domingo, 2 de novembro de 2014

A Vitória da Alegria E a Paz de Jogar Bem

Foi bonita a festa, pá! Que noite boa! Começou com um extraordinário convívio de três bloggers convictos - para além de mim, o sr. Manuel Vila Pouca do Dragão Até à Morte e o Miguel Lima do Tomo II (este último com quem tive o prazer de ver o jogo e jantar, convívio que se tornou num excelente debate sobre futebol e tudo o que o rodeia até passar a meia noite - obrigado Miguel) - e alguns comentadores habituais do blogue do sr Vila Pouca, como o Comandante e o José Carlos, para além do inestimável sr. Fernando Pinto, vindo de Lisboa, que tenho a honra e o prazer de ter como visita regular aqui no blogue.

São fantásticas as histórias de um Portismo abnegado e independente da vitória, numa altura em que ser Portista não era tão hegemónico e muito mais complicado! Saúdo, aliás, em especial, todos os Portistas a Sul, que carregam o fardo de estar longe da nossa Casa e são, estou certo, um exemplo de Portismo tão profundo como o do sr. Fernando Pinto. Bem hajam e obrigado por nos mostrarem o orgulho que é ser adepto do Futebol Clube do Porto.

Mas vamos ao jogo. Uma vitória tranquila, daquelas que temos de ter muitas vezes, em razão da gestão de esforço que temos de fazer para estar em condições de disputar os jogos todos em condições e não estarmos em constante rotação e avanço-recuo. Tivemos uma boa gestão de jogadores e o jogo bastante bem controlado, adormecendo é certo boa parte, mas isso é uma característica que temos há bastantes anos e que, se não tivéssemos um jogo quarta-feira muito importante, estou certo que Lopetegui teria corrigido.

O ambiente de festa é algo que tenho que realçar também. Finalmente os adeptos perceberam que o apoio se dá com palmas, cânticos e exultações à equipa. 

Assim, como prémio, tivemos direito a um golaço que é um hino ao futebol! Muito bonita a festa pá!


Vamos a notas:

GOLOS

Quaresma - E não é que foi Lopetegui que conseguiu pôr o Quaresma a jogar para a equipa? Entrada fulgurante do Mustang, ajuda a defesa, cabeça levantada à procura da linha de passe e do colega, raça sem ser agressividade, força sem ser raiva. Gosto muito deste Quaresma, ainda bem que foi titular. Acho só que pudesse ser substituído por volta dos 70 minutos, quando a sua tendência eucalípitica  de ir a todas começou a prejudicar a equipa em vez de a ajudar. Mas, para ser justo, entre ele e um desgastado Brahimi, é certo que ainda bem que foi o último a ser substituído e não o primeiro.

Brahimi - Enquanto teve pernas, este argelino mostrou como ser um one man show. Ás vezes perdendo sobre si próprio, é certo, é praticamente impossível ser marcado por uma só pessoa, que faz com que, trabalhando melhor o último passe, vá em breve ser uma letal arma no ataque e no último passe, que ainda não faz tão bem. E depois, claro, morria se não falasse, que golaço, que hino ao futebol! Troca, troca, bum. Genial. Da minha Porta 3, via-se o corpo completamente de lado do Brahimi, tal a força do pontapé. Tenho a certeza que ele tinha a certeza que esta bola ia entrar, E mai'nada! Ser substituído de seguida deu-lhe a saída gloriosa que merece.

Herrera - Fico sempre espantado quando dizem que o Herrera não joga nada. Como?! o Hector Herrera é um pilar de segurança, de força cavalar, de ir a todas, de defesa, de encher o meio-campo, da transição da defesa para o ataque. Ás vezes é atabalhoado, mas a bola chega lá. Gosto muito do Óliver, da forma como ele segue todas as bolas e luta pela posse, mas o Herrera no meio-campo dá uma solidez e consistência completamente diferente. Óliver a 10 e Herrera a 8, deu um óptimo entendimento. Óliver como alternativa a Quintero, mas não em vez do Herrera.

Danilo - Este grandioso jogador esteve lá. Ao contrário do seu companheiro da lateral contrária, Danilo é um homem confiante, agressivo, comandante, e com fome de jogo. Bravo. Para mim é ele o sub-capitão, não o Maicon. O golo é inteiramente merecido, prémio de ser 100% Portista.

Assobiar a Equipa certa - Quero agradecer publicamente os adeptos que devolveram o factor Casa ao Dragão, apoiando e incentivando a equipa, mesmo na fase soneca, e assobiando o ... árbitro... e o Nacional, sendo, autenticamente, o 12º jogador. Obrigado!

As substituições - De Herrera já falei, Cristián "The Flash" Tello refrescou aquela ala onde Brahimi já nada podia sempre com aquela mudança de velocidade que eu tanto adoro e Aboubakar, sempre disponível e a entrosar-se bem no ataque, embora,
claro , sem grande tempo para mostrar serviço, a render um Jackson desgastado e a precisar de um - merecidíssimo! - descanso.


FALTAS

OK Pronto, já está -  É, para mim, um case study, como ano após ano , equipa após equipa, muitas vezes sem elo substancial de passagem, se repete o mesmo paradigma. Entrada fulgurante, fome de golo, procura, entrosamento, golo. E depois - hora do Vitinho. Um adormecimento total, que deixa os adeptos em estado de nervos, porque 1-0 aos 10 minutos não é nada, e não chega para coisa alguma. Passamos uns bons, quê, 50, 60 minutos, a dormir a sesta e a deixar, inclusivamente, o Nacional controlar o meio campo. Insisto, quero acreditar que isto é uma vontade de gerir esforço para quarta. Acho. Espero.

Alex Sandro - O Alex Sandro parece a roleta do Preço Certo. Como estamos hoje? Brrrr. Ping! Na Lua. Não sei onde esteve o Alex Sandro. No jogo não esteve de certeza. Deixou passar tudo. Bolas, jogadores, um elefante. Tem um Angel à espera, não se ponha a pau não.

Molas Para Maicon - De patrão da defesa, que claramente já passou para Indi, para defesa algo perdulário e inconstante, não foi capaz de ganhar uma bola de cabeça. Impressionante. Se o Reyes não está pronto, ou não serve, central direito precisa-se. Ou molas nas chuteiras do Maicon.

Quintero - Não fez um mau jogo, mas o piccolo Merlin não fez um jogo de encher o olho, algo perdido posicionalmente, a demonstrar que meio campo de dois criativos tem o mesmo problema que o binómio Ruben/Casemiro. Ou Herrera ou Evandro no apoio a Quintero/Óliver. Outra solução será estranha.

Nuno Almeida e uma artitragem What Tha Fuck - Sinceramente, não sei dizer se foi encomenda do Nomeações ou pura faltinha de jeito, mas este... árbitro... inclinou o campo de tal maneira que foi uma escalada de montanha. Erro atrás de erro, demora, cartões à lá maluca, não se entende. Honestamente. Tão mau que nem sei se foi de propósito.

Já agora, como bónus:







14 comentários:

  1. Sem nada a acrescentar.
    Também é sempre um prazer privar com malta que está lá, seja em que circunstâncias for, com espírito positivo de verdadeiros Dragões... porque há uma diferença entre portistas e Dragões...

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Caro Jorge Vassalo

    Muito obrigado pelas suas palavras. O prazer e o agradecimento são meus pela oportunidade de o conhecer pessoalmente. Foi um convívio que será inesquecível para mim. Haverá outras oportunidades concerteza, não com a frequência que desejaria, com muita pena minha, mas como compreenderá, não me é muito fácil, nos tempos que correm, deslocar-me ao Porto tanto como ambicionava. Renovo os votos de longa vida para o seu Blogue e reitero a promessa de, no mínimo, poder contar com minha visita diária.

    Um grande abraço Azul e Branco e...

    FC PORTO SEMPRE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será sempre uma honra a sua visita.

      Obrigado!

      Abraço

      Eliminar
  3. Jorge muito gosto em o ter conhecido ontem!
    Força aí neste novo projecto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João, o gosto foi meu. Espero que se repita muitas vezes.

      Abraço!

      Eliminar
  4. Gostava de o felicitar pelo novo projecto que tem em mãos e esperando que seja um verdadeiro espaço para todos os dragões que aplaudem e sofrem com o nosso grande FCPORTO.
    Estamos no bom caminho ,seremos campeões -mesmo com a tendencia vermelha de favorecimento de arbitros,medias e afins -e vamos fazer uma carreira brilhante na Champions.
    Gostei do bonus deste artigo.Brilhante.Abraço
    RUIFCPESPAÇOK

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Rui,

      Espero estar sempre à altura das suas expectativas :)

      Abraço!

      Eliminar
  5. Caro Jorge,

    Que maravilha este regresso ao Porto das entradas "mandonas" nos jogos. E aquele golo do Brahimi... Genial!
    Fiquei aqui a roer-me todo por não ter podido estar presente no jogo nem num convivo com tanta malta que me habituei a admirar nesta maravilhosa bluegosfera. Faxabor de repetir a "brincadeira"!

    Forte abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande Z,

      Estás intimadíssimo a vir na próxima.

      Abração

      Eliminar
  6. Boa Tarde,

    Grande Joga do Danilo, e do Brahimi!! Gigante Brahimi!!!

    Quarta é pra ganhar e carimbar os oitavos!!!!

    A cachola do bruninho é priceless!!!!

    Granda cachola!!!!!

    Agora de tarde levaram 5:0 do Atlético na equipa B!!!!

    Cumprimentos.
    VIVA O FUTEBOL CLUBE DO PORTO!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Mancini,

      Uma gestão de esforço muito agradável, creio eu.

      Esta imagem do sr Carvalho vai ser meme, de certezinha absoluta. Hehehe

      Abraço

      Eliminar
  7. ainda vou a tempo de afirmar que ontem houve dois momentos magicos - o encontro tertuliano antes do jogo e o golaco do Brahimi. e ja agora que nao houve "gatos pretos" como se previra :-)

    abraco a todos

    Miguel | Tomo II

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Miguel,

      Muito bom!

      Afinal só dás azar ao Jackson, que não marca!

      Abração

      Eliminar