segunda-feira, 27 de março de 2017

Os Santos Do Pau Oco

Se precisávamos de uma demonstração de como se manipula a opinião pública nesta tristeza que é o campeonato português - assim, com letra pequena - a adulteração dos factos em torno de Fernando Madureira e da claque de apoio à selecção faz o quod est demonstratum

Apesar da verdade ter sido relatada por Madureira aqui e da reacção da claque ser mais do que compreensiva neste contexto, para os media sulistas aqui está encontrado o bode expiatório de tudo o que está mal no futebol português. Como se nunca se tivesse ouvido "toda a merda é tripeiro" no galinheiro ou mesmo em resposta no Dragão. 

As virgens ofendidas são muito boas a fazer toda a narrativa. Basta ver o Play Off de ontem - onde Rodolfo Reis esteve muito bem - para se ter uma amostra bem clara do branqueamento que se faz à tentativa de agressão a Marta Soares e à viragem do bico ao prego quando alguém não faz mais que responder em termos a provocações. Curiosamente, nem uma palavra foi dita acerca desta questão ou sobre Inácio Pereira, por exemplo. A coacção é feita pelo FC Porto, esses malandros! 

Essa é a narrativa que convém repetir - que a culpa é que é toda nossa e que os outros, coitados, só estão a defender-se. Quando, a páginas tantas, Rodolfo insiste em desmontar a mentira da invasão ao Centro de Estágios da Maia para coagir Artur Soares Dias - quando de facto não houve nenhuma - o ratazana, no seu jeito peculiarmente filho da mãe, ri-se e diz então põe-se umas aspas na palavra invasão. E é assim que se faz, meus amigos. Duas pessoas mandaram umas bocas na rua a um árbitro, é ameaça e coacção - que o vai afastar, certamente, de apitar o Clássico. Carros riscados, ameaças à família.... não são sequer nomeadas. Mas as claques ilegais não são problema! Problema são as legais!

É por estas, e por outras descritas pelo Miguel Lima e pelo Vila Pouca, que o jogo de sábado é crucial: só nós poderemos combater este bafiento estado de coisas. Ninguém mais o fará. Continuemos a ser incómodos. Se formos feios, porcos e maus, seja.

11 comentários:

  1. Isto foi só o início de uma semana que será atribulada.
    Espero que NES saiba "encher de gasolina aditivada o tanque mental" dos seus jogadores. Mas vai ser muito difícil.
    Falaremos mais lá para o fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Esta CS é do piorio de tão facciosa que é. Vale tudo para defender o clube do regime e nos prejudicar. As instituições desportivas ajoelham-se perante o polvo vermelho mesmo quando são por ele ridicularizadas. Fernando Gomes é mais um portuense que vai para a capital e se ajoelha perante o poder vermelho. É uma vergonha!Temos de desmascarar toda a batota que eles fazem e com factos provar que para eles há regras diferentes. Através dos nossos meios que comparados com os deles são minúsculos temos de fazer barulho e fazer chegar à UEFA, porque as de cá estao todas compradas,a vergonha e a falta de seriedade que campeia no nosso campeonato. A AFPorto é uma vergonha pois vê o seu principal clube ser prejudicado e insultado e nada faz. É tempo de mudança.

    ResponderEliminar
  3. ha muito tempo que eu li que tinha sido no passeio junto ao centro de treinos,pergunto eu, o porque de so agora os comentadores que estao la a ganhar o belo,porque representam o FCPORTO,só agora se lembram de invocar isso mesmo de que as lérias, nao foram ameaças,foram feitas no passeio.cumps.helder oliveira

    ResponderEliminar
  4. As galinhas estão a ficar depenadas e o circo já não tem piada nenhuma.

    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ESCÂNDALO!! ESCUTAS Hugo Gil e Luís Felipe Vieira!
      https://youtu.be/r8ASSdBerCU

      Eliminar
  5. Boas,

    sobre os ditos cujos que só olham para um lado quando atacam o Fernando Madureira digo apenas que deviam ter olhos na cara e que a inveja é um pecado mortal.

    ninguém tem culpa que os adeptos do tal clube do regime e que se juntam em claque mas que não são reconhecidos pelo o seu patrono(porque dá jeito off course) boicotem a selecção e não estejam lado a lado com a chamada claque da selecção "Ultras Portugal".

    será que se eles andassem lá juntos lado a lado com os restantes elementos de várias claques de clubes apoiar a selecção, alguém teria coragem de entoar cânticos contra o clube deles? É claro que não, pois seria o descalabro total e haveria uma guerra que nem quero imaginar.

    portanto para mim os adeptos desse clube querem continuar na impunidade e quando o clube não os reconhece nem legaliza é porque dá jeito, pois assim dá para provocar e incendiar os ambientes no futebol e por isso quando dois ou três desse clube provocam o líder da claque portista é apenas para passarem uma imagem de que os maus vêm sempre do norte.

    para terminar digo que isto tudo me cheira a encenação onde eles usam a táctica da vitimização para se virem a desculpar de benefícios que possam ter nas próximas jornadas.Estejam atentos!!!

    Saudações Portistas.

    11DruL0Vic

    ResponderEliminar
  6. Só espero que a azia deles aumente exponencialmente sábado pelas 22:15... eles merecem uma lição a sério e espero que a nossa equipa o consiga fazer no clássico. Se no ano passado conseguimos lá uma vitória quando nem a maioria dos portistas dava nada por isso, este ano (e estando eles não tão pujantes como no ano passado e nós muito melhor que o ano passado) temos de conseguir também.

    Abraço,
    Pedro Nuno

    ResponderEliminar
  7. Sr. Jorge Vassalo: é a 1ª vez, e última, que escrevo p/ um site portista e faço-o para chamar a s/atenção para a imagem que postou ontem (hoje parece-me estar diferente!) irreverentemente,a uma imagem como é a Mãe de Deus! Com esse facto acho que não se deu conta que o tiro sai pela culatra!.. o visado sai como "trunfo"!
    A finalizar, acho que esqueceu que o abençoado Brasão do FCP tem a Nossa Senhora do Porto, pelo que teria haver mais respeito a visar a Rainha do Céu e da terra! Além disso, sabia que um dos n/ Reis D. João IV organizou uma cerimónia solene, em Vila Viçosa, para agradecer a Nossa Senhora a restauração da independência em relação a Espanha. Foi até à igreja de Nossa Senhora da Conceição, ofereceu a coroa portuguesa a Nossa Senhora, colocando-a a seus pés proclamou-a Padroeira Portugal. O acto da proclamação alargou-se a todo o País, com o povo a celebrar, pelas ruas, entoando cânticos de júbilo.
    Assim se tornou Nossa Senhora a verdadeira Soberana de Portugal, por isso, desde este dia, mais nenhum rei português usou a coroa real na cabeça, direito que passou a pertencer apenas à Nossa Senhora. Em cerimónias solenes, a coroa passou a ser colocada em cima de uma almofada, ao lado do rei. Um facto extraordinário e único no mundo.
    Que Nossa Senhora do Céu, e Nossa Rainha, perdoe os n/ desvarios! Não se de deve misturar coisas profanas com coisas Sagradas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha este virgem ofendida.. Conversa de treta. Oh anónimo podes bem desaparecer... não falta é anónimos como tu. És pior que um historiador que cá sei.
      Cumprimentos portistas
      A. Martins

      Eliminar


  8. ... e gastam-se dez-páginas-dez a fundamentar sanção para «o coro de teor racista dirigido especificamente ao jogador de raça negra» do 5lb. muito bem...
    mesmo assim, ainda continuo à espera (sentado) da condenação também de um «coro de teor racista dirigido especificamente ao jogador de raça negra» dirigido ao Hulk, no antro do costume, pelos useiros e vezeiros energúmenos do costume, em Março de 2012*.

    (* aah! já prescreveu? aah! pois é... mas, mesmo assim, houve de facto um «coro de teor racista». e 'aquilo' não deixa de ser um antro. e as bestas em causa não deixa(ra)m de ser uns energúmenos.)

    link para o lance do 'Incrível' aqui

    link para o acórdão do Conselho de Disciplina da FPF aqui


    abr@ço
    Miguel | 92º minuto

    ResponderEliminar
  9. quanto custará por todas as noticias que sejam contra o slb nas uefas nas fifas nos jornais nas televisoes deste planeta?será que o FCPORTO nao gasta muito dinheiro em coisas bem menos importantes?cumps helder oliveira m.grande

    ResponderEliminar