiva de Carvalho foi um dos responsáveis pela nossa liberdade, um facto que não o impediu depois de ser condenado e preso pela prática de crimes. Na minha opinião, com este sujeito o F.C.Porto não irá sair tão cedo do fundo onde bateu, como confessou o decrépito sujeito.

      Eliminar
    3. Sr Jorge Vassalo não tenho feitio para masoquista... estive 19 anos sem ver títulos e aguentei firme, portanto a acusação de que nos tempos difíceis é que se vê quem ama e quem abandona não me serve a carapuça. Agora a situação é diferente.. não é títulos que me movem é a dignidade.
      É dos ditos portistas que saem os nossos piores inimigos... comecem a fazer as contas dos que se passam para o outro lado e que vendem a alma ao diabo.
      Cumprimentos
      A. Martins

      Eliminar
    4. Não há bem que sempre dure nem mal que nunca acabe.

      Abraço

      Eliminar
  14. Realmente o nosso canal mostra mesmo programas de merda!!! Em vez de mostrar como se cozinha ou conversas de cha cha... podiam mostrar muito mais do nosso clube.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um canal generalista... com tudo o que de bom e de mau isso traz.

      Abraço

      Eliminar
  15. Caro JV

    Os tempos não nos correm de feição. Temos sido alvos de chacota pela escolha do treinador. A putativa tampa do Marco Silva foi festejada/noticiada pela imprensa como tivéssemos apanhado de novo três do Moreirense.
    Depois dos últimos fiascos, na minha opinião, a escolha do treinador tem agora de ser feita muito serenamente. Contudo se a escolha for o SC não percebo o tempo decorrido.
    O treinador que vier a ser escolhido, para mim ira indiciar se podemos ter esperança, ou se afinal, chegou ao fim o FCP de JNPC.
    Sábado ao ver a peça jornalística da TVI sobre os 30 anos da nossa primeira ( e MAIOR) vitoria europeia, fiquei convicto que esta clube vai dar a volta.
    Se calhar pela idade, confirmei que o meu amor clubista, não é de agora mas desses tempos. Que saudades do Gomes,Frasco e sobretudo do Andre e do João Pinto. Com estes dois últimos no balneário, não havia polvo ou arbitragens que nos derrotassem.
    Mas,como não há mal que não acabe, eu acredito.
    Abraço
    Jorge Fonseca

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Escapa à maioria, mas foi o Senhor Pedroto que os fez assim - e o discurso forte incisivo e agregador de um tal de Presidente Pinto da Costa. Só que já lá vão mais de 30 anos e, ou o discurso ressurge - e ele ESTEVE na Taça da Liga em Braga há 2 anos! - ou então o exemplo de cima replica-se em baixo...

      Abraço

      Eliminar
  16. Completamente de acordo com o tom e o conteúdo do post. Resta-me dizer que, a confirmar-se a vinda de Sérgio Conceição, mais razão terá o Jorge no que diz. Inacreditável; a continuação do "#somosporto".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nas célebres palavras do Príncipe Salina: - "As coisas têm de mudar para que fiquem na mesma." Os princípios que presidem à escolha de um treinador como Sérgio Conceição são exactamente os mesmos que levaram a NES: - comunicação e imagem. Precisamos de um treinador conservador e experiente, mas isso é mau para o negócio.

      Eliminar
    2. Mircea Lucescu não vai para novo (71 anos), mas é uma antiga paixão de Pinto da Costa, nos tempos em que usava critérios mais sensatos, ou apostas informadas, na escolha de treinadores.

      A sabedoria do Príncipe Salina é intemporal, de facto.

      Eliminar
  17. A necessidade de fazer um grande encaixe não se deve apenas ao Fair Play Financeiro da UEFA, mas à propria falta do vil metal nos cofres. Com esse regulamento da UEFA, parece criar-se a sensação, em alguns meios, de que é apenas por causa dele que se tem de fazer grosso encaixe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De todo... há que equilibrar as coisas todas, de uma vez por todas...

      Abraço

      Eliminar
  18. Esta espera surrealista por um treinador, que a surgir, creio que será apenas e só mais um do mesmo, sem titulos ganhos, nem carreira a subir, apenas e só porque alguém se lembrou do portismo do fulano, faz-me lembrar uma certa história de um petiz que todos os dias ía á loja do sr. Lopes e perguntava:
    - Ó xô Lopes, tem iogurtes de diospiros?
    - Não, meu rapaz.
    - Ah!
    No dia seguinte:
    - Ó xô Lopes tem iogurtes de diospiros?
    - Ainda não filho.
    - Ah, pois!
    E no dia seguinte ao seguinte e por aí fora:
    - Ó xô Lopes, tem iogurte de diospiros...

    Até que, aquando da visita do vendedor de iogurtes á mercearia do sr. Lopes, este lhe perguntou:
    - Ó caro amigo, vocês tem iogurtes de diospiros?
    - Claro que sim, sr. Lopes. Temos de tudo!
    - Porreiro! Tenho um miudo que não se cala com isso. Mande-me umas 3 caixas, que já estou a ver o miudo a enfardar iogurtes de diospiros a torto e a direito. Isto é que vai ser vender!!!

    Passado uns tempos, entra o petiz na loja:
    - Ó xô Lopes, tem iogurtes de diospiros?
    - Tenho meu rapaz. Chegaram ontem!!!
    - Ó xô Lopes, num prestam pois não...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Pabe é um restaurante em plena Duque de Palmela, ali bem perto do Marquês, em Lisboa, que está conotado com a direita política, nomeadamente com o PSD. Mas, pelo menos uma vez por semana, não há ali direita nem esquerda, mas sim negócios bem cozinhados. Uma vez por semana, juntam-se ali os seguintes comensais: Joaquim Oliveira, o fundador da Global Media e da Sport TV, que já perdeu os anéis e um par de dedos; Angelino Ferreira, ex-administrador do FC Porto, acossado pela Justiça por cauda da Gaianima; e Octávio Ribeiro, inefável diretor do Correio da Manhã e feirante de notícias.

      E o que une à mesa e fora dela três personalidades tão diversas? O ódio a Pinto da Costa, o histórico presidente do FC Porto que há mais de 30 anos faz questão de tirar o sono à malta que se julga importante da capital. Surpreendente o salto mortal de Angelino Ferreira, transformado em ponta de lança não se sabe bem de quê.

      Oliveira, Ferreira e Ribeiro formam uma aliança espúria e que ilustra como este país está, movido a almoçaradas lisboetas. Só não vendem as mãezinhas porque ninguém as quer.

      Eliminar
    2. E que tem isso tudo a ver com o nome do novo treinador?

      Eliminar
    3. Exactamente isso. Fazer dos Drs Sigmunds desta vida os seus pontas de lança. E conseguem.

      Eliminar
  19. Se as noticias se confirmarem e for o Sérgio Conceição, sem comentários. Quando achas que já não te podem surpreender mais pela negativa, enfim. Um treinador sem currículo nenhum. Estou estupefacto. Começo é a questionar-me o porquê do Porto se interessar por treinadores medíocres, é para serem fantoches/bonecos? Mas nas mãos de quem? E se o Sérgio sai assim desta forma do Nantes, está tudo dito em relação ao seu caracter. Não me revejo simplesmente em pessoas assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, o NES é que era... esta dualidade de critérios é fantástica! E se o Sérgio quisesse MESMO treinar o FC Porto?

      Abraço

      Eliminar
    2. Contra factos não há argumentos, o Sérgio não tem curriculo nenhum. É mais do mesmo. Vão dar 6 milhões para ele se desvincular do Nantes? A ser verdade, o que ele fez ao Nantes é execrável, não me revejo e dá um lindo exemplo. E não tinham dinheiro para o Marco Silva...Se era para isto, o NES que ficasse. Não gosto de nenhum deles mas poupavas dinheiro. E de resto, completamente de acorco com as palavras do MST, o Pinto da Costa só sairá do Porto pela lei da vida, está completamente agarrado ao poder. Nunca pensei que fosse acontecer ao Porto o que aconteceu aos rivais, haver gente parasita a aproveitar-se do clube. Não volto a chatear-me com isto, eles é que ganham milhões e andam a gozar com as pessoas.

      Eliminar
    3. Quem disse que não havia dinheiro para o Marco Silva?? Disseram-no a si!?

      Eliminar
    4. O SC a sair assim do Nantes só está a fazer o que lhe fizeram em 2004 no FCP...
      as voltas que a vida dá...

      Eliminar
  20. Se for o Sérgio Conceição o novo treinador então a Sad e o presidente bateram no fundo dos fundos e só merecem o meu desprezo. Optar depois deste tempo todo por um treinador sem currículo, conflituoso, sem palavra pois se vier é porque depois de ter renovado há poucos dias roeu a corda, apelidado de incompetente pelo presidente do quarto classificado do campeonato, enfim será uma oferta do penta aos vermelhos.
    Espero que não passe de um botão pois se não for vamos de mau a pior e o nosso clube está mesmo entregue a incompetentes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Registemos essas palavrinhas.

      Podem dar jeito lá para Maio de 2018.

      Abraço

      Eliminar
    2. Homem de fé é aquele que acredita no que não vê.

      Eliminar
  21. O texto por vezes faz das dele. Queria dizer que a vinda do tal não passe de um boato pois se não for vamos de mal a pior

    ResponderEliminar
  22. Dos últimos 6 treinadores, o Sérgio só perde (por pouco) para o Paulo Fonseca. Era uma excelente notícia, o problema é que o Porto não quer pagar por um treinador e o Sérgio não vem a custo zero.

    De todos os falados, o Sérgio é o que me agrada mais, fez bons trabalhos em todos os clubes por onde passou.

    Abraço, João Júlio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dos que têm sido falados também é dos que mais me agrada. Foi pena não ter vindo aquando da chegada de Peseiro. Não percebo o porquê de tantos adeptos estarem contra a sua contratação.

      Eliminar
    2. Eu também não entendo. O adepto Portista... essa insondável força...

      Abraço

      Eliminar
    3. Simples. Não podemos dizer que precisamos de um treinador experiente e conservador nos métodos, e depois ficarmos contentes com a aposta num treinador tacticamente mediano, de personalidade instável, não obstante aguerrido e de carácter vincado. A rotura com o passado recente, o verdadeiro arrojo, por muito que nos custe admiti-lo, é atrevermos-nos a ser conservadores. Esta é a minha razão para estar desagradado com a opção Sérgio Conceição - representa a manutenção do status quo, cujo cerne é o negociata e RP.

      Ficaria mais agradado se a nossa base de trabalho fosse, por exemplo, o binómio Daniel Ramos + Luís Gonçalves.

      Eliminar
    4. Não há dinheiro? Não há problema, o Porto volta a fazer uma bela negociata como fez com a do Carlos Eduardo
      Se ao menos pudessemos dar o Adrián à troca...

      Eliminar
  23. O nome mais falado ou mais provável é mesmo o Sérgio.

    É um treinador com um carater forte! Não me lembro de ele ser um treinador com problemas ou conflitos com os seus jogadores, como por exemplo o Sá Pinto, pelo contrario defende-os com unhas e dentes.

    O único problema que eu vejo neste treinador é que o Porto vai jogar provavelmente alguns jogos sem treinador no banco, por ele ser castigado em abrir a boca contra os árbitros. Mas de resto não vejo nada negativo.

    Não ter currículo acho que não é argumento para o atual Porto.
    Porque tendo ou não tendo currículo não é isso que da a certeza que tenha sucesso. O NES não é bom treinador não tem currículo e só mesmo por causa do empate contra o Setúbal e Feirense é que não fomos campeões!!!

    Até pelo contrario, acho que o Sérgio (se for ele) mostra em ser o único que tem coragem para assumir este cargo nesta situação!
    Mostra que esta desposto em manchar o nome dele por virar as costas ao atual clube onde assinou por livre vontade um contrato por mais 3 anos, para vir treinar o nosso clube!!! Coisa que outros preferem Whatfords etc. em vez de jogar na liga de campeões.

    Seja quem for escolhido, vai ser esse que é o meu treinador do meu clube. Vou acreditar nele e apoia-lo até ao fim.

    Cumprimentos
    Marco

    ResponderEliminar
  24. Bem, tudo aponta que agora o escolhido seja o Sérgio Conceição.
    O mesmo treinador que não serviu há um ano e meio porque ganhou contra nós quando deveria ter perdido, é pelos vistos a principal solução para o clube.
    Até o NES já tem clube e nós andamos na imprensa por causa das peixeiradas que está a ser a nossa busca por um novo treinador.
    Mau de mais esta preparação, tudo dá a entender que o clube estava mesmo a espera de manter o NES, porque quase 10 dias depois ainda nada de treinador.
    Não se esqueçam é também de vender, porque falta um mês para cumprir o fair play financeiro e até lá vamos estourar mais uma percentagem interessante do acordo com a Altice para pagar contas e prémios da direcção, enquanto o acordo só entrará em vigor para o ano...

    ResponderEliminar
  25. É do car@lho, como se pede um treinador com um curriculo ainda mais pobre que o de NES, Lopetegui, Peseiro, Paulo Fonseca, Vitor Pereira e até mesmo Marco Silva!!!
    Um perdedor nato que por onde passou foi sempre ou quase sempre... despedido!!!

    E agora já tem dignidade? Um gajo que se esperneou contra nós como se estivesse a jogar na Champions, honra de capa d'A Bola, e dias depois foi gamado forte e feio contra os vermelhos e saiu-se polidamente com uma frase á NES! Um gajo que dias depois levou 5 em Alvalade?
    Um gajo que conseguiu entregar uma taça de Portugal ao Marco Silva quando já todos os sportinguistas choravam baba e ranho!!!?
    Igual, igual ao Tozé (lembram-se?) do Estoril. Quando jogam contra nós, esfalfam-se por serem dignos profissionais, quando jogam contra os outros é um abrir de pernas que mete dó!
    Portista sou eu, que sofro com esta merda toda, não abandono e vou continuar a sofrer!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Nantes não despediu o SC. O Vitória de Guimarães também não despediu o SC, o Vitória de Guimarães até convidou o SC para renovar o contrato por mais um ano, mas o SC preferiu sair. O Braga não despediu o SC, foi o SC que apresentou a sua demissão do Braga depois das bocas do presidente no final da Taça. Nos outros clubes por onde ele passou eu não sei o que reza a história, mas duvido muito que tenha sido despedido em qualquer um deles.

      Eliminar
    2. Se contratarem 30 treinadores portugueses e estrangeiros, todos vão ser contestados por qualquer motivo. O longo trabalho da ratazana Rui Santos atingiu o seu apogeu.

      Eliminar
  26. Viva Jorge!
    Subscrevo este parágrafo:
    Se Francisco J. Marques disse que não houve qualquer negociação com Marco Silva, espero que já esteja a ser ultimada a contratação de um nome firme, forte e agregador, com raça e capacidade técnica para fazer ressurgir uma equipa recheada de bons jogadores.

    A propósito, para quando a indicação da nova equipa técnica...?
    É que tendo em conta os insucessos das últimas quatro épocas, dá para desconfiar se não vai acontecer por aí mais um "flop"...!

    Apesar de ter sido seu fã, deixei de acreditar em Pinto da Costa... No entanto oxalá me engane e o grande timoneiro que foi possa renascer na plenitude das suas faculdades...

    Um abraço
    Armando Monteiro
    https://dragaoatentoiii.wordpress.com/

    ResponderEliminar
  27. O F.C.Porto é alvo de chacota por todo o lado. Não teve Jorge Jesus à mão, a custo zero por diversas vezes? E Marco Silva? E Sérgio Conceição? E Leonardo Jardim? E tantos outros? Qual foi a razão que levou sempre Pinto da Costa a não contratar qualquer um deles? Money, simplesmente money. Qualquer contratação que P.Costa faça tem que ter money pelo meio. Sem money não há comissões. Não foi Pinto da Costa que disse um dia que L.F.Scolari ia chamar burros aos portugueses quando chegasse ao Brasil, pelo facto do então seleccionador nacional ter feito um contrato milionário com a C.G. Depósitos? Sim ou não? Não andará também Pinto da Costa a insultar os sócios e accionistas do F.C.Porto há bastante tempo? Eu, como não gosto de passar por burro aos olhos de um qualquer malabarista, entreguei há muito, muito tempo, o meu cartão de sócio. Por outro lado, nunca aceitaria pactuar com um regime totalitário. Um dia, quando houver liberdade no F.C.Porto, nomeadamente nas urnas de voto, ponderarei de novo a situação. Contudo, de uma coisa tenho a certeza. Não é por Pinto da Costa ganhar fortunas à custa do meu clube que o torna mais portista do que eu.

    ResponderEliminar