sábado, 23 de julho de 2016

Pré-época: Análise Vitesse 1-2 FC Porto: Separando O Trigo Do Joio


Como sempre, há que fazer dois sublinhados antes de começar a crónica: estes não são onzes do FC Porto e esta não é a velocidade da equipa. Mas uma coisa parece certa: há jogadores que estão claramente a perder o comboio, e há jogadores que já se estão a destacar para um onze futuro. pela sua consistência e qualidade no jogo da equipa. 

João Teixeira, Otávio, André Silva, Alex Telles, Maxi Pereira e Corona - que grande evolução que teve este pequeno mexicano, em velocidade e principalmente em intensidade defensiva - estão já numa posição de destaque em relação aos seus concorrentes para as posições. Bueno - que chegou agora - foi uma agradabilíssima surpresa, dinamizando a frente do ataque e criando os tais desequilíbrios que nos faltaram em toda a primeira parte.

Mas a verdade é que Chidozie está mesmo muito verde, Hernâni tem velocidade mas muito pouco critério, Layún parece tenso e desconcentrado e o trio de meio campo da primeira parte (Rúben, André e, principalmente, Josué) não funcionou de forma nenhuma. Aboubakar continua, para mim, um mistério, capaz do melhor e do pior, e Varela, apesar de cumprir defensivamente, não me parece ter a acutilância de Maxi Pereira.

Não incluo Brahimi e Herrera neste lote porque estou convencido que serão as próximas vendas Portistas. Mas ambos foram preponderantes nas suas posições enquanto jogaram. 

O próximo jogo é contra o Bayern Leverkusen e Nuno Espírito Santo já avisou que será um jogo onde quer que os jogadores joguem 90', ou seja, próximo de um onze inicial Portista. Estou convencido que muitas contratações e dispensas serão feitas antes dessa data. Indi e Quintero já parecem não contar.

24 comentários:

  1. Analise sobria e fiel do que se passou. Pegando nos destaques ainda dava um ponto a mais a octavio, se tivesse de escolher um jogador que teria de constar no 11 seria Octavio, 11 jogadores com a vontade e intensidade de octavio é a chave.

    Na primeira parte o jogo foi digno de um jogo da epoca passada, onde a equipa tem bola, nao cria nada e defensivamente (centrais laterais e medio defensivo) é so tragedias.

    Se ha algo que temos de nos agarrar e sonhar é que nuno acredite que possa jogar com octavio e joao teixeira na mesma equipa.

    Reyes nao esteve tao mal como pode parecer mas com tanto falhanço dos companheiros da defesa no meu ver é mais vitima do que culpado.

    Esperam-se reforços e que nuno comece a apostar num onze para que estes jogadores criem rotinas e cheguem preparados ao inicio da competiçao

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez Reyes ao lado de Felipe possa ser melhor. Acredito que é capaz de mais. Por isso não falei nele. Mas um central mais não era mal pensado.

      Não sei se viste mas Otávio está entre os meus destaques.

      Abraço

      Eliminar
    2. Sim, acho que outro central é absolutamente essencial, vejo mais reyes como u 3o central que podemos contar, mas parece que ainda é preciso ver mais um jogo ou dois dele, talvez com Felipe ao lado.

      Sim eu vi o destaque do Otavio, o que quis dizer é que ainda gostei um pouco mais dele do que os outros que tambem se destacaram

      Abraço

      Eliminar
  2. Jorge,

    Várias coisas sairam deste jogo... Como disseste e bem, Otávio, João Teixeira, André Silva e Corona tem o expresso para a titularidade ganho.

    No meio campo é onde reside a maior confusão e onde ninguém se destaca por ali além (sem ser João Teixeira).

    Bueno foi mesmo uma agradável surpresa e a defesa hoje, meteu água até mais não o que leva à conclusão que não presta mesmo... dá para ser suplente e jogarem um ou outro jogo mas Chidozie tem de ser emprestado para ver se dali sai jogador pois por aquilo que tem mostrado nem marreta serve... Reyes teve infantilidades inadmissíveis. E depois Iker... Iker... Hoje foi um foco de insegurança tremendo.

    No ataque... Aboubakar tem coisa boas como usar o físico e depois segue-se de imediato algo disparatado... Hernâni completamente inconsequente e Brahimi foi Brahimi...

    Para já e para o 1º jogo da época o 11 está-se a aproximar e por aquilo que temos visto diria que Casillas (porque não me parece que o José Sá tenha estatuto para sentar o Iker), Maxi, Filipe, Marcano, Alex Telles, João Teixeira, Herrera(ou André André se o Mexicano já cá não estiver), Ruben Neves/Bueno/Danilo (dependendo da dinâmica que Nuno quiser dar), Corona, Otávio e André Silva.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Casillas tem muita segurança entre postes, teve pormenores de génio (aquela mudança de direcção com os pés e algumas saídas), mas precisa de não estar a ver um filme de terror à frente dele nos seus centrais....

      Há reforços a chegar mas parece-me que esse onze tem tudo para ser forte.

      Abraço

      Eliminar
    2. Para mim Jorge, eu acho que é contratar mais 1 central para titular e 1 extremo abre-latas e está feito.

      Depois só se sairem jogadores como Aboubakar ou Layun é que precisamos de ir ao mercado já que saídas como Brahimi, Herrera, Indi, Marcano, Chidozie, mesmo Danilo já estão colmatas seja por as contratações acima citadas ou seja por opções já existentes no plantel.

      Vamos ver o que por aí virá

      Eliminar
  3. É, no próximo talvês percepcionemos melhor quem não fica, além do Indi e do Quintero. Não acredito no Reyes. Para quem veio dum campeonato competitivo como o espanhol devia ter outra agressividade, que também se tem de exigir a R.Neves, tal como a André2 mais consistência no andamento. Josué, já o disse, não é jogador para o Porto (mas se provar o contrário, cá estarei para corrigir) e Varela naquele lugar só se for contra o Coimbrões. Depois temos alguns problemas como Marcano e Hernani, para mim sem qualidade para jogar ali; mais a imberbidade de Chidozie, a falta de coragem para dizer ao Casillas que o tempo dele, no Porto, chegou ao fim e convencer Aboubakar a ser acompanhado por um psicólogo - a gente sente haver ali "jogador" mas na hora da penetração a coisa esvai-se. Mas nem tudo é mau. Aparentemente o sistema de jogo é agressivo e objectivo, também parece termos acertado nos novos jogadores e num regresso, portanto tenhamos esperança...e reforços para serem titulares.

    ResponderEliminar
  4. Boas a todos.
    Do que tenho visto, o Teixeira é mesmo bom de bola, pode ser o nº 10 que esta equipe procura...e precisa.
    Otávio também tem estado muito bem, mesmo jogando fora de posição, merece mais uma chance.
    Corona, Maxi, Bueno ( voltou de lesão e esteve em grande nível ), André Silva e ....só.

    Do que tenho visto, Varela a lateral será uma avenida com sinal sempre aberto para os adversários...
    Aboubakar me irrita, Brahimi idem, Josué idem, e Ruben anda a errar passes em demasia pra quem joga a 6...

    É pré-época, ok, mas viu-se claramente que os que entraram na 2ª parte, mesmo sem jogarem juntos há muito tempo, se entenderam muito bem,... e o time melhorou...

    Enquanto que na 1ª parte, alguns que jogam juntos há quase 3 anos (!), pouco ou nunca conseguiram se entender...

    Aí é que está a questão, como é possível estes gajos no 1º tempo que jogam juntos há tanto tempo e não conseguem jogar juntos, ou sequer conhecem os movimentos dos seus companheiros, ou sequer tem uma mísera jogada com cabeça, tronco e membros?
    Até parece que a equipe do 2º tempo é que joga junta há anos...

    Não é incrível?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não são duas equipas... calma, lá chegaremos.

      Abraço

      Eliminar
  5. Das melhores coisas que o clube poderia fazer era ser capaz de vender Brahimi e Aboubakar e receber algum com alguns cones que lá estão.... É urgente a contratção de pelo menos 2 centrais de jeito digo eu vá....

    ResponderEliminar
  6. Houve de tudo, mas parece que as rotinas estão a ser criadas e em alguns jogadores como foi dito já estão a ser vistas as melhorias.

    A meu ver as saídas vão ser muitas já as entradas 3 a 4 jogadores no máximo até porque o NES já disse que queria 22 jogadores.

    Abraço e viva ao FCP!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, quarta já teremos uma ideia do esboço final da equipa, sem dúvida.

      Abraço

      Eliminar
  7. porquê meter o Varela a defesa direito e dispensar o Vitor Garcia???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque impedir o VG de jogar regularmente para ser um suplente de um dos jogadores com maior resistência do plantel?

      Abraço

      Eliminar
    2. Penso que Vítor Garcia foi emprestado, porque se ficasse tiraria o lugar ao Maxi e não convém ter um jogador, que foi resgatado ao 5lb no banco

      Eliminar
  8. Caro Jorge Vassalo

    Hoje vi o jogo todo. A primeira parte é horrível ao nível do pior Porto dos últimos anos. Estamos muito débeis em termos defensivos. A nossa movimentação em defesa é simplesmente horrível. Não entendo. Não é apenas uma questão de jogadores. Somos muito passivos e estamos muito longe de funcionar em bloco. Estamos muito longe de ser equipa. E por esta altura já haveria de se ver alguma coisinha... Ganhamos porque o Vitesse deu o estouro e nós mudamos toda a equipa aos 70 minutos...

    Muito trabalho para NES mas confesso que espera já ter visto algum dedo de treinador. Não vi.

    Raoc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, claro. Quando ganhamos é porque o adversário é fraco ou deu o estouro ou....

      Abraço

      Eliminar
  9. Preocupante no mínimo. Nem dá para fazer qualquer tipo de elogio a quem entrou aos 70 minutos, praticamente uma equipa nova, a jogar contra uma equipa que já estava esgotada. Qualquer análise a estes ultimos 20 minutos é muito falaciosa.
    Tinha esperanças e NES, mas quem dispensa Victor Garcia para ficar com Quaresma, quem insiste com Ruben Neves a 6, quem joga com Reys ou Marcano e despreza Indi, não augura grande coisa.
    Rui Pinto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão falaciosa como desancar os 70 minutos contra o PSV, ignorando os primeiros 20, contra o campeão holandês, mais adiantado né preparação. Chama-se pré-época. Diz que é uma coisa nova...

      Eliminar
  10. Eu mantenho a minha.
    Mais 2 centrais (1 para titular)
    2 extremos (para titulares)
    1 avançado (titular a dividir com André)
    E o Layun é dextro, logo pode jogar na direita e Telles na esquerda.
    Vamos lá ver o que é que dá.
    Rúben Alves.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Veremos no fim como se compõe isto....

      Abraço

      Eliminar