sábado, 26 de setembro de 2015

Carta Aberta A Treinador e Adeptos


Meu caro Julen,

Estou triste contigo, pá. Muito triste! Não estou triste por causa da "rotatividade" e coisa do género. Estou triste porque teimas em subestimar a importância do cargo que ocupas, e isso deixa-me maluco. És o treinador da equipa mais odiada de Portugal, aquela cujos adeptos são mais perseguidos, gozados e maltratados, aquela que é o butt of the joke, sempre, a cada altura. És o treinador da equipa mais difamada, ultrajada e perseguida de Portugal.

Por isso, meu caro amigo, não pode haver atitude temerosa nas tuas hostes. Ou são guerreiros que deixam cada pingo de suor e que sabem que são melhores ou então... desiste. Não podes ter medo de nenhuma equipa, caralho! Ganhar, empatar e perder é tudo desporto, mas o desnorte colectivo que vi ontem, não é.

E é culpa tua. Sim, culpa tua, porque não passas o espírito de "pra cima dele que só paramos aos 6". És treinador de futebol, certo? Então como raio ainda não percebeste que o Brahimi não tabela com o Layún, e que o Layún cruza bem como tudo? Como, pelamordasanta, ainda não percebeste que o Rúben tem de estar nos jogos de desata-nós como este? 

Como é que ainda não passaste o espírito de que "contra tudo e contra todos vamos rebentar com toda a gente"? Mourinho e Villas-Boas passavam uma coisa que tens de passar à tua equipa, pá! Tens de passar a ideia de que somos mais, melhores e mais fortes que todos! Que não temos de temer nada nem ninguém!

Se queres continuar a ser treinador do Futebol Clube do Porto, digo-te, tens de fazer isto já! Porque nós exigimos isso! E temos direito! Entende: já mandamos um de vela porque era "ok-pronto-tábem". E era bicampeão nacional, carago!
 
 Acorda para a vida que ainda vais a tempo. Mas mexe-te, caralho!


Meus caros adeptos,
Chamo-vos adeptos porque não consigo usar outro termo, mas acho que é esticá-lo bastante. Já não há pachorra para vocês, adeptos do Euromilhões de sábado, que só aparecem quando as coisas correm mal e começam com teorias do como-quando-onde se deve fazer melhor. O quê, tendes orgasmos nos dedos ou na boca a escrever e a dizer isso, é? Olhem que eu fico bem lixado quando tenho de criticar o meu treinador e a minha equipa!

O vosso prazer extasiado leva a vossa euforia a fazer comparações ridículas, com Paulos Fonsecas, a chamar o nome de Quaresmas e trinta por uma linha!  Acordem, pá! Se não estão com a equipa quando ganha e está bem, se ficais lixados quando a equipa vence, sois adeptos de quê, exactamente? Do anti-Porto?

E ainda mais para os expert bloggers, muitos deles intimamente ligados à equipa, não há vergonha? O vosso ego é assim tão grande que se enche de prazer quando o vosso sistemático ode à desgraça é cumprido? Parabéns, pá, sois os maiores, tendes a razão e percebeis bué da bola!

whoopty freakin do.

E agora saboreai com deleite os programas de bola a cascar nos vossos, juntai-vos ao coro de assobios, banhai-vos no "fim da hegemonia" e nessas tretas todas! Era esse o vosso fito, verdade? Para quando um pensamento construtivo?

Neste blogue, não passareis. Critico e criticarei o treinador. Diria tudo isto na cara dele. Porque gosto da minha equipa, dou o meu tempo e esforço para ver o FC Porto vencer. Estou com ele e a minha equipa a todas as horas, não só nas boas. Por isso critico quando vejo algo mal. Mas faço-o com o coração pesado, não esfuziante! Quero ver o FC Porto campeão!

E vocês? Querem ver o FC Porto vencer?

42 comentários:

  1. É inadmissível que uma equipa que luta pelo título possa sofrer dois golos num jogo, ainda por cima com o Moreira. Sofrer 2 golos num jogo é uma garantia de perda de pontos, o que realmente veio a acontecer. Fiquei triste, estou triste pelo sucedido, ainda por cima após uma semana de alegria e baterias carregadas.Não foi por falta de apoio dos adeptos que passamos por este vexame, mas por culpa própria. É inaceitável a apatia das 1ªs partes, marcar um golo não chega, são precisos 2!!! Mais não digo, um sentimento de vergonha e raiva habita em mim. Ass. Ricardo Gomes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, o apoio foi bestial, ninguém se pode queixar.

      Abraço

      Eliminar
  2. Caro Jorge,

    Hoje estou triste, desmotivado e abatido.

    Não mudei a minha opinião em 1 centímetro relativamente a Lopetegui ser o único treinador de equipa grande em Portugal e o melhor de todos porque o é.

    Ontem mais uma vez, mostrou todos os seus defeitos e as suas mais valias.

    Mais uma vez, uma muito má abordagem tática ao jogo que se revelou na 1ª parte medonha que tivemos.

    Mais uma vez a revelar uma leitura de jogo soberba ao acertar em todas as substituições táticas que teve que fazer (mão falo de Varela pois essa foi forçada).

    Depois do golo é que perdemos o treinador de equipa grande e passamos a ter um merdoso borrado e isso chateia-me imenso.

    Assim que marcamos e vi o Lopetegui tentar arranjar aquele conjunto de atletas em 4-3-3 fiquei simplesmente à espera do empate, pois a partir desse momento, o Moreirense parecia o Bayern de Munique, tudo porque Lopetegui se encheu de medo e só quis defender o empate quando tinha 5 jogadores de ataque e um médio 8/10.

    Quem é que, estando bem da cabeça, pede a Danilo para ser central ao mesmo tempo que pede a André André para ser 6, Corona para ser 8 e a Aboubakar para ser 8?

    É claro que só podia dar uma coisa... (desculpa-se a expressão) Merda!

    Nunca poderíamos ter recuado vergonhosamente da maneira que o fizemos... NUNCA! Abou e Osvaldo tinham que continuar na frente a pressionar os defesas e Corona e André André poderiam ficar lado a lado mas não para defender mas sim para cortar e recuperar e lançar rapidamente Tello na ala e acabar com o jogo.

    Tudo o que vi foi uma equipa à espera desesperadamente do final do jogo ao invés de estar a trabalhar para acabar com ele.

    Isso foi muito mau de um treinador que aprecio e que sabe montar equipas de controle... eu entendo que os atletas que deveriam lá estar dentro não estavam mas se assim o era tinha-se que continuar numa tática adequada para eles e que lhes permitissem continuar a dar as suas características e qualidade ao jogo.

    Enfim... hoje estou triste, desmotivado e abatido

    ResponderEliminar
  3. Antes de mais gostaria de dar os meus sinceros parabéns pelo trabalho desenvolvido neste blog. Posso garantir que acompanho o Porto Universal diariamente.

    Este Portista que aqui escreve infelizmente não pode ir ao Dragão ver os jogos do clube do coração, não pode estar diariamente junto com a família e amigos. Encontro-me fora do pais já ha 3 anos. No entanto o Porto é e sera sempre o meu amor, o clube do meu coração. Acompanho pela televisão a maior parte dos jogos e agora, mais do que nunca, sinto o Porto pelas saudades que batem constantemente.

    Concordo na maior parte com os artigos de opinião deste blog. O F.C. Porto tem encontrado serias dificuldades em encontrar a sua filosofia no "jogo jogado". No entanto, relativamente ao jogo de ontem, reconheço que Lopetegui fez tudo para sair com uma vitoria. Apostou tudo no ataque e iria dar frutos caso o golo do empate não tivesse aparecido. Depois do primeiro ano de experiência, Lopetegui deveria no entanto ter já mais estofo com a filosofia de jogo e o próprio futebol português. Estes jogos com equipas pequenas acabam por ser aqueles em que ele tem mais dificuldades de colocar a equipa a render. Não sou treinador, apenas um mero apaixonado pelo meu clube, mas penso que tem insistido em jogadores que atualmente claramente não estão no seu melhor (claramente Brahimi e o escandaloso Herrera).

    Certamente que a equipa ira jogar melhor no futuro. Agora temos que vencer já o próximo jogo para a moral voltar ao de cima de novo.

    Mais uma vez quero congratular o trabalho neste blog e deixar um grande abraço diretamente da Irlanda do Norte (Belfast).

    Fernando Ribeiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ontem não foi um problema de substituições... foi um problema de atitude.

      Um abraço e uma Guiness bem fresquinha.

      Eliminar
  4. Bom dia,
    Reflectindo melhor e tendo já passado a noite de ontem gostava de dar a minha humilde opinião. Sempre fui defensor do treinador mas começa a não haver argumentos para o defender. Não digo que a culpa de ontem foi toda dele, porque quando uns falham acabam por falhar todos porque isto é o futebol. Não discuto se devia ter jogado o Aboubakar ou o Osvaldo ou o Danilo ou o Rúben ou se Herrera ou Imbula. O nosso banco devia chegar para levar de vencida um Moreirense que em 5 jogos fez um ponto. Continuamos a mastigar muito o jogo e sabendo que jogamos contra uma equipa que defende com todos e estando na frente do marcador por DUAS vezes porque raio não vamos atrás de mais golos que tranquilizem a equipa? Concordo com a troca de Marcano por Aboubakar mas chegando ao 2-1 teríamos que ter procurado o 3-1 e não adoptar a postura de contra-ataque. Ainda pior do que isso, a meu ver, é sofrermos o golo do empate aos 89 minutos depois de termos feito o mais difícil que era desfazer o primeiro empate. Afinal de contas jogámos contra o Moreirense e não contra o Chelsea. É completamente inadmissível o que aconteceu ontem. Quando é que vamos perceber que estas equipas nada têm a perder e não as podemos subestimar? Quando vamos perceber que os nossos rivais, à semelhança de nós, são equipas que na teoria não vão perder pontos facilmente e que assim vamos andar constantemente atrás do prejuízo em vez de os fazermos correr atrás de nós? Quando vamos reagir no campo a todos aqueles que nos odeiam? Quando é que vamos parar de cometer erros infantis que persistem em não se corrigir? Quando vamos aproveitar os lances de bola parada que tantas vezes decidem estes jogos? Ontem marcámos num mas não temos nenhum golo num canto ou num livre com bola bombeada para a grande área. Não me considero adepto derrotista nem vou deixar de apoiar o meu grande amor. Vibrei bastante no estádio na semana passada com o golo do André e acho que nenhum portista merecia levar um murro no estômago destes depois desse jogo. Ou o treinador toma consciência da merda que anda a fazer e mete a equipa a jogar de acordo com os nossos pergaminhos ou então temo mais uma época em que nos ficamos pelo quase. Fica a opinião de um adepto preocupado e que pode não ser a opinião de todos mas é a minha. Parabéns pelo post mais uma vez. Resta-nos apoiar e que venha o Chelsea!

    Um abraço,
    Pedro Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma atitude mais guerreira para conseguir o bocadinho que falta.

      Abraço

      Eliminar
  5. Caríssimo Jorge,

    Deixo o link, e mais não digo.

    https://www.youtube.com/watch?v=6grItXRW2UM

    Vê se percebes onde estás, Julen.

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. A mim parece-me que isto é cada vez mais um clube-empresa. Espírito guerreiro há pouco. Vontade de se mostrar na Europa há muita. A champes é qué boa. Veja-se o Brahimi quando se lesionou. Bate com o punho na relva porque não pode continuar o jogo ou porque na Terça não vai estar na montra? fica a dúvida. Ontem estavam em campo quatro jogadores que transitaram da época passada. O clube é cada vez mais uma empresa de exportação de talentos. Qualquer dia estamos como o benfas, com jogadores que chegam a dizerem que o clube é uma boa montra para darem o salto para a Europa (aqui deve ser África). Saúde. João.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, ora nem mais. Aquela fúria era porquê?

      Abraço

      Eliminar
  7. imbicto Jorge,

    Mais do que a opção técnica, é a atitude que transborda psicologia. O homem tem de ter outra atitude; consigo e como exemplo para os seus jogadores.
    De resto, só consigo criticá-lo por ter, ou fetiches de estimação, ou ódios de estimação. O ódio já foi e o fetiche permanece, mesmo jogando o primeiro dez vezes mais. Mas não é isso que está em causa. O que está em causa é o seu peso e o da responsabilidade das suas atitudes que são reflexo da sua personalidade, demasiadamente inflexível.

    Imbicto abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Atitude dominadora" diferente de "berro".

      Abraço

      Eliminar
  8. Tirar herrera e por tello ainda com muito jogo para o fim. E tirar Marcano para por Aboubakar e jogar com tudo. Os constantes berros. Isto tudo é atitude de um treinador que quis ganhar. Se ele não tivesse lançado tudo criticavam no como no Dragão quando tira o Abou. Concordo que houve erros, agora ele lançou tudo o que podia e sem medos. Mas é o elo mais fraco. Tenho vergonha de a minha massa associativa/assobiativa ser nojenta! Mete nojo ir ao Dragão (e vou sempre) e ver assobios e comentários ridiculos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes meus comentários não são assobiativos. São de quem quer mais e melhor, mas na terça lá estará a apoiar como sempre.

      Abraço

      Eliminar
  9. Cambada de meninos, queria ver alguns destes brinca na areia a jogar com Jorge Costa ou Pedro Emanuel atrás e fazerem cagada jogada após jogada. Levavam logo nas orelhas a valer, ponham-se finos e jogavam em condições.
    Não consigo dizer mais nada. Nem ver tv. Nem andar pela net (excepto 3 ou 4 blogs)
    Estou passado com isto!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Especialmente depois de ires a Moreira de Cónegos meu amigo. Uma tristeza.

      Abraço

      Eliminar
  10. Caro portistas vamos na 5 jornafa e aonda não assistimos a um bom jogo completo do Porto.
    O que tem acontecido é a qualidade individual dos jogadores a ganhar jogos.
    Uma equipa que faz 200 passes durante 45 minutos marca um golo de livre e zero oportunidades de golo.
    O Porto cansa de ver jogar.
    Desculpem mas o Lopetegui não vai nunca ser o treinador que precisamos pelo simple facto que não abdica de que a equipa só tenha posse de bola.
    Muita posse mas pouca profundidade.
    A minha paciência já acabou, o Porto é um amor grande para virar as costas... mas está na hora de lhe dar um tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se pode estar lá só nas vitórias, caro amigo.

      Abraço

      Eliminar
  11. Não matámos os jogos quando temos oportunidade, como na madeira, kiev e ontem e depois levámos com baldes de água fria.Temos de parar de repetir os mesmos erros.
    Depois de termos feito o 2 a 1 não podíamos ter recuado e fazer do moreirense um barcelona ou real, pois foi o que pareceu tal o abafo que eles nos deram.
    Vou continuar a acreditar no treinador e jogadores mas é preciso abrir a pestana e começar a matar os jogos e śo descansar quando estiver 2 ou 3 a zero.
    Agora venha o chelsea e que façamos tudo para tentar ganhar o jogo sem ter cuidados em demasia.
    João Moreira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aprender com os erros e evoluir, é tudo o que se pode querer.

      Abraço

      Eliminar
  12. Que dizer?

    O que custa mais é atitude que a equipa apresentou entre o 0-1 e o 1-1.
    Mas creio que é algo que já vemos há muitos anos. A equipa abrandar o ritmo após o primeiro golo. Irritantemente, aliás. Que alguns entendidos chamam de descanso com bola. E com o jogo de 3ª nas mentes dos jogadores acabou por ser a morte do artista. Independentemente do treinador isto já acontece há muitos anos. E esta atitude irrita porque com a equipa ainda verde de processos (também defensivos) tem que continuar a carregar para matar o jogo. Não o fez...
    Após o 1-1, não creio que a equipa esteve mal, O treinador inclusive fez a substituição que os adeptos já tinham reclamado na Madeira ao colocar ao mesmo tempo Osvaldo e Abou. E estes quase que construíam o 3º golo.
    No 2-2, tal como na Ucrânia, falta Marcano no meio da defesa.
    Que dizer de uma equipa que passa o jogo todo a defender e em 3 remates, 3 míseros remates à baliza faz 2 golos? Sorte deles? Aselhice nossa? Não consigo explicar. Mas que é caricato é! E pior é que começa a ser recorrente.
    Estes são o tipo de jogos, de resultados e momentos da época, em que interiorizamos que ainda bem que aconteceu agora pois dará tempo para rectificar. A questão é: será mesmo? será que treinadores e jogadores vão conseguir trabalhar para corrigir o que tem que ser corrigido? para que não se repitam jogos e resultados como o de ontem? ESPERO que sim. Para este tipo de desilusões bastou a época anterior.

    Abraço, P.Torres

    PS: E não desanime, caro Jorge, para que as suas análises continuem como até aqui, serenas e contundentes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por isso é preciso uma atitude de domínio, e essa é a única coisa que Lopetegui não soube ainda dar.

      Abraço

      Eliminar
  13. Não entendo quem diz que a equipa de Lopetegui está a um danoninho de ser uma grande equipa. Está? Uma equipa que é incapaz de manter regularidade exibicional e compromete contra um Moreirense, que até podia ter vencido? Quanto mais tem o pobre Lopetegui de enterrar a equipa para que lhe façam o favor de o mandar para o Guetafe, ou assim, onde devia estar a desenvolver as suas proto-ideias de circulação à largura do campo e estilo de jogo baseado em encher alheiras pelas laterais? Leio muito "continuo a apoiar o treinador, mas (encher uma data de erros apontados)..." Eu não apoio mais o treinador. Se ele quiser, tem de se fazer apoiar. As fés, os terços e idas a Fátima são mais a sul. Eu quero ver bom trabalho em campo. Ano e tal desta merda, e ainda estamos a discutir se o cagalhão no meio da sala é excremento ou uma deliciosa barra de Mars. Lopetegui não serve, nunca serviu e nunca servirá. O futebol da equipa é horrível, ineficaz, não evolui, não há atitude, não há rigor - nada! Malta que tem fé em que isto dê em nalguma coisa... no quê? Mundo com ele e depressinha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa analogia á me arrancou um sorrido. Obrigado, estava a precisar :)

      Abraço

      Eliminar
  14. Lopetegui está sujeito a críticas válidas acrescidas de todas as barbaridades e disparates! Era burro por ter trocado Abombakar por Dani, hoje é burro por ter tirado um defesa (frente a uma equipa menos ameaçadora) e ter ido para a frente com tudo. Está na hora dos jogadores se aperceberem que têm que fazer mais para proteger o treinador da chuva de insultos! Só eles são responsáveis pelo golo do empate, esta tremedeira é inaceitável, não se pode baixar assim o ritmo. Uma vez mais Lope leu bem o jogo e alterou o que faltava.

    Um abraço,
    Raul

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O FC Porto só precisa de acreditar que é melhor e deixar de ter medo. Ponto.

      Abraço

      Eliminar
  15. verdade, a raiva é muita e a quente ainda maior. O porto é atacado em todo o lado ate parece uma equipa estrangeira, podemos desabafar internamente mas temos de acreditar ate porque nao se muda de clube, nao se consegue. O treinador nao percebeu ou nao quis perceber o que é ser porto, para ela a mistica esta por aqui e ali nos pormenores diz ele, nao quer perceber que quem o fara alguem no futebol sera o porto e ira ver isso na receçao a mourinho apesar de tudo. Ele nao acredita em jogadores da nossa cantera para mim o melhor 6 dos que temos seria sergio oliveira ( e na mesma lento como os outros mas remata e passa muito bem e taticamente é muito bom ).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que vamos acreditar. Afinal, tudo ainda pode acontecer. Estamos na sexta jornada de 34. Mas temos que fazer melhor, e apontar os erros não é desistir de porra nenhuma.

      Abraço

      Eliminar
  16. Às vezes as grandes equipas precisam de resultados assim para crescer, mas não sou da opinião que tudo está mal e toca a começar do zero. É preciso é agora ter o dobro da garra pra enfrentar os próximos jogos.
    Eu prefiro que se tenha arriscado tudo para fazer o 2-1 e correr os riscos no fim que corremos, sendo que os erros defensivos não são admissíveis numa equipa da dimensão do FCPorto, tanto no primeiro como no segundo golo do Moreirense, Do que empatar 1-1 e não fazer de tudo pra ganhar.
    Agora é trabalhar muito pra limpar a imagem deste jogo triste.

    Sobre os adeptos portistas apenas das derrotas, os que dizem que já sabiam que isto ia acontecer e que a culpa é do treinador, não são de agora, já os ouço desde os tempos das Antas. Até no Penta os ouvi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente. E eu não disse que se deve começar nada do zero.

      Abraço

      Eliminar
    2. Não quis dizer que o Jorge disse isso, mas é o que vão começar a dizer os comentadores e adeptos que só aparecem nestes momentos para deitar abaixo.

      Eliminar
    3. Concordo. Mas quantos resultados assim já tivemos e quanto crescemos? É que se fosse só isso, o Olhanense era campeão. Tem de haver capacidade de aprender, reconhecer os erros e rectificar. Lopetegui está há mais de um ano a acumular os mesmos erros, não muda e os resultados são exactamente os mesmos.

      Eliminar
  17. Se o Casilhas tem saído a murro e sacudido a bola do 2º golo,a conversa era toda outra.
    Saudações
    Rocha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Casillas é exímio dentro de postes, sai pouco à bola. Os centrais têm de saber isso.

      Abraço

      Eliminar
  18. Calma amigos continuamos em 1º
    Saudações
    Rocha

    ResponderEliminar
  19. "Damage control" graças ao estupendaço Mestre da Tática. Esse sim é que é bom!....

    ResponderEliminar
  20. Treinador incompetente só não vê quem não quer...Sad fora do prazo de validade....

    ResponderEliminar
  21. Bom Dia Jorge Vassalo. Mais tranquilo depois do balde de água fria de Sexta feira e de alguma forma confortado com o empate do Sporting volto ao jogo e ao que se passa no nosso clube. Acho que a equipa trabalhou o suficiente para ganhar em Moreira, que o treinador esteve bem e que não tem culpa por sofrer o empate com um daqueles golos estúpidos e inadmíssíveis numa grande equipa, na linha dos que temos vindo a sofrer de há muito para cá. Lopetegui tem um modelo de jogo que se apoia na qualidade dos jogadores, o mesmo que, por exemplo, com o Benfica não precisou de guarda redes em toda a segunda parte. Lopetegui e o Porto tinham os jogos ganhos no Funchal e em Moreira, até que vieram os erros de palmatória que deram no que deram. Da mesma forma na época passada dominou o Benfica em toda a linha no Dragão mas não marcou e levou dois golos estúpidos. Em Kiev dominou mas empatou com mais um golo desses. Culpa de Lopetegui que deveria ter continuado a atacar em vez de recuar?. Mas o que dizer dos jogadores?... O que dizer, por exemplo, de Maicon que está em todas as paragens de cérebro que resultam em golos que sofremos. Não está directamente em algumas dessas situações mas estará como patrão da defesa. No golo do Moreirense o que andava ele a fazer?... No de Kiev igual. Não o quero crucificar, até acho um jogador razoável mas não é o jogador estável que precisamos e acho que enquanto o tivermos na equipa sofreremos sempre esses golos estúpidos. Nessa ordem de ideias Lopetegui não serve para o Porto e dar-nos-á sempre baldes de água fria. Para os evitar, precisamos de alguém ponha ordem na defesa ou então de um treinador de tracção atrás que mande os Tello e os Corona à maluca lá para a frente. É uma opinião que vale o que vale. Quanto ao masoquismo dos adeptos temos de conviver com isso, por culpa do fado e do ser português. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jorge: Muito depois deste lhe enviar este meu post dei um salto ao "Dragão até à Morte" e li o que Vila Pouca escreve sobre Maicon. Abraço

      Eliminar
  22. ALGUEM EXPLIQUE AO SERRÃO que o tinhoso do pedro guerra só defende o lopetegui para os portistas o atacarem!!!!!!!!!

    ResponderEliminar