quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Jogar Para Ganhar e a Táctica Do Mestre


Chelsea, FC Porto, Dínamo de Kiev, Maccabi de Telavive. Um grupo exigente, este grupo G. Mas é o nosso. Estou confiante que é possível o apuramento para os Oitavos. Temos equipa para isso. Temos jogo para isso. Vontade para tanto. O Chelsea de Mourinho já revelou algumas debilidades defensivas este ano e está longe da sua melhor forma, o Dínamo de Kiev é uma equipa com história e respeito mas perfeitamente ao nosso alcance e o Maccabi é uma tremenda incógnita, sendo que o mais difícil é a localização, acessos, logística.

Para além de que, na fase de grupos da Champions, com este grupo, tenho a certeza de que temos um treinador que vai encarar este desafio com seriedade. E tenho a certeza que o Futebol Clube do Porto tem uma equipa criada para jogar futebol, realmente futebol. 

O Futebol Clube do Porto vive vocacionado para jogar futebol, realmente futebol e não joguinhos encostados atrás para não perder. Nesse sentido é melhor o Chelsea do que um Marítimo, um Boavista ou coisa que o valha. Não sou doido ao dizer que prefiro o Chelsea . Claro que não. Mas sei que o sistema de jogo de Lopetegui favorece jogos que não são fechados em 30 metros, os jogos de ataque forte em que as duas equipas procuram efectivamente vencer. Nesse sentido fico sempre um pouco mais confiante nos jogos de Champions, sei que a motivação para superar-se é muito maior, não é necessário encontrar o buraco da agulha constantemente.

Posto isto, sei que vamos encarar o Grupo G com a máxima seriedade, como fizemos o ano passado e indiferentes às vontades ou adjectivações dos outros.

Não posso deixar de dar uma palavra acerca do jogo de ontem do sporting. Mentiria se não dissesse que fiquei contente com a eliminação do sporting. No ano passado, não ficaria. Mas este ano, sim. Fico pelo próprio treinador, que vai precisar destas doses de humildade permanentes o resto da época. Para deixar, talvez, de adjectivar o nome dos seus colegas com a mania de que é melhor e maior do que eles. Mas, principalmente, por causa dos meus caros Portistas que crêem que o futebol de Jorge Jesus é melhor que o de Lopetegui. Não é. É um desastre defensivo, desequilibrado, desarmonizado, desorientado. É uma vertigem de ataque que se perde em si mesma na ânsia. É um desastre atlético que rebenta a equipa em meio ano, quando não joga de semana a semana, sem colinho. 

Fiquei também feliz com a derrota, devo dizer, por Inácio, uma pessoa que eu respeitava, mas que agora parece querer fazer uma cruzada com as contas do FC Porto. Parece que a bomba rebentou para esse lado. Quem tem telhados de vidro...

Há coisas que nunca mudam... O senhor dos pneus no seu melhor. É claro que a banda sonora tem de ser esta, com o grande Steve Gadd, the Great Godd. Métodos alternativos de financiamento ao BES, certamente..

16 comentários:

  1. Acho que muita gente não percebeu a base fundamental do futebol bonito de Jorge Jesus: quando as equipas são mais fracas, ataca-se com tudo, quando joga com equipas mais ou menos do seu nível ou superior, tudo para trás, na espera de um ressalto qualquer, ou qualquer coisinha saida do nada, e isso viu-se do ano passado, é que nem sequer estamos a falar de jogar em contra-ataque... E o mais importante disto, é algo que ainda faz falta ao Sporting, que se chama transição defensiva, ou seja a recuperação da bola no terreno adversário, em que o Benfica era exímio, ou podemos dizer de uma forma mais entendível, "mal percámos a bola, toca a acertar-lhes nas canetas"...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada um no seu nível, entenda-se bem entendido.

      Abraço

      Eliminar
  2. Sobre o Sporting ontem, serve pra mostrar que passar o play-off não é nenhum passeio.
    Sobre o nosso grupo, não me assusta, porque não é por acaso que fazemos grandes champions, da mos tudo quando lá estamos.
    Também já reparei neste novo Inácio, acha que tem moral ou legitimidade pra falar das nossas contas, coitado. Dizia ele no outro dia que o Porto não fica com o dinheiro todo das vendas de jogadores. E eu pergunto, e há algum clube que fique? E Sporting com quanto ficou dos 5M € de vendas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim! Então não? Agora é que se vai ver o Carrillo, o Adrien, o William...

      Abraço

      Eliminar
    2. Boa tarde,
      O Inácio é apenas mais um que precisa do tachinho para sobreviver( como alguns pseudo defensores do FCP em certos programas(?) desportivos, certo Sr. Reis.), nada mais. Tem de se sujeitar ao que lhe mandam dizer e fazer. De resto em relação ao Lixo da Manhã, ainda se vai a ver que alguns eram clientes do senhor. Abraço.

      Eliminar
  3. Boa Tarde Jorge,
    Acredito que faremos novamente uma boa Liga dos Campeões pois também acho que temos equipa e treinador. Sobre o grupo, um grande [em dinheiro pois grandes somos nós] haveria de nos calhar. Desta vez foi o Chelsea, tudo bem, os outros estão perfeitamente ao nosso alcance, até porque os nosso rapazes não brincam nos jogos europeus como fizeram na Madeira.
    Não tenho problemas em declarar que adorei o desfecho do jogo do Sporting, ontem. Acho que é inteiramente merecido para o pateta, o adepto e não o cirurgião Barroso e para esse desgosto que é o papagaio A. Inácio. Há cerca de um ano dizia António Oliveira sobre JJ que o mestre levaria não sei quantos pontos de avanço na Liga se treinasse a qualidade da equipa do Porto. Agora pode ser que argumente com a actuação dos árbitros, com a Gazprom ou até com Pinto da Costa que esta sempre a jeito, o deles, quanto a casa lhes cai. Quanto ao funcionário do Benfica, que foi apanhado com nove ponto cinco quilos de cocaína no carro que era do Benfica mas que afinal já não era, li que é tudo para desviar a atenção pela eliminação do Sportem. A Media portuguesa, incluindo o Correio [lixo] da Manhã, a quem não escapa nada, desta vez não deu por nada, um mês de bico calado, certamente pela concentração em apanhar o Antero ou Pinto da Costa. Nove ponto cinco quilos de cocaína é obra!. Milhões e milhões... Enfim... Não tarda a que o Record, a Bola, o Daniel de Paredes e os servos do costume, façam manchetes a jurar que tudo não passa de invenções de pó de talco e de esquemas para desfazer na instituição e num seu adepto. Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim já nada me espanta neste mundo!

      Abraço!

      Eliminar
  4. Chegada e Dynamo, clubes que proporcionaram 2 dos jogos mais fortes em termos de adrenalina que eu já vivi (FCP-CFC 04/05 e FCDK-FCP 08/09)... Entre outras peripécias.

    Venha daí a minha competição favorita (mas segunda prioridade, atenção).

    Saudações,
    Fábio Pinto da Costa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chegada = Chelsea
      Autocorrect -.-'

      Fábio Pinto da Costa

      Eliminar
    2. Naturalmente. Vamos ter uma grande fase de grupos!

      Abraço

      Eliminar
  5. Olá Jorge!

    O grupo que nos calhou não é nada mau e proporciona-nos todas as condições para seguir em frente, contudo o calendário é péssimo.

    Visitar a Ucrânia e receber de seguida o Chelsea, é o pior que nos poderia ter acontecido, mas vai-nos obrigar a ter pontos nessas duas primeiras jornadas sobe o risco de irmos defrontar o Maccabi, no duplo confronto, sob uma pressão imensurável!

    Depois, terminar em Stanford Bridge com o Chelsea é terrível!

    Teria sido muito mais simpático ser 1º jogo em Londres e receber de seguida o Dinamo, ou seja, em ordem inversa.

    Diz-se que temos que jogar todos contra todos e as contas fazem-se no fim, mas em 6 jogos não é bem assim, pois as contas fazem-se jornada a jornada e se não conseguirmos ter sucesso relativo nas duas primeiras jornadas, os nervos podem ficar em franja!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tínhamos que jogar todos contra todos... Já se sabe ao que se vai...

      Abraço

      Eliminar
  6. Não podemos dizer que foi um mau sorteio e acredito que iremos conseguir passar se tivermos um Porto focado e comprometido com os objectivos, e como o Porto nos habituou a isso na Champions League acho que podemos estar descansados. Quando penso em Champions League só me lembro dos jogos enormes que o Porto consegue em casa com os ditos grandes (Grandes somos nós).

    O único ponto desfavorável no sorteio é iniciar com o Dinamo Kiev fora no dia 16 de Setembro e no fim de semana seguinte receber a mouraria no Dragão sendo que eles jogam no dia 15 (um dia mais para descansar) e em casa com o Astana. Mas desde que vi o James a chegar da Colômbia exausto e com palitos a segurar os olhos e a fazer uma exibição memorável no galinheiro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem tem de jogar rwm de jogar e não há espaço para meninos.

      Abraço

      Eliminar
  7. Imbicto Jorge,

    Eu cá acho que a banda sonora deveria ser The Doors ;) :P

    Imbicto abraço!

    ResponderEliminar