terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Basta! Para Mim Chega!


Basta! Para mim chega! Chega de passivo-agressivo-crónica-agressão, tough love de trazer por casa! Para mim chega da cultura de exigência. Não tenho paciência. Respeito muito algumas opiniões de pessoas de respeito e valor, mas eu por acaso acho a goleada justa. Acho justo que tenhamos, por uma vez, sido beneficiados pela arbitragem. Só é possível equilibrar balanças se os mesmos pesos postos de um lado forem postos do outro. E, curiosamente, não tenho visto muitos adeptos do FC Porto a negarem, como fez Telmo Correia nos Grandes Adeptos acerca do fora de jogo de Luisão, os erros pró-Porto. Também não vi nunca nenhum adepto ou blogger Portista negar as falhas do seu treinador como vejo os politicó-rubros-paineleiros acerca das calinadas do Jesus. Agora, pelo amor da Santa, se marcamos golos contra a corrente - óptimo! Se reagimos apesar do cansaço - óptimo! Se demos algum controle e não sofremos horrores com isso - excelente!

Desde quando é que há alguma regra que exige que massacremos uma equipa 90 minutos? O adversário tem de ser ridicularizado? Então que dizer de algumas goleadas dos nossos rivais? Já não sou capaz de entender. Não fosse uma crónica muito bem redigida do amigo Z, e ia jurar que eu era o único tolinho a achar que tínhamos merecido dita goleada. E claro, em certos outros lugares mais reflexivos e orgulhosos, há quem ache que dita goleada é uma vergonha para os nossos pergaminhos!

Então eu digo: Basta! Para mim chega! Quantas vitórias no tempo do Vítor Pereira, Mourinho e Villas-Boas foram arrancadas a ferros, a precisar de abrir as latas? Essas não eram vergonhosas? Poupem-me! Não concedo mais! Se querem Ópera, o Teatro Nacional de S. João te-las-á. Gostava de propor ao Futebol Clube do Porto que deixasse certos comentadores de blogue treinar, à vez, o Clube para a Taça da Liga. Já que a prova não conta para nada e que temos doutos Mestres por aí espalhados que vêem o "evidente" e que há jogadores que "não deviam nem calçar", força nisso. Se conseguissem dizimar o oponente, ficariam no lugar de Lopetegui. É interessante ficar no anonimato ou atrás de nicknames  e mandar bocas sem nexo, discutindo o sexo dos anjos até uma nova encarnação. Fazer, realizar, produzir, isso é um bocadinho mais complicado, verdade?

O futebol não é só cultura táctica. O futebol é génio, raça, intuição e orgulho. É momentos de entre-ajuda e colectivo polvilhados aqui e ali por rasgos individuais. Então porque se insurgir contra uns ou outros momentos? Não se sabe que as goleadas também provém de erosão? De desgaste do adversário? De ir moendo até que trespasse a muralha? E desde quando o oitavo (antes quinto) classificado é fácil? E que raio de adeptos são estes? Se não querem apoiar o clube, se não ficam contentes com as vitórias, se não gostam dos jogadores, técnicos e dirigentes, são adeptos do quê exactamente? Da bancada? do Estádio? Da Alameda? Basta! Para mim Chega! 

Digo só mais uma coisa. Ainda bem que o Nosso Grande Presidente tem mais anos de presidência do que muitas destas pessoas de vida. Ainda bem que não preside com sondagens de popularidade. Ainda bem que eu sei que terá a paciência de ver o Projecto de um Futebol Clube do Porto do sec XXI a ser criado agora, solidamente, com tempo, ponderação e paciência. Com Julen Lopetegui e aquilo que ele já conseguiu. Com a projecção europeia que já granjeamos e tenho a certeza que conseguiremos mais. Ou acham que, por exemplo, Brahimi seria votado Melhor Jogador Africano se estivesse em qualquer outro Clube?

Basta! Para mim Chega!| 

17 comentários:

  1. Meu caro amigo, as divergências, quando se trata de pessoas de boa-fé, são sempre salutares. Eu acho que a exibição não foi famosa, o resultado é exagerado, tu não achas. OK. Sobre o erro do árbitro, só concedo o lance do Herrera, estou-me marimbando, para não dizer outra palavra terminada em ando, com o que dizem os santos ou os telmos desta parvónia. Nesta minha longa caminhada já fiz dezenas de posts contra o facciosismo, sectarismo, desonestidade, prostituição jornalística e paineleira.
    Agora uma coisa é analisar um jogo com obectividade, outra é aproveitar para zurzir em tudo e em todos. E isso nunca admiti, não admito e enquanto o tasco estiver aberto, admitirei.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos dois, meu amigo, somos dois.

      Grande abraço!

      Eliminar
  2. @ Jorge

    eu acho que muitos desses portistas confundem exigência com ingratidão mesmo. são aqueles que refletem com muito orgulho sobre tudo e sobre nada do nosso quotidiano e para quem nada vale e onde há sempre algo que nunca está bem. imagina que até na goleada ao BATE num jogo quase perfeito e dos mais conseguidos esta época houve críticas feroses...

    por momentos, considerei que o "basta" seria sobre o deixares sede ver programas de uma certa e determinada paneleiragem futebolística... perdão: painelagem :)

    abr@ço
    Miguel | Tomo II

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando deixares de ler jornais traidores eu deixo de ver os programas. Tal como tu, acho a denúncia necessária!

      Abraçom

      Eliminar
  3. Para mim ainda considero que o Cassio defendeu demasiado...

    Sobre os erros de arbitragem ainda temos um saldo elevado para usufruir. Não me importo que seja já dia 14 :)

    Relativamente ao jogo com 5LB, vejo que já trataram de mandar o talhante fazer o corte e picar a carne....

    Relativamente ao Brahimi, já em Espanha era visivel que era um grande jogador, mas a projeção que o FC Porto lhe deu foi o ultimo sprint para os prémios que conquistou.
    Uma palavra para o Lopetegui, que é o principal obreiro da construção desta maravilha que nós temos o privilégio de assistir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode crer! Ele defender as grandes cabeçadas do Marcano para mim foi surrealista!

      Abraço!

      Eliminar
  4. Meu caro Jorge,

    Não há vitória do FC Porto que não seja para mim motivo de felicidade. O resto, como diz o Vila Pouca, são opiniões, desde que objectivas, respeitáveis.

    Um abraço e...

    FC PORTO SEMPRE

    ResponderEliminar
  5. Caro Jorge,

    A minha opinião está sintetizada no meu comentário no seu Post anterior.

    Abraço e...

    FC PORTO SEMPRE

    ResponderEliminar
  6. Mais um excelente post!! Faço minhas as suas palavras e agradeço-as!

    Grande abraço portista!

    ResponderEliminar
  7. Nunca vai chegar meu amigo. Nunca vai chegar. Ou goleamos porque o adversário é fraco, ou porque facilitou, ou porque nem merecíamos, ou porque foi devido ás individualidades, ou porque foi do árbitro, ou porque foi da bola, da relva, dos apanha-bolas.... Não adianta! Eu assino por baixo cada vitória "imerecida" por 5-0 até ao final da época!

    ResponderEliminar