sexta-feira, 29 de abril de 2016

O Mundo Não Se Acabou [ADENDA OLHA, OLHA, O JOHN]

Este fim de ano no futebol faz-me lembrar esta música aqui. Ou numa versão mais "erudita" aqui. Neste fantástico chorinho de Assis Valente, o subjacente de toda a história é aproveitar enquanto o mundo não se acaba para fazer todas as coisas que se querem fazer antes disso.

Como o mundo se vai acabar, em clima de fim de festa, surge a pilhagem descarada. Só numa semana, soube-se que o querido apaixonado vai arbitrar o seu clube do coração - o seguro morreu de velho, e nada de confiar na sorte... - e garantir que o "35" (estas contas são fantásticas) fica bem entregue, n' importe quois. Assim sendo, resolvida a jornada actual, há que trabalhar na seguinte. 

Eis senão quando se soube que a final da Taça da Liga, que será Braga/ficaben vs Marítimo vai ser jogada.... nos Barreiros. Não é giro? Que fofura! Tão querido que seria esse desejo. Deu, no entanto, demasiada bandeira, e então foi, prontamente, desmentido. No entanto, tenho a certeza que haverá uma compensação da viagem, a saber na próxima semana, sem dúvida.

Já não é um #colinho ou um andor, é mesmo todo um "voo de águia". Por isso, nada de pensar se ajudamos ou não o ficaben, isso não se vai verificar. Quem pensa que o ficaben vai perder qualquer ponto até ao fim do ano, não está bom da cabeça.

No entanto, dois campeonatos consecutivos bem acima dos oitenta pontos é uma coisa muito "normal". Só que, meus amigos, é o fim da festa mas "o tal do mundo não se acabou". 


Mas como isto não é nada relevante para o sportem, o Bruninho achou melhor virar as baterias para o FC Porto, os bilhetes (demos o exigido, querem mais, paguem) e o Miguel Guedes. Aparentemente, o Bruninho não é fã dos Blind Zero. Eu gosto. Tenho um querido amigo que toca com eles. Uma jóia dum moço. Pena ser do Boavista. Não se pode ter tudo. Mas adiante. O senhor do Carvalho não se preocupa com a sua casa, esta gere-se sozinha, os jogadores que não vêm porque não se pagam outros, os contratos que não se assinam, os que não se pagam, as penhoras que se contestam com argumentos tão espectaculares como "não pago porque ele tem mais dinheiro do que eu". Ok, força nisso Bruninho.  Só ajudas a esclarecer mentes Portistas confusas que até te queriam dar a vitória grátis. Mais um tirinho de zagalote no pé. Não é com vinagre que se apanham moscas.

Por último, ontem Adrián Lopéz, um jogador do FC Porto, tão mal amado por estas bandas - não aqui no Porto Universal - marcou o golo da vitória sobre o Liverpool na primeira mão das meias-finais da Liga Europa. Se calhar, ao não ser assobiado e gozado indecentemente por uma massa "exigente", mas antes acarinhado no submarino amarelo, apesar da lesão, Adrián conseguiu, nos últimos dois meses, marcar 5 golos e fazer quatro assistências, recuperado de uma lesão. E quando me falam dos 11M de Adrián, eu pergunto: quanto custou o suplente do ficaben, o "speedy gonzález" Raul Jiménez, ein? Ah, pois, pois é. A diferença são o estilo de jogo e... os assobios.


Adrián não deve voltar ao Dragão - acho que vamos conseguir vendê-lo - mas fica aqui o pedido: deixem de embirrar com os nossos, que jogam para o nosso Clube e foquem o vosso assobio nos outros! Está a demonstrar-se ridículo, o grau da estupidez que aparenta a quem vê de fora, os assobios a um Herrera, Adrián, Bueno, Casemiro e tantos, tantos, outros ao longo dos últimos anos. Somos caso único de tal gourmet "exigência". Se calhar é só estupidez, como diria o meu querido amigo Silva.

ADENDA: Sei que o post vai longo, mas é importante. O meu querido amigo João "Golden Dragon" Santos chamou-me a atenção para esta análise de mais uma penhora da Doyen, desta feita...ao ficaben! Está tudo dito no post referenciado menos isto: com tanta falcatrua, tanta engenharia, ainda há a LATA de se fazer crítica às contas do FC Porto?! E a espeta-las na primeira página dos jornais?

A única coisa que me importa são os adeptos Portistas, por isso, peço-vos: abram os olhos para a realidade podre da segunda circular e vejam a diferença! Temos defeitos e comissões, mas não andamos a fugir a penhoras nem a vender jogadores por "preços" inflacionados que não correspondem aos reais!  Não podemos continuar a deixar pagar os justos pelos pecadores! 

14 comentários:

  1. Tudo verdade, mas não esqueça os treinadores (a maior parte). Ou acha que o Rui Vitória, putativo campeão, seria treinador para o FC Porto? Sei não gostar de Peseiro, compreendo, mas se há testes a comprovar se tem categoria para nos treinar, é amanhã...e na final da Taça. Veremos.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pela estúpida referência Jorge :)
    Não sei se somos justos, se somos pecadores. Muito provavelmente, somos both. O que sei, de fonte segura, é que somos melhores. De muito longe!
    Abração.

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pela estúpida referência a mim também :)
    Amanhã... No sítio do costume.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Está bem, dou a mão à palmatória do Sr. Jorge Vassalo, Adrián Lopez talvez não seja um mau jogador. O que falhou foi o estilo de jogo do ilusionista do País Basco e só depois... os assobios.
    Entretanto o crematório matinal já prendeu JNPC e Antero H.
    Quanto à penhora da Doyen, desta feita...ao ficaben! É isso, sendo verdade, mandem para os jornais rapidamente e em força, como dizia o Santa Comba Dão.

    Luís (O do José Peseiro)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se algum quisesse ir, ficava espantado.

      Abraço

      Eliminar
  5. «A única coisa que me importa são os adeptos Portistas, por isso, peço-vos: abram os olhos para a realidade podre da segunda circular e vejam a diferença! Temos defeitos e comissões, mas não andamos a fugir a penhoras nem a vender jogadores por "preços" inflacionados que não correspondem aos reais! Não podemos continuar a deixar pagar os justos pelos pecadores!»

    Não atinjo onde quer chegar. Leia o PS do post abaixo "linkado" para sua ilustração. O que se passa na casa dos outros não serve de desculpa para o que se passa na nossa. Ou agora medimo-nos por quem tem ou não penhoras com a Doyen? E acho que, no caso do Benfica, nem de penhora se trata, mas de garantia, como nós temos tido com os bancos, apresentando passes de jogadores como aval.

    http://otribunaldodragao.blogspot.pt/2016/04/paixao-ate-ao-fim.html

    ResponderEliminar
  6. As penhoras pouco me importam. Já valores inflacionados nos R&C são FRAUDE.

    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Jorge, para ser sincero já estou pelos cabelos com a palhaçada que lá vai para o sul.
    É tanta a impaciência minha que só me estou a focar no que realmente interessa: FC Porto.

    A vitória amanha não é para calar-los, mas sim para dar um novo triunfo para nós, porque isso é que importa.

    Quanto ao Adrian é bom que ele esteja a marcar, mas não creio que "repesca-lo" seria bom para nós. Até porque quando se começa a marcar e a intrusa-se naquela equipa, e de repente volta, pode ser que venha como chegou e |não| se desenvolveu.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  8. Caro Jorge Vassalo,
    Enquanto a "armada" vermelha faz o que quer na farsa em que transformou o futebol nacional, na peixeirada da TVI de segunda feira, o ensonado Manuel Serrão que se dedica a afundar o Porto enquanto os outros defendem os seus com unhas e dentes, falou mal de Bueno e de outros jogadores que Lopetegui trouxe para o Porto. Agora, como comentário a este post, de novo a referência ao "ilusionista do país basco" [Luís] ... Porque não se calam?... Haja paciência!... Abraço.

    ResponderEliminar
  9. topico a votacao: quem acha que o presidente vai falar sobre estes casos das nomeacoes vergonhosas a que temos assistido? Pode nao ser o presidente, mas sim o administrador desse pelouro, nao sei qual sera que nao o consegui perceber na entrevista. que tinha de ser com nivel, percebi. Ou agora que estamos arredados de praticamente tudo, ja nao interessa fazer barulho? Bem sei que nunca o fizemos, mas pelo menos os adeptos pediam que fosse feito. É triste este tempo em que entrámos e que tão depressa de la nao conseguiremos sair. Porque nao queremos e porque nao nos deixam.

    ResponderEliminar