quinta-feira, 7 de abril de 2016

Em Quatro Palavras: Um FC Porto À Porto

Não foi meigo, Jorge Nuno Pinto da Costa: já comunicou ao plantel que a época acabou. Quem não for, agora na pré-época, um jogador à Porto, não fica na casa. 

Ficou bem patente que Pinto da Costa acabará com o entreposto de jogadores, que vai devolver o scouting ao FC Porto e que quer a identidade de volta ao FC Porto. Para mim, é bastante positivo isso, embora eu o esperasse. Como foi positivo ele assumir que assistimos ao pior jogo do FC Porto de sempre esta semana, e que daqui só pode ser sempre a subir. E muito, muito, positivo é a sua assunção de que importante são jogadores da casa terem caminho para seguir.

Evidentemente, falou pela rama das comissões. Evidentemente, não falou do filho. Evidentemente, tristemente, continua a não falar do #colinho.

Apresenta-se então uma alternativa aos sócios: querem falar de contas e ouvir desculpas e apologias ou querem Querer e Atitude? Fico feliz por ver que o Nosso Grande Presidente está longe de estar morto ou acomodado. Dizer que o Passado não interessa nada é, para mim, uma frase lapidar.

Embora tímidos, os sinais são positivos.

Já agora, a mim parece-me claro que José Peseiro está a prazo. 

87 comentários:

  1. Ficamos com a mesma ideia da entrevista Jorge! Em todos os aspectos.

    Esperemos melhores ventos, depois da tempestade vem a bonança.

    ResponderEliminar
  2. Depois das palavras as acções.

    Para comentar esta entrevista tenho primeiro de ver o que irá ser feito concretamente.
    Esperarei. Nem que seja sentado.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  3. Mais uma entrevista do empregado ao patrão. Comecei logo a ficar preocupado quando percebi que o Presidente acha que o Layun é um jovem que vai dar muito que falar. Daí para a frente só falar de caracter, como se tal estivesse à venda. E afinal o Lopetegui continua a ser o culpado de todos os nossos males. Não estou nada menos preocupado. Mesmo nada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai o Layún não poderia ser vendido amanhã, se fosse preciso?

      Ok.

      Abraço

      Eliminar
    2. Só questiono desde quando é que um lateral de 28 anos é um jovem com largo futuro e margem de progressão pela frente... O presidente colocou-o nommesmo patamar do Corona, que deve ter uns 22 anos... É estranho.

      Eliminar
    3. O Presidente falou que é uma potencial boa venda. Duvida que seja?

      Pois pois, boas vendas são os Renatos e os Gaitans... só que nunca acontecem.

      Eliminar
    4. O Layun, acionando a cláusula de compra (6M?) Dificilmente será uma boa venda depois. Será eventualmente um bom jogador para o presente.

      Eliminar
    5. P.s. fui rever a entrevista e fala-se nestes jogadores quando surge a questão de o FCP já não controlar o mercado de transferências. O presidente afirma que isso não é verdade, e que Layun e Corona são "2 Jovens que darão muito que falar". Não se fala em vendas, e colocar os 2 no mesmo patamar, é desconhecer que Layun é um bom jogador mas já não é jovem...

      Eliminar
    6. Que idade tinha o Jackson quando foi vendido? E por quanto? Já não há interessados no Layún? Há pois!

      Eliminar
    7. Meu caro Jorge, mas a única pessoa que fala em venda, neste caso é o meu amigo... Esqueça isso. Apenas afirmo que o Presidente não sabe a idade do Layun, caso contrário não o colocava no mesmo patamar do Corona. É isso preocupa-me.

      Eliminar
  4. gostaria de ter todo esse optimismo, Jorge, infelizmente (ou)vi uma entrevista diferente.

    vi mais areia a ser atirada aos olhos nas questoes financeiras:
    - na questao das comissoes nao foi dita a verdade, ou por outra, foi a que lhe convem. continuamos com fundos até ao tutano, mas que as comissoes e o agenciamento. o tipo de de estrutura de financiamento(s) que temos leva-nos todo o ouro
    - é mto lindo dizermos que temos capitais próprios positivos, mas se nao damos lucro, temos a uefa a bater-nos á porta com o FFP. Conclusao: xau herrera, brahimi, e mais um ou dois jogadores da primeira equipa. a justificacao? "nao quiseram ser jogadores á porto"

    a academia e a formacao sao uma inversao da política, e nao porque deixamos de ter um super-poderoso-lopetegui, senhor de largos ombros. é porque como dizia o ex-ex-ministro da moeda: nao.há.dinheiro. vimos isto a acontecer no benfica este ano, e no sporting há larguíssimos anos. nao me entristece que o facamos, mas é mau que esteja a ser feito depois de ser necessário (e nao planeadamente). e onde ficam as dezenas de dragon forces (dentro e fora do país) com o anúncio da tal academia?
    TODOS os (3) regressos anunciados sao, para mim, de saudar.

    um ponto que nao foi baixo, foi rasteiro, foi o das bocas aos blogs. por 3 vezes referiu os blogs do porto. um enorme elogio a meu ver. que a bluegosfera continue o excelente trabalho que tem feito. quando nao se percebe os tempos em que se vive, temos medo.

    no ponto do treinador...pois... disse o que tinha a dizer, mas também fiquei com a mesma impressao que tu... acho que ter o d. sebastiao de sabática anunciada a ver os jogos no camarote nao deixará ninguém indiferente...

    a parte da federacao/seleccao foi do pior que já ouvi, desde o "olha pro que eu digo, nao olhes pró que eu faco" do nao dizer se apoia FG sem saber equipas de direccao mas demorar ate hj a apresentar a dele e aqui d'el rey se alguem nao apoia, até a parte do cristiano superstar... como dizia o "José Cortes": oquiéisto?

    por fim, temos um administrador da sad e clube que tb é CEO, fora todas as outras coisas dentro e fora do clube...

    a retórica da pré-época foi boa, sim. mas para mim foi só isso.

    nao queria nem quero um relambório de desculpas; aceito que se olhe pra baixo pra se beijar o símbolo.
    mas o diagnóstico, para mim, foi risível. e, como tal, nao sei que grau de confianca terei nos caminhos tracados.

    um abraco

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Herrera? Brahimi? Que vão que já vão tarde e com eles muitos outros que não têm qualidade. As comissões é uma falsa questão, não há nenhum negócio que se faça no futebol sem que o agente receba comissão não percebo toda esta histeria com as comissões como se tivessem descoberto a pólvora, quando é pratica comum a todos os clubes.

      Eliminar
    2. michael, quer achar que é retórica, força. Eu não achei mesmo nada.

      E quanto aos blogs, está provado que o Football Leaks é ficaben. Passar a vida a esmiuçar negócios não faz a equipa jogar à bola. Não sou adepto do Futebol Contas do Porto.

      E as contas do sportem? E as do ficaben?

      Abraço

      Eliminar
    3. o meu problema nao é pelo herrera e brahimi por si, cujas vendas ja estao mais que anunciadas desde o ano passado (ou desde que entraram no plantel...), é da necessidade que HÁ de vender alguém com importancia no balneario e no jogo (ex:danilo) ou potencial por explorar (ex:ruben).

      Jorge:o footbal leaks tem, sem a mínima dúvida, cor clubística. no entanto, nao estao a mostrar documentos falsos. dei o exemplo do FFP porque as contas nos vao bater á porta, mesmo que nao sejamos adeptos dela. aliás, com a delapidacao constante, e sem retorno desportivo, que temos visto nos últimos anos, acho que nos tem batido bem.
      contas dos outros, dois casos completamente diferentes... mas pimenta no cu dos outros... quem tem garantias bancárias dadas pelo estado e dinheiro pra lavar, pode jogar mais no Risco (pun intended).

      Eliminar
    4. ah, esqueci-me... achas que quando refere "os blogs" é pró football leaks que fala? o saul já se atirou ao tactical porto e ao TdD. o DD atirou-se ao TdD...

      "Primeiro levaram os..."

      haja provedor! (...?)

      Eliminar
    5. michael, o Football Leaks já foi desmentido quanto aos pagamentos do Imbula, por exemplo. E há muita coisa que, para mim, não me choca mesmo nada. Acho normal, até.

      O que sei é que o FL as põe cá fora - muitas vezes documentos não assinados ou carimbados - com um fito e que este é seguido cegamente por quem o reproduz.

      Os adeptos do FC Porto não o defendem neste momento - atacam-no. Não o protegem - insultam. Não há problema nos Joões Cancelos, nos Cavaleiros e nos Bernardos, há é nos 5% do Rúben!

      Santa paciência! Não há NADA de positivo e de construtivo em andar a fragilizar o modus operandi negocial de uma empresa!

      Assim, fazendo o jogo do inimigo, perderemos sempre.

      Abraço

      Eliminar
    6. «Não há NADA de positivo e de construtivo em andar a fragilizar o modus operandi negocial de uma empresa!»

      Esta é muito boa! Nesse modus operandi inclui-se, presumo, a normalidade de atribuir 5% do passe de um jogador da casa ao irmão de um administrador. Você pode não ser adepto daquilo a que chama Futebol Contas do Porto, mas como diz, e muito bem, o Michael, elas batem-nos à porta. Tanto batem que já obrigaram à incorporação no activo da SAD de 50% do estádio.

      O FCP é um todo: a administração, o plantel, a equipa técnica, o activo, o passivo, e o seu "modus operandi negocial". Você pode não ligar patavina às contas, mas se quer sucesso desportivo, é melhor começar a ligar.

      Eliminar
    7. Não sei o quê nem o porquê. Não faço julgamentos na base do parentesco.

      Eliminar
    8. Nepotismo é um conceito que lhe será, portanto, alheio. Também lhe é alheio, pelos vistos, o artigo dos estatutos do FC Porto que proibe negócios com familiares de dirigentes. Não me venha, por favor, dizer que aqui se trata da SAD: a moral não fica à porta desta.

      Mas esqueçamos o parentesco e afastemos qualquer hipótese de comportamento ilícito, que nem é isso que me parece estar a suceder: o FCP, com tanto administrador tão bem remunerado, precisa de recorrer a alguém de fora dos seus quadros para celebrar um contrato com um seu jogador, ainda por cima feito na casa? Mas há mais: o André Silva tem uma história semelhante na sua renovação.

      Agora, se há quem ache que tudo isto é normal, só gostava de saber como reagiriam se se passasse o mesmo numa empresa de que fossem proprietários.

      Eliminar
    9. Esse argumento é brilhante e essa resposta notável, mas já corriqueira.

      Os críticos dos críticos, à falta de melhor argumentação, usam com frequência estas duas artimanhas:

      1. Só pode criticar-se "no local próprio", isto é, nas AGs do clube (e ninguém deve contar cá fora o que se passou lá dentro, convém não esquecer);

      2. Quem critica tem de se candidatar.

      Muito bem. Só não digo que fico esclarecido, por que acho que já estava.

      Eliminar
    10. Actualmente é mais fácil um adepto atirar pedras ao clube do que defender o clube, a mudanças tb parte de nós...

      Eliminar
  5. Continuo a achar que quem estiver como treinador do FCPORTO para o ano tem de ter uma entourage á volta daquela que tem tido nos ultimos 3 anos...
    E este para mim é um ponto fundamental
    Ou o treinador é excelente a enfrentar a nossa Comunicação Social, ou então ficará desgastado inutilmente se não tiver alguêm que dê a cara na sua defesa...

    Vou aguardar, apoiar como posso...
    Mas aguardar que as mudanças se vejam onde se conquistam pontos e titulos...

    Até porque os jogadores já foram avisados que depende deles a continuidade no FCPORTO para o ano...

    Abraço
    Gil Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai ter. Faz parte do FC Porto à Porto.

      Abraço

      Eliminar
    2. Continuo a tentar perceber qual o problema das comissões? Todos os negocios em todas as areas de atividade tem comissões, ninguém trabalha de borla ou por amor ao emprego, tb não quero saber quem recebe essas comissões desde que os negoçios sejam bons.

      O que se retém da entrevista é de facto querer voltar a ter jogadores com raça atitude e vontade, prefiro 11 jogadores que até comom a relva do que pseudo vedetas.

      Abraço
      Miguel S

      Eliminar
  6. A entrevista que eu já estava à espera.Palavras bonitas que se gosta de ouvir mas atirar a culpa para os outros e não assumir responsabilidades não é bonito.Ainda pouco tempo antes de despedir o espanhol ele o defendeu e não via nada do que agora diz. Por isso palavras de ocasião leva-as o vento. Deixemos passar algum tempo para ver. Quanto ao negócio com a Meo nem uma palavra aos sócios que perderam o Patético Canal.O lado financeiro é mais importante que as ligações aqueles que sofrem com o clube. A péssima política de comunicação nem sequer foi aflorada . Com tantos problemas que temos e tantas perguntas que podiam ter sido feitas perder tempo com as eleições da FPF é de bradar aos céus. As comissões não são problema nenhum pois tudo é feito com a maior das correcções segundo ele, e eu acredito no Pai Natal.Essa do provedor do sócio até é boa ideia falta saber é se será mesmo para dar voz ao adepto ou se será mais uma voz do dono que só ouvirá as loas e não as críticas. Investir na formação e gastar recursos que se não têm não sei se será vantajoso pois os resultados que se conhecem dessa mesma formação na equipa principal têm sido desastrosos e formar jogadores para depois os emprestar e às vezes ainda lhes pagarmos os ordenados não me parece muito boa ideia.Atirar poeira para os olhos ao dizer que não está preocupado com o aumento do passivo pois os ativos cobrem-no é uma falácia pois na prática isso não é assim.É o mesmo que eu ter muitos bens mas que não posso vender e por isso quando não tenho liquidez nada posso comprar. Como não se pode vender o estádio nem o Museu nem o Pavilhão resta os jogadores quando os há de qualidade. Enfim eu gostava de acreditar que tudo vai mudar mas com as mesmas pessoas que já adquiriram hábitos que agora são difíceis de mudar francamente não acredito muito que o fundamental mude.Passando este tempo de eleições tudo voltará ao mesmo. Como portista que ama o seu clube e não as pessoas que ocasionalmente o servem gostava de facto que este rumo que nos leva ao abismo se alterasse mas isso só o tempo o dirá. Pinto da Costa deu muito ao clube mas o contrário também é verdade veja-se o património dele hoje e há 34 anos atrás.O meu é sensivelmente o mesmo já o dele e da familia....

    ResponderEliminar
  7. desculpe jorge mas esta entrevista foi mais um camiao de palha...
    esperemos pelos actos pq palavras ja andamos fartos...
    luis pais

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para isso, não há então entrevista que sirva.

      Eliminar
  8. Acho curioso este fenómeno. Deve ser como o portismo "exigente".

    Querem actos de contrição pública? Querem um líder a assumir todos os seus pecados e a desenhar um C escarlate de "comissionista"? Querem que ele se auto-flagele enquanto se chicoteia e reza o Acto de Contrição em Latim, em livestreaming?

    Ou querem uma estrutura reduzida, a garantia que ele deu de que vai ter um Porto à Porto, com a garantia de ascensão de valores DA CASA, tipo o Xicão Ramos e o André Silva, com a garantia de que os emprestados como o Rafa e o Gonçalo têm caminho de regresso? Eu, que quero saber é do FUTURO, gosto de saber disso.

    Mais a mais, vou dizer duas coisas: a questão da pré-época é muito importante e positiva. Não quer dizer que o Presidente desistiu! Muito pelo contrário! Quer dizer que agora, quem não der tudo de si no campo a partir de domingo, não fica, SEJA ELE QUEM FOR. E depois, o NGP disse - indirectamente, como a boa educação o exige - que o maior avaliado será Peseiro. Ele nunca disse "o Peseiro é o meu treinador e estará aqui no próximo ano".

    Caríssimos, não dou para o peditório do Castigo. Para estes que o esperavam, recomendo o Crime e Castigo, de Fyodor Dostoyevsky.

    ResponderEliminar
  9. Caríssimos
    Continuo céptico. Vou aguardar com calma o desenvolvimento dos acontecimentos. Acho que ontem foi mais do mesmo. Explicações? Justificações? Então o adepto indignado e envergonhado (que por acaso é o Chefe) demora quatro anos a descobrir que batemos no fundo? Há quanto tempo estamos cair nesse fundo? E agora é que vai escolher jogadores e treinador? Não era Ele que mandava? Parece que não teve nada a ver com isto...
    Abraços
    Manuel Magalhães

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele assumiu muito mais responsabilidade e culpa do que nos anteriores. Acho, aliás, que nunca o tinha visto assumir erros tão claramente...

      Abraço

      Eliminar
    2. Mas não deixou de utilizar o Lopetegui como bode expiatório. O que não lhe ficou nada bem a meus olhos.

      De resto, mantenho a minha posição. Acho que não é altura para mudanças na presidência e acho que qualquer mudança por desespero só nos ia levar a escolher a pessoa que estivesse mais à mão.

      E mais uma vez dou os meus quinhentos paus sobre comissões. Existem em todo o lado e em todos os negócios. É uma situação mais que normal e não devem causar alarme a ninguém a não ser que se tornem o "end all be all", o que, embora possa ser o caso, não me parece que possa continuar impune muito tempo. Portanto prevejo um futuro cauteloso a partir de agora em relação a isto da parte dos abutres que por aí pairam. O que sinceramente, é o melhor que realisticamente podemos almejar.

      Saudações Portistas
      Pedro
      Sócio desde 1987

      Eliminar
  10. Caro Jorge Vassalo,

    Vi a entrevista do Presidente e ouvi muitas coisas que me agradaram. Desde logo o assumir da responsabilidade pelos erros recentes (que me lembre foi a primeira vez no caso do poder em excesso concedido a Lopetegui), a humildade do discurso (reconhecendo que em primeiro lugar é adepto e como tal também não está satisfeito), o retorno ás origens com a preocupação centrada no caracter dos jogadores e na relação com os adeptos ( foi muito feliz quando fez a distinção entre adepto e cliente)e a ideia clara que vai "voltar" a pegar na equipa o que apenas confirma o foi sendo dito pela grande maioria dos adeptos ou seja que havia um distanciamento entre o que o Presidente dizia e o que efectivamente acontecia. Destaco também o facto de ter sido um discurso virado para o futuro. Para mim foi a melhor entrevista que ouvi do Presidente nos ultimos anos.
    É evidente que podia ter ido mais longe, nomeadamente quanto á gestão da comunicação do clube ou os casos das comissões mas no essencial a mensagem foi clara.
    Concordo inteiramente com o Manuel Serrão quando diz que para além do Presidente outras pessoas da SAD (e referia-se a Antero Henrique)também deveriam fazer mea culpa e o proprio presidente deveria avançar com uma renovação nesta estrutura, cuidando do futuro do clube. A ver vamos o que acontece.
    Continuo ceptico. Espero para ver se o que o Presidente diz passa á pratica mas devo assinalar que apreciei muitissimo a forma frontal, clara e transparente como o adepto que é o maior Presidente da historia do futebol se dirigiu ontem aos adeptos e sócios do FCP. Foi um toca a reunir. Foi uma pedrada no charco. Espero que isto passe á acção.

    RAOC

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cépticos todos estamos um pouco. As ideias não traduzem actos. Só NO CAMPO é que se vai ver.

      Abraço

      Eliminar
  11. Uma entrevista desapontante. O maior de todos os presidentes não tem noção de que deve preparar a sua sucessão. A crucificação de Lopetegui como se não soubesse quem contratou é inacreditável. É ficamos a saber que temos gente na Liga que nos defende. A entrevista foi uma mão cheia de nada,o presidente parecendo convencido de que o tempo não passa.Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que queria que ele dissesse exactamente?

      Abraço

      Eliminar
    2. Basicamente que oferecesse a sua experiência para ajudar a preparar o FC Porto do futuro reconhecendo que o presente deixa muito a desejar. Disse que se candidatou para ganhar. Muito bem. Mas será isso possível com a mesmíssima equipa dirigente e com o Benfica a dominar a Liga e a Federação?... Se estamos de acordo em que o campeonato passado não foi perdido em campo e este vai pelo mesmo caminho, então o que vai ele fazer para equilibrar as coisas... A esses [importantes] costumes o Presidente disse nada. Abraço

      Eliminar
  12. Queria acrescentar que já fomos gozados pelo facto de termos ido recuperar o Josué ao Paços de Ferreira, na altura. Lembro-me até de um ex-treinador, o ano passado, para criticar o Lopetegui dizer sempre:"Este ano o Porto não tem Josués..." Este Josué, agora é solução para o nosso plantel??? Medo!!!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas acha que as grandes alterações do FC Porto são Otávio e Josué? Essas são as que já estão CÁ! O Presidente falou no sentido de dar oportunidade a jogadores DA CASA, mas não deixou de referir que estão a tratar de ir buscar qualidade que não queira sair logo a seguir!

      Por favor, claro que as grandes mudanças no FC Porto não são só estas, mas terão de ser jogadores RAÇUDOS.

      Abraço

      Eliminar
  13. Bom dia snr jorge vassalo mais uma vez tou totalmente de acordo com o que diz!! Eu tambem sou adepto do grande futebol clube do porto e nao do futebol contas do porto! Porque comissoes todos as pagam e nao importa a quem desde que isso traga valor e qualidade a equipa ou nao sera assim? Fico feliz com os regressos anunciados bem como as promocões dos bs! Podiamos ficar assim. Guarda redes- casillas,helton(se continuar carreira),jose sa e nao havendo helton raul gudino! Laterais- maxi,vitor garcia,layun e rafa! Centrais- 2 a contratar de qualidade e martíns indi e chidozie! Medios- danilo,ruben neves,xico ramos,andre andre,josue,octavio e outro craque a contratar! Extremos-corona e mais 3 a contratar de qualidade! Pontas-lanca- um craque a contratar,suk,goncalo paciencia e andre silva! Treinador-vilas boas! Que me diz? Concorda? Ah e viva o nosso grande presidente porque nele temos que confiar! Abraco

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se há coisa que aprendi é que a procissão vai no adro e que prognósticos só no fim do jogo.

      Abraço

      Eliminar
  14. Caro Jorge,

    Gostei bastante da entrevista do Presidente, cujas ideias bases e que me agradaram, o Jorge referiu no Post. Atendendo à fase da Época e o que está em jogo daqui em diante, acho que os sinais não só foram positivos como até contundentes. A abordagem à questão das comissões foi para mim suficiente, para além do que está relatado no R&C o local apropriado para aprofundar a questão será em Assembleia Geral, esta a minha opinião como simples adepto. Sobre os colinhos e a forma como o FC Porto se posicionará no futuro, presumo que se poderá incluir na tal radiografia que foi feita sobre tudo o que correu mal e que não se repetirá.
    Parece-me, e quero acreditar, que o nosso Pinto da Costa está de volta e com ele o FC Porto.
    Por último, entendo que foi uma entrevista aglutinadora de união em torno do nosso Clube.

    Um grande abraço e...

    FC PORTO SEMPRE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Daqueles que quiseres unir-se, sim. A mim, no global, convenceu.

      Grande abraço.

      Eliminar
  15. O NOSSO PC. está a preparar a nova época com o Sr. José Peseiro e depois diz que não sabe se ele vai continuar? Está-se mesmo a ver os jogadores a mudar de atitude e a passar a jogar à PORTO.
    O problema das comissões são os constantes "FLOPS".
    Sacudir o poder da "Doyen" é como bater o pé à "TROIKA". Boa sorte.
    Eu defendo que se devia vender a percentagem AZUL E BRANCA do poucocanal, fazendo no NOSSO estádio a DRAGÃOTV (canal de FORTE propaganda/marketing da marca FCPORTO e de "ataque" aos nossos inimigos). De outra forma continuaremos a ser cordeirinhos levados para a "degola" do "crematório matinal". Um dia destes acabamos nas reservas como os índios norte americanos.

    Luís (O do José Peseiro)

    ResponderEliminar
  16. Sinceramente o que desejo e espero para a próxima temporada?

    Que o Kaviedes, o Quintana, o Pavlin, ou o Esnaider sejam dispensados, e em contraste sejam resgatados no mercado Nacional o Pedro Emnauel, o Nuno Valente, o Paulo Ferreira, o Maniche, o Tiago, ou o Derley...

    Esboço do próximo meio campo? Já o vislumbro: Danilo, André André, Sérgio Oliveira, Ruben Neves, Chico Ramos, Josué e Otavio, 7 médios, 6 deles Portugueses, 5 da Formação do FC Porto!

    Esboço da baliza?! Helton, Fabiano, José Sá e Gudino, deste quarteto um deles será emprestado (talvez o Sá). Casillas não creio que transite, aliás, dos 4 Espanhois do actual plantel, não acredito que nenhum permaneça!

    Nas laterais defensivas? Creio que estarão fechadas : Maxi, Layun, Vítor Garcia e Rafa Soares, o Ricardo Pereira não entra nestas contas porque foi emprestado duas temporadas ao Nice!

    Naturalmente, há posições nucleares para fechar, eixo da defesa com um "patrão", e a posição 9, e como ontem referia aqui, o central e o P Lança só podem vir para acrescentar qualidade, pedia um Otamendi e um Martinez, naturalmente novas versões, porque os originais, infelizmente não cabem na nossa bolsa!

    Confesso, o esboço que deixei do plantel 16/17 (ontem o Presidente deu sinais do que pretende), como referia o esboço é interessante, em termos de qualidade, mas também pode devolver Portismo ao plantel principal!

    Termino, e concluo, esta profunda Reforma do plantel do FC Porto carece também de uma peça essencial/fundamental o "Homem do leme": um Treinador de qualidade, conhecedor profundo do Futebol Português, da Filosofia do FC Porto, e se for Portista, tanto melhor, sim, Vítor Pereira ou Villas Boas encaixam nesse perfil, pessoalmente daria prioridade ao primeiro!

    Sim, desejo muito uma grande revange na proxima temporada, uma época desportiva épica, para definitivamente calar os insuportaveis Vice Silva, ou o Juan e quejandos, se acredito "convictamente"?! Se o presente é de luta, reformas estruturais profundas, e estas sempre foram boas práticas, sobretudo para preservarmos o passado recente de Glórias, e não perdermos o futuro!

    1 abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A procissão está no adro. Vamos deixar que o futuro defina quem sai e quem fica.

      Abraço.

      Eliminar
  17. Olhe, Jorge, nem tenho sabido o que lhe escrever, de tão triste que ando...

    Pinto da Costa, ao contrário do que leio, assumiu responsabilidades de forma clara e directa, quando disse que confiou em quem não devia, referindo-se a Lopetegui. Podemos questionar-nos como pôde um presidente cujo sucesso passado se estribava em ser um exímio conhecedor de futebol, ter de repente decidido passar um cheque em branco a um técnico sem experiência para que contratasse o que quisesse. Foram as palavras de Pinto da Costa, não minhas. Errar é humano, adiante.

    Tenho a certeza de que Pinto da Costa quer mudar muita coisa e que sabe perfeitamente o que há a fazer para pôr a situação nos eixos. A grande questão é saber até que ponto terá possibilidades para chamar a si esse poder. Naturalmente, teve a presença de espírito e honradez de não criticar em público a estrutura de decisão do FCP, arcando solitariamente com as responsabilidades. Tal não significa que esse debate e crítica não se façam entre as paredes da nossa casa. No entanto, e não obstante a certeza da voz interna do Presidente, qual a sua real capacidade de acção? Pode Pinto da Costa proceder a "varridelas" como dite o seu bom-senso? Pode o nosso Presidente expurgar os interesses financeiros particulares da nossa estratégia de aquisições?

    Em relação à última questão, não gostei da resposta de Pinto da Costa, que encerrou algo de insulto à inteligência dos adeptos. Ninguém contesta a ubiquidade das comissões nos negócios do futebol. Longe disso! O que os adeptos e sócios contestam é o papel exercido por manobras financeiras alheias aos interesses do clube, na construção e gestão do plantel. O exemplo de Adrian é crasso e inédito no nosso clube.

    Nestes tristes dias também vejo a questão do estado físico do plantel ficar para trás, e com razão. Depois de ter visto a rapaziada correndo que nem gazelas nas respectivas selecções, fico mesmo convencido que está havendo falta de profissionalismo grossa entre os nossos jogadores. Não jogam simplesmente por que não lhes apetece. Eu faria uma vaquinha que pagasse a Jorge Costa, Paulinho Santos, João Pinto, Fernando Couto o favor de irem distribuir umas porradas naquele balneário.

    Final

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que o comentário não chegou inteiro.

      É óbvio - e Pinto da Costa assumiu-o - que a gestão tem sido mal feita nas contratações. A frase "não queremos jogadores a entrar no FC Porto à procura da porta de saída" é, para mim, evidente.

      Quanto à capacidade de Pinto da Costa chamar a sí as coisas, não pense que ele andava às cegas. Pode ter-se convencido que chegava, mas se ele quiser fazer micro-management, não haverá NADA que não passe por ele.

      Mande lá o resto do comentário.

      PS: O caso Adrián é um no qual as boas relações entre Clube e empresário não fariam adivinhar o desfecho. O que Pinto da Costa falou dos moldes em que o acordo foi feito, foi o que ouvi todo o ano passado. Se bem se lembra, passei o ano inteiro a dizer que o FC Porto não o tinha pago... mas a boa prestação dele no Villareal pode dar lugar a uma surpresa positiva.

      Eliminar
    2. Desculpe, Jorge, aquela palavra ficou ali desgarrada. O comentário seguiu completo.

      O que surpreende em Pinto da Costa é a velocidade com que ele delegou o seu maior trunfo (saber de futebol), e ter tomado tão más decisões sobre a maneira de delegar essa sua virtude superior. Aceitou adquirir jogadores que não lhe diziam nada, apenas porque Lopetegui dizia serem bons. Ora... Lopetegui! Aceitou o negócio de Adrian, porque o empresário lhe garantiu que depois o venderia por igual valor. Há aqui, e noutras situações, um elemento comum, que me parece claro: - o desejo de se envolver menos, confiar mais. É natural que o faça; ninguém é eterno. Mas, com isso em mente, as suas decisões foram péssimas. Pinto da Costa é tão bom líder, quanto é mau a julgar a personalidade e o carácter dos seus interlocutores. Não existe transição suave possível, delegação de poderes salutar, quando se é liderado por alguém tão "bigger than life". Outra presidência terá de ser necessariamente muito diferente desta, porque Pinto da Costa só há um, e o sucesso do clube foi moldado à medida da sua arte e talento, absolutamente condicionais e autocráticos. Se está na presidência, tem de ser ele a decidir, dispor e mandar. Situações intermédias e dúbias não são possíveis, nem desejáveis. É a minha opinião, talvez manchada pela leitura excessiva d´"O Príncipe". Mais: o mesmo florentino, defende nos seus "Discursos", que em situações de crise extrema, o governo da cidade deve ser depositado exclusivamente nas mãos de um líder de grande força e virtude, obliterando-se os mecanismos democráticos próprios das situações estáveis, necessários para manter a paz social, mas prejudiciais nos casos extremos de sobrevivência, quando há muito a decidir e com rapidez. A História viria a dar-lhe razão por várias vezes, a última das quais no exemplo da nação que entregou o seu comando total nas mãos de um idoso arrumado para a vida pública, com tal de se safarem à invasão e extermínio pelo inimigo nazi. E aqui estamos hoje, escrevendo coisas destas.

      Abraço e melhores dias virão.

      Eliminar
    3. Subscrevo. A sia questão foi respondida por si: Aos 74 anos, Pinto da Costa queria transferir a máquina para as mãos de outro. Não conseguiu, pegou nas rédeas novamente. Acho que se notou na força do discurso.

      Abraço

      Eliminar
    4. Com idade avançada pensou que seria tempo de se ir afastando, confiando na máquina, na estrutura. Concordo.
      Mas, neste caso não teria sido melhor delegar num Director Desportivo? Que fizesse o papel anteriormente de P. da Costa? Também nos momentos em que é necessário "berrar" contra os colinhos nas diferentes versões?
      Que retome o seu papel na plenitude e que tenha forças para o fazer...
      Abraço, P. Torres

      Eliminar
    5. P.Torres,
      Mas essa foi mesmo a ideia: um Manager. QUe se atirou aos colinhos. Infelizmente, foi abandonado na trincheira. Não correu bem, está a fazer-se reset. Esperamos todos...

      Eliminar
    6. Então, tal como em Inglaterra, deveria ter um treinador de campo. Como Queirós foi para Ferguson.
      Olhe, se calhar foi isso que faltou.
      Abraço, P. Torres.

      Eliminar
    7. Pois... E o Director Desportivo não era o Antero? Só que este não gosta de falar...

      Eliminar
  18. Olá Jorge,

    A entrevista do nosso presidente correu bem, apesar daquela resposta "idiota" final a fazer-se de despercebido (ou senão não percebeu mesmo o que é ainda pior).

    Agora as palavras são muito bonitas e nestes últimos 3 anos, quantos gritos de revolta foram dados e entrevistas a dizer que agora é que é?

    Temos que acabar com as hipocrisias e corrigir o que de mal está!

    Mas afinal o que está mal?

    Será que os administradores que ganham milhares de euros e ainda são premiados quando nada ganhamos, estarão a ganhar demasiado?

    Será que ao pagarmos o mínimo de 5% de comissão e o máximo de 10%, quando a FIFA estipulou um pagamento máximo de 3% de comissões, estará correto?

    Será que estando tão bem em capitais próprios e na generalidade financeira, continuamos a ter de vender porquê? Se o aumento do passivo é irrelevante e o balanço negativo também, porque raio temos obrigatoriamente de vender?

    Será que, mais uma vez, o Presidente trucidar um ex.treinador em público que foi sua aposta pessoal e manteve-se por aposta pessoal, é Ser Porto?

    Será que negócios como os Irmão Djim, Fede Varela ou Bolat são do interesse do Porto ou de outros interesses ao qual o Porto está "preso"?

    Será que jogadores que os 3M e tal pelo Kayembé e os M€, que já são muitos, pagos pelo Vítor Garcia são do Interesse do FCP?

    Porque será que jogadores que estão emprestados à nossa equipa B como o Ismael, o Omar ou o Gleison ainda não tiveram a sua clausula de opção ativada? Falta de dinheiro?

    Porque será que jogadores como o Layun ainda não teve a clausula ativada? Falta de dinheiro? Aparentemente, ple entrevista, não... E de relembrar que um Layun custa praticamente que um Kayembé e um Vitor Garcia custam juntos...

    O nosso Presidente elogiou o scouting e a estratégia de trazer talentos precoces, por empréstimo, para a B. Eu também elogio bastante essa prática, agora esses talentos precoces estão a ser comprados a preço de jogadores desenvolvidos e essa estratégia só posso criticar e apontar o dedo... Não faz sentido comprar talentos precoces, que não se sabe o que vão dar por 2€, 3€, 4M€, quando depois se vai buscar o André André por 1,5M€ ao Guimarães, ou o Danilo por 4M€ ao Marítimo...

    Em suma,

    Quanto a mim não é só a qualidade dos jogadores ou do treinador que esta em causa... Aquele 11 que entrou tinha que ter espetado 4 ao Tondela de olhos fechados, pelo menos...

    Agora quando existem tanto "negócio" ao lado do Futebol e toda a gente só quer pensar em números e números e quanto é que vai encaixar na conta bancária, então algo está muito mal!!!

    O que é necessário não é correr com os empresário, mas sim correr com os administradores e diretores na SAD/Clube que estão a criar todas as situações que citei acima e com isso sugar os lucros das vendas dos clubes, para outros interesses...

    Antes de se limpar o plantel é preciso limpar o CLUBE!



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com quem? Quem pões lá? Quem é o Santo impoluto que nunca vai querer ganhar uma comissão que seja? Quem? Ou há comissões boas e más?

      Ouviste o Bernardino falar das excelentes contratações em 2001? Pois.

      Abraço

      Eliminar
    2. Jorge,

      Um administrador não é para ganhar comissões é para trabalhar para o clube...

      Pagares 10M€+- por Kayembe, Vitor Garcia, Irmãos Djim e Bolat, não me digas que foram todos contratados por serem bem para o clube...

      Que é responsável por estas contratações a troco de tantos M€ tem de ser corrido!

      Eu não estou a falar de um Adrian Lopez ou de um Campana, que foram pedidos do treinador para uma equipa A (assim como o Walter e outros tantos como eles, que foram contratações falhadas), eu estou a falar dos negócios obscuros na equipa B que é um buraco negro onde os empresários e alguns dentro do FCP, ganham dinheiro a potes... E quem perde é o FC PORTO...

      Eliminar
    3. Kayembe, Victor Garcia e os manos Djim são maus? Uau!

      Eliminar
    4. Os manos Djim são bons? ! já foi vendido e nem na segunda divisão francesa joga e o outro vai pelo mesmo caminho em breve...

      Kayembé vale 3,5M€?

      Vitor Garcia vale 3M€?

      Raul Gudino vale todo o dinheiro que se pagou por ele? E como é que se justifica renovar um contrato nem 1 época depois de ter assinado o primeiro?

      Lichnovsky vale o dinheiro que se pagou por ele?

      Mauro Caballero vale o dinheiro que foi pago?

      E Stefanovic? E Bolat?

      E estou só a falar de jogadores que foram contratados para a B, que certamente me devo estar a esquecer de algum, tudo por valores de reforços de equipa A (e mesmo mais caros do que muitos que temos cá actualmente)!

      Eliminar
    5. Epá e isso não existe desde o início dos tempos?! Descobriu-se agora? Desafio-te a ires ao zerozero e analisares os planteis de sonho cheios de super-estrelas sem nenhum tiro ao lado!

      E sim, acho que o Victor Garcia vai valer bem mais do que 3M e o Kayembe também. O Celestino e o Tony já são jogadores A?

      Eliminar
  19. Vejo muita gente a falar mal de Josues e afins, mas uma coisa é certa, não podem condenar o rapaz de não deixar tudo em campo quando jogou. Sinceramente prefiro mil vezes um josue que deixa tudo em campo do que um brahimi que se agarra a bola e não vê mais nada á frente a não ser fintar. Continuo a ver tb muita gente a criticar o hector, mas se todos deixassem em campo o que ele deixa não estaríamos nesta situação, sim já sei que erra mts vezes, quem não erra?

    Qto ao treinador começo a acreditar que não será o JP, mas quem vier que traga vontade, motivação e melhorias técnico-táticas.

    Os que não gostaram da entrevista, digam-me estavam á espera de quê? O presidente disse por várias vezes que se candidata porque quer melhorar e porque nenhuma alternativa se chegou á frente.

    P.S o meu comentário anterior não queria que tivesse sido uma resposta a um comentário, erro meu.

    Miguel S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem não gostou estava à espera que o Presidente "sangrasse" para a expiação dos pecados de todos.

      Abraço

      Eliminar
  20. Eu do presidente Pinto da Costa só queria que ele explicasse o convite ao director da Bola para a gala dos Dragões de Ouro... O resto da entrevista á encomendada. O convite foi um facto real. O Imbula foi um facto real mas preferiu falar do Campana. O director do canal é todo ele sorridente para com o seu patrão e faz as perguntas convenientes. O Lopetegui não perdeu o campeonato da época passada... quem perdeu foi a inépcia da direcção andar calada com os constantes colinhos ao clube do regime.
    Até dava comissão ao director do canal se ele tivesse um jogador para vender. As piadas do PC já estão fora de moda.. tiveram o seu tempo, agora não resultam.
    Ao fim de 3 anos é que verificou que estava tudo mal.
    Cumprimentos portistas
    A.Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora é tarde, é isso?

      Você então quer ver o Pinto da Costa entalado, como nem bruno de Carvalho ou Vieira são.

      Percebo.

      Abraço

      Eliminar
  21. Com todo respeito pelas opiniões contrárias á minha, mas oh Vassalo, você tem aqui um naipe de comentadores cuja leitura e assistência de programas dos Prostíbulos da Imprensa lisbonense, são de caracter obrigatório. Só pode. Não há nada que se aproveite da entrevista. O que interessava mesmo era falar das comissões, explicações sobre o leaks e se calhar sobre o relacionamento com a mulher. Isso é que era uma entrevista supimba, cheia de substrato. Mas enfim, nos os Portistas somos assim, cheios de opiniões e ideias. Ainda bem...só espero é que sejam o mesmo no restante das suas actividades.


    ResponderEliminar
  22. Entalado? Veja-se o caso Slimani... Que vai fazer o sr. Presidente do F. C. Porto? Calar-se? O Hulk por muito menos ficou 3 meses sem jogar... perdemos um campeonato por essa razão... não serviu de lição ao sr presidente do F. C. Porto? Mas afinal que mudou ele nestes tempos todos que apenas os nossos servem de exemplo. Sim... devia explicar do director da Bola em gala do Dragão.. do almoço com o guardanapo da Madeira, o riso na bancada quando se sofreu um golo. Entalado como o Bruno de Carvalho e Vieira? Entalados esses? o Jorge Vassalo deve estar a brincar com a realidade. Eles brincam com o Conselho de Disciplina... falam alto e eles baixam as orelhas. Pelos jeitos o sr. presidente do F.C. Porto dorme tranquilamente e num sono profundo como quem tem a consciência tranquila... basta uma entrevistazinha encomendada ao seu director do canal, que os papalvos dos adeptos do clube ficam enternecidos e esquecem tudo. Os outros tinham o canal memória para reviver as vitórias, nós felizmente temos um Museu que nada acrescentou desde quando foi inaugurado.
    Cumprimentos portistas
    A. Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O conselho de arbitragem e o de disciplina pertencem a que organismo? E ele é dirigido por quem? Quem é que é o alvo maior das críticas de Pinto da Costa?

      Claro, claro, toda a gente que fica contente com o que diz o NGP é burro.

      Pois...

      Eliminar

    2. 'tá nice... very nice... depois de zelota, ovelha choné, pintista, seguidista, agora só faltava o epíteto de "papalvo"... seja...

      Sou papalvo com muito orgulho em ser Portista de coração. e este é um sentimento que ninguém mevai tirar, sequer quando falecer.

      Eliminar
  23. Pinto da Costa conhece muito bem as fraquezas humanas. Além disso, sentiu-se acossado, e assim decidiu candidatar-se contra si proprio.

    A entrevistas, e as reacções a ela que foram positivas, resumem-se no velho ditado português: "Todo o burro come palha; o que é preciso é saber dar-lha".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso Geraldo, somos todos jericos.

      Há gente de facto muito iluminada. Interessantemente reproduzem é a treta dos jornais da capital.

      Eliminar
  24. Se não fala é porque não fala, se fala é porque não diz nada. Se contrata espanhóis é porque são espanhóis, se anuncia o regresso do Josué é porque o Josué não presta. Se não aposta na formação é para dar dinheiro aos comissionistas, se anuncia a promoção de jogadores da formação é porque não têm andamento para a Primeira Liga. Há por aí muitos adeptos, não do Porto, mas da história do velho, do rapaz e do burro. Saúde. João.

    ResponderEliminar
  25. Sinceramente não consigo entender tanto ódio. Onde andavam todos de há quatro anos para trás? E agora esse ódio que destilam constatemente deve-se apenas à direcção?
    Não percebo porque se há assim tão vil gente à frente dos nossos destinos, que portistas são vocês se nem gente competente para uma lista conseguiram formar? É que desde que vos leio nunca vi uma unica alternativa sequer, nunca apresentaram uma ideia de mudança, nunca nem um simples projecto de plano apresentaram.
    Gostava de ler apenas um hipotético projecto, ver que ideias novas e frescas se propunham a apresentar aos sócios. Ou ficamo-nos só pelas palavras na internet?
    Querem que alguém se candidate para apioarem o primeiro que se ousar opor à direcção? Querem propor nomes à sorte como fazem com treinadores para semana após semana trociarem quem quer que se apresente?
    Acho que já percebi, bruno de carvalho é que é, esse sim um homem pra seguir, um modelo de gestão, ou então o vieira, o vieire é que é bom, e se junto com ele vier o gabriel e o guerra ui que temos os supra sumos do futebol.
    Quando as coisas não estão bem é que se vê quem realmente tem amor ao clube ou quem anda por ver andar, isto não é uma critica a quem critica, mas apenas a ideia que fica é que criticam porque sim. Criticam por não se ganha mas apresentar ideias nada.
    Cumprimentos.
    Pedro Santos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A crítica, Pedro, é tão mais fácil....

      Abraço

      Eliminar
  26. Respostas
    1. Picanha Azul.
      P. Torres

      Eliminar
    2. LOL Torres! Aposto que este fim‑de‑semana não passa tem rodízio! :)

      Eliminar
  27. Como disse o Vila Pouca, andei a comer o pão que o diabo amassou. Depois empanturrei-me de lagosta! Não é agora por me porem 3 pratos de sardinha e carapau consecutivos que vou dizer que estou a morrer á fome!
    Eu acredito no velhote e pronto!

    ResponderEliminar
  28. Caro Jorge, o seu tasco está em altas... até jericos tem... Só falta disponibilizar a abolha...
    Sobre a entrevista, para mim renasceu a esperança.
    Posso estar enganado, mas pelo menos vou andar mais uns tempos crente... até pareço lagarto...

    Temos de nos unir e remar para o mesmo lado. Não sou um grande fã do Josué, mas juntamente com André André e Danilo dará outra fibra ao plantel.

    Abraços e vamos acreditar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro, estes são só os que JÁ SÃO do FC Porto! E nem estão todos! São 20 e tal...

      Abraço

      Eliminar
  29. Essa de que a época já acabou é incompreensível para mim. Então ainda não temos uma taça de Portugal para ganhar? Quanto à frase um Porto á Porto, foi esse o slogan usado pelo sacristão da carregueira na campanha eleitoral.

    ResponderEliminar
  30. Caro Jorge, ler o comentários no seu blog faz-me pensar que há muitos portistas, que tem memória curta e que não querem explicações do nosso presidente.
    Devem ler demasiados jornais e ver demasiada televisão.
    Não acreditarem que alguem que pegou em Andrades e fez o clube ganhar e ser respeitado e em muitas ocasiões dado como exemplo por esse mundo.
    Não lhe darem o benefício da dúvida nao é ingratidão é burrice e permita-me caro Jorge que estes comentários sirvam para memória futura.
    um abraço

    ResponderEliminar