terça-feira, 25 de novembro de 2014

Poooooooooorraaa! Tá Frriiiiioooooo!!!!


É hoje, carago! Finalmente! Estava a ver que nunca mais! Esta paragem competitiva é das coisas mais incompreensíveis que já vi. É certo que podíamos, e devíamos, ter ultrapassado o Sporting no jogo para a Taça e já teríamos competido no sábado, mas mesmo assim, depois daquela coisinha que foi o jogo da Selecção, ainda se fica mais com a sensação de que isto tudo é em vão. Mas também gostaria de comendar publicamente quem decidiu enfiar a Taça logo depois da paragem para as Selecções.

Mas adiante, que o Passado passou-se e o acabado acabou-se. Vamos jogar num terreno dificílimo, gelado, lento e cheio de atritos vários, mas com um BATE necessariamente aberto porque tem mesmo de ganhar para poder seguir em frente. E, para nós, é uma oportunidade dourada de jogar contra o Shakthar de uma forma sossegada e, aí sim, em rodagem e preparação para o jogo com o carnide. 

É sempre imprevisível - e no meu entender ainda bem - como vai Lopetegui entrosar o onze. Sei que Tello deverá estar no onze em vez de Quaresma, mas o resto, ninguém sabe. Se joga Óliver, como e onde, ou Quintero, como e onde. Mas, seja como for, até os comemos, carago!

Vai ser tão bom ver as nossas riscas azuis e brancas a mexer de novo! Finalmente! E, depois do jogo, farei uma análise do mesmo aqui. Bibó Porto, Carago!

O meu onze (igual ao daqui de casa, com Tello em vez de Quaresma): Fabiano; Danilo, Maicon, Indi, Alex Sandro; Casemiro, Herrera, Brahimi; Adrián, Jackson, Tello;

  

Sem comentários:

Publicar um comentário