quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Portodoxo Abandonativo


São estes dias estranhos, estes em que tudo parece invertido, que me deixam futebolisticamente pensativo. Nestas horas fico contente de não trabalhar numa profissão ligada ao meu FC Porto, certamente me iria doer mais.

Ontem jogamos competentemente, com muita entrega e luta, com a Raça de não desistir e de dar a volta a um marcador desfavorável, em especial na segunda parte, e sofremos um golo irregular. Quem são os primeiros a insultar o nosso guarda-redes, os nossos atacantes, todos e mais alguns? Os Portistas.

No ano passado Johnatan Silva entrou, num salto, na área, braço esticado ao longo da cabeça, e recebeu uma bola no ombro. Foi erradamente sancionado um penalty contra o sporting. Abriram-se programas, fizeram-se especiais, discutiu-se e fez-se tratados, quase ao nível da jurisprudência, de um penalty "injusto" e de uma perseguição sem nome. Por todo o lado se falou de corrupção à mais alta esfera e de ódio aos tugas. 

Mas por estas bandas, nem pensar! A culpa é do Casillas, que mesmo tendo um armário que lhe dava mais 20 cms na frente, não saltou rumo ao infinito que não via. Esse tipo desnecessário é guarda-redes de baixa gama - indiferente a excelente defesa que salvou o 2-1 e que mataria o jogo contra nós, whatever - e a culpa é sempre do Lopetegui.

Por todo o lado se afiam facas, à espera do predestinado da cadeira de sonho, abrindo alas ao senhor Pedro Henriques, que se apressa a dizer que o golo é "totalmente legal" e que o FC Porto "não pode alegar uma regra que não existe". Pois não, tropa do arco-íris, está só ali em cima, olha.

Não se cansam de dizer como no tempo do Gomes, do Futre e do André pai, aquilo é que era, e nunca teria acontecido uma coisa destas, as Taças dos Campeões sucederam-se umas às outras, não foi? Cada jogo era uma festa de futebol, cada passe puro deleite, cada resultado uma banhada de 6 para cima!

Não? Pois, não sei que se passava! Devia ser culpa do Lopetegui! Não adianta, há dias em que me cobre de vergonha saber que não precisamos de inimigos. Precisamos, talvez, de uns anos sem ganhar nada. Para que abandone o barco quem pensa que cada jogo que não seja goleada é um desastre.

Marcamos dois golos fora, trouxemos um decisivo ponto connosco, contra uma equipa que tem o Shakhtar a cinco, que não foi fácil, antes de um clássico que queremos ganhar.

Queremos, não! Uns já foram convencidos pelos media de que se passa uma de três coisas: se ganharmos, era a nossa mais elementar obrigação, se empatarmos a culpa é da merda do espanhol, se perdemos, perdemos o campeonato, rua com o treinador, a equipa toda, a estrela espanhola (só podia ser!) e o Presidente gágá!

Parabéns, meus amigos! Enquanto assim agem, a segunda circular bate palmas de contente e agradece que a derrocada Portista tenha vindo... de dentro.

50 comentários:



  1. @ Jorge

    "dividir para reinar", esse é o mote. ou para se perpetuar o «glorioso» reinado...

    abr@ço
    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desde que não sejamos nós a entregar o reino...

      Abraço

      Eliminar
  2. Obviamente concordo.
    Bem ao estilo português gostamos das coisas já feitas, esquecemos é que dão trabalho e é necessária muita persistência. A equipa só tem 2 meses de trabalho? Já deveria estar a dar recitais, queremos ópera! Recebemos 2 jogadores na última semana de mercado? Já deveriam saber como têm que jogar!
    Quantos dos críticos, nas suas profissões, ao fim do primeiro dia de trabalho já sabiam fazer tudo direitinho?
    Não há pachorra para tantos entendidos em futebol!
    Abraço, P. Torres

    ResponderEliminar
  3. Caro Jorge nem mais. Acredite que a única coisa que me passa pela cabeça é, na hora de festejar, lá para maio, não me esquecer de lhes dedicar a vitória a esses. Longe vão os tempos em que o que me apetecia era dedicá-los aos jornais e paineleiros apenas. Hoje já me imagino a dedicar a todos esses palhaços do caralh@... Pena não me dar ao trabalho de anotar quem são todos..

    Cumprimentos!

    Pedro Santos

    ResponderEliminar
  4. Apoiado!!!. Grande post de revolta contra a metralha sobre o Porto e sobre o nosso treinador. Os portistas vão na onda do que "vem no jornal" mas felizmente há muitos que resistem e que resistirão ainda e sempre ao invasor, como é o caso do Amigo Jorge Vassalo e do seu Porto Universal. Abraço.

    ResponderEliminar
  5. De louvar quem tem um blog, como no teu caso, e continua com energia para lutar pelo clube.
    Gente "radical" há em todo lado, mas isto no Porto tornou-se ridículo...
    Farto deste pessoal que só sabe dizer mal, que procura sempre seja o que for para bater no treinador.
    Claro que não são todos, mas não tenho dúvidas nenhumas que a maioria é unicamente por incapacidade própria, limitam-se a ir na onda que a propaganda agita...
    Em vez de se unirem todos e puxar pela equipa, não! Estão à espera da desgraça, para se acharem uns sabichões da bola! TRISTES do CRL!!

    Força Vassalo.

    Vai Porto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o ego. Até numa coisa tão interessante e lúdica como futebol. Imagino no dia-a-dia, nos empregos... ou então não...

      Abraço

      Eliminar
  6. Sobre atacarem Casillas, lembro Vitor Baía e o Mundial 2002...

    Casillas podia ter parado o gajo que, efectivamente, marca o golo... Mas, para mim, não deixa de ser ilegal.

    Tínhamos obrigação de ganhar, sim, embora fôssemos com calma que o empate não seria mau. Não precisamos é que a merda (com licença) que gasta papel em publicações não isentas no-lo ande sempre a lembrar com relativizacoes glorificantes sempre implícitas...

    Vamos a reagir, mas é.

    Valem mais 3000 portistas em Arouca
    Que 30000 parolos de assobio na boca

    Saudações,
    Fábio Pinto da Costa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Dínamo de Kiev não é o Arouca. Aí é que está. Fora, não tínhamos a obrigação de ganhar. Soube a pouco porque tínhamos a vitória na mão e ela fugiu.

      Abraço

      Eliminar
    2. Discordo aí. Tínhamos sim. Agora, parafraseando o Ingenheiro (i propositado) de Arouca, não sou tolinho. Esperava dificuldades e quem montou o sistema táctico até me surpreendeu ao contar com mais dificuldades ainda. Já vi por aí clamar pelo sistema habitual e mais não sei o que... Com um 4-3-3 contra uma equipa num campeonato mais avançado (salvo erro), teríamos conseguido impor o nosso futebol e suster o meio-campo kievano deveras agressivo?

      Empates são sempre como derrotas para nós, mas fizemos um jogo decente, embora seja preciso continuar a evoluir.

      Fábio Pinto da Costa

      Eliminar
    3. A evolução é, claramente, uma inevitabilidade.

      Abraço

      Eliminar
  7. Boa tarde, caríssimo Jorge,

    Não sei se é do seu tempo, mas na década de setenta do século passado, durante um interminável jejum de títulos em que as espectativas se iam desvanecendo por cada época que fracassávamos, alguém lançou um lema, espalhado por inúmeros autocolantes de afixar nos vidros, que aludia o seguinte: AME O FUTEBOL CLUBE DO PORTO OU DEIXE-O. Seria preferível que alguns “portistas” o deixassem. Pelo menos, saberíamos com quem contávamos. Com amigos destes não precisamos de inimigos.

    É deplorável a forma como foi desvalorizado o lance ilegal do segundo golo que sofremos.

    Depois da exibição de ontem, acredito que vamos ter muitas alegrias.

    Um abraço para si e para todos os Portistas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O clima, meu caro iur, vai afastar os assobiativos do Dragão. Só espero é que não estejam lá no domingo, senão passo-me!

      Abraço

      Eliminar
  8. É a realidade do estado a que chegou a sociedade em que vivemos: a inconsciência da ignorância que permite que "todo o mundo" se pronuncie sobre tudo não sabendo do que fala, com o à vontade de quem confunde tremoços com marisco ou ser capaz de pilotar um avião só porque joga playstation.

    DRAGÃO, SEMPRE!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos são Mestres em tudo hoje em dia!

      Abraço sr Remigio e obrigado!

      Eliminar
  9. Caro Jorge

    Percebo a sua frustração, da qual largamente comungo. É que o argumento da liberdade de expressão não pode ser a panaceia universal que justifica todo o despautério para com o nosso clube. A linha entre a nossa cultura de exigência - tão invejada pelos nossos rivais - e uma certa cultura de maledicência gratuita vai-se tornando ténue, e é óbvio que dois anos sem nada ganhar tudo piora.

    Mas não vamos pensar que são precisos uns anos sem nada ganhar para que se faça uma "purga" de um certo portismo à la carte ;) Percebo o seu desabafo, mas como bem sabe só frequentamos as "capelinhas" que queremos frequentar. Obviamente que não vivo numa redoma e vou lendo o que se escreve por aí, mas uma pessoa vai sabendo escolher as suas lutas e só dá troco a quem quer. Não é contra alguns Portistas que vamos ganhar, é apesar de alguns Portistas que iremos ganhar ;) Digo isto sem querer cercear a liberdade de ninguém, pois a liberdade foi um bem precioso que custou a ganhar neste país. De resto, apetece-me parafrasear Shakespeare, "o veneno é sempre amargo para quem precisa dele".

    Abraço, caro Jorge, e nada de esmorecimentos, Domingo há mais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordando consigo, tenho vontade de abanar todo o Portista hipnoitizado pela cartilha da verborreia do sistema. Com frases-chave e tudo.

      Mas atenção, aqui ninguém esmorece, domingo é no sítio do costume.

      Abraço

      Eliminar
    2. Isto é uma vergonha:
      O Casillas é um velho que só franga por todo o lado
      O Maicon é cepo que nem era titular no Arouca
      O Herrera, idem
      Com este plantel até o Paulo Fonseca ganhava...
      O único que se aproveita é o Maxi, porque já foi lampeão... Não devia ter dito isto, ainda vão pensar que sou do clube lá de baixo...
      No próximo jogo vou assobiar a equipa durante os 90 min e se possível no aquecimento...
      Irony mode: on
      É pena isto ser a desopinião de muitos portistas...

      Eliminar
  10. Por acaso acho que é, em muitos casos, ao contrário: há muito quem se aproveite da palha que os média nós querem dar para fundamentar e justificar as suas agendas. Nada mais irritante do que ouvir e ler os jornalixeiros e paineleiros do costume bradarem "a maior parte dos Portistas concorda comigo, está tudo mal". Prefiro não ser dessa maioria...
    Nem de propósito pá, tinha isto para dizer :)
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas o problema é que muitos alinham nessa cartilha...

      Abraço

      Eliminar
  11. Gostei do post, nem mais! Que as conciências manipuláveis despertem da intoxicação cerebral provocada pela comunicação centralista de lixboa a tempo de apoiar o nosso clube no jogo contra o nosso inimigo de estimação, apoio que deverá ser até ao último suspiro, com pressão também, apupos qb, um misto de raiva e agressividade contra o árbitro e jogadores adversários. Não há jogo que mais queremos vencer, se possível esmagar, destruir!!! Mais uma batalha para vencer numa guerra sem fim, contra eles, contra tudo e contra o que representam: centralismo, regime, clube do regime... Tenho fé na vitória, serei um dos que orgulhosamente estará presente de corpo e alma com o clube de coração a apoiar os nossos e a insultar o inimigo!!! Para terminar, desejo que os artistas do assobio sejam bem audíveis pelo inimigo. Ass. Ricardo Gomes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais! Lá estaremos a dar força ao Dragão!

      Abraço!

      Eliminar
  12. Curiosamente, para quem tanto malha no nosso, nos grandes palcos estes predestinados sofrem derrotas absurdas.... É caso para pensar bem se a postura dos Portistas está correcta com os seus...

    ResponderEliminar
  13. Olhe Jorge, a sublinhar tudo o que escreveu, a verdade é que fomos vítimas de um pontapé falhado que redundou em golo quando tínhamos 9 dentro da grande-área. Fuck! Os prostitutos da ordem só lá vão com uns apertos, believe me!

    ResponderEliminar
  14. É este o Universo portista neste momento...só fantásticos treinadores e gestores do FM. Com eles compraríamos Ibras e Messis. Limparíamos Ligas dos Campeões umas atrás das outras, com goleadas em casa, fora e pelo caminho. O Campeonato Nacional seria apenas um passeio. São todos peritos em tácticas. Entrariam sempre com um médio e quatro avançados, porque não são cagões. São peritos em dar opera. São os maiores...em quê, não sei, mas são. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Veja-se em acção os treinadores da ópera em acção..

      Abraço

      Eliminar
  15. Está nos genes do português (e nos dos pseudo-portistas também, pelos vistos) encontrar só defeitos quando deveria procurar algumas virtudes. Presumo que poderá também ser culpa do Lopetegui!

    Post Lapidar!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  16. Jorge,

    O golo foi em fora de jogo, perfeitamente de acordo. Mas foi por sermos anjinhos, que nos expusemos a essas "sortes". Eu quero muito chegar ao fim destes jogos e dizer "Foda-se, nem com golos roubados nos ganham". E sabemos que ontem, isso era perfeitamente possível. Não belisca o potencial que vejo nos rapazes, mas também essa "anjice", se paga caro. E no lance do 2º golo, todos (inclusive casillas), demoraram uma eternidade a reagir. Também isso, foi fatal. Não atenua o erro arbitrar. Não o justifica. Mas mesmo com esse erro, podíamos ter sido mais inteligentes a gerir o jogo após o 1-2, e não fomos. No Domingo, já sabemos que vai haver erros desses e, como tal, não quero chegar ao fim a lamentar-me de erros ou azares. É pá ganhar, com os tomates bem no sítio.

    Abraçom

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo verdade, é um facto, bem como é tudo verdade, mas... é fora de jogo e não me venham dizer que não é.

      Abraçom

      Eliminar
    2. O Coroado diz que quem está fora de jogo é o Casillas. E se o Coroado diz...

      Eliminar
  17. Bravo, Jorge! Pior cego não é o que não quer ver ou não pode ver, senão o que já "viu" tudo...

    Abraço!

    ResponderEliminar
  18. Nenhum adversario pode ser destruido por fora enquanto nao se destruir por dentro.

    Ass: Joao castro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa é a ideia. Pena que não seja topada a milhas.

      Abraço

      Eliminar
  19. Dei uma vista de olhos pelas caixas de comentários na bluegosfera, e de repente uma data de anónimos a dizer mal....
    Ah?
    pois, o jogo com os ditos-cujos é já no domingo...
    tudo isto é puro acaso...

    ResponderEliminar
  20. é sindrome tuguinha, esta porra!...
    só dá treinadores de bancada, presidentes de bancada, CEOs... "eu bem dizia... eu nao disse? nunca tive confianca nele. ate um macaco, qualquer um fazia melhor...."
    venha d. sebastiao, desta feita sem adjuntos, pintado como william wallace, porque a nossa liberdade está na vitória, e veremos como devíamos ter respeitado as "tertúlias", os "orgulhos", os "sou porto", "forca porto" e todas essas coisas que lutam mais pela vitória, nada de likes nem pageviews, oh! estes sim, só com uma cor, azul esbatido e branco sujo, porque dantes é que era bom! volta cubillas! pra onde vais? dantes é que era... ah o DNA, assim dito em estrangeiro, daqui houve nome portugal...

    ResponderEliminar
  21. Boa tarde, Jorge

    não se enerve mais com essa gente, compadre. Não lhe merecem a vesícula quanto mais o brain?
    Sabe que mais?! domingo lá estaremos, como habitualmente, a puxar pela nossa equipa até ao fim. (contigo) Até ao fim !!!
    A ganhar, a empatar e especialmente a perder, sempre Porto !

    deste que o estima,

    Petronilho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos de estar atentos, senão somos engolidos...

      Abraço

      Eliminar
  22. Parabéns Jorge Vassalo!!!!
    Subscrevo inteiramente! Por um lado acho que muitos deles são intoxicados pela comunicação social de Lisboa. Por outro penso que esses portistas paineleiros queriam era o tachinho na SAD.
    São aqueles portistas que diziam que o Quaresma era um símbolo do clube???? Como é possível??
    Domingo vamos dar cabo dos vermelhos!!!!!
    Abraço a todos os irmãos portistas!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos a isso.

      Por favor assine o seu comentário...

      Eliminar
  23. Parabéns Jorge, por um blogue que admiro. Essencial continuar a insistir na questão contra os assobios, mas interrogo-me se os nossos apelos chegam aos ouvidos dos assobiadores, portistas de fds que lêem o jogo e pouco mais, e pouco conhecem da bluegosfera.... Haverá formas mais eficazes?
    Um abraço,

    Raul

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só posso fazer a minha parte, caro Raul.. :)

      Abraço

      Eliminar
  24. Olá Jorge.

    Infelizmente debato-me com essa triste realidade todos os dias, o anti-portismo por parte dos nossos. Não precisamos que ninguém nos Foda, porque nós portistas, fazemos muito bem esse trabalho.

    Grande abraço.

    Saudações Portistas.

    ResponderEliminar