terça-feira, 28 de abril de 2015

Incomparáveis Injustas Comparações


Esta semana, como acontece recorrentemente de cada vez que o FC Porto falha neste ano de Lopetegui, lá surge um velho fantasma - o nome de Vítor Pereira. Cometem-se vários erros de análise que sou aqui a desmontar, apesar de ter estado sempre ao lado de Vitor Pereira enquanto foi treinador do meu clube, e quanto é injusto para Lopetegui ser comparado com o anterior treinador vitorioso.

"Vitor Pereira foi corrido injustamente" - Vitor Pereira não foi "corrido" de lado nenhum, Vitor Pereira recusou a renovação, alegadamente por achar que o FC Porto tinha de experimentar algo diferente. A verdade é que, apesar de ter conquistado um bi campeonato, ganhou-o no último ano nas últimas. Atenção, se a história se passasse a nível de pontuação como a de VP, Lopetegui seria também campeão. Vitor Pereira teve pressão para ser despedido por alturas Natalícias, mas Pinto da Costa - e bem! - segurou-o. Vitor Pereira granjeou uma elevada antipatia na massa adepta pela sua soporífera qualidade dos jogos e pelo seu futebol iminentemente defensivo. Não era incomum ver jogos ganhos in-extremis. Apesar de tudo, em 60 jogos averbou apenas uma derrota. Mas esta "hecatombe Lopatêga" tem, até agora, justamente o mesmo número de empates - 6. E não houve nenhum tipo de #colinho na época de VP. Também não foi por culpa de Pinto da Costa que VP não continuou. Ele interrompeu a sua progressão no Futebol Clube do Porto.

"Com este plantel de luxo, o Vitor Pereira dava duas voltas de avanço" - Pinto da Costa conta que o nome de Brahimi foi sinalizado por Lopetegui (JL) nas primeiras conversas que tiveram, pós aceitação do convite. Tello veio por exclusiva responsabilidade de Lopetegui. Bem como Óliver e Marcano. Foi Lopetegui que insistiu na noção de que Jackson teria de ser para manter, e mesmo outros nomes importantes do plantel foram apostas pessoais de um treinador hands-on como VP nunca foi. Ainda assim, Lopetegui tem uma vida muito mais difícil na composição de plantel do que Vitor Pereira. O plantel pode ser mais caro, mas em que Universo Moutinho fica atrás de Herrera, James Rodriguez fica atrás de Óliver, Fernando fica atrás de Casemiro? E qual é o Hulk no plantel de Lopetegui? o Tello? E o Lucho de Lopetegui, é o Rúben Neves? Plantel de luxo contra sobras? Nem por isso.

"O FC Porto de Vitor Pereira era muito mais Porto do que esta cambada" - Pudera! Como já enumerei por alto, Vitor Pereira tinha Lucho, Moutinho, Fernando, Hulk, James, Rolando, Varela e Helton, Otamendi. Era preciso explicar a este plantel o que era Ser Porto? Quantos líderes dentro de campo poderia ter VP? Aliás, um deles é figura de proa no Mónaco, um lidera o Valencia, o outro é a figura mais importante do Zenit e um até tem a alcunha de Comandante! Este último, aliás, fenomenal estratega que fazia o que falta dentro do campo agora, que é dar ordens! Mais, não só não era preciso explicar o que era Ser Porto a estes jogadores, como ainda tinham mais idade e experiência combinada, e tiveram três épocas a conhecer Vitor Pereira, uma delas como adjunto de Villas-Boas. 

Acrescento a isto que JL não foi minimamente preparado para o #colinho, para o anti-jogo e para a Matemática do Pontinho, e isso notou-se. Nota-se também a falta que fizeram jogadores chave como Óliver dois meses lesionado, Tello ou Jackson. Não há nenhum tipo de comparação possível entre um treinador que tem de reconstruir tudo e outro que pega na máquina oleada. E, insisto, falta o factor de resolução e "desata-nós" que acontecia num Hulk ou num James Rodriguez por exemplo. Veja-se, no caso deste último, a diferença de qualidade do Real Madrid, com e sem ele.

Por último, o facto insofismável de que reconstruir tudo do absoluto zero depois de um ano pavoroso não pode ser minimamente comparável a ser campeão depois de campeonatos seguidos e anos brilhantes, com muito do mesmo plantel. A prova deste facto foi a conquista por parte de Paulo Fonseca da Supertaça Cândido de Oliveira. Não foi ele que a ganhou, foi o sistema de jogo e os jogadores de VP. A quem ninguém teve de ensinar o que era ser Portista, o sistema do #colinho e o futebol português. 

46 comentários:

  1. o que torna as comparacoes mais injustas é sem dúvida o último parágrafo: o desafio de vir de uma época em que se ganha tudo, e que apenas se perde um jogador tirularíssimo é substancialmente diferente (e menor) do que este da reconstrucao que Julen teve que fazer. A única vantagem seria mesmo a autoridade que lhe foi conferida, e com que VP nao comecou (acredito que hoje VP tb seja um treinador melhor por essa aprendizagem).

    nao vejo nenhum portista a questionar a continuidade de JL no próximo ano, parece-me normal e até desejável.


    a minha preocupacao/o meu franzir de sobrancelhas agora iria na seguinte direccao:
    - iremos preparar modelos alternativos (a possível contratacao de Benito indicia isso)?
    - emprestados, quo vadis? os que nao ficam, como serao substituídos?
    - Guarda-redes, comprar mais 3 suplentes, 1 grande titular, ou dar hipóteses a Gudino, como se deu a Baía?
    - estratégia de comunicacao da SAD: á falta de disposicao do NGP/Chairman, haverá mais agressividade por parte de alguém na imprensa? CEO? comunicacao descentralizada?
    - Capitao: como se contrata um?

    a parte hands-on do JL tem-se notado muito na formacao (trabalho invisível) e esse muito difícilmenete surtirá efeitos no próximo ano. mas se fosse capaz de promover com sucesso mais um miúdo ou dois e efectuar o mesmo trabalho de aceleracao de crescimento que tem feito com o Rocket Neves, ganharia desde logo uma boa parte dos adeptos - se a isto juntar vitórias, claro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro michael,

      Obrigado pelo seu pertinente comentário.

      Olhe, se não vê ninguém a contestar a continuidade de Lopetegui, fico feliz, mas lanto dizer-lhe, olhe mais abaixo.

      As suas perguntas são pertinentes e espero que estejam a ser analisadas pela nossa direcção, porque são as questões de futuro.

      Quanto à formação, olhe que desconfio que, já no próximo ano, teremos boas novidades nesse capítulo.

      Abraço

      Eliminar
  2. Estamos muito cansados de mudar de treinador!
    Estamos fartos! Chega! Queremos um projeto para pelo menos 5 anos!
    Troco alegremente os títulos de um campeonato viciado por estar sempre nos 4os da Champions...

    Mas, anda por ai muita gente já a tentar deitar veneno, e os patetas dos adeptos ganhadores (os que só querem ser do clube quando este ganha) estão a emprenhar pelos ouvidos... que tristeza!

    E o VP só é bom agora; que é só necessário ir à bloguesfera para ver o que dele se disse! ... Para além de lhe ter saído a sorte grande naquela jogada do Kelvin! Uma em mil anos!...



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida. E se, por ventura, o benfas escorregar - coisa na qual não acredito - lá teremos de novo JL bestial.

      E subscrevo o seu comentário na íntegra!

      Abraço!

      Eliminar
  3. Adivinha-se outro barrete como Lopetegui
    "No entanto, Pinto da Costa tem as "antenas" bem sintonizadas para Alvalade, onde um impasse no que toca à continuação de Marco Silva pode abrir uma "janela" de oportunidade para os Dragões. Apontado na temporada passada como o sucessor de Paulo Fonseca, acabou por ser o Sporting o destino do lisboeta. Porém, Pinto da Costa é um admirador confesso das qualidades de Marco Silva, estando atento a uma possível saída directamente dos verde e brancos para o clube da Invicta."
    A. Sobral

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe o que são contratos de 3 anos (mais dois de opção?)

      Abraço

      Eliminar
  4. Ora Jorge, comparemos! Deixa lá ver...já comparei: Lopetegui é melhor! Obrigado.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lopetegui revela muito pouco talento e capacidade técnica de nível mediano. A sua reação perante desafios defensivos é nula, ou conservadora, sem qualquer decisão arrojada que desbloqueie eventuais impasses. Lembram-se de Vitor Pereira, naquele clássico com James acabado de sair do avião vindo da Colombia, certa celebre e genial adaptação tactica que trocou totalmente as voltas a Jesus?... Pois. A situacao era igual, e Vitor Pereira sabia que ou matava, ou morria. Isso foram tomates e talento para a poda. Ganhou e passou para a frente do campeonato - o resto está nos anais da Historia e dos benfiquistas. Lopetegui não parece ter a visão, nem a astucia corajosa dos campeões. Linha defensiva estática. Meio campo de carregadores de piano, para retirar a iniciativa ofensiva ao Benfica. Conseguido, mas depois não havia jogo entre linhas, não houve construção, o ataque pouco povoado, muito desligado. Num jogo em que era obrigatório ganhar, num palco classico do futebol nacional, Lopetegui pôs a equipa jogando com a rigidez de matraquilhos.
      Sem cojones durante o jogo e no fim aliviado por não levar mais 6, já parecia o tarzan de Bilbau.

      Não vou comentar sequer o desperdício de recursos que a direção técnica de Lopetegui representa para o futuro imediato do FCP
      Jorge Leite

      Eliminar
    2. Não me parece que JL fosse diferente de VP se o Eliseu tem sido expulso. É que o Emerson foi e jogámos o ultimo quarto de hora contra 10... Ah espera, isso não interessa nada agora, certo?

      Eliminar
    3. @ Jorge Leite

      Lopetegui controlou o meio campo e não deixou jogar. Mesmo assim teve Brahimi para fazer as roturas que ele deveria fazer - só que não fez.

      Na segunda parte soltou Herrera para dar um box-to-box, e Quaresma e Hernani nas alas. Lamentavelmente, só o último estava com vontade. Não foi táctica, o erro. Foi apatia.

      Desperdicio de recursos ganhar 32,5M na Champions League?

      @ Silva

      mutatis mutandis... já devias saber disso, caro amigo.

      Abraços

      Eliminar

  5. @ Michael
    nem. mais. subscrevo. na. íntegra.

    @ Jorge
    mauzinho :)

    @ Sobral
    qual é a fonte desse boato? penso que será lá para os lados da lixeira do grupo cofina. o cheiro a náusea e a vómito, misturado com o anti-portismo militante não enganam...
    é favor não acreditar em tudo o que se lê por aí, até que não seja dado como oficial pelo clube. trinta e três anos depois, ainda há quem não aprenda...

    abr@ços
    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
  6. É evidente, dizem alguns pateticamente, que alguém da direcção devia vir defender esta peça de mau cheiro que chegou ao futebol português, como o Bruninho chegou ao dirigismo desportivo...eu acho que até eles têm vergonha...

    E claro que ele vai continuar...eu acho que eles têm medo dele...:-)

    Os únicos que podiam ainda fazer cócegas, como o costume, era a jagunçada...mas eles revêem-se nele...é um jagunço tão bom ou pior do que eles...
    J. Pereira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha o palhaço que se diz Portista Com Muito Orgulho!!!!
      MGC

      Eliminar
    2. Olha, olha, o Portista Só Do Contra! Ainda bem que aparece por estas bandas, já que o seu blogue não permite contraditório! Confesso que deixei de visitar o seu blogue por ser demasiado benfas... ou paços de ferreira, agora não sei.

      Mas obrigado pela visita!

      Quanto ao seu comentário... tente por favor o Comedy Cellar, porque está a fugir-lhe uma grande carreira!

      Abraço

      Eliminar
  7. Por estes dias parece-me este ser a mais sensata das leituras sobre o nosso FCP.

    As palavras do nosso Presidente em nada ajudaram ao afirmar que este é o melhor plantel dos últimos 30 anos. Acho que este discurso foi mais para o interior do grupo do que para o exterior. E tanto não é assim que na Alemanha faltaram os dois laterais titulares e não temos substitutos á altura. Pelo menos para o tipo de futebol que a equipa pretende jogar. Claro que é usado por todos os abutres como arma de arremesso
    Na minha perspetiva falta muita experiência a este plantel. De notar que as ideias iniciais do treinador contavam com Rolando e Varela. Mais que a qualidade creio estar na vertente experiência a razão para esse seu desejo. Ambos não quiseram ficar.
    Casemiro foi durante largos meses adaptado a uma posição que não a sua. Também aqui a ideia inicial era contar com o tal do Claise (não sei se é assim o seu nome). Provavelmente na fase inicial da época seria mais rápida a adopção das ideias do treinador em termos de jogo e forma de jogar.
    Quanto aos jogadores não saberem o que é ser Porto, creio que algumas das contratações para a próxima época, a concretizarem-se, também irão no sentido de trazer jogadores com passado no Porto.
    O Porto, esta época, deu-nos um bom futebol em alguns jogos, um futebol que inclusivamente nos fez sonhar na Europa.
    O treinador ao longo da época foi corrigindo alguns dos seus erros. Também para ele não foi fácil, por todas as razões conhecidas. Mas, gostaria de ver na sua equipa técnica alguém mais rijo que R. Barros. Por muito que goste e admire R. Barros, acho que era mais útil um adjunto da casa com outro perfil.
    Está a ser Duro? Sim. De difícil digestão? Sim. Mas creio que estamos no bom caminho. E a necessidade que os vermelhos tiverem de fazer as coisas pelo outro lado mostra isso. Não fora assim e quem estaria agora em primeiro?

    Abraço. P. Torres

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E hoje, apesar da equipa que entrou para os primeiros 45 minutos não ser a que está mais próxima do melhor onze do F.C.Porto, se excluirmos um Rúben Neves a acusar a responsabilidade do jogo e ficar muito aquém do seu valor e do que já fez esta época, não foi pelas alterações que o gato comeu as filhoses.
      Como disse, na segunda-parte e quando era preciso mais, mesmo com Herrera, Quaresma e Hernâni, nunca o F.C.Porto colocou em grande perigo a baliza de Júlio César. Nem na parte final e com os minutos a esgotarem-se, se viu um Dragão de chama muito alta. E numa análise fria, o empate é um resultado justo.
      A táctica foi jogar para o empate e os jogadores cumpriram. Mas houve alguém que explicasse a Lopetegui que era necessário ganhar aquele jogo e por mais de 1 golo? Pois, a malfadada SAD esqueceu-se de o avisar.Valha-nos Deus.
      Juvino Guifões

      Eliminar
    2. Oh, Juvino, quer dizer, você acabou de dizer que não foi pelo 11 que não se ganhou. Depois disse que não foi pelas substituições. Depois acha que quê, Lopetegui lhes disse "tenham calma, tá-se bem?"

      Você já viu um jogo ao vivo? Já olhou bem para Lopetegui?

      Abraço

      Eliminar
    3. Mas não foi a equipa que entrou na luz, nomeadamente o meio campo, que marcou um golo e quase fazia o segundo na Alemanha? Praticamente eram os mesmos, perante tão Boa resposta, não seria de apostar nos mesmos?

      Eliminar
    4. Quem escreveu esse texto senhor Vassalo, foi um tal de Manuel Vila Pouca.
      Excepto o ultimo parágrafo.
      Juvino Guifões

      Eliminar
    5. Ah, o último parágrafo, a sua conclusão, esse parágrafo?

      Haha

      Eliminar
    6. Já não tem nada contra a análise e só tem com a conclusão.
      Trabalhos de casa, suponho que era daqueles que os fazia no decorrer da aula, esuqcia-se como Lopetegui esquece. (Neste caso até nem se esqueceu o homem não só não queria ser goleado).
      Juvino Guifões

      Eliminar
  8. Daqui, fã de Vítor Pereira,
    Nada a comparar!
    Diferentes tempos,
    Sujeitos,
    Novos contra velhos peitos...

    Julen só lhe deve uma:
    Experiência de clube.
    Mais nenhuma!

    Abraço

    Http://imbictopoema.wordpress.com

    ResponderEliminar
  9. Caro Jorge,
    Apenas e só vou dizer que concordo plenamente.
    E acrescentar que nunca se pode comparar o que é simplesmente incomparável.

    Cumprimentos

    Ana Andrade

    www.portistaacemporcento.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Ana!

      Gostei muito da sua Carta Aberta!

      Abraço!

      Eliminar
  10. Jorge tens razão ao dizer que o Vitor não foi corrido pelo clube mas não estou a ver ninguém, depois de dois anos a aguentar aquilo que ele ouvia diariamente da boca de muitos adeptos (desde comparações a macacos e outras que tal), a querer renovar para mais anos de tormento...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe que eu acho que Lopetegui é completamente indiferente a isso. Desde que tenha a confiança do Presidente...

      Abraço!

      Eliminar
    2. ...
      Achar que Castro, Djalma, Atsu, Liedson, Izmailov sao da mesma qualidade que jogadores como Tello, Aboubakar, Casemiro, Evandro, Angel, etc so pode ser brincadeira. os primeiros sao jogadores que mal conseguem ser titulares em equipas de meio de tabela na Turquia...
      O Maicon, Defour, Rodriguez jogavam varias vezes (o Rodriguez saiu ao fim do primeiro ano)

      Jogar na retranca? ser humilhado? futebol desprezivel? Não era agradável o de Vitor Pereira só que o de Lopetegui é muito, mas muito pior.

      Jogos pauperrimos sao os que estamos a ver agora em que ou levamos meia dúzia... ou estamos sempre com o credo na boca porque os defesas nao se sabem posicionar, o meio campo nao existe e os adversarios rematam a nossa baliza varias vezes por jogo. No tempo do VP a maior parte dos adversários nem entravam no nosso meio campo!!!

      E o VP nao se desculpava com os árbitros e o tempo e a fada madrinha cada vez que perdia pontos... simplesmente punha a equipa a jogar de maneira que mesmo que fossemos roubados (e eramos na mesma) nao importava.

      O mesmo padrão??? Um dos segredos do VP era ter os jogadores sempre perto uns dos outros e usar o centro do terreno preferencialmente. O Lopetegui acha que o centro do terreno tem alguma maldição e planta os jogadores nas faixas com muito espaço entre os jogadores. O padrão nao tem nada a ver e por isso e que qualquer clube mija na escada consegue pressionar a equipa do Lopetegui (como conseguiam pressionar a equipa do Paulo Fonseca) e provocar erros.

      Tivesse o VP os recursos (jogadores) que o Lopetegui tem e não eram as galinhas que iam na frente. VP fez milagres com a miséria de plantel que tinha, esticou os 14-15 jogadores de qualidade que tinha e foi eliminado da europa quando teve lesões (Moutinho em Malaga + expulsao de Defour) ou foi obrigado a rodar para jogadores de baixa qualidade (tacas), ja para não falar da segunda metade da ultima época (James no estaleiro, jogo na Luz com juniores no banco) - quando e que o Lopetegui vai precisar de convocar juniores??? Só quando se incompatibilizar com Quintero, Quaresma, Aboubakar, Maicon, Alex Sandro, Danilo, Helton todos aos mesmo tempo.

      Sou portista porque sou exigente! Nao me contento! E nunca, mas nunca sou seguidista - isso deixo para os lampiões e o seu culto do Vieirismo...
      Blue

      Eliminar
  11. Caro Jorge...
    Depois do que li das reuniões com Antero e Domingos Soares Oliveira, dos elogios à direção do Benfica...
    Da sem vergonhice, das nomeações de Vitor Pereira... até depois do empate, o Gil leva com o Capela NOVAMENTE....
    Das reuniões com Vitor Pereira de Rui gomes da Silva e com Proença...

    Do silêncio ensurdecedor da SAD do FCP....

    Só Lopetegui... falou, estrebuchou sozinho....
    Foi ridicularizado pela imprensa, pelo bronco treinador rival e NEM UMA ÚNICA VEZ vimos a SAD apoiar, denunciar, indignar-se....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso tem de mudar sim, mas a primeira linha, duvido muito que tenha acontecido.

      Abraço.

      Eliminar
  12. Meu caro Alka Seltzer , muito gosto dos benfas inchadinhos! Cá estaremos para ver. Ia autorizar o seu comentário, mas não gosto dos nomes feios. Senão tinha um contraditório melhor. Mas digo-lhe: fie-se na Virgem e não corra!

    Abraço rival

    E já agora, caro anónimo, não há zbordenguizações aqui - há latitude para formar uma ideia. Para o ano, essa latitude encurtará.

    Abraço

    ResponderEliminar
  13. Caro Jorge,
    Muito obrigada!

    Cumprimentos

    Ana Andrade

    www.portistaacemporcento.blogspot.com


    ResponderEliminar
  14. Que Lopetegui deve continuar vê-se hoje pelas "notícias" vindas no CM: contestação de Herrera, de Oliver... depois das discussões com Antero, com Helton... enfim, segundo as "fontes bem informadas" do pasquim, Lopetegui já se deve ter desentendido com quase toda a estrutura e plantel portista. Eles sabem bem como são as coisas. Este ano, mesmo com as roubalheiras, a luta é até ao fim. Para o ano, com Lopetegui a conhecer o que a casa gasta, outro galo cantará. Daí que façam tudo e publiquem qualquer javardice para causar instabilidade. Creem eles, coitados. Saúde- João.

    ResponderEliminar
  15. Caro Jorge Vassalo,

    Eu acho que Lopetegui deve continuar, contudo confesso que não percebo esta evangelização ao treinador Basco. Concordo que a comparação com VP é injusta porque com este já sabíamos com que contar e com Lopetegui temos tido exibições quase bipolares. Por outra lado compara um técnico bicampeão com outro que ainda não conquistou rigorosamente nada, o que remete para comparações de momentos e planteis que são sempre subjectivos. Creio que VP não teve Hulk, saiu em Setembro já sem hipóteses de contratarmos, mas relembro que teve que gerir um balneário cheio de egos que tinham conquistado tudo na época anterior com Villas Boas. Lembro-me também das inúmeras vezes em VP foi a única voz do FCP, exactamente como hoje acontece com Lopetegui. Recordo-me aliás da única derrota para o campeonato em 2 anos, com o Gil Vicente e da vergonhosa arbitragem, onde VP se atirou e bem ao facto de a mouraria poder encomendar as faixas. Nenhum outro técnico teve a carta branca que Lopetegui teve esta época. Escolheu quem quis, levou o clube inclusive a quebrar uma regra com a entrada de jogadores emprestados ( sem direito de opção ) e isso significa que teve total liberdade o que implica total responsabilidade. Esperei sempre que Lopetegui conseguisse transmitir ao grupo a sua ambição, vontade e motivação em ganhar e conquistar troféus, aproveitando exactamente a carta branca e a oportunidade de estar num grande clube pela primeira vez. Acreditei que o desafio fosse suficiente para unir as tropas. Repare quase todos os grandes treinadores e não tão grandes treinadores que passaram pelo clube nos últimos anos, tiveram primeiras épocas bem sucedidas. Assim não aconteceu. Contudo Lopetegui fez uma excelente campanha na CL, acredito por isso que possa ter percebido onde está a chave do sucesso e consiga estender para o campeonato o brilhantismo que atingimos na CL. Se conseguimos na Europa porque não havemos de conseguir entre portas?

    Raoc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito condescendente em dizer que Lopetegui fez uma grande Liga dos Campeões. Foi sovado e achincalhado cpm 6-1, pela melhor equipa do Mundo da semana passada e que hoje foi eliminada no seu estádio pelo 10º classificado da Bundesliga. A mentira em câmara de ressonância tem a perna muito curta, por muito que desagrade aos evangelizados de Lopetegui.
      Qualquer adepto do Porto sabe que Lopetegui não tem competência para este clube, no entanto o grande problema é saber que treinador minimamente competente quer vir treinar o F. C. Porto? Marco Silva, Rui Vitória, Sérgio Conceição é tudo igual ou pior que Lopetegui. O da cadeira de sonho já encheu o saco e poderá eventualmente ser uma boa hipótese, mas não estou a ver Laudrup a aceitar vir para um clube que leva aos seis na Liga dos Campeões!
      Maldini

      Eliminar
    2. Claro, Maldini. Vamos tratar de trazer Van Gaal, Guardiola, e por aí em diante - no mínimo!

      E quanto a essa coisinha da Champions, eu estava só a ver quanto tempo ia demorar. Passou-se o mesmo com o Dortmund do que com o jogo do Wolfsburg, ou seja, muita condescendência, muito "tá no papo", e tal. Está a ver? A equipa de Guardiola também não sabe reagir a um resultado adverso, durante o jogo! E é a maior do Mundo. Por isso se diz, "passar o Bayern num jogo é possível, em dois é muito, muito difícil".

      Vamos ver o Bayern de porcaria contra o Barça. E depois o Real.

      Abraço.

      Eliminar
    3. Boa tarde,

      Respeito o responsável, pelo blog pelo que penso não fazer sentido comentar comentários de outros participantes, contudo assim como não percebo o radicalismo de que não há nenhum outro melhor no momento também não percebo o extremismo com a goleada em Munique. Com VP por exemplo perdemos no Chipre e mais tarde fomos goleados com o Man City para a Liga Europa. Acontece a todos, grandes ou menos grande treinadores. Acho que a questão de Lopetegui passa por baixar a guarda e proteção que muitas vezes aplica ao plantel, tal qual fosse um plantel de sub 21. Tem que deixar o discurso é a prática para jovens e passar a exigir responsabilidade aos atletas. Mesmo nas piores circunstâncias nunca pressionou publicamente os jogadores, por exemplo após o empate no Nacional e devia tê-lo feito. Não há mal nenhum em assumirque jogamos mal, alguns jogadores não tiveram atitude competitiva e passar um raspanete público. O VP fazia-o. Lopetegui nunca o fez e deve fazê-lo. Penso por isso que a conquista de troféus está muito dependente da capacidade de Lopetegui evoluir. Teve muitas oportunidade este ano e não aproveitou. Pode ser que ainda vá a tempo. Depois terá de evoluir na leitura que faz do jogo. Deixo uma questão: porque será que este ano e até ao momento a equipa nunca, repito nunca tenha sido capaz de dar a volta a um resultado negativo? Porque será?

      Concluindo e por aqui me fico: primeira época muito boa na CL, excepcional até e muito irregular no campeonato. Tenho dúvidas em relação a Lopetegui mas merece ainda o benefício de tentar mais uma vez. Atenção que estamos olhar apenas para dentro porque o "colinho" foi o factor número 1 na anunciada perda deste campeonato.

      Raoc

      Eliminar
  16. Claro que é fácil...aposto que nenhum deles terá qualquer problema em abdicar de salários. Deve apenas bastar um: vá lá, pá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem paga 5 milhões/ano a Tello e mais 5 a Adrian, pode muito bem contratar um treinador Top Mundial.
      Silva

      Eliminar
    2. Sim, não é 5 a cada um , é 15. Olhe, é como o valor efectivamente pago até agora pelo passe do Adrián.

      Eliminar
  17. SE tem um crédito de 9 milhões e recebe para saldar esse crédito 30% do embrulho do Adrian ou é gestão ruinosa ou então alguém se encheu com tamanho barrete.
    Medina Cadeira

    ResponderEliminar

  18. @ "João"

    «portista de oportunidade» é quem te fez as orelhas, pá.
    não me conheces de lado algum para tecer esses considerandos.

    e, por mim, podes responder da forma que tu bem entenderes, que será sempre para o lado que dormirei melhor.

    entretanto, dizem-me que estamos no ano da graça de 2015, e que 1982 já passou. faz mais de trinta anos...

    sou quem sabes

    ResponderEliminar