sábado, 15 de abril de 2017

Análise SC Braga 1-1 FC Porto - Tarde Piaste

E é isto que dá oferecer 45 minutos de avanço. O FC Porto não pode começar a carburar tarde e mal, não pode entrar a carvão e lento. Não é este o FC Porto com que cresci, o FC Porto de Robson ou de Villas Boas entrava como este acabou. Uma vez mais, Óliver péssimo e uma táctica perdida, algures entre o híbrido que não se permite a quem quer ser campeão.

Não acabou, longe disso, mas a verdade é que já nunca seremos líderes isolados para a semana. E assim vamos escorregando, lentos, permissivos e muito titubeantes. Ou crescemos ou não chegamos lá. Dependíamos de nós, deixamos de depender. Dependemos da derrota dos adversários para sermos campeões... e pode não chegar.

No entanto, parabéns à APAF. Felipe leva um amarelo com um minuto de jogo, enquanto o Braga pôde fazer o que lhes deu na gana, inclusive penaltis e vermelhos directos.  Enfim, campos inclinados. Só que, meus amigos, o meu FC Porto não dependia disto. Se é contra tudo e contra todos, é preciso MAIS!

98 comentários:

  1. Comentário profético de Novembro de 2016: http://doportocomamor.blogspot.pt/2016/11/os-pais-do-tetra.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero bem ser insultado e/ou gozado no final da época por ter feito esse post... Apesar de tudo, voltámos a entrar na luta por uma série de factores e agora só nos resta apoiar e acreditar até ao fim!

      Eliminar
    2. O comentário era o do anónimo desse post não o seu.

      Eliminar
  2. Este Nuno é uma catástrofe em termos psicológicos.Mais uma vez, entrámos a dormir.

    ReVA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qem não é carne nem peixe....

      Abraço

      Eliminar
    2. Também acho...!

      Armando Monteiro

      Eliminar
  3. Caro Vila Pouca
    Isto tem sido uma vergonha em toda a linha. É bonito dizer que tem que ser contra todos, mas em campo ver que somos massacrados pela equipa de arbitragem é duro, e arrasa com o crer e dificulta o querer.
    Fora isso, pedia-se um pouco mais. Não é lutar até ao fim. É lutar do princípio ao fim. O adversário ainda não tem o pássaro na mão, mas pode ir a Alvalade com o conforto de poder empatar e ficar líder.
    O que é inegável é que temos jogadores em baixo de forma, e a equipa ressente-se.
    O ponto mais baixo, foi ver o braga ser ultrapassado pelo seu maior rival, e ainda assim festeja o resultado como se de uma vitória se tratasse.
    Ver na RTP comentadores de trazer por casa fazer reparos taticos que fazem todo o sentido também custa um pouco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Peço desculpa Jorge, mas confundi-me no blog. É que com a prostituição jornaleira, já só consulto blogs de referência, essencialmente este e dragaodoente. Um abraço

      Eliminar
  4. So como informaçao adicional, no lance do penalti do Benfica B (Braga) Filipe é carregado em falta quando cabeceia a bola, hugo miguel nao viu mas a mao do oliver ja deu jeito ver.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o resto? E falar disso após o jogo? Vai no Batalha!

      Abraço

      Eliminar
    2. Pois é Dragão,
      Não há dúvida, todos os árbitros com receio de irem parar à JARRA e perderem a carreira, procuram agradar à imprensa fanática benfiquista (Televisões e jornais situados em Lisboa)
      Armando Monteiro
      https://dragaoatentoiii.wordpress.com/2017/04/16/um-deploravel-provocador/

      Eliminar
  5. Boa noite Jorge Vassalo

    Realmente a nossa entrada em jogo foi horripilante, não contesto o 11 inicial, com A.Silva pela direita e Corona no banco, como se sabe o Corona nunca se sabe em que dia está...
    O problema é que com o golo sofrido cedo, alguns jogadores, entre os quais A.Silva perderam-se nos posicionamentos em campo, mas não foi o unico, o Danilo nos primeiros 20 m. parecia que estava sem saber o que fazer, e mesmo Brahimi não conseguia aparecer até aos 20 e tal minutos.

    O que me parece é que os jogadores ainda ficam supreendidos quando algo não acontece como eles planificam na antevisão do jogo e depois demoram muito tempo a reagir, neste jogo foi toda a 1ªparte.
    O Braga entrou forte, um dos médios (julgo que André André) perde a bola, obriga Filipe a fazer falta, este vê amarelo, a equipa "percebe" ao que o arbitro vem (mas eles já tem de estar preparados para isto...), depois Alex Telles dá uma enormidade de espaço para o cruzamento acontecer, e na area estão 3 homens do Braga para 2 defesas do FCPORTO (nunca pode acontecer tantas falhas...)

    Só pelos 20m. conseguimos assentar o jogo, com os dois médios a conseguirem trocar a bola, mas sem grande rasgo, sem imaginação, parece neste momento tudo muito geométrico e a fantasia é colocada em campo pelo Brahimi, mas hoje demorou a aparecer em jogo.

    Aqui falo do ARBITRO, claro que se aos 25m. tivesse assinalado falta sobre Soares na area, como assinalou a mão ao Oliver aos 45m., onde ai já foi rápido a marcar, sorte para o FCPORTO, podia ir a perder por 2 ao intervalo.

    Mas onde se vê a forma como o arbitro inclina o campo, é a forma como permitiu aos jogadores do Braga entrarem com tudo, realço para lances cortados ao FCP e que eram de contra-ataque sem amarelo para os jogadores, ou a entrada a varrer sobre Alex Telles, que seria vermelho e não amarelo...
    E a forma como foi ao banco do FCPORTO mostrar o vermelho ao Brahimi...

    Com isto não quero dizer que fizemos um bom jogo, longe disso, mas acho que os jogadores estão a ter problemas em suportar as várias injustiças neste campeonato e a forma como estão a entrar, com duvidas é preocupante para o que falta.

    Acho que mentalmente é preciso melhorar muito para suportarem o peso da pressão...


    Voltando ao jogo, acho que o trio do meio campo também não está a funcionar neste momento, neste jogo viu-se que faltava mais movimento e passes de rupture para golo por parte dos médios, mas só após a entrada de Corona, com este a procurer muitas vezes o meio para fazer passes muito bons a isolar os colegas...

    Claro a finalização na 2ªparte também tem de melhorar, André Silva esteve desastrado na area e Danilo não conseguiu rematar aos 85m. com a eficácia desejada.
    E também Soares está algo individualista, só ve baliza, tem 2 lances onde pode isolar um colega e tenta sempre o remate em esforço, aqui é preciso melhorar...

    Também concordo que se a 1ªsubstituição foi correcta, Oliver (a acusar a pressão) por Corona, já retirar de campo Brahimi e deixar lá André Silva (que estava mal...) não se percebe...
    Eu pedia a entrada de Jota e Octávio por A.S. e A.A., mas independentemente de quem entrasse, retirar Brahimi não se percebe...

    Se antes dependiamos de um desaire (que podia ser um empate do rival), agora tem de ser uma derrota do rival, desde que o nosso futebol consiga melhorar nestes jogos fora de casa, é que o empate que podiamos desperdiçar já foi desperdiçado hoje.

    (Espero que Brahimi só apanhe 1 jogo..., mas com isto tudo minado, já não digo nada...)

    Só resta Acreditar que no proximo fim de semana a mesa vire, e os jogadores acreditem realmente que é possivel e melhorem o seu futebol...

    Abraço, Gil Lopes

    ResponderEliminar
  6. Resumo o meu comentário a este jogo com a seguinte música, espero que gostem.
    https://www.youtube.com/watch?v=4zLfCnGVeL4

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa!
      Paul Simon and Garfunkel
      Abraço
      Armando Monteiro
      dragaoatentoiii

      Eliminar
  7. Quando o NES espera que os outros façam o trabalho que devíamos ser nós a fazer,está tudo dito quanto à sua qualidade como treinado.Acredito que o Sporting vai ganhar ao Benfica mas infelizmente, também acredito que ainda vamos perder mais pontos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bem dito. Penso exactamente o mesmo. Discurso absolutamente ridículo de quem andou grande parte do campeonato (à excepção de 9 jogos) à toa sem saber o que fazer para a equipa ganhar jogos.

      Eliminar
    2. Toda a raça e querença do FC Porto está espelhada no discurso oficial de quem manda!

      Abraço

      Eliminar
  8. Boas noites.
    Que a equipa precisa produzir mais é uma verdade, que devia ser superior ao ambiente que a rodei também.
    Mas semana após semana sermos confrontados com campos inclinados, vermos o nosso rival poder bater em tudo e todos e nada acontecer, é algo que não podemos negar que tem influenciado o psicológico dos nossos jogadores.
    Não temos neste momento equipa com mentalidade para ultrapassar isto e os nossos inimigos têm aproveitado bem esse facto. E cada jogo que passa com a pressão a aumentar temo que só irá piorar.
    Temos uma equipa jovem e era preciso o NES saber tirar-lhes a pressão das costas.
    Vemos esse efeito no Sporting, quando deixaram de contar para o totobola começaram a jogar melhor.
    Resta ter fé, e como estamos na Páscoa, acreditar que ainda haja ressurreição.
    Cumprimentos a todos e Boa Páscoa.
    Vitor Soares

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já viu o discurso do Dragões Diário? E o Presidente? Pois!

      Depois há inclinações!

      Abraço!

      Eliminar
  9. Se alguém tem a maior parte da culpa neste empate, esse alguém chama-se Nuno Espírito Santo.

    Vendo que AS não rendeu absolutamente nada no 1º tempo, só atrapalhou, devia tê-lo deixado no balneário ao intervalo, juntamente com Oliver, que também não fez nada para além do penalty ( semana passada, Edgar Ié do boifica azul de belém fez um penalty praticamente igual que não foi marcado, né? Contra nós é muito fácil marcar penaltys).

    Depois, tira Brahimi, o nosso melhor jogador em campo, faltando 10 minutos pra terminar o jogo.Isto é de uma imbecilidade ímpar.

    Nem vou citar arbitragem, porque é sempre assim, já devíamos estar mais do que acostumados e prevenidos para a dualidade de critérios. O Braga bateu até dizer chega, e não foi ninguém expulso. Brahimi não bateu em ninguém, reclamou do banco de suplentes e... foi expulso!!!

    Apesar de tudo, ainda acredito...e tenho um feeling que será Luís Castro quem vai fechar o caixão boifikista...

    Falar em rio ave, nos jornais estava escrito que Gil Dias interessa ao boifica...já andam os césares a fazer pelo outro lado com 1 mês de antecedencia...

    ResponderEliminar
  10. Que desilusão ao sair do estádio.
    Entramos soft as usual, deixamos que nos marcassem e depois tivemos uma postura de mansos na 1ª parte.
    Na 2ªa parte, lá fizemos um golo, mas depois não houve calma nem acerto para ganhar-mos o jogo.
    O NES tem de ser mais realista, porque para vender ilusões já chegou o Julen.

    Agora o JJ para a semana irá ser o melhor treinador do mundo.

    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo menos leva a equipa dele ao limite...

      Abraço

      Eliminar
  11. Óliver péssimo? Sim, foi. Ele é para jogar futebol, e não esta espécie de râguebi.

    O mesmo para Otávio, Jota, Rúben Neves e João Teixeira, dos mais talentosos que temos mas que com este tanso no banco nunca vão calçar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para isso era preciso criar dinâmicas e isso dá cá uma trabalheira...

      Abraço

      Eliminar
    2. Pois, é bem mais fácil o chutão para a frente e a ideia de que somos mais altos mais fortes e com mais garra. Ideia de jogo colectivo temos 0.

      Abraço!

      Eliminar
    3. Dinâmica é coisa que Oliver não tem nem nunca terá. Por isso é que o Porto perde sempre o meio campo até com a equipas de meias lecas.

      Eliminar
    4. Está-se a falar de dinâmicas colectivas e não individuais.

      Ainda assim, esclareça-me lá porque é que acha que o Oliver não é um jogador dinâmico.

      Eliminar
    5. Caro JB,
      Na minha humilde opinião o Óliver distribui jogo melhor do que defende... Mas o André André dado que não é um sprinter, ou seja, não é rápido de pernas, e lhe falta capacidade de choque, passa-se o mesmo...

      Armando Monteiro
      dragaoatentoiii

      Eliminar
    6. Porque não marca o ritmo da equipa, não defende, não pressiona, não cria e não assiste, nâo ganha uma dividida.
      Na recepção da bola, a primeira reaççáo que tem é tocar para trás ou para o lado, nunca tendo a percepção se está sózinho, podendo rodar e progredir.




      Eliminar
    7. dragaoatentoii, acho que Oliver é um mestre a distribuir jogo e, principalmente, a perceber o contexto para definir o que a equipa precisa e o que o jogo pede: acelerar/pausar e guardar a bola/jogar em apoio/esticar na profundidade. Quase sempre que a bola sai dos seus pés os colegas ficam em melhor situação do que estavam quando ele a recebeu. No que toca a defender: Oliver tem quê? 1.70m? É óbvio que não é um jogador talhado para ganhar duelos físicos como Danilo por exemplo. E isso pode sempre dar a ideia de que defende pouco ou mal. Ainda assim raramente está mal posicionado, e nunca deixa de ser agressivo na pressão.

      Anónimo,
      quanto à primeira frase não devemos mesmo estar a falar do mesmo jogador!
      Quanto à segunda, até concordo que tal tenha acontecido nos jogos mais recentes, mas não é definitivamente um padrão do jogador. Basta rever jogos mais antigos dele, mesmo nesta época.

      Eliminar
  12. Mais uma vez entramos a dormir. Num jogo em que era imperioso ganhar demos 60 minutos de avanço mostrando a nossa falta de estofo de campeão. Com este treinador que não aprende com os erros não vamos a lado nenhum. No final da época rua com ele.
    Não entendo como é que uma nulidade como André Silva joga os 90 minutos. A precisar de marcar um golo tira o Brahimi?? Este pseudo treinador é um visionário e os adjuntos são meras figuras decorativas a mim até parecem os velhotes dos marretas. Além de termos contra nós o colinho dos outros ainda temos um incompetente dos grandes no nosso banco. Se eles têm marcado o pênalti hoje tínhamos dito adeus ao titulo. De qualquer modo esperar que seja o Sporting a fazer o nosso trabalho demonstra ao que chegamos. Depois de ver a falta de competência da nossa parte não vale a pena acalentar esperanças de ganhar o campeonato.

    ResponderEliminar
  13. Caro Jorge,

    Se desculpou o Manuel Lopes, também me irá desculpar, certamente. E a opinião do que sinto, expresso-a aqui, da mesma forma que a exprimo no Dragão até à morte, dois blogues de referência que acompanho diariamente.

    Estofo. É o que falta. Para além de mais uma entrada em falso, penso que há dois jogos que foram determinantes: papoilas e Setúbal, no Dragão. Ainda há muito trabalho mental a desenvolver, para que a alma deixe de agitar o discernimento. Agora, coração, sobeja. E equipa e treinador têm potencialidades para continuar a crescer, tomando em consciência o que falharam.

    Estou numa fase de descompressão. Não quero criar expectativas, porque a sem-vergonhice vai continuar em Alvalade. Não tenho nenhuma dúvida. Hoje foi mais uma vez descarada.

    Que a equipa se desvie da miragem do título. Até agora fomos superiores a todos os opositores que se nos cruzaram no campeonato. Faltam 5 jogos e somos melhores que qualquer dos adversários que vamos defrontar. Só temos de continuar com atitude e com raça… mas com cabeça. Depois, tudo o que possa vir é lucro.

    O Secretário de Estado, apesar de natural de Braga, festejou mais o golo sofrido pelo Porto que marcado pelos minhotos.

    As amêndoas não são lá muito doces, mas uma Santa Páscoa para todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou obrigado a concordar, meu amigo.

      Abraço e uma boa Páscoa para si e os seus.

      Eliminar
  14. Com NES será que o 2º lugar estará mesmo seguro? Pelo que se tem visto, conquistar o que quer que seja, não é com ele. Aposta tudo no que os outros possam fazer por nós. Nesta perspectiva, ainda poderemos ter surpresas muito desagradáveis. Lamentável.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez não, porque não dou como garantida a vitória do sportem.

      Abraço

      Eliminar
    2. Jorge Vassalo, esse é o nosso dilema neste momento. Como não conseguimos conquistar nada, se formos racionais, talvez o melhor seja mesmo a vitória do....Benfica no derby!!!! É que temos de ter orçamento para a próxima época e a Liga dos Campeões é essencial.

      Eliminar
  15. Caro Jorge Vassalo

    O nosso mister é um trengo, um verdadeiro incompetente. Assistimos à maior demonstração de incompetência de banco nos últimos anos. Não tem capacidade. Não sabe mais. É treinador de equipa pequena. Uma abecula. Pensa sempre em não perder. Hoje demos 60 minutos ao adversário. Mais uma vez. Quero NES fora. Não vale nada. Não merece mais. Acabou.

    Raoc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperemos que nos desminta...

      Abraço

      Eliminar
    2. Caro RAOC,

      E se Domingo o FC Porto assumir a liderança, o NES volta a ser bestial ... eu? Vou continuar a ser coerente ...

      PT

      Eliminar
    3. Também eu acho que o NES é treinador de equipa pequena.
      Depois não gosto do discurso dele: promete mais do que cumpre...!
      Engrampou o Pinto da Costa com o "somos porto"...
      Só com muita sorte seremos campeões, mas tal como as coisas estão com os lampiões a controlarem os cargos do poder do futebol e a poderosa comunicação social fanática benfiquista a contribuir para o pôr e dispôr dos benfas, não vejo jeitos disso acontecer...
      Armando Monteiro
      dragaoatentoiii

      Eliminar
  16. Boa Noite Jorge,

    Na sexta à noite a falar com o meu pai disse que me parecia que o Porto perderia pontos no jogo de ontem (sábado). E não é preciso nenhuma bola de cristal para adivinhar tal. Basta consultar o histórico deste campeonato e verificar o grande nº largos períodos de jogo que o Porto oferece aos adversários. O jogo da semana passada contra o Belenenses é sintomático. Estand na luta pelo título e a 1 ponto do líder, entrámos devagar, devagarinho até que na 1ª oportunidade de golo que o Porto teve, por volta dos 37m, marca o golo e então depois, em casa e frente a um adversário fraco, segurou a vitória com mais 2 golos na segunda parte. Quem em casa, a lutar pelo título, nesta altura do campeonato joga de forma lenta e só aos 37 minutos tem a primeira oportunidade de jogo dá a entender que a jogar fora, contra adversários de outro calibre, pode perfeitamente perder pontos. Meu dito, meu feito. Já o digo à muito tempo: A componente psicológica não é "treinada" nesta equipa. Nunca foi ao longo do campeonato e basta ver o histórico dos jogos. O preparo mental dos jogadores para cada jogo é zero. Somos uma equipa temerária e reactiva. Não somos activos. Não entramos a mandar. Reagimos ao que nos fazem. Isto não é ser Porto. Quem é o grande culpado por isto: Nuno Espírito Santo. NES mostra não entender a importância do trabalho mental, ou se o faz, é medíocre. Não temos estofo de campeão e o problema começa no banco. Este tipo de treinador acorrenta a equipa e a perda de pontos começa logo por aqui. Temos um treinador cuja a preocupação principal foi solidificar a defesa - até aqui tubo bem, o que não se entende é que estamos em Abril e não há um processo ofensivo solidificado. Fica sempre a sensação que isso fica "entregue" aos jogadores, porque do banco nunca há rasgo táctico que ganhe jogos. O Porto para ter sucesso tem de ter um treinador que não tenha medo de ganhar e que não seja temerário - em francês, que não seja um CAGÃO! E é essa a imagem que nesta altura NES terá na grande maioria dos adeptos portistas. Como com muitos treinadores de valor, só quando se chega ao um grande é que vemos o real valor do treinador. Como qualquer profissão, o título de treinador dado por decreto, nada garante em termos qualitativos. Existem os bons, os assim-assim e os maus. Os maus nunca terão oportunidades num clube grande, os restantes poderão ter a oportunidade de mostrar o real valor num clube de topo. NES teve e tem a sua grande oportunidade esta época, como treinador do nosso FC Porto, e infelizmente a avaliação para já não é brilhante. Uma das grandes qualidades de Nuno como jogador era ser um esteio do balneário, fomentar o bom ambiente e contribuir de forma quase decisiva para a construção de um bom espírito de balneário. Pelo que ouço e leio, essa qualidade ainda é mais vincada na carreira de treinador. Esta qualidade é quase sempre o principal nos treinadores de equipas que não sejam os 3 grandes. Entrar num campeonato com o objectivo de um lugar europeu ou a permanência no principal escalão é radicalmente diferente de lutar pela vitória no campeonato. Um treinador que tenha as qualidades que acima referi, tem que ter algo mais para triunfar num clube grande e ser campeão - tem de ser um bom estratega e um bom psicólogo. É justamente isto que eu acho que falta a NES. Ser um tipo porreiro e compreensivo é curto demais para ser treinador do FC Porto. O campeonato, esse, em minha opinião já o perdemos. Quando a equipa precisava de uma grande voz de comando, não a teve. Situações existem em que não basta ao treinador ser mais um em prol do espírito de equipa - tem acima de tudo de ser o líder e aquele que inspira os jogadores. Acham que os jogadores do Porto sentem-se inspirados pelo treinador? Eu acho que não. E assim, pelo 4ª ano consecutivo, perderemos o campeonato e veremos o Benfica ser tetra. Pior que isso, zero também é o número de troféus que o Porto tem conquistado ao longo destas 4 épocas. Inimaginável mas bem real, infelizmente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A responsabilidade é de quem o escolheu...

      Abraço

      Eliminar
    2. Como me disse o Jaime Magalhães que é dono dum estabelecimento cá para os meus lados, o que falta ao FC Porto é futebolistas portugueses, ou seja, à Porto, raçudos e sem medo.
      Relativamente ao técnico ideal para treinar o FC Porto, também acho que tem de ser bom psicólogo ao jeito dum Bela Gutman e bom estratega tipo Pedroto...
      Actualmente há dois técnicos que gostaria de ver no FC Porto: Rui Faria adjunto do Mourinho ou o Marco Silva; qualquer deles ambiciosos e excelentes treinadores...
      Armando Monteiro
      dragaoatentoiii

      Eliminar
    3. Dizer que Rui Faria é ambicioso quando anda há 15 anos de mão dada com o Mourinho e que já disse várias vezes não querer ser treinador principal, é ter uma falta de visão gritante.

      O que falta ao FCP é um plantel (jogadores e treinadores) com estaleca, personalidade e querer. Como disse recentemente o Jorge Costa, mais vale contratar jogadores menos bons tecnicamente e que lutem, do que outros que são excelentes, mas em equipa pouco acrescentam.

      Eliminar
    4. Caro Dragão,
      O próprio Mourinho já afirmou que Rui Faria está no ponto e que quando se decidir vai ter êxito. Agora é preciso notar que o Rui Faria é muito novo (deve ter mais ou menos 40 anos), neste momento está confortável com o Mourinho, mas quando ele se decidir a assumir, vai explodir como já referiu o próprio Mourinho.
      Pronto, é a minha opinião que já o vi trabalhar como preparador físico... Quanto ao resto veremos no futuro quem tem razão...
      Armando Monteiro
      dragaoatentoiii

      Eliminar
    5. Pelo FCP, se ele viesse, desejo-lhe todo o sucesso do mundo, mas o Mourinho não é infalível.
      Também disse em tempos que o Vítor Pontes ia ser o sucessor dele e esse agora nem treina e há mais de 10 anos que não faz uma época completa na europa.
      Acima de tudo, o Rui Faria já disse por mais do que uma vez que não pretendia ser treinador principal, logo até lá não vale atirar o chapéu dele para o monte.

      Eliminar
    6. ...Acho que não é bem assim...
      1 - É evidente que neste momento, como frisei antes, Rui Faria está confortável como adjunto de Mourinho, daí não se sentir interessado em se aventurar...
      2 - Mourinho falha...?! Oh amigo quem me dera a mim ter o Mourinho com todos os seus falhanços a treinar os Dragões...
      3 - Depois também é evidente que para Rui Faria aceitar treinar um clube teria que lhe ser oferecido um projecto aliciante, ou seja, uma situação superior à que disfruta actualmente...

      Armando Monteiro
      dragaoatentoIII

      Eliminar
  17. O FC Porto perdeu o campeonato contra o Setúbal! Ponto final. Há erros que se pagam muito caros.
    Empatar em casa do SLB é perfeitamente normal. Aqueles que dizem que tínhamos de ganhar lá são completamente lunáticos.
    Mesmo no tempo em que ganhávamos tudo, os dérbis eram uma lotaria. Empatar em casa do Braga, também é um resultado que se aceita.
    O Braga é uma boa equipa. Agora empatares em casa contra o Setúbal, repito em casa, em que tinhas tudo para ganhares e deixaste empatar
    e perdes a cabeça?! Jogadores nervosos contra um Setúbal?

    Podemos culpar quem quisermos, os árbitros, é sempre muito fácil atirar as culpas aos outros, agora não foi por causa de árbitros ou seja lá
    o que for, que perdeste pontos contra uma equipa medíocre como Setúbal e em casa.

    O FC Porto não merece ser campeão, ponto. Falhou sempre quando não podia falhar. Agora bem podem ir a Fátima rezar e pedir um milagre.
    Tenho cá para mim que o SLB vai ganhar ao Sporting. Isto de esperar que os outros resolvam os nossos problemas é realmente muito inteligente.

    O NES não tem estofo para ser treinador do FC Porto. Taticamente é muito fraco. O Braga comeu-nos completamente na 1º parte.

    O FC Porto precisa rapidamente de um treinador à Porto, Mourinho é impossível, Vilas Boas também me parece impossível, quem sabe Jorge Jesus.
    Mas o JJ ainda tem mais um ano de contrato com o Sporting. Não é só em jogadores que o clube tem falhado, têm apostado em treinadores medíocres.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpe lá meu caro, mas com mais de 20 penaltis a favor por assinalar, entre outras nojices aberrantes que se verificam semana após semana, nas quais uns são empurrados para o fundo e outros são empurrados para o topo, acha mesmo que o Porto não merece ser campeão? E os intocáveis de Carnide merecem? O alvo a abater não é o Nuno Espirito Santo. O alvo a abater é o polvo encarnado.

      Eliminar
    2. Também acho, pois é evidente que Pinto da Costa pelos menos nas últimas 4 épocas, tem apostado em treinadores de meia tigela...!
      Armando Monteiro
      dragaoatentoiii

      Eliminar
    3. O Jorge Joelhos é que não carago, esse iria ser outro flop a prometer muito e a falhar ainda mais.
      Há mais treinadores que a mão cheia de portugueses capaz de levar o FCP ao titulo, é preciso é investirem neles como a SAD investe nos seus bolsos

      Eliminar
  18. Incrível como o FCP dá inúmeras vezes uma parte de avanço. Quando acorda já não há tempo para mais. Não percebi como não há alterações ao intervalo depois de uma primeira parte miserável. Não percebo a saída do Brahimi quando era um dos melhores em campo, já o mesmo aconteceu diante o SLB. Danilo na primeira parte chegou muitas vezes atrasado nas divididas. Pessoalmente não gosto de ver Danilo tão recuado, coabitando na zona dos centrais, fazendo depois falta a meio campo para dar linhas de passe, arrastar marcações ou para efectuar uma pressão mais rápida.

    No início da época criticava muito o NES, depois na boa fase da equipa teci-lhe elogios, pensei que estava completamente enganado. Actualmente não quero acreditar que seja o próximo treinador do FCP na época 2018/19.
    Será que não visualiza posteriormente o jogo para corrigir erros ou para ter novas ideias. Constantemente comete os mesmos erros. As dinâmicas da equipa não melhoram também. Muito jogo pelos flancos com cruzamentos atrás de cruzamentos com muita dificuldade para construir na zona central.

    O Óliver, apesar da qualidade que tem, não rende neste sistema e penso que está no período de menor fulgor o que ainda piora a situação.

    Para a história, nos últimos quatro jogos, três empates e uma vitória. Para uma equipa que não podia falhar é muito mau.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Óliver serve para jogar futebol...

      Abraço

      Eliminar
    2. Onde é que ele joga futebol?

      Eliminar
    3. O Óliver é um grande jogador mas é um jogador de colectivo que depende da dinâmica da equipa e actualmente no FCP essa dinâmica é muito rudimentar o que prejudica o jogo do Óliver. Numa equipa com melhor jogo colectivo seria certamente um dos melhores em cada jornada. Por isso só posso culpar o treinador.

      Eliminar
  19. Discordo e acho injusto. Tanto o post como a maioria dos comentários. Fazemos sempre a catarse da frustração à cabeçada aos nossos, está errado. É só a maioria nhã opinião, está claro.
    Abração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era: a minha opinião. O meu autocorretor é lampião! :)

      Eliminar
  20. Outra coisa,se no fim da próxima jornada nós ficarmos na frente e supondo que as duas equipas ganham todos os jogos até ao final,é fácil de imaginar que vão haver muitos auto golos, muitas facilidades dadas pelas defesas adversárias e no final o goal average vai ser claramente a favor dos lampiões.

    ResponderEliminar
  21. o jogo demostrou mais uma vez aquilo que ja havia sido demonstrado contra o setubal, falta de estofo e de categoria do treinador e de alguns jogadores alguns avaliados em 20M. A falta de intensidade e velocidade do meio campo e impressionante, a falta de capacidade do treinador em por a equipa a correr desde o primeiro minuto e ainda mais impressionante. O porto provavelmente nem em segundo lugar fica, a equipa nao manda, nao e perigosa, e facilmente anulada, corona joga 15 a 20 minutos e adeus ( mexicanos coitaditos querem e la siesta ), soares e bom na area e nao a andar pela esquerda, a silva completamente fora de posiçao, oliver sem velocidade e intensidade, filipe enfim os pequenos erros do costume ( aquele golo de um tipo com um metro e setenta a vontadinha a saltar na area... ), Danilo jogo aereo defensivo tem as falhas do costume, maxi e finito. Falta nos agressividade, intensidade e velocidade coisa carateristicas das varias equipas do porto desde a formaçao. Repare se na B, os resultados melhoraram e so tem a ver com o treinador, porque??? nao inventa, coloca os jogadores no lugar certo, aproveita as potencialidades de cada um e trabalha com o que tem sem inventar, agora jun A a mudança de treinador destruiu uma equipa ganhadora, tornou a uma equipa de gajos porreiros resultados estao a vista. NUNO NAO NOS SERVE PARA O ANO, ou entao se ficar temos de arranjar mais 3 a 4 jogadores mesmo acima da media. E muito facil anular esta equipa ou este tipo de jogo do porto se quiserem, repito assim provavelmente nem em segundo ficaremos.

    ResponderEliminar
  22. o NES e acima de tudo um filosofo da treta.

    ResponderEliminar
  23. Para mim O FCPORTO está DECADENTE. Porquê?
    Vejamos, o "DRAGÃO" não festeja um título de campeão nacional de hóquei patins há 4 anos e não se qualifica para a "Final Four" há 2.
    No futebol enquanto outros contratavam Jonas, Mitroglou, Jimenez, Pizzi, Slimani e Bas Dost, NÓS enfiávamos barretes como o Pablo Osvaldo, Adrián López, Depoitre, Herrera.
    Até na contratação de Rodrigo Battaglia fomos "comidos" pelo A. Salvador. SOMOS UMA ANEDOTA.
    O "AZUL E BRANCO" tem bons jogadores (Oliver e André Silva são bons exemplos disso) mas como tem uma dívida COLOSSAL é obrigado a vender, sendo impossível manter ano após ano a sua espinha dorsal, o resultado é o FRACASSO.
    NES não é responsável pelos "calabotes", pela juventude do seu plantel e seus falhanços em frente da baliza. Porém o facto de se deixar dominar na 1ª parte por um SCBraga desfalcado constitui para mim uma PROVA FORTÍSSIMA que não serve como TREINADOR para o "AZUL E BRANCO", é simplesmente outro "ilusionista".
    Não acredito que o "clube cardinal" vença a "porta 18". E pelo o que tenho visto o FCPORTO irá falhar em Chaves e na Madeira.
    O MELHOR que JNPC pode fazer no final da época é rescindir com o actual treinador e contratar imediatamente Pedro Martins. Vejam o aproveitamento que ele consegue retirar de Hernâni e Marega, jogadores que foram dispensados por NES.

    Abraço

    Luís (O MEU, O TEU, O NOSSO FCPORTO)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Luis já não foi "o do NES"? Tenho quase a certeza q sim. E aproveitando o seu conselho a JNPC, digo-lhe que o melhor que tem a fazer é ser mais vezes o Luis (O que se deixa estar caladinho)...

      Eliminar
    2. Pedro Martins:::?! Talvez, é possível que sim, mas... Eu preferiria outros que dão mais garantias...
      Armando Monteiro

      Eliminar
  24. Caro Jorge,

    Não venho aqui apontar culpados para o facto do FC Porto ter perdido mais dois pontos numa altura em que são tão necessários, até porque dependíamos e dependemos de terceiros. Apenas dar conta, como adepto, de alguma frustração, não tanto pelo empate, também claro, mas sobretudo pela incompreensível primeira parte do FC Porto. Na verdade, e sabendo o que está em jogo nesta altura, custa a entender a forma como o FC Porto jogou os primeiros 45 minutos e até pode agradecer aos deuses da fortuna não ter ido para o intervalo com o jogo práticamente perdido. Claro que na segunda parte jogámos bem melhor e podíamos inclusive alcançar a vitória, mas aí, alguma ansiedade e também alguma falta de jeito, não é Brahimi, não é Danilo, ditaram as suas leis.
    Ia falar da arbitragem, mas lembrei-me que nenhum dos responsáveis do FC Porto se referiu à mesma, deduzo que correu tudo bem. Portanto, quem sou eu.
    Apesar de tudo, continuo a acreditar num final feliz.

    Um grande abraço e...

    FC PORTO SEMPRE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ...da arbitragem...? Mentira, o Luis Gonçalves director desportivo até foi expulso por no fim do jogo reclamar e se insurgir contra o cabrão do Hugo Miguel que no capítulo disciplinar nos lixou e bem...
      Relativamente à 1ª parte, acho que fomos surpreendidos pela velocidade e excessiva agressividade dos arsenalistas do Minho, factor que me faz crer que, fisicamente principalmente, na componente da velocidade os dragões não estão lá muito bem preparados...

      Armando Monteiro
      dragaoatentoiii

      Eliminar
  25. O NES foi sempre isto, mesmo quando todos nós acreditamos que era possível.

    Temos de continuar a acreditar e a apoiar a equipa.

    No entanto considero que NES não pode ser o treinador na próxima época.

    Abraços

    ResponderEliminar
  26. O Proença quer a liga portuguesa entre as 5 melhores da europa. Isto nunca vai acontecer.

    Porque nas 5 melhores ligas européias, os adeptos da casa são maioria no estádio, enquanto cá no burgo, uma equipa só joga literalmente fora de casa em Guimarães (às vezes), Porto e Alvalade. A começar por aí, já há desigualdade gritante. Enquanto a nossa liga não cumprir as regras dos 15% para a torcida adversária em todos os jogos, o boifica já estará sendo beneficiado antes do campeonato começar ( sempre foi assim), pois sabe que em 34 jogos, jogará 31 deles "em casa". É uma luta desigual em todos os sentidos.

    Depois, há a questão dos adversários chamados pequenos. Se a Liga fizesse como em Inglaterra, dando mais dinheiro aos pequenos para que ficassem mais competitivos, provavelmente o campeonato seria mais disputado, mas o que acontece é que a lambe-botice impera, e os presidentes dos pequenos se pudessem, davam a lotação completa do estádio ao boifica para fazerem "encaixe financeiro". Preferem jogar "fora de casa" quando se trata do boifica. Se a Liga obrigasse estes clubes chamados pequenos a darem apenas os 15% da lotação aos adversários, já seria um grande passo na competitividade, mas alguém acredita que isto vai acontecer?

    Dá inveja ver os todo-poderosos Barça e Real, com milhões de fãs em todo o mundo, jogarem em Villareal, Real Sociedad, Bilbao ou Sevilha por exemplo, com o estádio todo a apoiar a equipa da casa. Por isso estas equipas são fortes, competitivas e o campeonato espanhol é visto com interesse em todo o planeta. O mesmo vale para Itália, Alemanha ou França.Ou mesmo Turquia ou Holanda. O fator casa existe nestes campeonatos.

    A solução para a liga portuguesa é, teoricamente, fácil de resolver.
    É fazer leis que se cumpram, castigos imediatos e 15% da lotação para a torcida adversária.
    Alguém acredita que Proença, ou quem vier a seguir, vai fazer isto?
    Portanto meus caros amigos dragões, independente da quantidade de jogos durante a época, o boifica só não jogará em casa em 3 jogos.Só aí, parte em grande vantagem em relação ao resto.

    Dizer que os 17 clubes da liga partem em igualdade de condições é fazer de tolos a todos nós.Ah, além disso, ainda há impunidades, jeitinhos tipo estorilgate, tuneis da luz com castigos relâmpagos e longos, imprensa amiga, e por aí fora...

    Repito, alguém acredita que Proença, ou quem vier a seguir, vai mudar isto?
    Claro que vai: quando vampiro doar sangue ou quando o Saci-Pererê cruzar as pernas....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitos dos pequenos clubes estão à espera da receita do jogo com o Benfica para cumprirem os orçamentos. Sem isso eram ainda mais pobres.
      É impossível colocar essa regra dos 15%. Proibiam as restantes pessoas, a maioria benfiquistas, de comprarem bilhetes? Quando a grande maioria dos pequenos clubes têm apenas 2 ou 3 centenas de sócios.


      Eliminar
    2. Não, mas proíbem o FC Porto de comprar..

      Abraço

      Eliminar
  27. O que é que o FC Porto fez, para continuar a não ser roubado?! Quando se chegou a pouca vergonha do jogo de Chaves, em que ficou por demais
    evidente aquilo que todos já sabiam, as coisas aparentemente acalmaram. Quando o Benfica sentiu que o campeonato podia fugir-lhes, viram a reacção
    deles?? Foi reuniões com o presidente dos arbitros, reuniões com o governo, boicotes a federação portuguesa de futebol, boicote na recepção da selecção,
    etc!! O que é que raios fez o FC Porto ?? CALOU-SE!! Mais, elogiou a arbitragem no jogo benfica - porto!

    O único clube em Portugal que enfrenta os poderes instalados do Benfica é o Sporting!!!! O FC Porto calou-se, em Braga levou no rabo mais uma vez!
    Enquanto os arbitros não tiverem medo de arbitrar os jogos do FC Porto, medo que podem sair de lá com as patas partidas se se atreverem a faltarem ao respeito
    a esse clube, vamso continuar a levar no CU!

    O Benfica quando percebeu que o campeonato lhes podia fugir, reagiram logo! Passaram logo a mensagem "vejam com quem se estão a meter"! O FC Porto cala-se!

    O FC Porto que seja inteligente e perceba que vai ter de se juntar ao Sporting, porque o que está a acontecer no campeonato português com arbitragens
    tendenciosas, é uma pouca vergonha! Por mais jogadores que tenhas, treinadores, de nada vai adiantar, enquanto o Benfica continuar a controlar a arbitragem
    em Portugal!!

    E se tivermos que ir ao ponto de boicotar os jogos, e deixar o Benfica a jogar sozinho, que seja! Agora continuarmos a ser enrabados da forma como tem sido,
    é que não!

    Isto não pode continuar assim, porra! Que ladrão foi o arbitro ontem, expulsam nos um jogador do banco, não nos marcam um penalty clarissimo, perdoa
    um cartão vermelho por entrada violenta, como é possivel o arbitro não ver que aquilo é violento??????? Porque é que o arbitro protegeu o Braga???
    O Braga é assim tão grande como os grandes para o arbitro ter medo e protege-lo? Não, não é, o arbitro estava a proteger quem o ameaça, quem lhe dá
    de comer: Benfica!!

    Os arbitros enquanto sentirem que é o Benfica que controla a arbitragem, enquanto sentirem que são eles que mandam, vão continuar a ser tendenciosos!
    Quando o Benfica começou aquela pouca vergonha de pedir reuniões e boicotes, o FC Porto deveria ter feito pior, deveria ter gritado ainda mais alto,
    devia exigir um pedido de desculpas do governo, da FPF, porque não se aceita que um clube seja ele qual for, tente condicionar os dirigentes!! Mas não,
    o FC Porto mais uma vez quando tinha que defender os seus interesses, calou-se e deixou que a mensagem de quem manda no futebol em PT se acentuasse.

    Quem viu e quem vê este Porto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luis, já lá vai o tempo em que Pinto da Costa convocava o pessoal para ir reclamar/ manifestar-se junto do Governador civil do Porto...

      Armando Monteiro
      dragaoatentoiii

      Eliminar
    2. Não sou a favor do ruido extra-relvado, mas neste momento, é a unica coisa possivel para o FCP.
      Temos que ter o máximo de informação a ser debitada diariamente, constantemente, de forma a lutar contra a contra-informação vermelha e os poderes instalados.
      Só assim os assuntos vão ser discutidos e falados, caso contrário tudo cai em esquecimento, como caem todas as criticas e processos ao benfica...

      Eliminar
  28. Tendo NES as limitações que sabemos, tendo em conta uns 20 penalties sonegados em que já vamos, com a respectiva influência em resultados e classificação, que treinador faria melhor do que lutar pelo título?

    Eu não aprecio NES, acho que é muito limitado. Mas numa competição de regularidade, quem consegue vencer se a regra da grande penalidade não se lhe aplica? Hoje em dia, cada vez menos vezes as equipas de topo goleiam; este é um dado estatístico. Se nos vários jogos fora, em campos complicados, os nossos adversários podem defender na área à margem da lei, torno a perguntar, que treinador faria melhor que NES? A solução, portanto, seria arranjar um treinador que ponha simplesmente a equipa a golear, para compensar os desmandos da arbitragem? Isto é realista em 2017? Termos de esmagar em TODOS os jogos para vencer, quando bastaria muitas vezes um golo de diferença naquelas partida complicadas, num batatal, numa noite chuvosa, aquele penalty tantas vezes decisivo?
    Eu deixo-vos aqui uma tentativa de resposta: - enquanto as relações de poder na Liga, FPF, APAF e mesmo em certos sectores governamentais não mudarem, nenhum treinador pode reverter por si só esta situação. Isto tem de ser claro para os portistas, sob pena de transformarmos o clube num cemitério de treinadores. Não me canso de dizer que, por muito mau que seja NES, caso metade (!!!) das grandes penalidades que nos foram roubadas tivessem sido marcadas, estaríamos à frente isoladíssimos.

    Portanto, pedir a cabeça de NES não chega, certo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, mas há que fazer muito, muito mais.

      Abraço

      Eliminar
  29. Ó Vassalo, depois deste comunicado do salvador, eu "espero que o Portocanal, se tiver vergonha na cara, continue a transmitir em direto as galas dos bracarenses"...

    ResponderEliminar
  30. As limitações de NES são exatamente as mesmas de André Silva, André André, Oliver. Não dão mais do que aquilo que temos visto, essa é a nossa realidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É. Horriveis. Rua com estes mancos.

      Eliminar
    2. Pessoalmente acho que esses jogadores não estão a render o que poderiam devido ao treinador. Quando parece que a equipa não sabe o que fazer em campo, só pode ser o treinador a assumir a responsabilidade.

      Eliminar
  31. Depois da ridícula expulsão de Brahimi vamos ficar calados? Não vamos reclamar para que ele não seja castigado? Mas que raio de sangue é o nosso? De barata?
    A desconsideração que PC teve ontem na tribuna dos lampiões do Norte seguida do ridículo comunicado que eles fizeram só pode levar a uma atitude nossa que era cortar relações com esses lampiões do Norte. Mas isso seria com o PC de antigamente pois com o atual ainda corremos o risco de ver outra gala desses vermelhos transmitida no Porto Canal.
    Quanto ao campeonato enquanto tivermos este incompetente de treinador à frente da equipa é esquecer. Além do colinho que os outros têm, ainda nós próprios temos de levar tiros nos pés devido ao projeto de treinador que temos. Em jogos capitais demonstrou a sua incompetência.

    ResponderEliminar
  32. Este jogo, já sabia-mos que era uma espécie de "mata mata" contra tudo e contra todos e mais uma vez falha-mos por incompetência própria e alheia(nós desconfiamos bem dessa incompetência).

    Como é possível entrar-mos em campo com medo e com uma táctica destas em que colocamos na extrema direita um ponta de lança e quando temos extremos para o lugar?

    Ontem devia-mos ter entrado com o Corona e Brahimi nas alas e Soares e ASilva na área, pois isso permitia segurar mais a defensiva contrária lá atrás. Após o golo do Braga NES devia ter logo mudado o rumo dos acontecimentos e não esperar para ver o que acontecia. Se o penalty cometido por Oliver fosse convertido hoje estava-mos a 4 pontos dos emproados da capital.

    já sabia-mos que o sr.Macron ia ter apitar tudo o que fosse contra nós na dúvida e por isso não podia-mos facilitar. Depois todos vimos como ele protegeu os jogadores do Braga a expulsões. Baiano e Pedro Santos deviam ter ido mais cedo para as cabines. Aí o jogo teria sido outro tal e qual podia ter acontecido em Moreira de Cónegos se Luisão tivesse tido o mesmo castigo. Já vimos que por causa desse lance os árbitros agora andam naquela de irem mais para o amarelo pois assim desculpa e dá razão aos vermelhos. É uma vergonha é o que é...

    já agora os lances do Maxi e Brahimi numa confusão podiam muito bem nem ter acontecido se antes o FcPorto já estivesse a jogar contra 10. Portanto não venham com histórias e comparações de arremesso por causa de Samaris.

    A expulsão de Brahimi já no banco foi aquilo que eu digo a mão cirúrgica de quem nos quer mal a todo o custo e aquele quarto árbitro de Coimbra muito chegado a FNunes fez um bom serviço ao regime. Não tarda nada FNunes e VPereira estão de volta ao poder do nosso futebol.

    Se NES tivesse mantido Brahimi em campo nada disso tinha acontecido. Detesto quando mexe na equipa tirando o único jogador capaz de tirar um coelho da cartola. Já agora um Depoitre ali na área nos últimos minutos tinha dado jeito, mas no Dragão o jogador desapareceu.

    Fomos prejudicados a semana passada com o "colinho" aso vermelhos e fomos ontem prejudicados a favor do regime e por causa do medo que eles tem do jogo de Alvalade.

    Aonde estão os fulanos que andavam com teorias da conspiração por causa do Marafona não ir a jogo e que o jogo estava comprado por nós? Se existe algo comprado neste campeonato nós desconfiamos muito bem de quem anda por aí a manobrar...

    E agora espera-nos que o Sporting vença os vizinhos do regime e marcar o maior número de golos possíveis por causa do desempate. Eles se perderem em Alvalade vão andar loucos por ter vias abertas para o golo podem apostar.

    Se perder-mos este campeonato, poderei dizer que foi por causa dos "batoteiros" e também por causa de NES que falhou sempre nos momentos em que não se podia falhar. Assim não dá e a continuar assim prefiro outro treinador.

    Saudações Portistas
    Boa Páscoa a todos

    11DruL0Vic

    ResponderEliminar
  33. Uma pergunta que tenho na cabeça desde que se anda sempre a falar da claque lampianica...porque é que não querem ser legalizados?

    ResponderEliminar
  34. Boa noite.
    É a primeira vez que comento neste Blog e vou fazê-lo porque já estou cansado das palavras "nossa fortaleza" "somos Porto" "aprender com os erros para sermos mais fortes" etc etc etc. A verdade é só uma o NES não tem estofo para treinar a equipa do Porto e não tem porquê?
    Não tem porque é um metros e transmite esse medo aos jogadores, não tem visão de jogo, não sabe jogar do banco e ainda por cima não aprende como os erros.
    Gostaria de deixar aqui uma questão, quantos de vcs conhecem um treinador que tivesse sido guarda redes que seja bom treinador? Lopetegui? Preud´homme,? e não sei se haverá mais.
    Mas a culpa não é só do NES, o Presidente não vê o que todos nos vimos? Para que servem as gravações dos jogos? não será para corrigir os erros?
    O que mais me custa é que os Benfas mesmo ajudados pelos árbitros, mesmo ajudados por antigos jogadores seus que agora jogam noutras equipas e lá vem o auto golinho, ainda são ajudados pelo treinador do Porto que é um Cagão, um medroso com um palavreado monocórdico que num jogo decisivo ( e não foi este em Braga porque empatar em Braga pode acontecer) foi com o Setúbal que devia pôr os jogadores a comer a relva, não senhor pareciam uma equipa banal a jogar de igual para igual contra uma equipa que se não me engano vinha de 3 derrotas e já não marrava á uma carteada de jogos.
    Por amor da Santa corram com este treinador, porque com esta equipa Marco Silva, JJ, Leonardo Jardim nesta altura liderariam o campeonato com 10 pontos no mínimo do 2º classificado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse é um ponto de vista que partilho. Os guarda-redes têm uma visão completamente diferente do futebol relativamente aos outros jogadores. Não é um curso de treinadores que a vai mudar profundamente. Parece-me que as equipas orientadas por treinadores são mais amorfas, por fraca gestão do estado anímico e rigidez na reacção a partir do banco. Não me venham agora com o exemplo de Lopetegui na selecção: - selecções são um caso diferente em tudo. NES tem um conhecimento táctico muito estreito. Sei de fonte segura que delega grande parte desse trabalho. Lopetegui era muito melhor tecnicamente, mas, confrontado com uma situação de falência de modelo de jogo por desajuste da matéria prima e falta de paciência dos adeptos, revelou o defeito insanável de recusa cega de rectificação dos próprios erros. Aliás, dentro da mesma lógica, reagia tarde e mal nas substituições. Preud´Homme como treinador é pouco assertivo, não faz a mínima ideia de como gerir o balneário. Resultado: equipas macias e caóticas em campo. Destes três, caso Lopetegui evolua na sua atitude perante a adversidade, poderá vir a ser um excelente treinador.

      Eliminar
    2. Dino Zoff e Raymond Goathels
      (obviamente que numa altura em que muitos de nós ainda andavam com fraldas)

      Eliminar
    3. É verdade, mas são excepções que confirmam a regra: - ambos foram guarda-redes em épocas em que havia muito menos treino específico. Por outro lado, ambos foram treinadores activos antes do actual paradigma táctico, quando, por exemplo, ainda havia posições fixas no campo. Hoje em dia um treinador tem de reunir em si um verdadeiro conhecimento enciclopédico do jogo, aliado a sólida experiência de base. O guarda-redes tem muitas vezes uma relação mais estreita com o treinador de guarda-redes que com o mister da equipa. É difícil compensar as lacunas decorrentes dessa alienação técnica dentro do grupo, de forma a fazer um treinador completo nos dias que correm. Claro que isto é um bitaite e vale o que vale...

      Eliminar

    4. @ André

      ... um bitaite que comungo.
      aliás, tenho para mim que o Nuno é uma espécie de versão 2.0 do £ibras-boas, mas mais para o apelo ao Espírito Santo. explico. ele é o "sérabru" (qual £ibras) e o seu adjunto (nome?...) o bitó pereira 2.2.
      pena que, no momento-chave (jogo contra o Setúbal) tenhámos claudicado. e com muito estrondo. ainda 'acardito' mas é mais por fezada do que por convicção, confesso. espero estar errado porque se vence o #colinho vai estar um ambiente insustentável na tugalândia por (pelo menos) três longos e penosos meses...

      abr@ço
      Miguel | 92 minuto

      Eliminar
  35. Vamos a factos, quer se goste ou não do NES.
    Sempre que é necessário a equipa ganhar, em momentos decisivos - Falhou sempre.
    A entrada em Braga foi má? Sim, mas também o foram com o Setúbal, com os lampiões, com o Belenenses e agora com a Braga. Ainda não descobriu porquê?
    Não estamos no topo, apesar de tudo, porque temos um treinador que não tem estigma de campeão, não tem estofo, não tem categoria e transmite isso à equipa.
    As frases bonitas e os chavões repetidos não ganham jogos, sobretudo quando não condizem com a realidade.
    Uma tristeza! E como já aqui foi referido mais do que os lampiões perderem pontos nós é que não vamos ganhar os jogos até ao final do campeonato.
    Abraço
    Manuel Magalhães

    ResponderEliminar
  36. Boa Noite !
    Escrevi aqui alguns comentários aquando do momento da época em que não conseguia-mos marcar golos e toda a gente na altura pedia a cabeça de NES, da direcção e do nosso Presidente, no entanto houve eleições o ano passado e ninguém apareceu, aliás nem oposição informal existe sequer e isso é que é o mais grave pois a situação de silêncio e inacção da "estrutura" arrasta-se vai para 4 anos...
    Poderia recorrer ao passado recente mas haverá de certo muitos que têm memória e mesmo os que vociferam acaloradamente no presente devem lembrar-se mais ou menos do caminho de pedras que temos trilhado nos últimos 4 anos...
    A época está a acabar e até agora falhámos em momentos chave apenas por culpa própria MAS temos de ser todos REALISTAS e analisar o ponto de partida...
    Todos sabemos que a época foi preparada em cima do joelho porque não existiam (nem existem) condições materiais para melhor pois estava-mos reféns do mercado e de contratos...
    Como Portista que sou sempre me pautei por ser realista e ao ler nas entre linhas do inicio de época não acreditava que eliminássemos a ROMA, mas eliminámos (NES conseguiu o 1º objectivo temporal da época), depois houve o descalabro de estarmos N jogos sem MARCAR golos a seguir a uma "eliminação" da Taça de Portugal, mas NES, a EQUIPA e a direcção "acreditou" e demos a volta...resumindo chegar onde estamos hoje para mim não era expectável atendendo ao que foi o período até a passagem da eliminatória da champions e entretanto passamos essa eliminatória e chegámos aos 1/8 de final com sofrimento sendo batidos por um colosso Europeu e que na semana passada vulgarizou o Barcelona.
    Temos alguém que entrou antes de Janeiro para substituir o "odiado" Antero Henriques e que na minha modesta opinião está a fazer um bom trabalho.
    Não sei como vai acabar a época mas até agora e atendendo a TUDO o que se tem passado dentro e sobretudo fora das quatro linhas estou "surpreendido" pela positiva.
    Se as coisas fossem normais o Benfica estaria a lutar com o Sporting pelo 2º lugar mas elas não são, mas temos o exemplo do Sporting, gastou mundos e nem na Europa conseguiu continuar, foi eliminado da Taça de Portugal também e já se "retirou" das contas do título e no entanto todos os dias os seus dirigentes fazem uma "festa" nas redes sociais.
    Caros amigos sejamos acima de tudo realistas e ponderados...
    Uma ultima palavra para NES, quase tivemos o passáro na mão por várias vezes e ele conseguiu fugir-nos, logo isto é só mais umas das coisas que nos resta trabalhar mais e melhor...

    ResponderEliminar
  37. Jorge Vassalo,
    Para animar, um fenómeno da guitarra eléctrica,
    https://www.youtube.com/watch?v=CLJHX5yaumA

    Armando Monteiro
    dragaoatentoiii

    ResponderEliminar