domingo, 24 de julho de 2016

Desnortes E Expectativas Baixas

A notícia de hoje de que Adrián irá integrar o estágio do FC Porto deixou-me bastante preocupado. Não pela qualidade do jogador, que acho bastante grande. Estou, aliás, perfeitamente à vontade quanto a Adrián - não houve ninguém na bluegosfera que o tivesse defendido mais do que o Porto Universal. 

Há, inclusivamente, uma perspectiva que pode achar boa esta ideia: substituindo o inoperante Hernâni, com a mesma velocidade mas muitíssimo mais técnica e qualidade de passe, jogando em 4x4x2 ou 4x2x3x1, aproveitando a enorme mobilidade de Adrián e a sua capacidade para jogar nas costas do ponta de lança, dando um belíssimo apoio a André Silva e alternando com Bueno no ataque. 

Adrián López é um jogador muito bom, mas foi também o jogador mais humilhado e ridicularizado DE SEMPRE no Estádio do Dragão. Adrián foi feliz no Villareal e tenho a certeza que gostaria de por lá ficar. De certeza que não por causa do FC Porto, mas porque ninguém gosta de ser assobiado mal toca na bola! Ele tem a capacidade de marcar golos magistrais como este, mas é capaz disso no Villareal, onde os adeptos gostam dele e o respeitam. O que não é o caso do "exigentes".

Mas o problema vai muito para lá de Adrián: é um problema de total ausência de rumo e de navegação à vista que demonstra. Dizer a um jogador que não contam com ele e afinal ir buscá-lo demonstra um grande desnorte e uma falta de rumo clara! 

E, naturalmente, não fujamos do elefante no meio da sala: se ainda só sairam emprestados e o Maicon, demonstra uma anormalmente fraca capacidade negocial Portista, um descarrilamento do TGV contabilístico que os mais atentos já esperariam, mais cedo ou mais tarde, mas que custa muito ver acontecer.

É por isso que, junto com o meu Imbicto amigo, não deixo de dizer que não há mal nenhum numa "Dragon Forcização" do FC Porto, sendo que, para isso, é necessário um natural baixar de expectativas e a noção clara de que muito pouco disso é culpa do treinador. Veremos até ao começo da época, mas é preciso ter bem claro que não se fazem omeletes sem ovos.

Serei um indefectível Portista, presente no bom e no mau, de início ao fim, à espera do melhor mas preparado para o pior. Claro que, se tal vier a acontecer, não haverá mais corda para aqueles que, tão irresponsavelmente, terão arruinado o capital vencedor do FC Porto, pondo-se à frente dos superiores interesses do Clube.

53 comentários:

  1. É verdade, Jorge. Ninguém acreditou tanto no Adrián como tu. Aí está a oportunidade, outra, para o homem se justificar.
    Quanto ao resto, a mim parece-me muito bem que se aproveitem os recursos da casa e, ao contrário de ti, parece-me um belo ato de gestão.
    E quem tem que se queixar dos ovos é o Petit, nunca o NES...
    Abração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, tudo muito bonito, mas e quem é que o proscreveu para a B? Foste tu? Fui eu?

      Abraçom

      Eliminar
    2. E já agora, isso que importa?

      Eliminar
  2. Depois de umas piadolas sobre Adrien Lopez no DaM, com a complacência do caro MVP, gostaria, mais a sério, de dizer isto:
    - pouco me importa se querem ou são obrigados a reciclar jogadores nossos emprestados a outros, ou a treinar na "B"; afinal por muito que a qualidade não seja igual áquela que nos habituaram, têm, certamente, os requesitos minimos para jogarem no FCP, impedindo-nos da descida de divisão.
    O que me preocupa são os (mais que) sinais dados á Nação Portista do "tsunami" financeiro que a famosa Estrutura nos parece ter conduzido, mesmo depois dos muitos milhões
    anteriormente ganhos. Se assim for e pode até não ser nada disto, pode ser uma outra coisa qualquer que esteja para lá da minha afectada inteligência, JNPC, que ajudei a eleger e durante anos e anos peticionei, com a minha assinatura, as suas sucessivas reeleições, chegou ao fim como Presidente. Tenho consciência que o corno é sempre o ultimo a saber da traição, mas a ser verdade, é intolerável e o Povo Portista fará algo para correr com quem fez mal ao Clube. E tal como em 82, também estarei lá para apoiar quem vier por bem. Pela minha saude.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se ficar demonstrado que não está nem aí para isto, que está a privilegiar outros interesses, sairá por uma porta muito mais pequena do que aquela que deveria ter saído.

      Abraço

      Eliminar
    2. Outros interesses em reintegrar Adrian!!! Paga-se o salário ao homem, porque é que ele não terá de trabalhar. O treinador não tem poder absoluto para prescrever outros que tal como ele e há adeptos muito confusos no F. C. do Porto, são funcionários do clube.
      Jorge Martins

      Eliminar
    3. Olhó virus! Saudades pá! Agora até achas que sou contra a integração do Adrián! Como sempre, longe, muito longe, do problema!

      Abracinho!

      Eliminar
  3. Também pode ser que haja arrependimentos, e que Adrian faça um melhor trabalho.
    Eu também sou daqueles que duvida dele, mas pode ser que ao fim da época possa meter uma fita-cola na boca.
    A ver vamos, se a mentalidade do Adrian irá melhorar, saberá que terá uma expectativa negativa por parte dos adeptos mas é aqui que os bons e grandes jogadores ganham o seu respeito.
    A verdade é que gostava que alguns dos jogadores calassem a boca a alguns adeptos, e talvez estes adeptos saibam dar valor ao que têm e apoiem mais a equipa toda.

    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa é a parte que não entendo. Porque é que deveria ele saber que "terá uma expectativa negativa por parte dos adeptos"?

      Não é um jogador do FC Porto? Não veste de Azul e Branco? Então, carago? Estamos onde?

      Os "exigentes" também têm de baixar à Terra e deixar de fazer figuras tristes!

      Abraço

      Eliminar
    2. A expectativa negativa é obviamente o facto de muitos adeptos não gostarem dele e não esperarem nada mais do que o seu fracasso.

      Eliminar
    3. Isso, sem nada que o mereça ou justifique, é de adepto mal habituado e demasiado gourmet.

      Eliminar
    4. Indi, Quintero, Evandro, Brahimi são atletas do F. C. do Porto

      Eliminar
  4. Caro Jorge Vassalo,

    Estamos perante uma clara mendetizacao do FCP. Os sinais estão lá todos. Péssimo acto de gestão esta reintegração e não tem nada haver com o valor do jogador. Andamos a brincar ao futebol. Não há treinador que nos valha.

    Raoc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que sejamos desprovados nos próximos dias!

      Abraço

      Eliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tas pirulas, ó Silva?

      Até parece que não me conheces, carago! O facto de estar preocupado não é um "Portismo de trazer por casa!" É estar MESMO preocupado!

      Se tu achas que vai tudo bem, e é muito normal um atleta ser posto na B e depois irem buscá-lo - sem, obviamente, idade nem estatuto para isso! - pronto, fixe, porreiro pá!

      Mais, caro, TUDO o que escrevi até hoje é uma directa CONTRADIÇÃO a "e tudo o que possa reluzir foi obra do acaso."!

      O bom e o mau das coisas tem um responsável primeiro, o Presidente, e depois a SAD, treinadores, jogadores e por aí em diante.

      Aponto e vibro com as vitórias. Sofro com as derrotas. Tal como tu. E sei dar valor a quem de direito, numas e noutras!

      Que raio Silva, não esperava essas bocas vindas de ti.

      Abraço

      Eliminar
    2. Não fui eu que larguei a gasolina Jorge. Com ou sem intenção. Seja como for, faço minhas as palavras do Miguel, abaixo.
      Abraço.

      Eliminar
  6. Sempre apreciei as qualidades deste jogador, vejo com bons olhos a sua reintegração no plantel desde que haja vontade do jogador.
    Quanto à chamada do Adrian após algumas semanas a treinar com a equipa b, podem ter contribuído dois factores: o Adrian mostrou vontade de fazer parte do plantel deste ano e NES pode ter percebido que o conjunto de jogadores do porto teria melhor desempenho nu 4-4-2 tal como tivemos nas épocas com Mourinho.
    Adrian e Bueno jogam melhor como segundo avançado. Brahimi jogaria melhor um pouco mais recuado na ala, Otávio e João Teixeira assumiriam um papel mais criativo também tal como Deco tinha. Herrera poderia ser o nosso "Maniche" caso não venha a sair. A ver vamos...
    Saudações portistas!

    ResponderEliminar
  7. Mas está tudo louco? E se tudo o que se conjectura - e convém referir que tudo o que se aventa não passam de 'suponhamos' - foi com a anuência do jogador? Está tudo a apontar para o descalabro e para o copo meio vazio; eu prefiro ser ovelha choné e zelota e seguidista, e conscientemente optar pela perspectiva do copo meio cheio. E relembro queestamos em fase de experiências, que é para isso que ela(s) serve(m).

    Miguel Lima | Tomo III

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou completamente a favor de todas as experiências.

      Abraço

      Eliminar
  8. Caro Jorge Vassalo,
    A nau portista anda à deriva e aparentemente Pinto da Costa jamais conseguirá livrar-se de quem sustenta e de quem é sustentado por ele. A sensação é de que o Clube deixou de ser dos sócios para estar cativo de uma família e dos seus amigos o que a ser verdade é um pesadelo. Pelo andar da carruagem vamos ter mais uma época de seca a não ser que por ironia Jorge Mendes nos salve. Ao que chegamos!... Que o futuro nos traga e boas coisas mas que isso não passe por Oliveiras ou por Baías. Há muita gente boa no Porto que terá que aparecer. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperemos que os proximos dias nos desprovem.

      Abraço

      Eliminar
  9. Viva as putas caralho, quero é foder.q se foda o futebol,não achas Jorge? The Tone.

    ResponderEliminar
  10. ora bem, porque razao adrian nao deve tentar singrar no porto ? se abou nao joga nada , porque razao nao despacham abou e nao poe adrian a jogar na sua posiçao, jonas era uma trampa no valencia e agora marca golos de todas as maneiras, ir buscar quem?? afinal?? dizem que estamos no descalabro financeiro e querem craques?? gonçaço faria o quintuplo de abou, tanto jogador a despachar e nao joga nada brahimi, herrera, evandro, jusoe, e outros. Nao conseguem fazer negocio?? mas quem quer herrera, brahimi, jusoe, evandro e ourtros , ate podem querer mas por uma tuta e meia. Dizem que rafa ja e nosso sao 20M afinal em que ficamos? QUAIS SAO OS JOGADORES DO PORTO APETECIVEIS?? agora se outros vendem taliscas, salvios, cavaleiros, e por ai por balurdios .... ou a propaganda e boa e nos nao temos ou entao .... o nosso presidente ja nao tem pedalada para estar aqui e ali , o outro morcao so tem feito asneiras e e muito mais novo. A equipa pelo que se tem visto com mais 2/3 jogadores bons fica muito boa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se você acredita nos valores das "vendas" da capa da bolha....

      Mas sim, concordo, a distância entre um bom plantel e um meh é um danoninho. (olive branch, Silva)

      Abraço

      Eliminar
    2. Tens mesmo que largar o álcool rapaz :) Só precisaria de ramos se me zangasse contigo. Escreve aí: eu posso discordar de ti, mas NUNCA me zango contigo. Agora raminhos, pfff, panasca :)
      Abração, que é coisa de homem, está claro. Lol

      Eliminar
    3. pfff muito estrogénio por aqui, carago!

      Eliminar
  11. Eu vejo a integração do Adrian por 2 prismas, 1 o NES está a verificar que o 433 não é o melhor sistema de jogo daí ele como o bueno serem importantes na alteração tatica. O 2 o clube quer mostrar com a integração do jogador que conta com ele e assim lançar o isco para o mercado para ser vendido.

    Abraço
    Miguel S

    ResponderEliminar
  12. Eu vejo isto tudo de uma forma muito pouco animadora. Posso estar errado, mas em menos de um mês vamos ter jogos muito importantes e ainda falta definir tanta coisa... Estou muito preocupado. Não vou criticar ninguém nesta altura mas daqui a um mês faremos o balanço que espero seja bastante positivo.

    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, creio que nos próximos dias muito se esclarecerá.

      Abraço

      Eliminar
  13. Adrian Lopez é claramente um caso de psicólogo, e não um problema de qualidade do jogador.

    Se fossemos só pela qualidade, e mesmo que a maioria dos portistas entre em convulsões com esta afirmação, ele é dos melhores elementos do plantel. Um jogador com técnica, rapidez q.b. e posicionamento. O grande problema do Adrian está na cabeça. Dos jogos que o vimos fazer num passado próximo, Adrian parecia um corpo estranho na equipa. Desligado do jogo. Triste. Derrotado.

    Penso que se ele mostrasse um pouco de garra e vontade de envergar a nossa camisola, as pazes seriam feitas entre portistas e o jogador.

    Caramba! Estamos num país em que ninguém contestará que Éder seja o titularíssimo da selecção (ok, por 1 só jogo e depois isso passa...).

    Para um avançado é sempre fácil fazer as pazes com o público. Bastam golos, de preferência em jogos importantes ou decisivos. Pior, muito pior, é a avaliação que os adeptos fazem de outros jogadores. Dou um exemplo muito claro. Apesar só por vezes cruzarem na posição 8 (ou 6), a verdade é que Evandro é um jogador bastante mais evoluído do que Ruben Neves. Isto em futebol jogado. Tem visão de jogo, é um mestre da circulação e raramente falha um passe, além de que sabe aparecer em zonas de finalização. A diferença está em que um é menino da casa e o outro vem de fora. Mais nada.

    Este exemplo é extensível a todo o Porto atual. Dei o exemplo de Evandro, mas podia falar de Herrera, Casillas, Brahimi ou mesmo Corona. O portista actual vive em tsunamis de paixões, capaz de colocar alguém nos píncaros para de seguida o enterrar na fossa. Arrisco-me quase a dizer que um jogador com um nome menos "estiloso" é motivo para não cair nas boas graças da plateia.

    O portista actual deve ter-se esquecido do que eram os plantéis do FCP dos anos 80. Eram 20 e tal guerreiros com um par de virtuosos. Da equipa que ganhou a final com o Bayern, trazida para os tempos actuais, a maioria dos jogadores seriam achincalhados. Tinhamos 8 homens de barba rija que sabiam o que era defender, mas apenas Futre e Madjer sabiam o que era tratar a bola com classe e arte.

    O baixar de expectativas pode não ser uma má estratégia de gestão. Seria até de louvar, caso fosse voluntária e consciente.

    O problema é que não me parece existir qualquer voluntarismo na presente situação...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Plenamente de acordo sobre Adrian Lopez. É um caso psicológico, de atitude e de treinadores de quem facilmente os atletas se apercebem que são incompetentes.
      Quanto ao plantel dos anos 80, em completo desacordo. Lembra-se da asa direita desse tempo? Lembra-se do Gomes? Sousa, Jaime Pacheco? Pelo contrário, atrever-me-ia a dizer que dos actuais, só Brahimi e talvez Herrera, pudessem integrar esse plantel.
      A. Baeta

      Eliminar
  14. Para os que gostam de ignorar certos "detalhes" apenas recordo que o Adrián López marcou mais de 50 golos durante toda a sua carreira em Espanha e chegou até a ser chamado á selecção espanhola. É verdade que com Lopetegui foi um verdadeiro fiasco mas também, sejamos francos, com esse treinador praticamente todos os jogadores foram sub-aproveitados. Portanto, acho justo que lhe seja dada um nova oportunidade e quem sabe senão se revelará uma agradável surpresa. E atenção que não sou propriamente fã do jogador mas temos que ter discernimento para perceber que nem tudo o que temos é entulho. Existe qualidade mas muitas vezes, por uma razão ou outra, ela é mal aproveitada e as coisas não funcionam.

    Se o Clube e o treinador mostram confiança num jogador, então os adeptos deverão também mostrar apoio, senão não saímos deste ciclo destrutivo em que entrámos em que parece que tudo está mal e tudo é mal feito.

    Aguardemos para ver.

    PL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É pena que não entendam que, aqui - e logo aqui! - não se entenda que o erro que aponto não é a repescagem do Adrián mas antes o ter ido para a B sem nenhum horizonte definido!

      Abraço

      Eliminar
  15. Imbicto Jorge,~

    Lembras-te dos tempos das consolas dos anos 80 e 90? Lembras-te de como era brutal e viciante o jogo até empancar?
    Pois bem... Estamos todos em frente ao ecrã: uns fartam-se e carregam no "reset" do cartucho; outros continuam à espera que o jogo retome para não perderem o progresso.

    Imbicto e agradecido abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou dos últimos. Vamos ver se temos um bom "savegame".

      Abraço

      Eliminar
  16. Às vezes não o entendo, Jorge... então não deveríamos esperar para saber antes de falar ? a meu ver pode tudo acontecer: que o homem esteja a jogar para ser vendido; que se tenha arrependido de querer ficar em Espanha; que o clube o quira vender e o Villareal não tenha cacau para o comprar; ou inclusive que o Nuno tenha repensado a estratégia e queira experimentar a mesma cena com outros figurantes !
    Se nós não damos hipótese ao treinador e à SAD, acha que os "exigentes" vão dar oportunidade sequer à bola ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Você não entendeu. O ridículo foi tê-lo posto na B sem plano, não ir buscá-lo!

      Abraço

      Eliminar
  17. Meus amigos isto é muito facil, se a direçao foi eleita é porque acreditam nela, se acreditam nela so tem de partir do pressuposto que estao a agir da forma mais correta. Nao percebo tanto espanto por integrar o Adrian, Imaginem que nuno se lembrou de tentar 4-4-2 e viu que aboubakar nao serve e que precisa de mais amostras. Ta aí o Adrian.Isto é so um exemplo, outro pode ser para mostrar que conta com o jogador para o vender melhor...tanto mimimi caralho, deixem os homens trabalhar senao eles pensam que o pessoal anda a trabalhar por eles...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas quem é que está contra a integração do Adrián? Eu estou a escrever em chinês ou esperanto?

      Abraço

      Eliminar
  18. Realmente, .... ninguém leu o texto ? Só o titulo !

    Para mim o maior problema do Porto nos últimos anos, é a diferença entre Treinador/Selecionador.

    Houve anos gloriosos onde tínhamos treinadores. Homens que pegavam em gato sapatos desconhecidos e que depois eram vendidos para clubes enormes. Homens que pegavam em certos jogadores "brinca na areia" e os tornavam jogadores completos.

    Hoje em dia temos selecionadores. Ou o jogador já sabe tudo e o que fazer, ou vai de carrinho ( ou o Porto vai de carrinho ). Não percebo por que há jogadores com tanta qualidade no plantel portista ( e jovens ), mas por que ainda não são jogadores completos, não interessam.

    Muitos casos nos últimos anos, e este mais um, que quando um jogador não está a render, em vez de se intrigarem "como vamos meter o jogador a render e qual as suas dificuldades", intrigam-se "como vamos despachar este cepo".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tão excelente o seu ponto de vista que até vou aproveitá-lo para fazer um hara-kiri público :-)

      Lembro-me de 2 laterais que passaram recentemente pelo fcp, que tinham boa técnica, eram razoáveis a atacar, mas deixavam buracos e autoestradas nas costas. Agora são laterais de classe mundial. Danilo e Alex Sandro eram os seus nomes.

      Lembro de um trinco que passou por cá, que distribuía pau por tudo que mexia. No fim era titularissimo e, depois de sair, tornou-se o esteio defensivo do campeão europeu. Casemiro era o seu nome.

      Lembro de um miúdo irrequieto e brinca na areia, que tornou-se um mestre na circulação e penetração nas defesas adversárias, sendo actualmente um dos sonhos dos adeptos. Óliver é o seu nome.

      Até me lembro de 2 autênticos mancos, que encabeçavam a melhor defesa da Europa. Indi e Marcano eram os seus nomes.

      E o Alexandre vem para aqui dizer que treinadores são necessários para fazer evoluir jogadores?
      Veja o que os jogadores evoluíram após janeiro último.

      No FCP não se quer treinadores para fazer evoluir jogadores. Nem jogadores com potencial, para evoluírem. No FCP quer-se um all star team do FM Manager com um treinador capaz de ganhar 34 jogos do campeonato, todos os jogos das taças, e que consiga no mínimo a final da Champions. Talvez esse treinador seja suportável.
      (não perder nenhum jogo do campeonato não chega. Que o diga V. Pereira)

      Com aquela derrota comprometedora para o título de campeão da pré-época, metade dos portista já estão de pé atrás com o NES. Se amanhã perdermos com o Bayer, talvez seja um bom motivo para despedimento. Vamos lá ver se ele aguenta até ao jogo com o Rio Ave... LOL

      Eliminar
    2. Terei sido eu a escrever este comentário? Na dúvida, apoio, pois claro! :)

      Eliminar
    3. Subscrevo e assino por baixo. Daí a ter dito que parecemos adeptos de um qualquer clube turco. Vociferamos a torto e a direito, pensando que os nossos perdigotos nos darão razão!

      Eliminar
  19. Danilo evoluiu. André Silva evoluiu.
    Danilo agora é lateral de classe mundial? Em Madrid é piada.
    No entanto Danilo e Alex Sandro já eram da Selecção Brasileira antes de ingressarem no F. C. do Porto.
    Treinadores não são necessários para fazer evoluir jogadores?
    Ainda poderíamos ter o Fernando Santos. Uns empates e muita fé eram suficientes.
    Jorge Teixeira

    ResponderEliminar
  20. Longe vão os tempos em que por aqui se escrevia "contas não me interessam". Mais recentes são os tempos de entusiasmo, por aqui também, com uma entrevista do Presidente a prometer novos tempos.

    E, no entanto, nada mudou, tirando o entusiasmo do autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos ver se nos entendemos: o autor vai-se entusiasmar e desiludir quantas vezes forem as que o autor sentir e achar.

      A emoção de ser ADEPTO é essa mesma.

      Eliminar