sábado, 11 de julho de 2015

Retratamento Público , Mea Culpa, Mea Culpa


Há dias em que um homem consciente não pode senão sentir-se envergonhado. Hoje é um deles. O meu caríssimo comentador deste blogue, Pedro Mota, chamou-me, com inteira razão, para o erro grave em que estava a incorrer. 

Fiz uma coisa que detesto fazer, a crítica pública a uma pessoa que não conheço. Assumo que, tal como centenas, quiçá milhares de pessoas, fui induzido em erro pela edição da entrevista no Expresso a Ricardo Quaresma. 

Li a versão escrita e editada, graciosamente disponibilizada pela Ana Ferreira no seu FCP Para Sempre, aqui.

Mas a verdade é que a edição online - aqui, de essencial leitura! - da entrevista mostra a totalidade das respostas da mesma. E o tom é completamente diferente. Mostra um Ricardo Quaresma no seu estilo directo e aberto de comunicar, mas com uma extrema humildade e inclusão dos colegas nas suas respostas, e um sentido de Portismo exemplar.

Não posso deixar de sublinhar a minha vergonha pelo mal entendido que a edição da entrevista provocou, provando que as frases retiradas dos seus contextos e enquadramentos específicos podem, não raras vezes, dar origem a interpretações erradas.

Não só Quaresma incluiu Maicon e Alex Sandro nas pessoas que ele crê saberem o que é Ser Porto - ao contrário da versão editada, que creio induziu em erro o próprio Maicon! - como falou com imenso carinho dos adeptos e com uma exemplar noção de dever acerca da massa adepta e da forma como os assobios devem ser encarados.

Não me resta senão agradecer ao Pedro Mota, que teve toda a razão ao dizer, no seu comentário: "Agora que cada um interprete como quiser, rectifique se achar que tem de rectificar e ponha as mãos na consciência sobre as acusações que fazem inclusive a outros portistas. Uma coisa é certa, CS sabe muito bem o que faz, com quem faz e porque o faz. Já era tempo de o Porto proibir os jogadores de darem entrevistas e certos orgãos de comunicação deixarem de entrar na nossa casa.".

A minha rectificação está feita. As minhas desculpas aos meus leitores mas, principalmente, a Ricardo Quaresma, a todos os seus companheiros e amigos.

Pese embora a sua irascibilidade, ao ler esta entrevista o efeito que em mim provoca é justamente o inverso, o de que Ricardo Quaresma é muito injustiçado e que, ao seu jeito truculento, directo, mas também de alguém que teve uma origem complicada - pela qual tenho o máximo respeito! -, tem um enorme e profundo Portismo dentro de si.

Parabéns ao editor que induziu em erro todos nós na edição do Expresso em papel e pdf. Conseguiu que a opinião pública acerca de um jogador fosse justamente o inverso do que ele transmitiu.

Repetindo o Pedro Mota, "Já era tempo de o Porto proibir os jogadores de darem entrevistas e certos orgãos de comunicação deixarem de entrar na nossa casa." Era melhor para todos.

Da minha parte, fica o retratamento. E o meu pedido público de desculpas. E a garantia de que, de futuro, irei procurar saber das duas partes antes de formar opinião e transmiti-la.

As minhas desculpas, uma vez mais. Obrigado. 

34 comentários:

  1. Jorge, os meus sinceros parabéns pelo humildade e inteligência que revela com esta sua publicação.
    O Jorge não errou, foi enganado o que é diferente, tal como muitos portistas. Já é hora de nós portistas nos revoltarmos com o tratamento que sofremos na CS. A forma como deturpam e cortam as respostas do Quaresma na edição escrita é algo vergonhoso, e não se trata do Quaresma,mas sim de todos. Hoje foi Quaresma,amanha podia ser Pinto da Costa,Lopetegui etc.
    Acho incrível que ninguém no Porto se revolte com o que aconteceu(onde andas tu,dragões diário??). Os blogs do Porto deveriam todos expor esta situação, como disse antes não tem nada a ver com o Quaresma, mas sim com a forma como a informação sobre nosso clube é manipulada neste pais. Para o bem e para o mal,cortar respostas de alguém é um acto abominavel. E neste caso o dano já está feito, quantos portistas "rasgaram" injustamente Quaresma devido a esta entrevista ?! ..Haverá muitos motivos para criticar Quaresma por várias situações,mas neste caso em concreto ele foi vitima e não vilão. Que sirva de exemplo aos portistas para no futuro não "comermos" tudo que esta CS nos dá.
    Quanto a Maicon, caiu na armadilha de responder a uma pergunta sobre declarações fora do contexto, sem ter lidoa entrevista antes. Que o Porto duma vez por todos proiba os jogadores de falar com quem nos quer mal.

    Abraço Jorge e parabéns.

    PS-Triste como cortam da edição de papel a respostas em que Quaresma diz que os filhos são todos portistas e ferrenhos, como lhes custa ver que estamos a crescer cada vez mais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou eu que lhe devo agradecer a si, Pedro. Comecei este blogue há poucos meses, mas pode ter sempre uma certeza: verá que, se for demonstrado que estou errado, me retratarei de imediato.

      Sou-lhe a agradecer também pelo interesse que demonstra e, mais do que tudo o resto, por me ter mostrado que faço bem em gostar de Ricardo Quaresma.

      Eu sei que sou acusado de ser um dos antis, mas quem me viu a vibrar com aquela mágica trivela contra o Paços de Ferreira e os golos excelentes contra o Bayern, sabem que estou sempre do lado dele.

      E olhe, à luz daquilo que li, talvez lhe desculpe mais fitas pelo ar. Tenho assim, um coração de manteiga.

      Neste momento, espero que o rumor do Besiktas seja falso e que a sua ausência se deva meramente a uma coisa lógica - poder estar com a sua bébé recém-nascida um pouco mais. Todo o pai sabe o que é pegar na filha recém-nascida nos braços e no quanto queremos que esse momento perdure para sempre :)

      Abraço e muito obrigado.

      Eliminar
    2. Caro Pedro,

      Também agradeço-lhe esta chamada de atenção e a reposição da verdade contudo, como já tinha dito anteriormente Quaresma meteu-se a jeito.

      Meteu-se a jeito quando foi abraçar Jesus no final no jogo da Luz (se gosta tanto dele para que é que serve o túnel? Fazê-lo ali é uma demonstração social e não pessoal). Meteu-se a jeito com os amuos e meteu-se a jeito a falar do que não sabe... mística...

      Apesar da entrevista na sua totalidade amenizar a questão, ele continuou a meter-se em caminhos que não devia.

      Agora a culpa também é do FCP (como bem o Jorge diz) assim como do próprio Quaresma que quando começou esta confusão, deveria ter logo colocado a "boca no trombone" e dizer que ali não estava tudo e que tinha sido cortado sem a sua autorização.

      Não sei se Quaresma ainda vai ser reintegrado, mas existe uma coisa que o meu falecido pai sempre me ensinou e que parece que Quaresma teima em não aprender que é: "As Desculpas não se dão Evitam-se".

      Eliminar
    3. Não tem de agradecer, eu aqui expresso a minha opinião e tento expressar o que acho justo ou não,apenas e só. Gosto muito do seu blog,apesar de ,como deve ter reparado, discordarmos de algumas coisas, mas isso é saudável.

      Sou lhe sincero Jorge,gosto muito do Quaresma,penso que é um jogador por vezes incompreendido e muitas vezes injustiçado, mas espero que vá embora. É o melhor para ele. Aqui será suplente e ele , como todos grandes jogadores, não é feliz nessa situação. Poderá ser muito útil,mas temos outros jogadores, ninguém é insubstituível.
      Desejo-lhe toda sorte do mundo e agradeço por tudo o que fez no Porto, pelas dezenas de golos, assistencias e momentos de magia que só ele sabia dar. É um tri campeão. E não tenho duvidas que daqui a muitos anos ainda será dos jogadores mais recordados.

      Depois de ver como se editam certas respostas em entrevistas, fiquei com pulga a trás da orelha em relação a entrevista do Helton, será que lhe aconteceu o mesmo que Quaresma??!! A partir de agora irei sempre relativizar este tipo de entrevistas.

      Abraço

      Eliminar
    4. Claro que se meteu a jeito,isso não está em causa. Foi anjinho, pois não me parece que ele seja masoquista para dar uma entrevista sabendo que se pode prejudicar.
      Mas, independentemente disso , ninguém merece que lhe cortem as respostas e dessa forma manipulem o que diz.
      O Porto é que já devia há muito tempo ter proibido os jogadores de dar entrevistas e dessa forma não havia esta situação, a do Helton,Brahimi, Jackson etc etc ..
      A situação da luz ele na entrevista diz que não viu a confusão entre os treinadores, e eu acredito nele. Se há coisa que Quaresma me parece é sincero,até demasiado para seu próprio bem.
      Quanto a mística ele está convencido que tem mística e sabe o que é, não se pode condenar ninguém por isso,tal como cada um tem a sua definição sobre o que é mística.

      O seu falecido pai tinha razão, e isso aplica-se em todas as situações.

      Eliminar
    5. Contenção, em campo e fora dele, é a chave. E resolvia esta coisa toda. E isso de facto Quaresma não tem.

      Abraços

      Eliminar
  2. Acredito, evidentemente, em tudo o que escreves Jorge. Mas há uma coisinha que permaneceu intacta: Nao fui EU que dei aquela entrevista aquele jornal. Garanto-te.
    De qq forma, também não vi ninguém ligado ao FCP a dizer que o Quaresma foi encostado e, ainda menos, a apontar este como o motivo.
    Anyway, é bonito ver que há ainda quem não tenha nenhum problema em assumir que se enganou, quando o sente, e em pedir desculpas. Grande Jorge.
    Abraco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Futebol Clube do Porto vai ter de instituir, de uma vez por todas, uma proibição de falar em público sobre assuntos do Clube. E já agora selfies nos balneários. Resolve muito isto tudo.

      Abraço

      Eliminar
  3. Uma outra coisa que nada tem a haver com este tema Jorge.

    Será que podemos tirar ilações ao tipo de plantel que Lopetegui quer para esta temporada, partindo da tipologia de jogadores que foram para Estágio?

    Vejamos:
    Foram 4 GR (que podem e devem ser reduzidos apenas a 3)
    2 Laterais Direitos e Esquerdos
    4 Centrais
    6 Médios
    4 Extremos
    2 Avançados Móveis
    2 Avançados Centro.

    Ora bem, parece-me que o que Lopetegui quer está claro (podendo aqui ou ali levar mais um ou tirá outro jogador). Com este primeiro esboço de Lopetegui, isto não deverá andar muito longe de qualquer coisa do género:

    GR: Casillas, Helton, Gudino, Ricardo(?)
    Laterais: Alex Sandro, Angel, Ricardo Pereira (preferia que fosse emprestado a ficar para lateral), Contratação
    Centrais: Maicon, Lichnovsky, Indi, Marcano
    Médios: Danilo Pereira, Imbula, André André, Sérgio Oliveira, Herrera, Ruben Neves, Evandro(?)
    Alas: Hernâni, Varela, Tello, Brahimi
    Avançados Centro: Aboubakar, Gonçalo (?)
    Avançados Móveis: Bueno, Adrian Lopez(?)

    Parece-me um primeiro esboço já muito perto do final do mesmo não te parece?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho prematuro falar de nomes em lugares, mas fica claro que vamos poder ter múltiplos sistemas de jogo bem trabalhados, e isso é muito bom!

      Abraço!

      Eliminar
    2. yah Jorge!

      Destes primários 26, foi o que mais me chamou a atenção também

      Eliminar
    3. Tanto marcha atrás e marcha à frente neste negócio Casillas... jeez...

      Eliminar
  4. Salvo erro até á uns anos atras o porto tinha essa politica, só davam entrevistas com autorização. Agora com as redes sociais toda a gente fala. Mas uma coisa é certa, tendo a entrevista sido manipulada ou não, os jogadores têm de ter consciencia e tb inteligencia em td o que falam mesmo em off pq saí td para a opinião publica.

    Por isso mts vezes ha respostas vagas que levam a quem lê diferentes interpetrações. Hj em dia cada vez mais os jogadores têm acessores de comunicação, pq é que não os poem a trabalhar.

    Abraço
    Miguel S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, não falta quem nos faça a cama....

      Abraço

      Eliminar
  5. A comunicação social esta época que está a começar já mostrou muito bem o que nos espera. Rui Vitória já está a ser elevado a Deus do céu e da Terra, já ganha jogos com os olhos. E não se enganem, Rui Vitória não é o menino bem comportado que estão a passar para os comuns adeptos. Eu sou de Paços de Ferreira e muitas vezes ele foi almoçar ao Restaurante do meu avô, para além da mania de ser superior a toda a gente ainda era arrogante e ninguém lhe podia dizer seja o que fosse. Ele já aproveitou as mil e uma entrevistas que já lhe fizeram para falar de nós, como que a tentar rebaixar nos e a não nos dar valor, mas está à vontade, se nos subestimar é quando o apanhamos em contra pé.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hélder, eu sei que Rui Vitória não é nenhum anjinho! Será só mais a quem vão elogiar a "postura" e a "classe". Mas a mim não me importa. Como digo, o que eu gosto é que nos subestimem!

      Abraço

      Eliminar
  6. Boa Tarde Jorge Vassalo,
    Tomo nota do seu retratar público e cumprimento-o mas a minha opinião é de que não tem de se preocupar sobre uma sua crítica supostamente mal documentada e logo injusta, na mediada em que o jogador Quaresma se pôs-se a jeito na entrevista que deu. Ora, o que o Expresso ou algum Media lisboeta escreve sobre o Porto tem invariavelmente que desfazer no nosso clube. É dado adquirido mas, bem... Vamos lá acreditar que Quaresma não sabia nem sabe disso, sendo jogador do Porto dos mais antigos na casa. Já agora aproveitemos para acreditar também no Pai Natal. Ao que tenho lido em comentários em diversos blogs portistas, a maioria está farta das tretas de Quaresma que, se for "de vela", não se perderá nada pois já não tem velocidade, não marca um livre de jeito e desequilibra zero. Não basta bater no peito e no emblema para ser e sentir Porto como faz Quaresma. É preciso jogar, fazer a diferença como ele fazia há anos. O Porto não será do tipo "deixem jogar o Mantorras" e, se ficar, Quaresma, apenas servirá para jogar uns minutitos e para muitas "selfies" que os adeptos gostam. Não tenhamos ilusões. Grande jogador, génio da bola, que passou ao lado de uma grandíssima carreira e, já agora, não foi por culpa de Lopetegui. Abraço. Continue, Amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, jnporto, que ninguém se engane: O facto de me estar a retratar pela avaliação que fiz desta entrevista, isso não significa que goste dos beijos ao Jesus - não me caiu nada bem -, o egocentrismo, os cantos mal marcados, o remate facil e à maluca quando está cansado e a sua tendência a ser eucalipto... Isso é do jogo. Isso está mal.

      Abraço

      Eliminar
  7. Imbicto Jorge,

    Antes de mais, "parabenizar" é pouco. Muito nobre, esta tua atitude.
    Percebes, agora, a minha posição e o facto de ter levantado suspeitas sobre a pertinência em ter sido logo o "jornal de referência"a fazer a entrevista?

    Encomendas, meu amigo. Encomendas... Falta é saber de quem... Para legitimar atitudes, de todo o lado seria possível.

    Imbicto abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, percebo, até pela edição da mesma! Ainda ontem o Pedro, no MaisTransferências, insinuara que Quaresma teria dado o 11 do FC Porto ao Jesus,,, isso é que era uma facada.

      Cuidado, muito cuidado!

      Abraçom

      Eliminar
  8. Conforme o Jorge se "pôs a jeito" e depois se desculpabilizou, o que só mostra o carácter de quem é grande, a mim faz-me confusão, indignação e até tristeza, as nossas gentes estarem a dividir-se em pró-Quaresmas e anti-Quaresmas! E depois andamos revoltados com uma CS que nos persegue, nos difama e tudo o mais, quando somos nós que - repito - nos "pomos a jeito"!!!!
    Vamos lá acabar com estas novelas, e digo novelas porque a novela Helton ao que me apercebo vai estrear em breve entre nós, adeptos!

    P.S. neste mundo de capitalismo desenfreado, onde os valores monetários chantageiam os valores morais, fazendo com que pessoas, familias, empresas e até nações se insolvam, é utópico pedir aos jogadores para ter "amor á camisola"! Nestes tempos temos é que pedir jogadores competentes, sérios e profissionais!
    Por isso não me choca, não me revolta nem engulo sapos do tamanho de elefantes se o caceteiro da Luz aqui vier parar. E se for caso disso, até direi que o rapaz é manso como um cordeiro! We came as romans...
    Já Frank Zappa dizia ; we are here only for the money!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou adepto do FC Porto. Só quero que os seus jogadores dêem tudo pelo Clube. O resto, é fait divers, Desde que não desestabilize o balneário, para mim está bom.

      Abraço

      Eliminar
  9. Bravo, mas não esperava menos de si.

    Confesso que fiquei baralhado quando retirou o comentário no meu post, mas creio agora que terá sido esse o motivo (e não o facto de um outro leitor ter sido desnecessariamente agressivo, como suspeitava).

    Eu tive a sorte ler o expresso digital e como tal a entrevista completa. Mas acredito ainda assim que continuemos a ter divergências relevantes sobre este tema. O que é salutar, digo.

    Apenas contesto um ponto: o de enrolhar os jogadores. Continuo a pensar que esse tempo já passou e hoje não é possível fazê-lo. Um jogador diz mais (se quiser) em 140 caracteres do que numa extensa entrevista.

    Claro que percebo o ponto da deturpação do que o jogador realmente quer transmitir. Esse é um problema, mas não acredito que impedi-lo de dar entrevistas seja a solução.

    Um abraço
    LAeB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou, por princípio, contra a censura.

      No entanto, a verdade é que se vê que tentam prejudicar o nosso Clube ostensivamente, por isso, se eles não tem essa percepção - eu acho natural, uma vez que o FC Porto trata de todas as necessidades dos jogadores e eles não contactam com a realidade exterior - é preciso proteger o balneário e as suas naturais vicissitudes.

      Retirei o comentário porque era baseado num erro, portanto não faria sentido.

      Abraço

      Eliminar
  10. O que o Quaresma disse pode ter sido descontextualizado mas o resto ainda permanece. As birrinhas, a cara feia, etc. Ele não é o centro do mundo e pronto. O problema das entrevistas resolvia-se, mas agora com as tretas da imagem e mais não sei quê os gajos têm de andar sempre a falar. Com twitters e instagrams e o raio não podem estar calados. Se é assim sejam comedidos no que dizem e não dêem entrevistas a CS que é anti-portista - quase toda,.
    O resto, Rui Vitória já veio dizer que o Porto não o assusta. Temos homem, é macho. E diz que já mais um no pack 15 milhões! Saúde. João.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos os erros do Quaresma - que já apontei aquando dos jogos, não vale a pena teimar - não se apagaram agora. De resto subscrevo.

      Abraço

      Eliminar
  11. Venho diariamente ao blog e é um dos que mais gosto precisamente pela informação relacionada com o nosso grande clube, e se por um lado não gostei nada do que li aqui acerca do Quaresma (que até era/é um dos meus jogadores preferidos do Porto) e da entrevista que ele deu, devido precisamente ao jornal que deu a mesma ter disponibilizado apenas o que queria e no contexto que queria e assim ter induzido em erro com informação contraditória em relação ao que foram realmente as respostas do Quaresma e dando uma vez mais uma imagem errada da pessoa/jogador que é, e eu como o bloger e muitos outros por não termos acesso á verdadeira e completa entrevista ou por simplesmente não termos tentado procurar obter, fiquei triste e com uma imagem melindrada do jogador. Agora por outro lado, ao ver o bloger retratar-se (o que é de aplaudir - não é todos os dias nem qualquer órgão de cs, quanto mais num blog, que isto acontece) e assim também ter acesso á verdadeira entrevista, que fico com a consciência que a ideia que tinha/tenho do Quaresma é a correta, agora fico triste mas por se falar da sua mais que provável saída, porque se há quem sinta o clube, Quaresma é mesmo um deles, mas também tenho que me mentalizar que já passaram muitos e grandes jogadores pelo NGC e tiveram que sair, é um ciclo normal e mais dia menos dia acaba por acontecer, neste caso com a diferença de que pudemos apreciar toda a qualidade deste grande jogador/portista não numa mas em duas vezes, o que também não acontece com todos. Queria também desejar que o blog continue como até aqui com o pequeno pormenor (como o próprio bloger já mencionou) de tentar verificar a verdadeira informação/noticia antes de publicar seja o que for, porque como já disse, se há site ou blog que para mim tem muita credibilidade e ao qual sou fiel, é este.
    Somos Porto!

    ResponderEliminar
  12. Em relação ao Quaresma, o problema dele é ter o sangue na guelra, e cai na armadilha que foi a entrevista. Também ouvi ontem no mais transferências insinuarem que ele teria dado o 11 ao JJ no jogo com os mouros, é a pouca vergonha da cs que temos. Em relação á entrevista que o Helton deu, receio que não tenha acontecido o mesmo que ao Quaresma, porque eu próprio li a entrevista na integra no jornal o Jogo, tudo o que era relacionado com o treinador ele escusou-se a responder (bastaria, como também já li, que no inicio da entrevista dissesse que não queria responder a esse tema e não fizessem perguntas sobre o mesmo) o que me leva a pensar que Helton tem alguma situação encravada com o Lopetegui (e não sei se o mesmo acontece no sentido oposto, uma vez que se Helton renovou só pode ter sido com o consentimento do treinador) mas que por sua vez me leva a questionar que, tendo Lopetegui tido aquele desentendimento com Quaresma no inicio da época passada (que parece ter existido mesmo) e agora isto com o Helton e ainda por cima com a chegada de Casillas, não estará a querer tirar "poder" aos capitães da equipa para ter alguém da sua confiança...um pouco como chegou a acontecer com Mourinho no Chelsea em relação a Terry e Lampard e mesmo com Casillas no real, o que acabou por levar depois á saída do próprio Mourinho tanto num clube como noutro.

    ResponderEliminar
  13. Em relação ao que aqui foi dito acerca do Rui Vitória também subscrevo, com aquela carinha de anjinho e aquela postura que tinha em Guimarães e que não sei se se manterá, vai ter toda a imprensa a elogiar e a levar em ombros...só espero é que não haja novamente colinho ou que a haver que não seja ainda mais descarado que este ano (será possível?!) porque acredito que este ano que passou mesmo assim o Porto podia ter sido campeão, e como acredito que alguns jogadores e principalmente o treinador já sabe onde se meteu e com o que conta e irá certamente corrigir o que correu menos bem, este ano mais uma vez contra tudo, contra todos e contra todos iremos ser campeões!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo seu extenso comentário, Eduardo, e bem-vindo. Subscrevo-os com um reparo: É natural que o treinador queira ter uma extensão do seu pensamento dentro do campo. Não duvido que possa ser Iker Casillas.

      Abraço

      Eliminar
  14. Hombridade. É de "Hombre". Oxalá todos os intervenientes no espaço internet tivessem 10% da hombridade demonstrada neste blog.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  15. acontece a quem fala em público. nao conheco nenhum portista com cabeca que nao tenha ficado fulo com a entrevista do quaresma editada pelo expresso.
    e que bem editada, e que bem revista, ah pqp mesmo.
    e assim se assassina o carácter de um jogador que... se pos a jeito, sim, mas foi tudo demasiado bem editado.

    vergonhoso, mais uma vez, o tratamento dado pela CS portuguesa ao clube que dá mais a ganhar ao país e, de novo, sem resposta das nossas esferas.
    estaria a direccao á espera dum destes deslizes para dar o golpe de misericórdia a RQ7?

    quo vadis, meu Portinho?

    ResponderEliminar
  16. Eu fui dos que ficaram contentes com o seu regresso!
    E para mim, Quaresma, no FCP, acabou naquele jogo na Luz, depois da derrota em Munique e do grito de revolta se ter transformado no que se sabe...
    Não é pelo que fez, repito, não é pelo que fez! É pelo contexto em que o fez! IMPERDOÁVEL!
    Tornando portanto indiferente a entrevista ou a sua deturpação!

    E para os críticos da relação Quaresma/Lopetegui, não esquecer que Quaresma foi dos que mais evoluiu com Lopetegui!

    Resumindo, quero os carregadores de Mística (como está na moda falar) concentrados no clube e não nas milhentas coisinhas que se tem visto em relação a Quaresma...

    Cumps

    ResponderEliminar
  17. Jorge,
    acho que no meio de todas as discussoes sobre Quaresma nos estamos a esquecer de uma coisa - ha uma minoria de adeptos (em que eu me incluo) que se estao positivamente a marimbar para o que os jogadores dizem ou fazem fora de campo, ate porque na maior parte das vezes sao pessoas com pouca educacao e que sao facilmente manipulaveis...
    E ainda menos me interessa se um jogador da murros no peito e beijos no emblema ou pontapes no banco qd as coisas correm mal....

    Eu preocupo-me e muito e com o que os jogadores fazem em campo - e nesse sentido ficarei muitissimo satisfeito qd for oficializada a saida de Quaresma. Eu sei que ha muitos defensores dele que diriam logo - ah, mas ele faz muitos cruzamentos e remates... a que eu respondo: "entao por essa linha de ideias, o melhor soldado e o que dispara mais balas?" Porque se ha um capitulo em que o Quaresma tem as melhores estatisticas e a perder a bola... seja porque 80% dos cruzamentos vao para zonas em que nao ha colegas ou que os colegas estao muito marcados, seja porque 90% dos remates sao para fora - e quase sempre a ignorar colegas em melhores condicoes, nem que seja so para podermos conservar a bola e atacar outra vez...

    fico muito feliz se este tiver sido o raciocinio de Lopetegui e so espero que a proxima grande noticia de vendas seja a do Herrera para ser substituido por um jogador que seja capaz de receber um passe sem que a bola salte 3 metros para o lado...

    ResponderEliminar