terça-feira, 22 de março de 2016

Prioridades E Porreirismo


Mais um dia passa, mais uma cabal demonstração de que o inimigo "interno" incomoda mais do que o externo. A resposta às declarações de Vítor Baía parece da escola primária, de menino a fazer birrinha e a dizer "tu és cócó". O Presidente também se engana em números e datas, não é por aí. 

Poderia ser, sim, por outro lado: poderia ser por perguntar onde estava o sócio Vítor Baía aquando da Assembleia Geral, se ele precisa do follow spot para brilhar e se ele acha que o "momento certo" é quando tudo for pelo ar. Também, já agora, e sem fazer ataques ad hominem, que não é o meu estilo fazer, perguntar às "glórias do passado" se sempre puseram o Clube à frente de tudo o resto.

É legítimo procurar uma vida melhor e melhores contratos. É legítimo querer assegura uma vida, numa carreira tendencialmente curta e cheia de vicissitudes possíveis e prováveis. O que não se pode querer é Sol na eira e chuva no nabal. O FC Porto precisa de contenção na política de compra e venda e não necessariamente de a mudar. A espinha dorsal da "Mística" também veio de contratar grandes jogadores - que não grandes nomes - com o dinheiro de vendas. Só foi possível contratar Jackson, Danilo, Deco, Lisandro, Lucho, etc, etc porque se abriu o caminho com outros. Deveria ter ficado uma coluna de Capitães. Sem sombra de dúvida. Agora querer que a equipa B seja uma A, santa paciência!


Há muito Portismo, e às vezes com sotaque, na Casa do Dragão. É preciso preservá-lo. Como em tudo na Mãe Natureza, demora o seu tempo a expandir-se e florescer. Mas, no Presente, estamos à deriva. No meu entender, é preciso ir buscar um ou dois Capitães. Que joguem. Que sejam. Que vibrem. Para fazer a transição. Mas há muito Porto a pulsar nas veias das camadas jovens. E até com sotaque. Há muito por onde ir buscar.

Os "Guardiões da Mística" são os novos "cinco violinos".  São os dos tempo cor de sépia lindo, onde cada jogo era um hino, cada jogada uma ode. Pelamordasanta! Não me lixem! Ninguém vos tira o lugar na História. Não sejam é sobranceiros. Apropriadamente motivados, já podemos ter dois capitães agora: o Danilo pela sua raça e o André pela linhagem. Não é, contudo, com dois dias de casa que se ganha autoridade e ascendente para o comando. É com tempo e casa. Mas de certeza que não é a olhar para trás, maravilhados no Museu, que traremos novos títulos para este.

E pronto, como seria de esperar, o porreirismo de Peseiro chegou às primeiras páginas dos jornais. Como não haveria de chegar? Um treinador que admite ainda não sentir ainda o que é o FC Porto, que os seus jogadores também não, que são frágeis donzelas que devem ser protegidos, que o Maicon é fraco... Não poderia ser senão aproveitado por quem nos quer prejudicar. Será mentira? Discutível. Será uma avaliação honesta? Certamente. É o local apropriado para ter essa reflexão, o espaço público? CERTAMENTE QUE NÃO! 

Lopetegui era estupidamente fechado com a imprensa nacional e os adeptos. Peseiro tem língua solta. Havia um tempo em que o FC Porto era uma muralha. Está na hora de retornar ao que de bom se teve. Porque roupa suja não se lava na rua.

Há muita coisa a mudar, e urgentemente. Aproveitar o que serve, mudar o que não serve. Porque o futuro é já agora. E o FC Porto tem de estar à frente de qualquer ego.

36 comentários:

  1. Que se contratem bons profissionais acima de tudo.
    A raça e as linhagens são boas para entreter papalvos.
    Luis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Você continua...

      Assente num nick carago.

      Eliminar
    2. O Luis tem razão.
      Vai-se ver e pró ano o Maxi é capitão, tem mística e mais sei lá o quê. Porque é profissional e sua as estopinhas em todos os jogos.
      Tal como a tinha o Casemiro o ano passado, sem nunca sequer ter completado uma época no plantel.
      Tal como aparentemente tinham todos os jogadores nas épocas de grandes vitórias. Um exemplo disso é o Jonas lá pro Sul, que tem um ano de Benfica e já beija o símbolo na camisola.

      Resumindo: em casa onde não há pão, ninguém tem razão.

      Eliminar
    3. Jorge Vassalo, essas discussões de capitães, mistica, raça, ADN da formação, etc., são muito boas para dividir os Portistas.
      Tudo o que os sarracenos querem e estão a conseguir.
      Joguem os jogadores de categoria (que temos), profissionais briosos, empenhados, que acreditem numa equipa técnica que transmita competência e confiança et voila....não há colinho que nos segure.
      Luis

      Eliminar
    4. Vos garanto que, sem um fio condutor de constância, não ganharemos nadinha.

      O FC Porto sempre funcionou por ter Portistas até aos ossos, que se identificam com a nossa luta anti-centralista. e bons profissionais.

      Se não tiver as duas coisas, não funcionará.

      Abraços

      Eliminar
    5. Eu percebo onde quer chegar, Jorge, mas acho só que há um erro nesse raciocínio da "mística" e do sentir a camisola.

      Havia desses Portistas de que fala no plantel que ganhou a LE em 2010/2011? Helton, Fucile e Meireles? Nenhum era formado na casa, todos chegaram cá nos seus vinte e poucos. Todos excelentes profissionais e trabalhadores. No entanto não chegaram cá com qualquer "mística", e os Sul-Americanos nem faziam ideia de centralismo algum.
      Eram no entanto os com mais tempo no plantel, aprenderam a ser Portistas à custa de ganhar 5 campeonatos nacionais em 6 anos... Até o Sapunaru se tornou um grande Portista em 2 anos, com tudo aquilo que ganhou.

      Para concluir, acho que havendo qualidade, profissionalismo e um bom corpo técnico, as vitórias chegam. Chegando as vitórias, tudo o resto vem por arrasto...

      Mas pronto, podemos não concordar em tudo, mas concordamos que melhores dias virão e mais vitórias chegaram, não é hoje que acaba o nosso Portismo! Continuação de bom trabalho!

      Eliminar
  2. Eu nem sei o que é ontem o Peseiro estava ontem a fazer lá.
    Uma pergunta Jorge Vassalo, será que o José Peseiro não deveria estar mais concentrado no seu trabalho em vez de andar a expor factos cá para fora?

    Também não percebo é esta prontidão de o Dragões Diário de responder às palavras de Baia.
    Quando há casos em que é preciso uma mensagem forte para atacar os sabujos lá do sul é preciso que os adeptos mandem e-mails, para lá, para haver uma resposta por si só já tarde.
    É pá que o Dragões Diário vá pela fossa.

    E outro assunto, que Vítor Baía se contenha nas suas palavras, enfim o que é que estas nossas antigas glória vão lá fazer para aqueles canais de TV? É para defender o seu Clube ou juntar-se a eles e atacar sem mentalidade nenhuma.

    Já estou farto desta parvalheira toda.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  3. ....como vê as mudanças não acontecem, fazem-se encenações. Vitor Baía é só um estupidozito, o Dragões Diário ecoa a voz do dono e Peseiro, a quem ouvi dizer isso, comprou o bilhete de volta. Deus nos ajude, porque bem precisamos....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois....

      Espero que já se esteja a pensar o próximo ano, com cabeça.

      Abraço

      Eliminar

  4. "O FC Porto precisa de contenção na política de compra e venda"


    Caro Jorge Vassalo


    Discordo, o FCPORTO, da época anterior para esta época baixou a qualidade do plantel, apesar de continuar a ser o melhor plantel, por isso, precisa de jogadores de grande qualidade.

    Apesar de entre os seus jogadores que estão emprestados e os que estão na equipa B haverem boas soluções, devemos também procurar jogadores de qualidade superior de fora.

    Insisto na procura por jogadores que não brinquem nas selecções com óbvio destaque para os jogadores brasileiros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respondido em cima, no comentário do Luís.

      Abraço

      Eliminar
  5. Boas.

    Peseiro mostrou que a viagem era só de 6 meses. Não tem perfil para ser treinador do Porto. Falar dos nossos problemas na rua não é política da casa. Por alguma razão a CS não gostava de Lopetegui e agora adora Peseiro.

    Sobre o silêncio, é só o continuar do que foi os últimos anos e do que será os próximos. Anos dos S's. Silêncio e seca.

    O Porto neste momento é um clube moribundo e não existe um único sócio que os tenha no sitio e que queira fazer algo pelo Clube.

    Abraços

    ResponderEliminar
  6. Caro Jorge,

    Estou de acordo no essencial e já agora ainda acredita que de facto as coisas mudaram após a AG? Eu continuo a ver os mesmos erros e o mesmo faz de conta. A newsletter de hoje assim como a do ponto final sobre o apoio das casas do FCP ao actual presidente, são um péssimo sinal que de facto nada mudou.

    Raoc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem duvida... e tinha esperança que mudasse.

      Abraço

      Eliminar
  7. Muito bom texto, assino por baixo, mas acrescento uma coisa: fala-se muito do sentir porto (concordo com isso e ficaria mais feliz se tivéssemos um plantel com jogadores de sangue azul), mas isso não é a verdadeira razão do fracasso. Nós temos um plantel medíocre, tivemos um treinador medíocre e agora contratamos um medíocre que fala português. Assim não vamos lá; temos que recrutar jogadores de qualidade (este ano faltou-nos isso Jogadores de Qualidade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como disse ao Luís, em cima, sempre fomos as duas coisas...

      Abraço

      Eliminar
  8. Caro Jorge,
    Desconheço o autor das newsletters, mas o que é que ele deu ao Porto, para sequer se insurgir contra o Baía?
    Como é possível o clube não ter um supervisão do seu conteúdo e criar o inimigo entre portas enquanto a caravana a Sul anda cada vez melhor? (N falo de exibições)
    Lembro-me ha uns tempos andavam todos indignados com o BC por criticar o Manuel Fernandes.. Repudiá-mos isso e agora muita gente nem critica a posição do nosso Presidente, que em muito também mete os pés pelas mãos...
    E para aqueles que dizem que o Baia devia estar na AG isso é totalmente absurdo! Para ser vaiado por muitos que não pensam pela cabeça deles?
    Porém acredito que a maior parte dos sócios iriam aplaudir qualquer intervenção dele..
    Amo tudo que Pinto da Costa nos proporcionou, para sempre lhe estarei grato, mas precisamos de sangue novo. Precisamos de um João Pinto, de um Baía porque Pinto da Costa ja só é a presidente de nome..
    Cada jogo parece um jogo da Champions! Parece que temos sempre equipas poderosas a jogar contra nós!
    Acordem!!!

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Escobar, tem a certeza que está acordado? Baía dentro de Portas? Isso já é um sono muito profundo ou estado comatoso.
      O Porto sempre foi o inimigo do exército sulista. Baía é apenas um soldadito que eles usam para atacar a nossa fortaleza.
      Mas quer que estejamos mudos ou quer que esses vermes tenham resposta?
      Decida-se

      Pereira

      Eliminar
  9. Pois, eu queria muito que o treinador José Peseiro fizesse um bom trabalho, que conseguisse o titulo ou em ultimo caso o 2ºlugar, que conquistasse a Taça de Portugal sem espinhas...

    Que colocasse a equipa a jogar bom futebol, ofensivo, de qualidade, era com isto que ele deveria estar preocupado...

    Em vez disso vai para foruns analisar (qual comentador) o estado do FCPorto do treinador José Peseiro...

    Todos os portistas que se preocupam com o clube, que sofrem o clube diariamente sabem o que se passa, não precisamos que isso seja exposto na praça publica...

    Por isso não gostamos das atitudes do Vitor Baia (que nos deu muito enquanto jogador), mas mesmo assim não gostamos de ele ir dizer o que diz no sitio onde diz...
    Nem gostamos que o Dragões Diarios esteja mais preocupado em responder ao Vitor Baia, em vez de contra-atacar a forma sistematica com que muitos vermelhos nos atacam a nós, contra isso o DD nada diz...
    Nem uma referencia mais uma vez á forma de como Eliseu acabou mais um jogo depois de 2 ou 3 faltas claras para amarelo e outra para vermelho...
    Contra isso, nada...(Eliseu que tem influencia no golo, pois é ele que coloca a bola na area...)

    Ter também o treinador (que obviamente não sabe o que é Ser Porto) a falar demais, não me deixa descansado...

    Até porque desde que ele entrou, passamos a ter um treinador de que a comunicação social portuguesa gosta, e não sei porque isso deixa-me sempre de pé atras...

    Ou arrepiamos caminho (desde o topo até á base), ou o 3ºlugar vai passar a ser o normal...

    Gil Lopes

    ResponderEliminar
  10. Boas a todos portistas! Verdadeiros portistas como eu que sabem distinguir o trigo do joio! Snr jorge vassalo adoro os seus comentarios a respeito do nosso grande clube! Mas em relacao ao vitor baia permita me que discorde um pouco sabe porque? Porque todos nos portistas sabemos que o que ele diz e a maís pura das verdades quando muito so o devemos censurar no local onde o faz!! Agora que e verdade o que diz e ok? O nosso grande presidente ja nos deu tudo todas as alegrias que vívemos ate hoje mas ja nao e o mesmo bem sabe talvez mal acompanhado mas nao e o mesmo! Baia ir a ag? Era mal recebido por quem outrora o adorou e venerou nao acha? Jose peseiro nao e píor que lopetegui mas nao e treinador para nos! E muíto bonzinho muito simpatico com a corja da comunicacao social seja ela lida escrita ou falada!! Nos jogamos muito pouco ate da do ver nos sofrer cnm aroucas e afins! Saudacoes portistas um abraco

    ResponderEliminar
  11. Ora Viva,

    Ás vezes fico estupefacto. Agora, é mau o treinador do FCP ir a um fórum sobre futebol na capital Europeia de Desporto, num dia de folga, quando tem apenas 5 jogadores disponíveis do plantel principal e há um interrupção das competições. Coisa nunca vista e feita por outros treinadores do nosso clube em diferentes contextos.

    Foi e disse obviadades que todos sabemos. Reconheceu os seus défices e o que está a fazer para os suprir. Ainda bem. Muitos que se dizem portistas deveriam fazer o mesmo. Mandou recados para dentro, para o plantel, dizendo, entrelinhas, que falta atitude - em resumo e fazendo uma interpretação livre do ele disse, é mais ou menos isso. Não parece mal.

    Quanto ao caso Baía: é espuma. Se a comunicação do clube só serve para isso então não existe comunicação no clube…

    Abraço,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para lhe responder, refiro o comentário do Gil Lopes em cima.

      Abraço

      Eliminar
  12. Fui admirador do Vítor Baía e depositava grandes esperanças no seu futuro como dirigente desportivo. Mas parece-me que com estas intervenções só está a dar tiros nos pés... Não tem hipóteses....Os outros estão mal acompanhados ???? e ele ????
    Saudações portistas

    ResponderEliminar
  13. O presidente como qualquer outra pessoa pode se enganar mas usar os enganos para elaborar ideias e expor pontos de vista, não é só errado mas também demonstra a vontade de dizer mal!
    O que Baía fez não foi engano, não foi apenas um simples engano, foi construir uma opinião com base no "engano" no que não sabia ou não se lembrava, caiu no ridículo e criticou por criticar, falou sem saber o que estava a dizer!
    As respostas as suas declarações é para que se perceba que este Baia não faz mais nada do que incendiar o ambiente entre Portistas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desta vez, completamente de acordo Dragão Minho.
      Miguel

      Eliminar
  14. Caro Jorge,
    GRANDE ESCOLHA MUSICAL!
    É só, quanto ao porto, está tudo bem...
    Abraço,
    Fernando Resende Jr.

    ResponderEliminar
  15. É inadmissivel falar assim do Baia! Eu realmente nunca pensei um dia ver o que está a acontecer ao Porto! É a prova que não temos liderança nenhuma! É a prova que quem está no clube só olha para o seu umbigo!

    Quando se começa a falar mal de figuras que conquistaram com sangue, suor e lágrimas o seu lugar na história, damos um péssimo exemplo! O que vão pensar os actuais jogadores do plantel? O que vão pensar quem é jogador e um dia gostaria de jogar no Porto? Vale à pena correr, esforçar-me, dar tudo por tudo, para gentinha desta que manda no clube que só pensa em encher os seus bolsos?!??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que dá a essas pessoas o direito de fazer observações públicas - que sabiam perfeitamente que, enquanto jogadores, não deviam fazer e porquê - e de rasgar um conjunto de jogadores, assim, do nada?

      Temos memória e respeito, mas estar agora a permitir que, semanalmente, se vá erodindo o património que se conquistou, seja por parte de Baía ou outro qualquer, é ir longe demais!

      Vítor Baía deveria ter carinho e respeito pela instituição que o fez - e que o recuperou! Críticas são intra-portas! De e para Portistas!

      Abraço

      Eliminar
    2. Quem erode o património são os que se auto-elegem para a sad sem primeiro ir a eleições!

      Eliminar
  16. Caros Portistas!

    1- Relativamente ao plantel começa a ser voz corrente que nos falta um defesa central de real qualidade capaz de coordenar a defesa.
    2- Por aquilo que se está a ver, o FC Porto ou tinha possibilidades de contratar um treinador ganhador, ou então mantinha o Lopetegui até final da época. Basta de apostas no escuro...!
    3- Relativamente ao Baía, na minha opinião, vale o que vale, não serve para presidente, quando muito servirá para agitar as massas, no caso, os sócios do FC Porto. Já alguém afirmou: ele não conseguiu gerir a fortuna dele quanto mais dirigir o FC Porto.
    4- O FC Porto para continuar a ganhar títulos tem de conseguir contratar um treinador competente, bom psicólogo, ambicioso, ganhador, com um discurso mobilizador/motivador para consumo interno e externo. Que se imponha aos jogadores mas também à imprensa desportiva alfacinha.
    5- Relativamente a Pinto da Costa, é capaz de estar a cair em si e chegar à conclusão que afinal não é como se dizia que a estrutura do Clube era suficiente para garantir títulos e que a equipa técnica era de somenos importância.
    6- Eu sempre considerei o contrário, que não obstante a estrutura ser muito importante, é desejável, mesmo imperioso ter uma boa equipa técnica a dirigir o futebol, caso se queira obter títulos.
    Na minha opinião um técnico que gostaria ver a treinar o FC Porto é o Rui Faria de quem o próprio José Mourinho já considerou estar, caso ele (Rui Faria) queira, mais que pronto para assumir um plantel e treinar um clube.

    Abraço,
    Armando Monteiro
    www.dragaoatentoiii.wordpress.com

    ResponderEliminar
  17. Essa do baía não poder ir à AG é de rir! Também me diziam que iam estar as mesmas 40 pessoas de sempre, que ninguém iria poder falar....

    Queremos cobardes como líderes, é? Que só vão falar quando escudados e protegidos? Foi assim quando Pinto da Costa apareceu?

    Foi no conforto de um palanque público ou no Clube? Foi a tomar decisões difíceis e riscos, como no Verão Quente, ou esperando o fruto cair de maduro?

    Abraços!

    ResponderEliminar