terça-feira, 27 de outubro de 2015

Teimosia ou Percepção


Meu caro Julen,

Estou e estive sempre a teu lado. Gosto do teu modelo de jogo. Acho-o vitorioso. Estou orgulhoso de estar no primeiro lugar da fase de grupos da Champions League, num grupo que todos farão "fácil" mas que está longe de o ser mas, caramba, deixa de ser teimoso.

Entende por favor, de uma vez por todas, onde estás. Entende que a maioria das equipas não vai querer ganhar o jogo. O União não vai, o Setúbal não vai. A única equipa dos próximos jogos que terás que vai querer ganhar o jogo será o Maccabi. Esses dar-te-ão espaço. Portanto, deixa de ser teimoso. Percebe aquilo que já todos percebemos. Vou dar-te uns tópicos para que entendas:

- Transições não são o teu modelo de jogo. Ainda bem. Eu não gosto do futebol Jesuíta. Dá estouro, sem plantel com profundidade, cria buracos defensivos do tamanho do Taj Mahal (já agora, aproveita-os), é desequilibrado e perdulário. Agora, se vês que a equipa na tua frente não sobe, põe dois atacantes. Alberto Bueno ou Osvaldo. Em 4x4x2 ou 4x2x3x1 como preferires. Vais ganhar. Vais criar pressões, vais criar desequilíbrios. E aproveita as falhas de pé. Não digas à tua equipa que tem de passar a bola por todos até chegar ao um. Aí, a defesa contrária já se posicionou e tu já foste.

- Pressão é super importante. Sufocar, puxar o erro, entrar a matar. Não podes continuar a dar uma parte inteira aos teus adversários. Resolve o jogo logo. O resto vem a seguir. Depois controlas, depois tomas conta da posse e fazes tudo isso. Não antes, por Deus! Tens de saber isso. Não entendo como ainda não sabes.

- Magia. Dá o modelo aos teus jogadores, mas não os obrigues a contrariar a sua natureza! Tello corre como nenhum outro, Brahimi e Corona são de natureza interior, o Rúben organiza, o Danilo defende, o Layún ataca bem, o Maxi penetra dentro da área, o Abou faz tudo e marca golos, o Osvaldo jogo bem de costas, o André cola tudo, e o Imbula galga metros! Não lhes cortes as pernas! O que tem acontecido ao Imbula é um escândalo! Há uma razão pela qual ele custa 20M - defende a bola como ninguém, é um juggernault imparável quando corre e define bem o último passe! Jogo apoiado com o Imbula? É mandar os colegas para a frente abrir linhas de passe para o Imbula! Se eu sei isso, como é possível que tu não saibas?! A beleza do futebol não é só o modelo, são as excepções. Se as retirares, todos saberão o que fazes.

E, finalmente, segurança. Segurança. Não fales das superiores dificuldades só aos teus jogadores. Diz-lhes a verdade, que eles são melhores que todos os outros, que não vamos ganhar, vamos esmagar. Não tenhas medo das palavras, diz-lhes que o empate é uma derrota, diz-lhes que não há jogo seguintes, mostra-lhes que eles podem, dá-lhes confiança! Senão entrarão temerários, cheios de ansiedade e com hesitações que tornam um jogo pastoso e intermitente. Confiança para rematar, confiança para passar, confiança para ganhar - essa é a chave. Tiveste um antecessor que o fazia muito bem. Chamava-se André Villas Boas. Revê o que ele escreveu no quadro do 5-0. Visita o museu, é para isso que ele lá está!

Se seguires estes princípios, não abdicarás do teu domínio e do futebol de posse que eu tanto aprecio, contra equipas que tentam discutir o jogo e contra quem tudo o que te falei já será adquirido pelos teus jogadores à partida. Por exemplo, no Chelsea o Imbula galgou aí uns 50 metros com o Matic preso à sua canela. Aí não havia modelo, aí havia ganhar. Esse ganhar também tem de haver com o União e o Setúbal. Se não ganhares o campeonato, de nada te servirá tudo o resto. Nada. Acorda e joga contra quem tens e não contra quem querias ter. Ou treina na Premier League. Tu escolhes.

40 comentários:

  1. Caro Jorge,
    É isso...

    Cumprimentos

    Ana Andrade

    www.portistaacemporcento.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Jorge, tirando a parte do discurso para os jogadores, não sei se é o mesmo para dentro, não estarei errado se disser que 99% dos portistas subscrevem este post, mas não estás a falar para o Julen Lopetegui, estás a falar para outro treinador. Lopetegui tem um modelo, acredita nele, acha que é com ele que vai ganhar, mesmo não vendo os treinos, os jogos dizem-te como se treina, se sistematiza, exagerando ou talvez não, se robotiza, achas que vai mudar? Não acredito. Portanto, vai ser assim até ao fim, esperemos que em jogos que somos manifestamente superiores, como contra o Braga, consigamos meter os golos necessários para ganhar.

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Até concordo com alguns pontos de vista Jorge , mas o treinador é o Lopetegui !!!!Ele é que sabe onde os jogadores rendem melhor , qual o esquema tático , quem deve ou não jogar .... Nós não sabemos o que se passa lá dentro nem como trabalha o treinador basco do FCPORTO....Ele é que sabe , ele é conhece melhor a equipa que ninguém...... Ele sabe melhor que ninguém o que exigir ao Imbula , se deve meter 1 ou 2 avançados....... O 4x3x3 sempre resultou no FCPORTO....... Mas também concordo exprimentar às vezes outros esquemas... o 4X4X2 a nossa equipa não está rotinada e não sabe jogar nesse esquema e tivemos várias provas disso....... Quanto ao 4x2x3x1 parece-me um bom esquema , na Champions com o Chelsea resultou , equipas com meio campo forte e criativo há que ter mais presença no meio campo..Mas contra estas equipas do nosso campeonato para mim é indiscutivel o 4x3x3 .......

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pontos de vista, é só um desabafo. Sei que não muda nada, mas a critica construtiva serve para isso mesmo.

      Abraço

      Eliminar
  4. Bom dia Jorge Vassalo,

    Plenamente de acordo, contudo penso que o nosso treinador já percebeu há muito tempo como jogam as equipas do nosso campeonato. Continua a acreditar é que o seu modelo de jogo resulta. E na minha opinião resulta mesmo. O que me parece sintomático, ou se quiser uma maldita coincidência, é que sempre que podemos avançar na classificação, porque os nossos rivais perdem pontos, nos também perdemos. Sinceramente parece-me mais uma questão de bloqueio mental, de confiança, ou falta dela, daí estar plenamente de acordo consigo. Confiança é a chave. O modelo está correto e resulta, veja-se na UCL perante adversários bem mais fortes. Há que quebrar este enguiço mental de uma vez por todas.
    Reparei que numa resposta sua a um comentário num post anterior afirma que não quer um Dragão a aplaudir a equipa se estiver a levar 3 secos, em contraponto ao que aconteceu na Luz. Nem eu. Mas uma coisa é aplaudir e outra é apoiar. Dar apoio quando estamos a ganhar é fácil. Mas é nos momentos difíceis para quem está no campo a defender as nossas cores que devemos mostrar que estamos com eles. Que confiamos neles. No fim do jogo, aí sim, a coisa é outra. É o tempo certo para a análise e a crítica, se for caso disso.

    Um abraço,

    Alberto Queirós

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, completamente de acordo. Deus me livre de defender assobios!

      Abraço

      Eliminar
  5. E pur se muove! Ou estamos a esquecer que foram 20 vezes seguidas a ganhar da mesma maneira? Contra o Chelsea e contra o Estoril. Eu não ligo peva a recordes. Não me interessam. Mas os factos interessam-me. Estou como o Vila Pouca, não creio que mude. E a mim não me incomoda nada. Mas pronto, como sabes, eu até acho que muitas das coisas que defendes que JL deve acrescentar...já lá estão.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. Aprecio equipas que gostam de ter bola, saibam trocá-la, aprendi isso a ver jogar as equipas de José Maria Pedroto. Não gosto de equipas escravas da posse de bola. Isto é, se numa equipa, os médios em particular, sem esquecer os centrais, não têm espaço, estão pressionados, não me incomoda nada que joguem pelo seguro, lateralizem, joguem para trás e até com o guarda-redes. Mas se há espaço, não há que hesitar, é ir por ali, criar desequilíbrios, assistir ou rematar. Ora, muitas vezes há espaço, mas os jogadores que ocupam os lugares referidos, parecem viciados, sistematizados, robotizados, tendencialmente preferem jogar pela certa, não arriscam. Só pode ser da forma como treinam, têm que ser ordens do treinador. Por isso Lopetegui nunca irá mudar para o que preconiza no seu post, porque isso iria contra o que vem implementando desde que chegou.
    Manuel Teixeira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperemos que se adapte. Não precisa de largar os seus princípios.

      Abraço

      Eliminar
  7. Imbicto Jorge,

    Estão decididos em partir-lhe a perna da cadeira. Vai ser difícil ficar, por muito que faça.
    De resto, subscrevo que cojones é coisa que falta. Mais risco e menos teimosia.

    Imbicto abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma coisa curiosa, essa. Parece-me que não conhecem o NGP. Lopetegui, a ir embora, só se não ganhar nada.

      Abraço

      Eliminar

  8. faço minhas as palavras do caríssimo Vila Pouca. disse tudo.
    (mas louvo o teu 'post', com o qual obviamente estou de acordo, ou não fosse uma «ovelha choné» e tu um «ze...» tu sabes o que quero dizer :D )

    abr@ço
    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sou em lado nenhum, ó pé frio.

      Abraço

      Eliminar

    2. @ Jorge

      "pé frio"? 'moi'?!
      desafio-o para um duelo ;)

      abr@ço forte
      Miguel | Tomo III

      Eliminar
  9. Hoje o Miguel Sousa Tavares tem a brilhante ideia de escrever que o maior trunfo do sporting na luta pelo título é o Julen Lopetegui, eque olhando para o plantel do FCP e da concorrência, até o pateta era campeão.
    Com portistas (letra muito minúscula, não dá para pôr mais pequena) a ter destas manifestações, não sei porque nos queixamos do centralismo e parcialidade do jornalixo português.

    Abraço, arespostaé para dar já na madeira

    ResponderEliminar
  10. Luis Miguel, ser irónico é noutra casa, não nesta.

    ResponderEliminar
  11. Caro Jorge Vassalo,

    Parabens. Acaba de traduzir em palavras a grande dúvida que tenho desde há muito. Já tive no momento "teimosia" e também já passei pela dimensão da "percepção". Creio e não estou a falar do jogo com o Braga que não vi, que o primeiro ainda é o que predomina. Falta de facto qualquer coisa. Ainda estamos a tempo.

    Raoc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos ver. Temos que ver o que vem a seguir.

      Abraço

      Eliminar
  12. Boas,

    grande post... concordo com tdo o que esta escrito e sonho com um porto assim esta epoca mas tb estou convencido que nao passara de um sonho! o mister (que eu gosto e apoiarei ate ao seu ultimo dia de clube) esta agarrado ao seu modelo de posse e nao vai mudar!!! é triste termos um jogador como imbula amarrado daquela maneira..
    força porto
    Helder "aranha" Silva

    ResponderEliminar
  13. Este Porto vive de Se's.. o Porto e os adeptos.. O Porto não joga tão mal quanto pintam... empate um jogo contra um candidato que tem armas para muito mais do que fez no dragão, mas utilizou-as para exclusivamente defender...

    Voltamos aos Se's.. se a 1ª jogada de Rei Bakar dá golo acredito que estávamos bem melhor... clube e assobiadeiros que mais uma vez aos 20min não tem se não assobiar!!!


    Começa a ser insustentável jogar em casa.. Parecemos o Real Madrid, que deu cabo de 2 treinadores titulados (este é so um Paulo Fonseca com nome) o mais fácil é não ter treinador...

    Enquanto implodimos e criticamos tudo, atenção que não discordo que em determinados momentos o Porto devia ser mais aguerrido no jogo, o Bruno Paixão foi nomeado "à la carte dos museus" para o jogo na Madeira!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, temos de deixar de ser parvinhos e começar a ver o inimigo. Que é bem grande.

      Abraço

      Eliminar
  14. Boa tarde, grande post Jorge Vassalo! também acho que um monstro como o Imbula que parece estar agarrado a um colete de forças. Não dá para entender! enfim, vamos aguardar que a teimosia do Julen nos traga algumas alegrias no final da época. Eu quero acreditar. Viva o FCP.

    ResponderEliminar
  15. Concordo completamente.

    Fred

    ResponderEliminar
  16. Olá!

    É só para dizer que subscrevo as suas ideias sobre o que deve ser o futebol dos Dragões

    Um abraço

    https://wordpress.com/stats/day/dragaoatentoiii.wordpress.com

    ResponderEliminar
  17. Viva Jorge Vassalo!

    No 1º comentário esqueci-me do seguinte:
    Lopetegui terá as suas convicções, os seus métodos e as suas estratégias, as quais não discuto; quem sou eu para pôr em causa o trabalho do Mestre...!
    Agora o que me parece é que a equipa portista devia ser mais versátil nos seus processos/esquemas de jogo e não agarrar-se a uma ideia de jogo e não tentar mudar quando necessário, a fim de atingir o objectivo, que é a vitória
    Alguém aqui citou o grande Mestre Zé Maria Pedroto, e eu a propósito lembro-me duma vez na barbearia Albino o Gomes que veio do Leixões ter referido que o Pedroto se quisesse a equipa nos treinos não estaria 5 minutos a fazer a mesma jogada, quis ele dizer que o Mestre tinha no seu dossier resmas de jogadas para mecanizar, mas também incentivava o slalon individual, de modo a desestabilizar as defesas adversárias, desde que executado com convicção, e, quando as jogadas colectivas não resultassem.

    Abraço
    Armando Monteiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente!

      Não podemos ser um one trick pony.

      Abraço

      Eliminar
  18. Diariamente cá estou a ler a opinião do Jorge Vassalo,aliás,sempre muito bem argumentada,limpa e acima de tudo impregnada do um PORTISMO "sem assobios".Só uma vez comentei.E foi para dizer que não comentava pois não tinha argumentos para discordar do que estava escrito.Mas hoje,e há sempre um mas em tudo na vida,após ler diversos comentários fiquei a pensar se tenho de facto uma cadeira anual no Dragão,se no passado Domingo estive lá,se vi aquele jogo,provavelmente não,eu não vou ao Dragão,eu não fui lá no último Domingo.São acidentes,acontecem a quem anda distraído,veja bem fui parar a um Estádio em que se disputou um jogo de futebol entre uma equipa treinada por um treinador que tinha até então vencido 20 (VINTE)jogos seguidos aplicando sempre a mesma táctica/estratégia,que deixou de ser competente porque ao 21º jogo defrontou uma equipa(mais uma)que colocou um "autocarro" frente à sua baliza,cujo treinador não se coibiu de afirmar no final do jogo que a sua estratégia era mesmo essa,conseguir o empate e que o clube,adepto,sócios, e a cidade(do seu clube,claro)deviam estar orgulhosamente reconhecidos ao feito extraordinário deste punhado de jogadores,bem isto não disse ele,digo eu,só não saiu de lá com 3/4 golos no bornal porque os jogadores da tal equipa que venceu 20 jogos seguidos foram perdulários,bastava um apenas um ter tido a pontaria afinada,para hoje todos dizerem que tinham feito um bom jogo.O que faz,ou fez um empate imerecido para os dois lados,penso eu de que...
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Carlos, acompanhando este blog, sabe que não posso estar mais de acordo. Eu estou a falar de outra coisa, estou a falar de sacar o saca rolhas que, por vezes, emperra o golo. Mais nada. E, se atentar, verá que começo e acabo o post da mesma maneira - a dizer que eu GOSTO do futebol de posse de Lopetegui, que desgasta e arrasa com quem quer jogar futebol. Só que ele tem de perceber que, aqui, há pouco quem queira. E isso é importante acautelar.

      Portanto, subscrevo. E não se esqueça, o adepto do FC Porto é o mais autofágico dos três. Uma tristeza.

      Abraço

      Eliminar
  19. Amigo,Jorge,o meu comentário é mais virado para os comentários ou posts ou lá o que lhe queiram chamar,eu percebi a sua intenção e concordo que aquela táctica/estratégia é um pau de dois bicos,quando corre mal ou menos bem cai tudo em cima do treinador,e no domingo de anormal só a falta de eficiência na finalização,de resto que melhor elogio ao jogo do FCPORTO que as declarações de Paulo Fonseca a reconhecer que veio mesmo para o 0-0,toda a gente esqueceu os golos falhados,o treinador é que esteve mal,porra(desculpe)isso irrita-me,mas não é só aqui,porque lá também descasco famosos "treinadores de bancada".

    ResponderEliminar
  20. mais um excelente post Jorge
    entretanto, as nomeacoes pro fim de semana, sera a tentiva do colinho recuperar folego?
    na madeira, e com Bruno Paixao....hummmm
    Manu365

    ResponderEliminar
  21. Oh Vassalo, a sua posta é um verdadeiro manual de como jogar bem e ganhar. Porém, como sabe, aquilo mete ( dum lado) no minimo 11 cabeças que, se não estiverem síncronas, podem não funcionar, independentemente do (des) treinador. Veja Mourinho que, nesta altura, parece mais um Zé Mario qualquer. Olhe, desde que elas entrem, relembro Pedroto "....também está bem..."

    ResponderEliminar