domingo, 11 de setembro de 2016

Análise FC Porto 3-0 Vitória SC - Contra Tudo E Contra Todos, Encontrando O Caminho


Com um sistema de jogo novo - o 4x4x2 é tão melhor para baralhar marcações e criar soluções - foi natural que, no início, nos primeiros 20 minutos, o FC Porto ainda se estivesse a acomodar a orientar as peças. Mas a verdade é que, após o click das peças no seu lugar, criou-se um verdadeiro juggernault imparável com um resultado que só peca por escasso - e roubado. Do outro lado tivemos também uma equipa que, a contra-exemplo dos nossos rivais, se bateu pelo jogo e não nos fez a vida fácil, muito pelo contrário.

Jogar assim, sim. Este FC Porto não está nada fora da corrida, como nos querem fazer parecer. Aliás, é comovente ver as capas dos jornais de hoje. Quadradinhos muito pequeninos. Bom sinal. É sinal que estamos bem. Vamos a notas.


Óliver - Não escondo, toda a gente sabe, foi para mim um dia triste quando vimos partir o nosso Maestrinho sem saber se algum dia o voltaríamos a ver. Mas foi com uma alegria incontida e um sorriso aberto que soube do seu iminente regresso. E, se é verdade que em Alvaláxia parecia um bocadinho deslocado, ontem esteve soberbo - e ainda não está em forma! Óliver trata a bola com carinho, procura sempre encontrar linhas de passe, não tem nenhum pejo em partir para o remate e dá uma dinâmica e uma segurança extraordinárias ao jogo Portista. Se é verdade que é o eixo que faz rodar a roda, o Óliver faz rodar o FC Porto. Titular indiscutível. E a alegria dele a falar do FC Porto e do Dragão é absolutamente fantástica. Se este blog é o Porto Universal, a mim não me importa onde nasceu o Óli - é Dragão desde pequenino.

Raça contra la maquina - Não importa quanto gamanço aconteça, quanto pau levem - vermelhos em lances isolados? Tá queto! - nada pára os jogadores do FC Porto. Ficou-me na memória uma entrada assassina sobre Depoitre em que este, naturalmente, cambaleia, mas nunca perde a bola e vai direito à baliza em corrida. E André Silva a ser carregado, puxado, empurrado e a continuar como se lhe estivessem a fazer festinhas. Isto só para dar uns exemplos. O FC Porto já vai, (in)felizmente, estando habituado a este estilo de coisas - o que só ajuda. Procurar sempre o passe, a desmarcação, a recuperação da bola, o golo. O resto, se marcam as faltas, os penaltis ou os cartões, logo se vê. Lamentavelmente, vê-se muito pouco. Mas isso é batalha de outrem.

Layún - Miguel Layún está em todas. Bom a defender, melhor a atacar, Layún é absolutamente indispensável no jogo Portista. Tem uma entrega e uma alegria em jogo absolutamente irrepreensíveis. Com ele em campo o acréscimo de qualidade é indesmentível. Uma boa dor de cabeça para Nuno Espírito Santo. Para variar.

Pequenas Grandes Notas - Para lá disto tudo, há, evidentemente, muitas outras coisas a destacar: Danilo está a começar a ficar perto da sua forma, a fazer cortes providenciais e a ser um ponto de equilíbrio muito importante. Depoitre mostrou que é muito mais do que um simples "pinheiro", segura e dá muito bem a bola, ficou a centímetros do golo mas nunca deixou de o procurar - mas também sempre a pensar nos companheiros - e tem uma velocidade e segurança muito superior àquela que se esperaria. Casillas fez algumas defesas que só Casillas sabe fazer, perdeu-se com as saídas à bola - a rever, urgentemente - mas é o patrão defensivo. André Silva vai crescer, indubitavelmente, ao lado de Depoitre. Lutou e trabalhou muito mais. O exemplo do colega também ajudou a aguentar ainda mais a carga de lenha que leva. Em pouco tempo, será um ponta de lança de classe mundial. Marcano, Felipe e Alex Telles estão a dar uma resposta muito positiva a quem dizia que a defesa era o nosso pior sector - segurança à prova de bala, cortes providenciais, pressão e intensidade. Não se pode pedir mais. André André só precisa de ser mais Capitão. Se os jogadores do Guimarães rodeiam o árbitro ele tem de estar lá. Mas a formiga trabalhadora está sempre lá.

Adeptos - Já não me lembrava de uma casa tão composta num jogo destes e tão unida com a equipa como a que pude presenciar ontem. Isto é exactamente o que tenho vindo a pedir desde o início do blog e foi obra e graça do Espírito Santo, mas o Nuno, que consegue passar a mensagem de Raça e luta à equipa e, que, justiça seja feita, demonstra que, quando a equipa assim o faz, deixando tudo em campo, o Dragão  corresponde! Que esta seja a primeira de muitas vezes em que, apesar de jogarmos contra 14, joguemos sempre com 12 em campo. Obrigado!


Gamanço sem vergonha - Jorge Sousa fez uma arbitragem pavorosa, horrível e ridícula. Para lá de invalidar um golo perfeitamente legal mas que, pelos vistos, só pode ser validado na segunda circular - ainda ontem houve outro assim - e que é tão claro que está à vista de todos os que não são tendenciosos corporativistas, como se pode ver aqui em baixo, houve ainda critérios hiper diferenciados em relação à marcação de faltas, mostragem de cartões e até à gestão dos tempos, permitindo que uns se arrastem em reposições e cantos que demoram anos a ser marcados e outros, como Layún, a serem mandados "andar mais depressa". Felizmente, houve uma demonstração de força e veemente repúdio por parte do FC Porto! Espera aí! Não não houve! Como querem que algo mude se tudo fica na mesma? Depois será tarde!


35 comentários:

  1. A equipa esta bem. Os adeptos estao bem. A arbitragem anda mal. Tem de se dar um murro na mesa. Ja. Com violencia e eco.

    ResponderEliminar
  2. Caro Jorge Vassalo

    Vitória justíssima e sem espinhas. Fomos melhores e com uma determinação muito forte. Gostei.
    Há aspectos para melhorar mas estamos no bom caminho. O Guimarães também valorizou a nossa vitória e jogou sempre taco a taco.
    Gostei muito do belga. Vai ser muito útil.
    Não é só arbitragem no dragão é também a pouca vergonha que ainda ontem desbloqueou o jogo dos viscondes. A expulsão do jogador do moreirense é ridícula e deveria merecer vídeos de comparação com as entradas dos jogadores dos lagartos que nunca são sancionadas. O FC Porto tem de denunciar e combater isto.

    Raoc

    ResponderEliminar
  3. ....em contraponto á arbitragem "á Carlos Valente", Jorge Nuno, vagamente Pinto da Costa, lá aparecia no final, "as usual", a congratular-se com a vitória e a agradecer a excelência do anho assado, com arroz de forno, degustados na última 4ª feira....

    ResponderEliminar
  4. JV
    Foi, de facto, um jogo muito interessante. Penso que dos três grandes,somos a equipa que tem mais margem de crescimento.
    Quanto à arbitragem, desde o celebre Apito Dourado, que mostramos pudor em criticar. É lamentável que o Pedro Henriques considere limpos os golos de Alvalade e concorde com a anulação do golo do André ontem. Chama-se falta de honestidade intelectual.
    Por outro lado precisamos de um capitão forte em campo. O Andre Andre até tem capacidade para fazer esse papel. Terá é de ser instruído para isso.
    Finalmente os pseudo jornalistas ( pseudo por não serem isentos). David Borges com um riso seráfico, fartou-se de salientar as expulsões do Roma na nossa vitoria. Ontem entendeu não enfatizar na vitória do Sporting. O senhor co CM escreve que não teve qualidade o nosso jogo. Já o Farinha do Record, no editorial, entende que o Sporting pode ser campeão europeu.
    Moral da ''estória'', vamos ver se conseguimos a manutenção.
    Jorge Fonseca

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahaha boa! Campeão europeu, também é giro! Que gente maluquinha!

      Mas, estou como diz o outro, não sei quem é pior, eles ou quem os lê e os ouve!

      Abraço

      Eliminar
  5. Jorge Vassalo, desculpe estar a repetir-me, mas a equipa tem vindo a jogar em 4-4-2 desde o início da época. É curioso como se percebia um 4-3-3. O Homem é mesmo um animal de hábitos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De um ponto de vista prático, tem razão, Baresi. Direi então que foi mais declarado, vá.

      Abraço

      Eliminar
  6. Bom jogo. Depoitre uma boa surpresa. Óliver, André Silva e Layun muito bem. Confesso que não vou à bola com NES mas reconheço que está a fazer um bom trabalho, embora o "sistema" o ajude com comentários favoráveis, como por exemplo ontem na Sporttv. A continuar assim teremos Porto. Abraço

    ResponderEliminar
  7. Ontem ao entrar no Dragão tive uma maravilhosa surpresa: a minha sobrinha estreava-se a ver jogos do seu FC PORTO no Dragão!
    E obrigado ao FC PORTO por ter sido simpático e ter feito uma exibição que nos encheu a alma, nos fez ficar depois do jogo acabar, continuar a cantar pelo FC PORTO! Em suma desportivamente foi uma noite fantástica!

    P.S. O departamento de Comunicação do FC PORTO achou por bem e, tirava-lhe o meu cahpéu se o usasse, passar a letra do nosso hino nos 2 ecrãs gigantes!
    Em boa hora o fez, já que permitiu que o estádio num coro digno de conservatória (não foi Jorge?) cantasse a plenos pulmões o mais belo hino que um clube poderia ter!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora só falta reclamar as mãos que afinal são penáltis dos adversários.

      Abraço

      Eliminar
  8. Quatro jornadas, roubos nas quatro. Caladinhos como ratos. Perdemos o primeiro campeonato de Lopetegui s do apito, o ano passado continuou a saga, este ano vamos pelo mesmo caminho. Podemos jogar muito, se nos momentos decisivos os ladrões do apito subvertem as regras em prejuízo nosso e em benefício dos outros, como é? saúde. João.

    ResponderEliminar
  9. bom jogo, entrega, o belga e muito bom, nao sei onde cabe herrera, no entanto para mim o melhor em campo foi casillas que em 2 ou 3 situaçoes salvou nos de um jogo muito complicado. Mas o pior de tudo e que os nossos adversarios tem a consciencia que os arbitros estao contra nos, a perseguiçao sobre jota por parte dum jogador do vitoria foi impressionante, o jota fugia e ele ia atras dele e dava lhe para que o nosso jogador reagisse e eventualmente fosse expulso, inclusive foi tao premeditado que o referido jogador procurava o juiz de linha a pedir algo, ISTO TEM DE MUDAR. Algo se passa para os nossos adversarios se matarem contra nos, sao agresivos, dao porrada porque sabem que as faltas nao sao marcadas. Layun pode fazer de herrera e esta em boa forma. Precisavamos de mais um medio forte fisicamente para bater mas com alguma tecnica. Temos equipa e grupo e muito dificilmente perderemos jogos em portugal.

    ResponderEliminar
  10. sera que eu poderei ver um jogo do porto,sem maxi sem herrera e sem casillas so para eu ver se realmente esses jogadores alem de estarem a tirar lugar a jovens (mais valias)ainda fazem aumentar a folha salarial em muitos milhoes,veja-se o braimizito era tao bom agora ja ninguem se lembra dele e com estes seria o mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É que o Casillas jogou tão mal, não foi?

      Abraço

      Eliminar
  11. Caro Jorge,

    Acabei de regressar da deslocação ao Porto e ao Dragão e naturalmente satisfeito com o jogo e a vitória do FC Porto. Como ainda estou na ressaca e não virado para grandes considerações, com a devida vénia subscrevo o comentário do Artur Matias.

    PS:-Foi muito bom revê-lo.

    Um grande abraço e...

    FC PORTO SEMPRE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também foi muito bom revê-lo, querido amigo.

      Um grande abraço!

      Eliminar
  12. Ontem fui ver o jogo ao estádio, hoje não consigo falar de tanto insultar o gajo que equipava de vermelho, deve ser para provocar. Como é possível os pseudo-especialistas em arbitragem mudarem de opinião de uma jornada para outra, com que então os golos dos gajos de verde foram bem validados contra nós e o nosso golo ontem foi bem invalidado, já não há pudor. A imagem que acompanha a cronica do Baldaia n´O jogo é bem elucidativa. Temos de ter alguém na estrutura que não se importe de ser expulso mas que pressione o arbitro conforme fazem os outros e com os resultados que conhecemos.

    Quero salientar o publico que apoiou durante os 90min.

    Abraço
    Miguel S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quero ver qual vai se o castigo do Rui Costa...

      Abraço

      Eliminar
  13. E aí está a nossa equipa a desenvolver-se, como se quer e espera. Depoitre não veio para Maregar e vai dar muito jeito para desposicionar as os muitos autocarros que temos no horizonte. No 1º golo, o seu movimento para alimentar a finalização de Marcano arrasta três (3!) adversários. Há muito que não temos um jogador com estas características no plantel.
    De resto, Layún é um tremendo jogador. Vê-lo jogar é um privilégio. Tê-lo no FCP uma benção.

    Importaria protestar a arbitragem JÁ. Senão mais tarde, quando os outros já estiverem com o embalo e a motivação em ponto de rebuçado, começam as goleadas costumeiras, tão jeitosas para escamotear a ubiquidade da roubalheira. Jorge Jesus sabe do que estou a falar...

    Como dizia o eterno Nelson "muitas vezes é a falta de caráter que decide uma partida. Não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos."

    De anjinhos está o inferno do futebol cheio.

    Abraço!

    ResponderEliminar
  14. O titulo do post poderia ser "O pinheiro" que nao é pinheiro". É incrivel como tanta gente fala sem o minimo conhecimento de causa!!! É incrivel o nivel de "nabiçe" de alguns adeptos.

    Acho que ja está na altura de fazer um resumo da roubalheira desde o inicio de epoca como forma de prevençao senao daqui a umas jornadas vao roubar à descarada.
    Uma forma boa de pressionar os árbitros é na conferencia apos o jogo dizer algo que vá ao encontro da nota que o arbitro vai ter. Assim pressionam os observadores como que dizendo "estamos atentos" e caso o arbitro seja prejudicado na nota por esse facto, ele próprio pensará duas vezes antes de prejudicar o clube na proxima vez que o apitar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada de nada. E não se percebe porquê...

      Abraço

      Eliminar
    2. Gostava que o departamento de comunicacao atraves do ojogo e do porto canal fizesse uma exposicao da roubalheira que temos sido sujeitos nos nossos jogos e nos dos outros. A dualidade de criterios. Gostava que todos os arbitros com jogos francamente maus contra nos, tb fossem postos na jarra. E fossem tb contestados os que ajudam os lisboetas. Assim, essa pressao talvez os fizessem melhorar o assobio. Custou-me ver a onda de indignacao vermelha na segunda jornada, sem razao nenhuma e o arbitro a ser encostado. E nos?? Que somos mesmo prejudicados? Têm medo das multas, é isso? Cambada de mariquinhas.

      Eliminar
  15. https://m.facebook.com/candycosta1981/photos/a.764614743582927.1073741828.764398093604592/1287084621335934/?type=3&source=48&refid=28&_ft_=qid.6329092207300116169%3Amf_story_key.4189478044392688293&__tn__=E
    Pedro Santos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada se pode dizer mais. Ah. A não ser traduzir em link!

      Abraço

      Eliminar
  16. Comentário curto, porque quando se joga assim não há muito para dizer. Por falar em comentário curto aqui vai. Ainda estou a curtir. Tendo em conta os últimos 3 anos, muito Bom.
    A propósito: Melhor em campo. HERRERA. Fantástico!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  17. De todos os jogos realizados pelo FC Porto esta época não consigo dizer que tenha ficado insatisfeito com nenhuma das nossas exibições. Sinceramente, esta equipa, esta alma e esta atitude dão-me muitas mais esperanças que nas ultimas épocas. E não é por acaso. O nosso FC Porto está transfigurado. Mérito para o Nuno e para os jogadores que têm deixado a pele em campo em todos os jogos. Queríamos mudança, pois estamos a tê-la e há que valorizar isso.

    Depoitre... Espero que muita gente comece a deixar de desdenhar daquilo que não conhece. Antigamente tínhamos esperança nos desconhecidos que o nosso Clube contratava, e agora parece que é só desconfiança.

    Quanto ao cavalheiro do apito nem vale a pena "bater no ceguinho" que de cego não tem nada pois ele viu bem o que fez.

    Cumprimentos
    PL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nao vale a pena bater? É um come e cala? Nao contem comigo para isso!

      Eliminar
    2. Caro Artur, eu quis dizer que nem valia a pena EU me alongar sobre uma questão tão óbvio e já tão debatida. Comer e calar, nunca.

      PL

      Eliminar
  18. ja agora faz me impressao como nao conseguimos controlar o jogo a ganhar, sofremos demasiados cruzamentos e cantos a ganhar trez a zero, tem de haver alguem a acalmar aquilo e passar das transiçoes para a posse lopeteguiana para baixar o ritmo, se estivesse uma a zero ok ate marcar o segundo agora com trez secos?? temos de adormecer aquilo e com jota e corona nos contra ataques e simples.

    ResponderEliminar
  19. Depois de um bom jogo, depois de um bom ambiente e depois de uma grande noite, Pinto da Costa deveria dizer algo mais do que só dedicar a vitória a Casa de Marco de Canaveses.
    É que com o evoluir do plantel e os bons ambientes no Dragão, só falta mesmo o Presidente vir dizer as verdades.
    Já se sabe que o soro dos do costume da capital é a arbitragem e portanto é necessário que eles fiquem sem esse soro.

    É só dizer umas palavras e mostrar uns replays que aquilo fica tudo a tremer, já se sabe.
    Venha de lá Presidente.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  20. Já tinha afirmado, no final do mercado, quando andava tudo muito assustado, que apesar dos muitos erros, principalmente pela parte financeira, tínhamos uma muito boa equipa! Um 11 muito forte e + 3 ou 4 jogadores bons.
    Se a isto se vier a juntar um Brahimi a 100%...
    Até porque já se sentia um espírito de grupo positivo e cada vez mais!
    É o que precisamos para atacar a época com confiança.
    Até a massa adepta parece ter-se finalmente encontrado!
    Só falta mesmo àqueles que dirigem dizer BASTA!
    Estamos fartos de cheirar esta merda que são as arbitragens cozinhadas para levar os de lisboa ao colo!
    Há que denunciar, meter nomes e descredibilizar os canalhas que branqueiam e nos atacam com o seu próprio veneno, que é a estupidez e falta de coerência! Fácil!

    Cumps

    ResponderEliminar
  21. Alguem que me diga que sonhei quando o Nuno disse que o golo foi bem anulado. Como diria o Serrao, foi um palhaço!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A culpa não é do Nuno,é da falta de capacidade do nosso clube em lhe ter passado a mensagem.

      Eliminar