segunda-feira, 7 de março de 2016

Agora, Está Melhor?


Quando Lopetegui saiu, o FC Porto tinha uma derrota para o campeonato, contra o sportem. Agora tem quatro, duas delas com Peseiro. Não culpo José Peseiro, acho um bom homem, com boas ideias mas com jogadores que não estão adequados ao seu modelo. Tenho dúvidas, e creio que legitimadas, se muitos dos jogadores do plantel teriam sido contratados, tivesse Peseiro uma palavra a dizer.

Com isto não estou a dizer o costumeiro "o plantel não vale a ponta de um corno". Vale. Vale muito mais do que mostra. Mas há ainda um desfasar entre as ideias do treinador, a sua filosofia, e o modo como são interpretadas as suas ideias pelos jogadores.

Para isso serve a pré-época. Sejamos francos, tenho bastantes dúvidas que Peseiro esteja cá em Agosto. Vai rolar mais uma cabeça, sempre pelo mesmo motivo: não se conseguiu o campeonato, salta fora o principal culpado - o treinador. Haverá a costumeira enxurrada de vendas, no carrossel que é a gestão de casino do plantel, mas haverá um pouco mais: a cada vez maior escassez de matéria-prima potenciada e vendável. 

O que duvido que haja, é a mudança de atitude de quem manda. E por uma razão simples: porque podem. Não há coragem de figuras notáveis enfrentarem um poder obcecado em manter saciado o monstro financeiro que criaram. O Portismo, que não duvido que exista, destas ditas figuras, que de ora em diante designarei como "presidenciáveis"- não querem ser vilões, por muito que possam ser, na verdade, heróis- aparentemente não chega para tanto. 

Claro que todos nós preferiríamos, a qualquer um deles, um NGP como já tivemos: forte, acutilante e acérrimo Portista, que punha o FC Porto à frente de, literalmente, tudo e todos. Não tenho muitas dúvidas que esse Pinto da Costa não seria amigo deste. Mas os Xistremas, os Costas, e por aí em diante, só sobrevivem connosco porque nós deixamos. Bem sei que a Dragões Diário pode, afinal, ser nossa contemporânea, mas não chega. Há que reformular a atitude, também para que a liderança cative a verdadeira força do FC Porto - os seus adeptos.


Adeptos esses que, diga-se, não se ensaiam nada em assobiar tudo e todos - menos, curiosamente, a administração! - que não dão tempo ao tempo, que não dão espaço para o crescimento e o erro natural daí consequente, que deixam estádios às moscas, mesmo em casa. Nunca se ouviu falar, se ouve ou ouvirá falar de uma onda azul. Parece que ganhar tem de ser uma coisa por decreto, instantânea e imediata, que a mudança de paradigma, por eles próprios pedida, deve ser de geração espontânea. Não é. Demora. 

Mudar, de cima a baixo, para se recuperar o que faz do FC Porto o FC Porto, é de vital importância. Está na SAD, sim, no treinador, sim, nos jogadores, sim, mas fundamentalmente, em nós. Saber onde está o inimigo, quem nos quer ver desaparecer. E deixar de lhes dar ouvidos, apoiar a nossa equipa, exigir as mudanças a quem pode mesmo mudar. Quem trabalha no e para o FC Porto deve pô-lo à frente de tudo. Se não for assim, seja quem for, seja porque for, deve ver o olho da rua. Mas o Dragão e os estádios devem estar repletos de Azul, a equipa deve sentir a nossa força onde quer vá. Só fazendo a nossa parte poderemos exigir. Senão, seremos inócuos. E uma massa adepta inócua não pode esperar uma direcção contundente. É a primeira que valida a última.

43 comentários:

  1. Caro Jorge Vassalo,

    Não culpo os jogadores e muito menos o José Peseiro. Acredito que cada um dá o melhor de si. Eles querem ganhar mas não conseguem. Não sou adivinho nem estou suficientemente perto da equipa para saber que raio de bloqueio é este, mas que alguma coisa não vai bem, lá isso não vai. Não tenho tanta certeza que o JP não esteja em Agosto. Qual a alternativa? Marco Silva? AVB? Será possível contratar algum dos dois? Se for, muito bem. Se não, é melhor não mexer. JP é um bom treinador. Precisa de tempo. Já agora...a quantidade de lesões musculares que vamos tendo. E a falta de pernas a partir da meia hora de jogo. Estamos mesmo em pré-época.
    Resta ganhar os nove jogos que faltam mais a Taça de Portugal. No fim fazemos as contas.
    Apelo ao NGP que demonstre que está vivo e com capacidade para alterar este rumo. É urgente que assim seja sob pena de também eu começar a acreditar que o fim de ciclo chegou.
    Um abraço,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há fim de ciclo com re-eleição à vista...

      Abraço

      Eliminar
  2. Meu caro Jorge tudo que diz é muito bonito mas a prática demonstra que atualmente e com esta administração o clube deixou de ser dos sócios. Estes servem simplesmente para pagar as quotas e os lugares anuais. Deixamos de ser um clube de futebol para sermos simplesmente um lugar de negociatas onde muitos ganham fortunas sem nada fazerem. A renovação do Ruben Neves é um caso paradigmático que ilustra bem esta situação. Os títulos desportivos deixaram de interessar pois o que conta são as comissões que se ganham na compra de jogadores sem critério desportivo algum, como se pode ver agora no mercado de Janeiro. Se o orçamento é o mais caro do campeonato e a qualidade dos jogadores é tão fraca algo não bate certo e devia ser investigado. Quando se está demasiado tempo num lugar perde-se a noção da realidade e ganham-se tiques ditatoriais do tipo quero,posso e mando.Pinto da Costa mudou as mentalidades quando assumiu a presidência há 30 anos. Lutou contra os poderes instalados e ganhou.Dizia nesses tempos que o clube era dos sócios e que seria incapaz de ganhar dinheiro à conta do clube. Os tempos mudaram e ele também. Quem era guerreiro é agora acomodado,os sócios não existem para ele e a sua voz não se faz ouvir pois as assembleias são controladas,e o que se passa no blogosfera ele não liga pois isso são meia dúzia deles que não representam ninguém. Este clube está a caminhar para o abismo e ninguém lhe acode.Na enorme massa associativa não há ninguém com coragem de enfrentar uma sombra que é o que ele é agora e isso é triste. Para a próxima época o ciclo repetir-se-à, serão contratados meia dúzia de jogadores dar-se-ao a ganhar mais comissões aos amigos e tudo rolarå na maior tranquilidade. Os sócios cobardes tudo de novo aceitarão e a habituação às derrotas será a normalidade. Repetir-se-ao os habituais chavões do Somos Porto,do manto sagrado e de muita mais conversa da treta. Eles continuarão a ganhar milhões e nós a ter noites sem dormir depois de vermos exibições vergonhosas de uma equipa com jogadores sem o mínimo de classe. Despedir-se-ao mais uns treinadores, e o ciclo repetir-se-à pôr mais 4 anos.Não nos podemos queixar pois com o nosso comodismo não merecemos mais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não se votar na direcção, ela não se renovará...

      Abraço

      Eliminar
    2. Completamente de acordo! Dizem que o futebol cega as pessoas...o PC tem 78 anos! Aqui se vê a enorme cegueira de quem o vai reeleger! É como a violência domêstica, "bate me que eu gosto", é incrivel como o ser humano por medo da mudança é capaz das maiores aberrações...PC mais 4 anos no clube, vai deixa-lo no abismo!

      Eliminar
  3. no último jogo que pude ir ver ao dragao, ganhavamos 3-0, recuperámos a lideranca após mais de um ano sem a cheirar, e o lopetegui foi assobiado (caso andré silva). tivesse esta sad defendido o treinador como nos episódios das última semanas, e hoje se calhar só tinhamos adeptos queixosos que nao jogávamos uma merda e que só íamos em primeiro pq os outros eram piores...
    enfim... é o que temos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente, nao andavamos a jogar bem, mas nao perdiamos com qualquer equipa, fui e sou um defensor de lopetegui como serei do proximo, mas peseiro não, fala muito, não diz nada, e depois pede para os adeptos não assobiarem, coisa que concordo, mas se fosse outros a pedirem isso eram cruxuficados. Deixei de acreditar nesta epoca quando mudamos de treinador, pois isso normalmente nao leva a nada, a não ser euforia desmedida, para equipas pequenas serve, mas para o Porto acho que não.
      Agora não ouço tanto assobio, talvez porque se calhar alguns dos assobiadores profissionais tenham percebido a m**** que fizeram.
      Tambem fui ver o jogo contra a academica, e antes de o jogo começar, a minha volta começou a correr a noticia que o sporting tinha empatado, mas, qual vontade suicida, os senhores que se sentavam ao meu redor, começaram a dizer que não fazia diferença, pois iriamos empatar ou perder, e um deles tirou um lenço branco do bolso e disse que estava ja preparado e que o iria fazer. O resto é a historia que toda a gente sabe.
      Peço desculpa por algum erro.

      Eliminar
  4. Relembro que num ano e meio de presença no DRAGÃO, o ilusionista do País Basco perdeu tudo.
    Mas, para quem acredita em Messias estilo AVB, Leonardo Jardim, ou Marco Silva, olhe para o clube cardinal e veja o número de títulos que o senhor 5 milhões (JJ) vai ganhar esta época, valeu a pena tratar de forma miserável o anterior técnico?
    Vítor Pereira e Paulo Fonseca não serviram para treinar o AZUL e BRANCO. Agora muitos questionam o Zé Português.
    As Antas, fazem finalmente jus ao seu nome, o cemitério, de treinadores.
    PC teve problemas GRAVES de saúde e está entrado na idade. Para mim o ciclo terminou.
    Façamos agora um exame de consciência, temos tantos jogadores emprestados e a jogar no PORTO B, não terão eles qualidade?
    O FCPORTO precisa de estabilidade. Despedir José Peseiro será um erro crasso.
    A nossa obrigação como PORTISTAS é apoiar o NOSSO TREINADOR e os NOSSOS jogadores.

    Luís (O do José Peseiro)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O único título ganho pelo senhor 5M foi ganho por.. Marco Silva. Se assim for, só não ganhamos nada com Lopetegui. E porque foi? Por causa da mesma coisa que este ano: um #colinho descarado. Ainda estava cá o "Ilusionista do Pais Basco"!

      Sabe quantos pontos disse a ratazana Santos que ficávamos à frente? 6!!!

      Abraço

      Eliminar
  5. Peçam um favor ao nosso "grande" presidente... que se cale. Sempre que deita faladura "assobiem que dá sorte.. vamos á frente".. "o céu é sempre azul não é vermelho nem verde... pumba pega lá mais uma derrota... Vou dar um bitaite... que dê ao Salvador o dragão de honra na próxima gala... O que é preciso é uns bons jantares com os "amigos" o pessoal que vão aos estádios apoiar a equipa que eu (ele) fica todo sorridente entre os amigos.. guardanapos, Salvador, etc,,, ainda vou ver o B. Carvalho sentado lado a lado a festejarem. Deixem o ir para o Brasil.. como parece que esteve tentado uns tempos atrás.
    Cumprimentos
    A.Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se ele não está interessado em ser... ele...

      Abraço

      Eliminar
    2. Querem que ele fale todos os dias. Depois querem que ele se cale.
      Agora o Lopetegui era espectacular e os jogadores tînham uma grande preparação física. Logo, foi Peseiro que os rebentou?!
      Haja um mínimo de coerência
      Pedro Martins

      Eliminar
    3. Tu és giro, ó virus! Já saíste da toca, foi?

      Ficaste deprimido por constatar que o Lápis pensa da mesma maneira que todos nós? Mas ao Lápis não mandas bocas - e acho bem que não mandes. Mas, para quem passa a vida a pedir coerência...

      Quem quer que Pinto da Costa fale, quer que fale sobre aquilo que nos está a matar - o #colinho, as arbitragens, os lances. E não tem de ser o NGP. Tem de ser é ALGUÉM. Porque estamos sempre a ser comidos.

      Ninguém disse que Lopetegui era melhor do que Peseiro. Onde leste isso? O modelo de jogo é que era outro, menos fisicamente exigente. E agora os jogadores deram o estouro. Chama-se pré-época.

      Ganha juízo e deixa-te de obsessões. Olha, como passas a vida a dizer, sê coerente. E percebe que SÓ MESMO TU é que estás contente com esta porcaria.

      Abracinho

      Eliminar
  6. Caro Jorge Vassalo,

    Sou da opinião que Lopetegui foi muito bem despedido. É verdade que era o "parente pobre" e o mais fácil de despachar. Em comparação, é muito mais complicado despachar uma direcção. Mas, curiosamente, existe um espaço para isso em abril.

    É verdade que Xistra, desde o início do jogo, demonstrou uma certa tendência para o vermelho. Mas, se na deslocação a Belem ainda se falou antes do jogo e o Capela apitou +/- direito, desta vez o silêncio imperou e o resultado foi este. José Peseiro também não quis arriscar muito e, a precisar de ganhar, só adiantou as peças depois de estar a perder. Parece que estava à procura da sorte.... que surgiu par o adversário.

    Sinceramente, não sei se SETE administradores chegam para o que é preciso fazer no Futebol Clube do Porto. Entretanto, seguem na "mama" que o clube lhes dá.

    Dia 14 há assembleia-geral. Haverá tempo disponível para falar sobre o clube. Não acredito que alguém sequer levante a voz.

    Um abraço.

    Porta 26, em blogporta26.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que sim. Falarei sobre isso em vésperas de tal.

      Abraço

      Eliminar
  7. Nos ultimos anos, desde AVB que os treinadores são deixados a defender o clube sozinho.
    Vitor Pereira só por uma vez teve apoio publico na conferencia de Imprensa onde colocaram umas 20 situações a prejudicar o FCP e a favorecer o sistema vermelho.
    Venceu porque só ele e os jogadores acreditaram...mas ainda tinha jogadores de nivel alto...
    Lembro-me de ver e ouvir o que muitos adeptos diziam sobre ele...

    Paulo Fonseca estava verde para este nivel e a sua escolha por parte do Presidente, (apostar em treinadores que vêm fazer a sua preparação ao FCP) foi fatal, Lembro que Paulo Fonseca era adepto do 4231 e com um razoavel plantel não fez nada de jeito, as vezes nem colocava os jogadores no seu sitio...

    Agora em Braga já parece um grande treinador, sem pressão e com um plantel equilibrado, sem ter de ganhar o campeonato pode-se dedicar ás outras competições...

    Julen Lopetegui era adepto de um Modelo de posse de bola, confesso que é o Modelo que aprecio mais, pois as equipas que ganham mais campeonatos por essa Europa fora praticam esse modelo de jogo, pois só isso as faz aguentar uma Época inteira a um bom nivel para chegarem ao final da Época em condições de vencer outros titulos.
    Na 1ªEpoca teve alguns erros, é verdade, mas fez 82 ou 83 pontos a 3 do colinho (colinho esse que lhes deram uns 10 pontos)...
    Com 82 pontos tinha sido Campeão quase sempre nos ultimos 10 anos...

    Mas Julen é que tem as costas largas para levar com as culpas do Presidente e dos adeptos no geral por ter sido o unico durante um ano inteiro a defender o clube contra a mafia vermelha, seja de arbitros seja da Comunicação Social...

    Parte 1
    Gil Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Subscrevo. Ainda tenho pesadelos a ver Josué junto com o Fernando e o Lucho a segundo avançado...

      Abraço

      Eliminar
  8. Parte 2

    Este ano perdeu os melhores jogadores e mesmo assim eu ouvia os Portistas "emprenharem" pelos ouvidos e dizerem que era o melhor plantel dos ultimos 30 anos.

    Como...?

    Sai a meio da Época, com um plantel construido para um Modelo e a SAD demora 3 semanas ??? a convencer um treinador a vir para cá.

    Rui Barros perde o jogo em Guimarães e vence no Bessa para o campeonato e para a taça.

    Peseiro dá a cara e vem, Honra lhe seja feita, pega na equipa e com jogos de 3 em 3 dias tenta implementar um modelo novo e muito diferente do anterior.
    Fazia falta uma pré-epoca nesse momento, mas tal não era possivel.

    Esta mudança de Modelo trás situações positivas, mais homens perto da area adversária, mas desiquilibrios e muitos defensivos, pois os laterais são muito ofensivos e descuram a defesa e como temos centrais fracos desde que Mangala e Otamendi foram vendidos...
    E como os médios cobrem mal as laterais defensivas, fica um espaço, como se viu no lance do 2ºgolo do Braga, com Maxi a não estar na posição e do outro lado Layun a ter de fechar no meio deixando o seu homem nas costas livre de marcação.
    Isto é o Modelo de Peseiro, com pré-epoca seria diferente?
    Talvez...

    Rotinas e tacticas de jogo trabalham-se nos treinos, mas com jogos de 3 em 3 dias não dá...

    E como este novo Modelo exige mais fisicamente dos jogadores, estes ressentem-se e muito nesse aspect, talvez por isso as lesões e o estouro fisico de alguns jogadores aos 60, 70m...

    Se vencer a Taça e acabar em 2ºlugar (o 3ºlugar terá 2 pre-eliminatorias num Verão de Euro...) deve continuar, senão irá vir outro treinador para o ano e mais uma revolução deve acontecer...

    E digo Revolução porque a SAD precisa de se alimentar de comissões do entreposto de jogadores que criaram com o nome do FCPORTO.

    O Silêncio da SAD...

    Porque? Qual a causa disso?

    Apito dourado, alguem tem dados diferentes dos que vieram a publico e com isso pressiona o Presidente e a SAD?

    Se não for isso, então ainda é pior.
    Significa que o Presidente abdicou de Presidir o Clube e passou a ser mais um comissionista.
    Os membros da SAD só fazem o que o Presidente manda, ou é algum destes que o tem preso a compromissos?

    Lamentavel é a falta de opções, ninguem...

    Já o disse e repito, sempre pensei que quando o Presidente que durante 25-30 anos (até 2011) saisse, o FCPORTO iria sofrer com isso, nunca pensei era ver o que se passa com o Presidente ainda no Clube...

    Tristes dias estes...

    Gil Lopes

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também nunca pensei que o Porto iria ao abismo com o proprio PC! Mas não faltam exemplos na história de pessoas que se tornaram ditadores. É provável que o PC não saia porque tenha receio que quando sair, haja auditorias às contas e se perceba a podridão que andaram a fazer ao clube.

      Eliminar

  9. Ficámos PIORES em termos de jogo jogado com o Peseiro.

    A única coisa que melhorou foi o ambiente que havia...que já era insuportável. Os adeptos ODIAVAM o Lopetegui e isso criava sempre um mal-estar,estava sempre tudo mal. O que, obviamente, afectava a equipa.

    O que a equipa tinha de bom perdeu...organização defensiva, reacção à perda de bola, etc...
    E aquilo em que era má...meter mais gente na frente, ser mais objectiva, etc...não melhorou assim tanto.

    No jogo de ontem até voltaram as bolas longas para a frente. Parecíamos uma equipa inglesa dos anos 80.
    Já estou farto da conversa do treinador ser o menor culpado (em todos os blogs, sites, forums). Um (bom) treinador sozinho não faz TODA a diferença mas faz MUITA diferença.

    E os problemas das comissões, do esbanjar dinheiro e dos orçamentos de risco já é antigo. Mas só é tema porque os resultados desportivos são maus. Se o ano passado tivéssemos sido campeões, como merecíamos, já quase ninguém se queixava.
    O boifica pagou 2,3 milhões a uma empresa inglesa para renovar com o Gaitan...alguém se queixou?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não meto foice em seara alheia. Quanto à SAD, o meu problema é com o silêncio...

      Abraço

      Eliminar
  10. a dor e tanta que nem comento. estamos no fundo como se prespetivava ha 5 anos salvos pelo minuto 92 de kelvin e por isso tao glçorificado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se foi uma coisa assim tão boa...

      Abraço

      Eliminar
  11. Sobre Peseiro, não sou apreciador do seu estilo de jogo e considero que a disposição em campo com 2 médios defensivos para o estado físico deficitário que a equipa exibe não é a melhor escolha. No entanto não o crítico pois não é fácil a sua missão.

    Sobre os problemas que têm sido referidos, qualidade dos jogadores, o facto dé terem deixado Lopetegui a queimar em lume brando, a derrota em Guimarães em que deixaram correr o boato da contratação de Sérgio Conceição, do facto do Xistra nos roubar descaradamente, isso só tem um nome. Jorge Nuno Pinto da Costa. O prazo de validade terminou. Se não tem capacidade para o ver alguém o deve fazer.
    Acho que os SD como portistas decentes deveriam ir jantar a casa de Pinto da Costa.

    Já fez muito pelo Porto mas neste momento faz muito mais pelos nossos adversários do que por nós.

    Abraços

    ResponderEliminar
  12. Fora todos os motivos intra e extra-linhas que trazemos à colação jogo sim jogo sim, quase em discórdia, há, para mim, um grande e berrante problema, incaracterístico, que se vem arrastando e minando vários dos nossos jogos, em especial estes 2 últimos para o campeonato. Desde aquela infame pausa para selecções (e isto é só um marco temporal coincidente, não é um queixume) que a recuperação física dos nossos jogadores tem estado lastimável. Começou com André André e tem vindo a alastrar-se aos restantes semana a semana. Isto, quando dias depois dessa tal data, jogamos contra um Dynamo que tinha cedido 6 jogadores a selecção para um playoff intenso e levamos uma dose de bola, revela falhas nos responsáveis por essa função de preparação/recuperação física. Acontece, todos falham de vez em quando e este departamento, no ano passado, até foi uma espécie de trunfo. Só que, neste ano, as suas falhas têm-me parecido fundamentais no descalabro da equipa, em conjunção com os tais problemas que começo por relembrar no início.

    Acho que nenhum de nós pensa que a entrada em campo ontem foi mal conseguida, até merecêramos marcar e foi mesmo preciso um pouco de Xistra para nos segurar, embora tenha sido uma parte equilibrada entre as 2 equipas. O problema foi, na segunda parte, ver em cada contra-ataque os jogadores do Braga comerem metros em corrida quando perseguidos pelos nossos. E, meus amigos, sem frescura nas pernas não há sangue no cérebro nem organização táctica. Depois claro que caímos com aqueles lastimáveis erros mas, reitero, a nossa forma física tem sido um calcanhar de Aquiles, muitíssimo ingrato para uma altura em que estamos sob a espada de Dâmocles (para exagerar nas analogias clássicas :D).

    Sobre os outros problemas que enfrentamos na actualidade.... Após 2013/14 mentalizei-me que, depois de tamanho desastre, teria que estar pronto a passar mais 2 anos, pelo menos, a ver os outros ganhar enquanto o nosso Porto se recompunha e "lambia as feridas". Mas quando fizemos até uma época aceitável nesse sentido no ano passado, eis que se torna a baralhar, partir e dar... Não estava pronto a mentalizar-me para um jejum maior...

    Aproveito para opinar sobre um momento de ontem. Não consigo cair em cima do Casillas por aquela patada que ele protagonizou. Perdeu a cabeça, sim, mas foi um acesso de revolta, angústia, desespero, martírio pela causa... Se calhar, com a idade dele, teria que ter mais juízo. Se calhar, se não fosse tão gentleman, o Alan nem chegava a chutar a bola. Uma coisa é certa, fê-lo por desespero e dor, do qual nós partilhávamos, e não foi por ali que perdemos. Os mais velhos não me deixarão mentir, mas lembro-me de outro jogador, este um mítico, também guarda redes que, pelo nosso Porto, perdia a cabeça e cometia loucuras nem sempre com benefício para os interesses próprios e do clube - o grande Ze Beto. Mas dele só pude ler e ver vídeos daquelas épocas, não sou desse tempo, aceito a correcção. Não sendo eu um reflexivo anti-Espanha, não endeuso o Casillas - apesar deste parágrafo onde só quero salientar aquel minuto - mas não caio em cima de alguém que, a seguir a Layún, deve ser dos que mais pontos nos valeram.... Em Kiev (não acho que um redes tenha obrigação de se fazer a um lance ilegal), em Moreira de Cónegos, na Luz e na recepção aos labregos, em Tondela, etc...

    Temos que ter uma paciência enormíssimo e encarar o futuro com o mote do ficcional Maximus Decimus, o "Gladiador" de Ridley Scot: só temos mais uma vida para tirar. O grande temor é que é contra este mesmo Braga.

    Saudações,
    Fábio Pinto da Costa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Peseiro tem dois meses para isso. De resto subscrevo.

      Abraço

      Eliminar
  13. Temos de ser justos e ver a verdade com os olhos certos.
    Fomos completamente roubados ontem, como mostras no Facebook Universal.
    Mas não é verdade que ninguém se tinha insurgido contra as arbitragens: Lopetegui fez-lo e foi ridicularizado até pelos próprios adeptos, Peseiro queixa-se, Pinto da Costa já insurgiu várias vezes publicamente nos últimos. Agora é verdade que não ouvimos uma única palavra de outros representantes da nossa direção.
    Jorge diz-me lá o que se pude fazer para combater estas arbitragens. Não é com os Dragões Diário que por dizer a verdade de uma maneira soft é censurado, OK. É nos tribunais? Vamos pedir repetições do jogo? Vamos invadir as instalações da FPF e tirar de lá os mestres da gatunagem?
    É que isto está aos olhos de todos! Se calhar, se nós Portistas nos uníssemos por esta causa, talvez conseguíssemos causar mossa ao sistema.
    Devíamos era pedir a independência do Norte! Portus Cale, donde é que isso vem? Lisboa?...
    Mas voltando ao assunto, a SAD e a Direção cometeram erros na construção do plantel. Alguns foram corrigidos em Janeiro, mas continuamos com faltas de soluções, que eventualmente vão aparecer no mercado de Verão. Mas há mossa agora... E nem a contratação de Lopetegui nem de Peseiro foram um erro. O primeiro passou a ser mais contestado quando chegou ao primeiro lugar, de uma forma tão horripilante que condicionava o jogo da nossa equipa, e o segundo nem tem tempo de uma equipa montar. Mas ao contrário de ti, Jorge, acredito que o José Peseiro vai continuar, e para além disso, tem capacidades para isso, claro se lhe derem os jogadores que ele precisa, que até não são assim tantos. De repente os nossos centrais passaram a ser tão maus? Ou será que estão com problemas físicos, e ainda à pouco tempo estavam lesionados. Há jogadores que não encaixam no modelo de Peseiro? Talvez. Se calhar Brahimi e talvez Corona, não aquele que jogava que se fartava até à pouco tempo, mas acredito que volte à melhor forma. Volto a dizer o FC Porto, para titulares, só precisa de dois jogadores, Rafa Silva e Otávio, que já é nosso, para a saída quase inevitável de Brahimi e Herrera. E não, não deverá haver nenhuma debandada no Verão, até porque não temos assim tantos ativos para vender por valores a sério. Só se for Danilo, Rúben, Maicon ou Aboubakar... Mas não acredito. Não precisámos é gastar tanto dinheiro em transferências.
    E quanto às inqualificáveis arbitragens, só o Vídeo Árbitro e a saída de Vitor Pereira, podem resolver o problema, e ao que parece isso vai mesmo acontecer.
    Para além disso, precisamos de calma e estabilidade, algo que só os nossos adeptos podem dar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É falando, José! Falando! Lembras-te do jogo da Taça da Liga contra o Braga, o ano passado? Assim!

      Quanto ao Rafa Silva, se o FC Porto comprar um jogador como o Rafa por 16M - sim, aqui não há Doyen para ajudar - eu entrego o meu cartão.

      Abraço

      Eliminar
  14. Caro Jorge Vassalo,

    Dias tristes estes que passamos. Claramente ontem vivemos mais uma xistrada mas acima de tudo vivemos mais um episodio deste triste Porto. Continuo desolado. É evidente que demos o estouro. Fisicamente estamos a anos luz de outras equipas e é um facto que o anterior Mister deixou-nos em situação muito difícil. Mesmo assim podíamos e devíamos fazer melhor. Somos uma sombra do clube que já fomos e é gritante a falta de liderança que existe no clube. Fico espantado por saber que o Porto é um baluarte da luta contra o centralismo e que isso são apenas palavras porque a prática não existe. Não quero nem vedetas nem empresários milagreiros. Quero um clube com jogadores que tenham vontade e competência é uma direção com voz activa. Quero um Porto normal.
    Sou incapaz de culpar Peseiro. Sou capaz de culpar Pinto da Costa. O verdadeiro e único responsável pelo que se passa no Porto. Votarei nas próximas eleições e não será no actual presidente. Ponto final.

    Raoc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não estou a culpar Peseiro! O que eu quero dizer é que as pré-épocas são assim..

      Abraço

      Eliminar
  15. Off topic:

    Manifesto a minha total ignorância em relação às seguintes questões:

    1 - Nas assembleias gerais, só é permitida a entrada a sócios?!

    2 - Quem é que pode pedir auditorias às contas do clube (sócios "normais", candidatos a presidente?, etc)?!

    3 - Pode um sócio, conhecedor da "causa"...apresentar queixa na PJ para solicitar auditoria às contas (em último caso...)?!

    Agradeço a resposta de quem souber!

    J.S.

    ResponderEliminar
  16. Caro Jorge Vassalo, creio que errou quando diz que o Peseiro tem 3 derrotas. Em Guimarães ele ainda não estava no banco. Depois disso, sim, perdemos em casa com o Arouca e agora com o Braga. Antes de Peseiro perdemos 14 pontos. Com Peseiro até agora perdemos 6 pontos. No mínimo, é no final do campeonato que poderemos fazer as comparações.Há algo que poucas vezes vejo falado e que infelizmente ainda é o legado do Sr. Lopetegui - a condição física. O Porto deve ser das equipas pior preparadas fisicamente da liga. Por muito querer que os jogadores tenham, se as pernas não dão mais, então aí não há nada a fazer.Quanto a Peseiro, por mim, ficava para a proxima época. Não estou a ver o PC a despedir outro treinador, a não ser que daqui para a frente os resultados comecem ainda a ser piores do que são. Não sendo o treinador que a Nação Portista desejava, creio que será um boa solução para atacar a próxima temporada. É conhecedor do futebol português, e percebe mais de futebol a dormir, do que o Lopetegui acordado. Sinceramente, não sei como se podem comparar os 2 treinadores. Existe também uma atenuante enorme nas derrotas com Arouca e Braga. Erros ABSOLUTAMENTE INCRÍVEIS de defesas. E com erros desse calibre, nem Mourinho, nem Guardiola sobrevivem. Como disse acima, para já acho precipitado fazer comparações. Elas deverão ser feitas no fim da época e sempre tendo em conta que este plantel é obra de Lopetegui.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Corrigido, obrigado.

      Ninguém está a fazer comparações com Lopetegui. Aliás, disse-o após o Rio Ave, já não dava. Agora, sublinho que a pré-época é assim! Modelos diferentes, orientações diferentes, este exige mais fisicamente - o que acho bem.

      Sublinho que acho o plantel desajustado para Peseiro. Isso, sim. E quanto à defesa... a culpa é, naturalmente, da SAD. Até o sportem arranjou um Coates desta vida.

      Abraço

      Eliminar
  17. Quais os clubes que apoiaram Vitor Pereira??? 5lb e????

    ResponderEliminar
  18. E pronto, foi-se o campeonato. Eventualmente o segundo lugar também estará hipotecado, já que mesmo ganhando no confronto direto não chega para os ultrapassarmos (a não ser que o Braga volte a fazer uma gracinha contra eles). Mas é difícil, temos que admitir.

    O que me deixou preocupado deste último jogo foi ver... o jogo. O jogo da nossa equipa é pobre de ideias, a falta de rotinas é gritante e a equipa do Braga, mesmo sem ser claramente superior, conseguia parece-lo pela forma como trocava a bola entre os nossos, ao primeiro toque e com combinações. O resultado é enganador, ganharam eles como podíamos ter ganho nós, sinceramente acho que um empate adequava-se mas eles foram mais eficazes e nós falhamos demasiado (defensivamente, porque ofensivamente nem por isso criamos grande coisa). Eles foram mais equipa, e ganharam por isso.

    Vi com alguma desconfiança a saída de Lopetegui, mais pelo timing do que pelas evidências (eu também não estava satisfeito com o estilo de jogo), mas ao fazê-lo era mais ou menos claro que estávamos a pôr em risco os objetivos desta época. Partindo de trás, só mesmo com muito otimismo (e uma grande dose de sorte) se podia esperar alcançar os outros. Quer dizer, matematicamente é possível (e era), mas é preciso ganhar. E para ganhar, é preciso jogar bem. E jogar bem depois de mudar tudo... é complicado. Nem Mourinho o conseguiu, portanto não deve haver pressão sobre Peseiro nesse sentido, é pedir-lhe a Lua. Ao contrário do que fazem os nossos "amigos" do CM, na capa, hoje... e até o Jogo ajuda à festa, com comparações absurdas. Parecem esquecer quem fez a "cama" ao antigo treinador, mas já estão preparados para minar o trabalho deste.

    Sabem quem gostaria como presidente no futuro? Alguém com o perfil do Rui Moreira, presidente da CM Porto (politiquices aparte). Não se arranja alguém assim entre os sócios...? Just sayin'...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há. Claro que sim. E coragem?

      Pois.. Isso.

      Abraço

      Eliminar
    2. Caro Jorge,
      Não os levo a mal. É bastante óbvio que alguém que surja neste momento (fora da esfera de confiança de PdC) será maltratado, vilipendiado e provavelmente arrasado, o que poderá mesmo hipotecar futuras hipóteses noutras eleições. Portanto, para a "coisa" correr bem, o ideal seria aparecer alguma personagem descartável primeiro, para desbravar, abrir caminho, e basicamente, ser "queimado". Depois sim, viria o real candidato com propostas de mudança, uma lufada de ar fresco. Parece um procedimento complexo e inútil, mas acredito que teria de ser algo desse género ;). A não ser, como referi, que fosse alguém com ligações à atual direção, mas a ideia era mesmo evitar isso, cortar de vez com os vícios e suas personagens... agradeço tudo que fizeram, está na altura de mudar. Acho sinceramente que os fantasmas do passado estão a condicionar o presente, e com isso estamos a arriscar o futuro. Quando assim é, só lá vai com um "format c:" à moda antiga...

      Abraço

      Eliminar
    3. Se Pinto da Costa não tivesse tido coragem de ir até às últimas consequências contra Américo de Sá, ainda hoje não teríamos saído da cepa torta.

      Ou um líder corajoso, ou deixar estar que está.

      Abraço

      Eliminar
  19. Vamos fazer uma petição para aquele o Carlos Alberto Amorim se candidatar.

    Pelo menos falou sem ser para provar o que recebe.

    Abraços

    ResponderEliminar