segunda-feira, 20 de junho de 2016

Para Tudo Há Um Tempo

Helton Arruda é um dos símbolos do FC Porto, uma pessoa apreciada por todos, afável, amigo e acessível. Não acredito que haja alguém tão consensual e respeitado no FC Porto com Helton. Creio que todos os Portistas, sem excepção, ficaram radiantes e esperançosos ao ver o Helton em grande forma, há dois anos, naquele infame jogo da Taça da Liga com o Sporting de Braga em que ele foi absolutamente gigante. 

No entanto, há coisas que são, para mim, absurdas. Depois de um "Eternamente grato 1993-2014" que nunca chegou a explicar e uma críptica entrevista no início da época passada, vai-se repetindo este ano um folhetim, hoje transcrito n'O Jogo, que começa a cansar. Aos 38 anos e 12 de casa e como indiscutível Capitão, não tenho a mais pequena dúvida que Helton tem um ímpar acesso à SAD e ao seu corpo dirigente, inclusive ao Presidente, e não vejo estas declarações senão como uma inaceitável forma de pressão pública que, em qualquer outro atleta, seriam repudiadas vivamente por todos os adeptos Portistas! E o facto de se estar a tornar recorrente ainda torna tudo pior!

Quererá Helton voltar a ser suplente de Iker Casillas? Para quê? Para voltar a jogar novamente nas Taças? O resultado está à vista, e não acredito que fosse por falta de qualidade, mas sim de regularidade. Não duvido minimamente que Helton tenha o lugar que me merece na Estrutura do FC Porto, mas a sua continuidade só fará sentido se for para ser, de facto, opção. Se for para continuar no banco, não estará a fazer mais do que tapar a evolução natural das coisas, com José Sá (um excelente guarda-redes!), Raul Gudiño e João "Andorinha" Costa na calha para a sucessão. 

Seja como for, este estilo de pressão pública não é uma forma digna de um Capitão proceder, ainda mais no FC Porto! As questões contratuais resolvem-se intraportas e não em praça pública! E, se uma vez é muito, duas é demais, três é moléstia! 

Evidentemente, Helton será, certamente, muito útil ao FC Porto de variadíssimas formas. A sua simpatia, acessibilidade e bom trato, para lá de inequívoco Portismo, poderão e deverão ser aproveitadas pelo FC Porto. E sê-lo-ão certamente. Mas chega de novela e folhetim. Espero que os próximos dias sejam esclarecedores e que se acabe de vez toda a especulação. Mas espero, sinceramente, que esta não se torne uma prática corrente no FC Porto. O que é interno, interno deve ser!

Começo, também, a ficar farto dos Guardiões da Mística e das suas tretas. Agora foi a vez de Carlos Secretário vir dizer "é impossível o FC Porto voltar a ter a mística que tinha". Pois, Secretário, não voltará a ter a mística que tinha! Terá uma nova!  Confesso-me cansado deste discurso da treta. Mas foram sempre grandes jogos e goleadas pelo caminho?  Quem dá o direito a estes ex-jogadores de falar assim de uma equipa que ainda nem começou a treinar? E se estes limparem tudo? E se estes forem hexacampeões? Fará algum sentido esse discurso? E em que é que ajuda o FC Porto a voltar ao seu lugar natural? "Desistam, nunca mais vão chegar lá" é conversa de egocêntrico, não de Portista...

Como diria Pete Seeger, quando nos anos 60 compôs o mítico "Turn, Turn, Turn" - aqui na fantástica versão dos The Byrds - baseado no Livro de Eclesiastes:

"To everything
 There is a season,
 And a Time to every purpose,
 Under Heaven"

Ou, na sua conhecida tradução:

"Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus"

É tempo de dar tempo a um novo tempo.

Nesse sentido, é com incontida felicidade que vimos ontem o FC Porto ganhar a sua 15ª Taça de Portugal, vencendo os coisinhos por 4-2. Edo Bosh,  também ele uma referência, chega ao fim do seu ciclo no FC Porto de uma forma espetacular, com um enorme jogo e uma atitude extremamente digna.Mas assim se vê que, depois de um período de readaptação mais do que natura, temos um FC Porto de novo preparado para grandes feitos. 

Assim, sempre, a renascer de Azul e Branco!  Assim, eternamente, sempre diferente e, esperemos, sempre melhor!

Obrigado Edo, serás sempre e para sempre um dos nossos!

32 comentários:

  1. De Jorge para Jorge, assino por baixo o que aqui escreveu. Ontem fiquei triste ao ler as declarações de Helton, ainda por cima na 3ª pessoa, o que me irrita, mas foi realmente lamentável, vindo de alguém por quem tenho simpatia.
    Não de justifica, mas ele anda há muito com discurso para se ler nas entrelinhas!!!
    Quanto ao hóquei, foi saboroso, sempre com tristeza também de vermos sair os que são símbolos, mas ... é a vida. E Edo sai em grande, sem queixumes, nem ladeinhas. Que seja feliz, tenha sorte e saúde, porque Portista, será para sempre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A melhor das sortes ao Edo, como ao Reinaldo antes dele. Serão sempre bem-vindos no Dragãozinho.

      Abraço

      Eliminar
  2. Completamente de acordo, Jorge. E é muito reveladora a diferença dos discursos do GR de futebol e do Edo. O último diz sempre "nós", o outro fala de si, queixa-se do resto, deixa farpas aos que passaram. Um contribuiu decisivamente para uma derrota numa final, o outro ajudou, e muito, a ganhar. Porque no te callas? Diria determinado Basco ;)
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Shhh cuidado, não pronuncies o nome daquelequenãopodeserpronunciado!

      Abraçom

      Eliminar
  3. O Helton tem tanto de simpático como de infeliz.

    A vitória no Hóquei foi mesmo uma incontida felicidade, conquistada na raça e na alma, com uma claque inexcedível, na despedida do Edo, um guarda-redes à Porto.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Quem não gosta de Helton? Simpatia, cordialidade, profissionalismo....mas também um pouco intriguista, com um sorriso nos labios mas igualmente "puxa-saco". Absolutamente de acordo com o Vassalo, um homem com 12 anos de permanência deveria ter outra postura, ou seja, falar "lá dentro" e não "para dentro". Está a repetir uma cena já vista. Não tenho a certeza se deva integrar a estrutura - já que, com a permanência de Casillas, não faz sentido estar a tapar a ascenção dos mais novos - até porque NES trouxe treinador de guarda redes. Portanto, penso ter chegado ao fim ao prestação de Helton no FC Porto. Obrigado, se for o caso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com estrutura, digo, scouting, relações internacionais ou, porque não, responsável pela comunicação?

      São sugestões.

      Abraço

      Eliminar
    2. Deves estar a brincar Vassalo, o Helton não tem inteligência para ocupar esses cargos. O FC Porto é um clube de alto nível, tem de ter gente de alto nível e responsabilidade.

      Diogo

      Eliminar
    3. Responsavel pela comunicacao? Plo amor da santa. Assim achas que la vamos vassalo? Com heltons? Se fosse para mascote e animar os intervalos com uma daquelas cabecas granDes e um violao ainda percebia.

      Eliminar
    4. Hey, a minha opinião é conhecida desde a primeira entrevista. Acho que poderá haver algo para ele fazer. Mas confesso que não sabia que havia tanto anticorpo! Por mim...

      Abraço

      Eliminar
    5. Um tipo como o bernardino, sim, seria responsavel pela comunicacao. Ou alguem que dominasse alguns media, novas tecnologias, etc. Este tipo de tachos nao da. Nao se ganha nadinha com isso. Ainda por cima tu costumas dizer para deixarmos de ser bons rapazes, ias la por este? Nao gosto assim tanto do homem. Os ultimos anos, em que deveria ter sido ele o lider, por falta de outras referencias foram uma desgraca. Nao vejo nada de especial nele, sinceramente. E estas bocas, como se diz, ja nao sao de agora.

      Eliminar
    6. Eu não acho nada. Poderia ser (marginalmente) melhor que o Rui Cerqueira. Heltos vs BB? BB por KO à lá Conor.

      Abraço

      Eliminar
  5. Sinceramente, que vá tocar violão para o Brasil. é um tójó de primeira.
    A.P.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tb nao vejo necessidade de o ter por ca. Ja chega. E ja cansa. E salario altissimo, creio.

      Eliminar
  6. Em relação ao Helton realmente já cansam estas novelas e sendo ele capitão ainda mais grave é, estas coisas devem ser tratadas no clube e não na praça pública, isto só vem dar ainda mais armas aos antis e não é bom nós. Quanto ao hóquei não vi o jogo nem sei se deu nalguma t.v. mas fico muito satisfeito com a vitória e que seja o primeiro capitulo para voltarmos a ganhar o campeonato.
    João Moreira

    ResponderEliminar
  7. .....ah, e no "óquinpatins" até que enfim....já me doía...a cabeça. Pena é que - pelo que percebi - o Helder, o mais talentoso hoquista português - ainda não tenha renovado para lá da próxima época. Ainda por cima é Portista....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acompanho o hóquei mas não creio que o FC Porto não vá acautelar o Hélder Nunes...

      Abraço

      Eliminar
  8. Por falar em hóquei, durante o dia de ontem decorreu no Dragão Caixa o I Torneio Ilídio Pinto, em hóquei em patins, nos escalões de Escolares (de manhã) e benjamins (de tarde). Neste último com a participação de Porto A e B, AA de Espinho e CH Carvalhos.
    Um torneio bonito, que homenageia um dos principais responsáveis pela força do hóquei em patins do FCP.
    Uma alegria para os miúdos (jogam em Fânzeres ao longo do ano) poderem jogar num palco tão bonito. E um piscar de olho ao portismo dos mesmos ao oferecerem uma revista Dragões e um Voucher (sim também existem em azul e branco, hehehehehe) para uma visita ao museu do Dragão.
    Parabéns aos responsáveis pela realização do torneio, principalmente a Filipe Santos pelo seu trabalho incansável e pela homenagem bonita.
    As sementes estão a ser semeadas... (e de uma forma singela e bem simples).
    Abraço, P. Torres.

    ResponderEliminar
  9. O tempo do Helton já passou. Ele é que devia saber que já não é o que era e dar lugar aos novos. As suas declarações são ridículas. Boa Vitória do hóquei. Para o ano é o campeonato. Parabéns.

    ResponderEliminar
  10. Por mim o Helton que vá dar musica para outro lado, estou agradecido pelo que fez no clube mas desde á 2 anos para cá que parece fazermos caridade com este tipo!

    E acabo com uma questão, quando se fala nos últimos anos tanto sobre a mística, o que tem Helton com uns 12 anos de casa e capitão a dizer sobre isso? Alguém o ouviu?!

    Abraço.

    ResponderEliminar
  11. O Helton pode ter um papel importante num balneário. Teoricamente, porque pelas entrevistas que tem dado mais vale estar longe. Mas se é para estar no banco o ano todo e quando jogar dar a taça ao adversário, prefiro o Sá. Aposto que tinhamos mais uma taça no museu, se queriam fazer uma homenagem ao Helton fizessem um jogo de velhas guardas no Dragão.

    ResponderEliminar
  12. Casillas e José Sá para o ano. O Helton gosta muito de se fazer de vítima, com estas entrevistazinhas de treta. Depois nem sequer é homenzinho para dizer o que quer, fica sempre pelas meias palavras, insinuações... Saúde. João.

    ResponderEliminar
  13. Carlos Secretário? o falecido pai dele era uma excelente pessoa.. toda uma família sportinguista muito simpática, embora o carlinhos junior sempre tenha sido o bananinha aqui da terra...

    Mário Costa, são joão da madeira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos Secretário, dos melhores DD de sempre, do F. C. do Porto.

      Eliminar
  14. Sugiro que nos juntemos e façamos uma vaquinha para pagar o bilhete de ida do Helton.

    E já vai tarde.

    Acho que conseguiu destruir tudo de bom que ainda tinha.

    Abraços

    ResponderEliminar
  15. Um jogador que qd se lesionou teve milhares de pessoas a aplaudi - lo e o mesmo Qd regressou. Todos o incentivaram no infortúnio. E vem-se queixar de ter poucos amigos. Só pode ter perdido a noção. Qto ao mais nunca foi um capitão à Porto.

    ResponderEliminar
  16. Falando de guarda-redes, é com óbvio sentimento que agradecemos muitos triunfos a Helton e Edo e deixaram cá um grande marco.

    Depois deles irem teremos sempre um futuro risonho nas balizas, o que deixa-nos bastante contentes.

    Agora Helton tem de se decidir, porque existe muitos GRs que querem pegar com ela.

    É mais uma decisão para se tomar, e que seja tomada para o futuro.

    Ao hóquei, perdemos a liga e a liga europeia, mas com esta conquista já podemos ter a certeza que com esta equipa que irão repensar nesta época que agora findou e fazer a próxima de forma mais estável.

    Parabéns Hóquei FC Porto!!!

    Abraços.

    ResponderEliminar
  17. àparte de ter sido um bom guarda-redes, e penso também que um bom profissional, nunca foi para mim especial, pois sempre o achei puxa saco,"lambe botas" com todas aquelas vénias perante os adeptos,colocar a mão em cima do emblema sagrado, pensei sempre para mim "que cinismo", e prova está nas suas atitudes (em praça pública), porquê aquelas lamúrias todas, tem mais um ano de contrato, não tem?, só tem que se apresentar e posteriormente, será o treinador a decidir se ele deve continuar ou não, aí sim, defenderá os seus direitos, bem como o FC Porto os seus.
    Bela vitória do Hoquei Patins, só não estou bem esclarecido, porque nunca li, o Edo termina o elo ao Porto, porque é ele quer quer ou foi dispensado?, pois pelo que entendi sobre o Reinaldo Ventura, dispensaram-no, aconteceu com o Edo o mesmo?, na questão destes dois jogadores se assim foi, na minha opinião é de uma grande injustiça.

    ResponderEliminar