sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Análise Moreirense 1-2 FC Porto - Meias Finais Mais Suadas Que Necessário


Estamos nas meias-finais (sim, plural. Para quê, senhores?) da Taça de Portugal, mas não foi nada fácil. O Moreirense entrou com um bocadinho mais de intensidade e vontade contra nós do que contra os carnidenses - e novidades? - e chegou, por culpa nossa, a estar por cima do jogo. Mas também, uma vez mais , a agressividade foi permitida e, pura e simplesmente, está bom de ver de que, nem com VAR, nem sem VAR, nem coisa alguma, não se marcam penaltis a favor do FC Porto. 

Mas pronto, com alguma dificuldade, lá levamos a água a este moinho. Agora, ao Estoril. Vamos a notas.


Furacão Azteca - A boa entrada em jogo, com a pressão de quem veio resolver, foi assente num Herrera que esteve pressionante e de um Layún que agarrou a justa titularidade com unhas e dentes. Não surpreende, portanto, que tenham vindo dos pés destes senhores os golos da vitória. O primeiro, um belo golo de toques rápidos e finalização competente e o segundo de um remate exterior bem colocado, a aproveitar uma bola que sobrou para um tiro certeiro. Só foi pena não ter havido continuidade durante o resto do jogo.

Velhos são os trapos - Maxi foi, para mim, dos melhores em campo. Soube defender muito bem, soube atacar de uma forma inteligente e só foi pena o azar da falta milimétrica do timing dos colegas para o último passe ou o encosto para golo, para que uma jogada sua acabasse no resumo. Muito bem, sempre pronto a dar o litro com maior ou menor utilização. E por falar em utilização, Casillas teve uma defesa muito boa, não teve culpas no golo e principalmente sentiu-se a sua segurança na orientação e dinamização possível dos colegas. Merecia jogar bem mais.


A porcaria dos fins dos jogos antes do fim - Perniciosa, muito perniciosa, a atitude Portista no global da equipa após o segundo golo. O bom rendimento do Moreirense foi consentido por uma equipa que se reprogramou para defender e contra-atacar, convencida - Herrera admitiu-o na flash - que o resultado estava feito. Evidentemente, foi o que se viu. Claro que foi também por falta de solidez do meio campo - ver nota seguinte - mas acabamos o jogo com uma dose de tensão e sofrimento completamente desnecessárias. Urge acabar com esta atitude, parar é aos 5. Ou aos 12.

E segurar a bolinha? - André André entrou muito bem... para segundo avançado e para as alas, se necessário. Mas... esteve no meio campo? Era suposto? É que André falhou tudo o que haveria para falhar no apoio à dupla de meio campo e fez apenas uma recuperação de bola. A vencer por 2-0 e com um jogo a perder meio-campo, continuo a insistir que Óliver demonstrou ser muito superior a este. Apesar da intensidade que lhe é característica, não foi capaz de segurar a bola e tornou o meio campo uma autoestrada para os centrais. E o resultado foi o que se viu, Esta ordem de prioridades não sou capaz de entender. Haverá algo que o justique? Não sei responder.

Elas não matam mas moem - Brahimi começou já cansado - esteve longe do jogo - Marega não chegou a entrar, Alex Telles está roto e Danilo teve momentos de forma oscilante. Há que saber dosear, adaptar - há jogadores para bem mais - e, se necessário, um bocadinho menos do correbol hoje regressado. Há que saber descansar com bola. Nem tudo precisa de ser bola em profundidade nem despachanso pelo ar. Não fica bem. A repensar. Com urgência. Já chega de ter pressa quando a fase do jogo exige cabeça

17 comentários:

  1. concordo. Mas a gestao do plantel nao tem sido feita da melhor maneira porque SC e demasiado teimoso e se calhar como lhe chamaram os lampioes vaidoso. Com este ritmo de jogos nao sera com hernanis, layuns, andre2 e com o atual corona que la vamos, os nossos principais jogadores começam a estar presos por fios muito por teimosia de SC, num plantel curto e com falta de recursos e incompreensivel manter oliver e soliveira no banco, so por teimosia e convencimentoi bacoco.MAS AFINAL QUEM QUER NESTA ALTURA SC?? Precisamos de dois medios intensos e fortes ha anos e deixamos fugir o battaglia por amizade a salvador o trolha, precisamos de um def cebntral alto e forte e bom, e agora talvez um ala, onde andam eles agora?? com o nivel que interessa custam 8M para cima, OK nao existe graveto?? entao diga se a SC claramente amigo nao temos dinheiro para trazer alguem de jeito, escolhe 2,3,4 jogadores da B ) Luizao, varela, apereira, leite, galeno cabem na equipa A) e sera com esses que vais ate ao fim. E prontos ou sera que nao querem melindrar folha e sermos campeoes da segunda liga?? parece anedota nao?
    NOS PROXIMOS 30 DIAS OU GANHAMOS TUDO OU NAO GANHAMOS NADA TAO SIMPLES COMO ISSO.

    ResponderEliminar
  2. Concordo com a analise quase toda excepto...! :))
    Se olharmos para os jogadores que apresentavam dores musculares, podemos perceber que a equipa esta a dar sinais de cansaço e a vencer por dois golos naturalmente o ritmo diminui e fecham-se os caminhos para a baliza!
    O adepto nao gosta mas meu caro, é assim se vai fazendo a gestao num plantel curto e que joga no "maximo" em todos os jogos!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não chegava com este estilo.

      Se se mudasse o estilo, claro.

      Abraço

      Eliminar
  3. Lesões e castigos prováveis. Contratações, zero. Empréstimos, zero. Fed Varela, Galeno, não são convocados. Salários de Pinto da Costa e seus pares, em dia. Espero que não, mas a continuar assim, o tombo vai ser rápido e enorme. Quando uma equipa monta uma estratégia contra a corrupção e o seu treinador tem o descaramento de afirmar publicamente que discorda dela, está tudo dito. Quando esse treinador diz umas verdades e ao primeiro aperto da comunicação social, baixa as calças, está tudo dito. Oh, André Vilas Boas, está na hora de apareceres. Sabes que tens o apoio da maioria dos sócios. Isto tem de mudar rapidamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem se assume como alternativa, tem de vir a terreno. Ontem já era tarde!

      Abraço

      Eliminar
    2. Oh bida...
      Graças a deus que os PORTISTAS querem o AVB e seus muchachos bem longe do FeCePe...
      Nem todos somos "portuenses" como tu anonimo 12 janeiro 12:45...

      Contra tudo e contra "portuenses" nos vamos voltar a ganhar...

      Eliminar
    3. Não tenho o hábito de responder a Pedros Guerras das 23:07.

      Eliminar
  4. Sim, isto da atitude do "ganhar por 2-0 já chega", já cansa . Ainda há 15 dias em Paços para a T.Liga foi a mesma coisa . O excesso de ansiedade do Soares, querendo fazer golos de qualquer maneira que até nem vê colegas mais bem colocados (Marcano e Layun) idem . E O Felipe ? De acordo com o Alex Telles : parece estar a perder gás e (muito) de acordo com o que escreve de Casillas, Maxi e Óliver mas aqui pensamos conhecer a estratégia desde a entrevista do Presidente . A caminho do Estoril

    ResponderEliminar
  5. É uma pena se a equipa não for reforçada. Os primeiros sinais de que os principais jogadores estão presos por fios viram-se no Moreirense. Com um plantel tão curto para tantas competições arriscamo-nos a nada ganhar. A Sad anda a brincar com a sorte.Concordo que comprar por comprar mais vale estarem quietos mas é impossível que não haja jogadores bons e ainda baratos disponíveis.Temos departamento de prospeção? Se temos não parece. Claro que a desculpa de quem dirige é que não há dinheiro a UEFA está alerta etc. Mas eu pergunto: quem colocou o clube nesta situação? Não se pede responsabilidade a ninguém? Já agora,é segundo o que li, será verdade que os administradores aumentaram os seus prémios? Se isto é certo ninguém diz nada?

    ResponderEliminar
  6. Vitória Justa, mais uma, mas a equipa tem peças influentes cansadas. Começo mesmo a ficar preocupado com a situação. Reforços? Nem vê-los. Tenho ainda a esperança que isto mude e que o porto está a demorar este tempo todo a contratar, porque o quer fazer de forma sigilosa e criteriosa. Se não formos recebermos reforços para o plantel, vamos começar a perder pontos e a ver mais distante a vitória no campeonato.

    Nem quero pensar se de repente tivermos o azar de perder Brahimi por 2 ou 3 semanas. Se a este ainda tivermos o azar de juntar outro influente jogador também lesionado então estamos bem tramados. E já nem falo no mais que natural cansaço dos habituais titulares, de todos os jogos que têm feitos. Ter jogadores lesionados ou inoperantes devido ao cansaço que acumulam é praticamente a mesma coisa.

    É perante este cenário que estamos. E é perante isto que não vejo com bons olhos a passividade da direcção. Em vez de salvaguardar a principal equipa, deixa-a completamente exposta ao sabor do acaso e da crença de ninguém se lesionar ou cansar.

    Isto é um sintoma terrível sobre a verdadeira dimensão da nossa crise financeira. Eu imagino aquilo que seria descoberto por uma auditoria externa ao trabalho da dupla Pinto da Costa / Fernado Gomes. Fosse o clube uma grande empresa multinacional com verdadeiras responsabilidades perante os accionistas, já o nosso presidente teria sido acusado de gestão danosa e levado um chuto no rabo. Peço desculpa pelas palavras, mas efectivamente sinto é raiva de quem deixou o clube neste estado. E sendo ou não Fernando Gomes um bom gestor financeiro (coisa que nem por sombras é) a verdade é que foi posto lá por uma pessoa: J N Pinto da Costa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade! E o Sérgio Conceição também...

      Eliminar
    2. No Porto é só bandidos, Aires. No Benfica é que são competentes,
      Agora o Brahimi já não é o chato que se agarra à bola e tem de ser despachado?Curioso!

      Eliminar
    3. Uma auditoria externa seria óptima.
      Daria para perceber como é que esses inúteis da SAD foram capazes de contratar o salvador da Pátria, Sérgio Conceição.
      Milagre, diria o Aires. Só pode. Porque os competentes, estão por esmola no PSG.

      Eliminar
    4. Acho que por esta altura a verdadeira corja, como os emails têm mostrado, esta na luz. Escumalha em quantidade e qualidade! Desejo o pior a estes gajos. Tudo de pior que lhes aconteça para mim é refresco.

      Agora, como portista, gostava de entender o porquê de em 2015 termos feito 130 e tal milhoes de Euros em vendas e passado 1 ano já estarmos com a corda na garganta!

      Tenho um tique tramado: Sou daqueles que gosta de entender bem as coisas e que não anda a comer gelados com a testa. Mas há muita gente que gosta é de os comer assim, na testa e com força... mas isso é problema deles.

      Eliminar
    5. Por esta altura, é uma da manhã e depois daquela primeira parte sofrida só me apetece fazer perguntas:

      É possível entender que a falta de Brahimi faça tanta falta ao Porto, ao ponto da equipa não conseguir jogar e ter bola face ao ultimo classificado da Liga?

      Será que é este o último jogo de Sá a titular para o campeonato?
      ( já estou um bocadinho farto de nos últimos 4/5 jogos sofremos golos e a única vez em que o GR toca na bola é para a ir buscar ao fundo da baliza)

      Será que finalmente, é a gora que a SAD vai comprar reforços neste mercado de Inverno?

      Será correcta a análise de que o plantel, em termos físicos, está a pagar pela vertigem e pressão atacantes do plano de SC? Não quero crer nesta hipótese mas efectivamente começa a ser um aspecto pertinente.


      Um gajo muito chato, Aires

      Eliminar