segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Dois Pesos Duas Medidas


Não vi o Trio D' Ataque, senão a versão condensada. Mas vi o Campeonato Nacional e o Play Off. Mas devo dizer, vou escrever pouco sobre tanta coisa.

Devo admitir que Diamantino me tem surpreendido, ao ser cordato e analítico e também por saber reconhecer os méritos adversários e o momento da sua equipa. O Campeonato Nacional, mesmo com um José Eduardo mais caustico, é um programa elevado, onde o FC Porto é bem defendido com exactamente o mesmo tom pela parte de Bernardino Barros que tem noutros fóruns, mas também onde se fala de futebol com qualidade.

Curiosamente , no Play-Off, vimos um Augusto Inácio em fúria total. Inácio defende-se atacando, quer a Rodolfo Reis, quer a António Simões. O "sportinguista" Rui Santos vai acenando que sim com a cabeça. Mas Simões levantou esta lebre aqui, muito interessante, que interessa aprofundar, e à qual Inácio não soube dar resposta.

Então o clube anti-fundos só é anti-"os fundos que eu quero ser"? Então de onde vem mesmo o dinheiro do sporting, afinal? Esta precedência não cria um sentimento de profunda hipocrisia no discurso do sporting? E os 10 mil euros de ordenado do "impoluto sportinguista"? Surreal. Como já aqui disse, é fenomenal que aqueles que nos criticaram de uma forma concertada, bramindo a sua correcção e transparência, estejam agora a ser do mais opaco possível. Curiosamente, aliás, Inácio não parece saber exactamente o que está lá a fazer.

De fazer nota também que Rui Santos achou o benfica "fenomenal" e o FC Porto "tecnicamente interessante". Ah, e que isso do Capela dar amarelos a torto e a direito é "aceitável". Enfim, mais do mesmo. O anti-Portismo primário de Rui Santos é uma coisa a que temos de estar sempre atentos, sempre alerta, sempre vigilantes. De não esquecer que este rancoroso senhor tem um programa só seu, sem contraditório, em que nada o impede de torcer a realidade a favor da sua perspectiva.

Não comam a palha que vos servem. Estes dados estão todos viciados. O bom de tudo isto é que convence os nossos rivais da sua superioridade. O mau disto tudo é que confunde alguns Portistas.

20 comentários:

  1. Do pouco que ontem vi foi mais do mesmo:
    - falam sempre mal do F.C:PORTO e das poucas vezes que falam bem, vem logo a seguir um mas.. como se costuma dizer e desculpe-me a expressão: - Ou é do cú ou é das calças, há sempre mal a falar contra o nosso clube.
    - o Lopetegui se tem um discurso calmo é porque não diz nada de novo e devia arriscar no discurso, mas quando arrisca como no sábado, também nao interessa grande coisa
    - O benfica é que está a jogar muito, agora é que vai ser, cuidado! dizem eles
    - O jesus mais um show na conferência de imprensa é mesmo o catedrático do futebol
    - O F.C.PORTO levar 6 cartôes é normal, foi uma boa arbitragem
    - O benfica jogar em Aveiro é normal e não faz mal nenhum á verdade desportiva
    - com canais e programas asssim nem sei para que é preciso o benfica ter uma tv se já tem estas todas.

    João Moreira

    ResponderEliminar
  2. Boa Tarde, Jorge Vassalo
    Já aqui comentei que Inácio se presta a ser "a voz do dono" de Carvalho. De lamentar que um homem de bem, com um passado desportivo como o dele, se preste a fazer de papagaio. No programa de ontem, a certa altura percebia-se que estava tudo bem com os clubes de Lisboa, o Sporting estava "a dar lucro" e o Benfica "a acordar para a realidade". Mal só os do Porto, como de costume, feios, porcos e maus, vá lá, tiveram dois exercícios positivos mas depois é a desgraça, vendem muito mas o dinheiro não entra, Inácio acha que sim. Esperto é Bruno!... Chega, descobre a pólvora sem sumo e o tiro sem pum e, num instante, pôs o clube a dar lucro. Milagre! Milagre!... Inácio diz isso ao Domingo, o cirurgião confirmará à segunda, o pequenito Rui Santos não confirma nem desmente e o Joaquim da TVI fará o mesmo mais logo, por entre as gargalhadas de Serrão e as tiradas do insuportável Guerra. Não dou para esses peditórios, talvez tenha dado dez minutos de audiência nos últimos meses, vou para o Porto Canal onde estou em casa, mesmo metralhado [e incomodado] com a repetição de palavras de J Fernando Rio ou as "parabenizações" de Cândido Costa que apesar disso gosto muito de ouvir. O facto é que descontando os nossos que são de um canal de clube, esses programas em nada contribuem para a indústria do futebol, servindo apenas aos péssimos profissionais que por lá andam, como p.e. Rui Santos que fez e faz carreira à custa do mal dizer, da mentira ou de meias verdades. Em suma: Enquanto o povo não acordar, Portistas inclusive, a sina é triste e dura!... Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou continuar a denunciar esta parvoíce. Só quero que os meus não fiquem hipnotizados.

      Abraço

      Eliminar
  3. Portugal deve ser o país do mundo com o maior número de programas desportivos em que os seus intervenientes poucou ou nada sabem de futebol. É engraçado verificar como a linguagem muda de equipa para equipa: quando um dos nossos rivais ganham sem saber ler nem escrever, usa-se a expressão "ganhou sem nota artística" ou "tiveram que vestir o fato-macaco"; quando somos nós, está sempre tudo mal e em crise (tudo culpa do treinador, claro).

    Por outro lado, os casos de tentativa de prejudicar o FC Porto - esta jornada isso foi bem claro, com a nomeação de João Capela e com a polémica do campo - nunca têm o eco na comunicação social que as birras do Presidente do Sporting têm, por exemplo. A questão dos orçamentos dos cluibes é igual: durante anos a fio, o Benfica fez um investimento brutal em jogadores novos todos os anos (parte deles foram flops, mesmo passando pelas mãos do mestre da táctica. Estranho...), incluindo em épocas sem participação na Champions (ou seja, em anos em que não tinham receitas significativas) - para a comunicação social foi como se nada tivesse passado. Este ano, mesmo apresentando um saldo muitíssimo positivo, está tudo preocupado com a nossa situação financeira - até mesmo o treinador do Chelsea, o tal que ganhou tudo sozinho, já se sentiu na obrigação de sublinhar este facto...

    Enfim, continuamos num país em que a cegueira clubística interfere, em grande medida, com o raciocínio de quem escreve ou fala de futebol em Portugal. Temos jornalistas "imparciais" que descrevem uma realidade na qual o FC Porto raramente triunfa. Temos advogados que esquecem todo o código deontológico da sua profissão e orientam os seus comentários "jurídicos" em função do seu clube, e não da justiça material. E muito mais...

    Mas, por tudo isto, o que mais me custa é que parte dos nossos adeptos passem os jogos caseiros a assobiar e a insultar os jogadores e o treinador do FC Porto. Se não formos nós, afinal quem é que nos defende?

    Manuel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora nem mais. Por isso é que estou aqui para ir chamando a atenção desta estupidez galopante.

      Abraço

      Eliminar
  4. Caro Jorge,

    Relativamente ao paragrafo final, não concordo com o mesmo: "Não comam a palha que vos servem. Estes dados estão todos viciados. O bom de tudo isto é que convence os nossos rivais da sua superioridade. O mau disto tudo é que confunde alguns Portistas."

    Não, na temporada passada, e na presente a Campanha dessa mesma Imprensa sulista e elistista não alterou: O FC Porto tem o maior orçamento, tem o melhor Plantel, e tem a obrigação de ganhar...

    Todavia, concordo que o FC Porto tinha, e tem na presente época desportiva, o melhor Plantel, e talvez na temporada passada essa recorrente constatação terá adormecido os Portistas, a Equipa, e nada ganhamos. Sobretudo que tivesse servido de lição esse relativo adormecimento, temos bons jogadores, temos um bom plantel, e naturalmente estaremos mais perto de ganhar, mas, precisamos de uma EQUIPA com ganas, e em Arouca ela surgiu, como se estivesse a disputar uma partida de Champions, e sobretudo desejo que não regresse uma bruma da Choupana ou um velho do Restelo, onde a Alma esteve ausente!

    Termino, e sempre recordo o Mundial do meu descontentamento, o de 1982, um Brasil com Falcão, Socrates, Zico, Cerezo, Eder e afins, talvez a melhor Selecção que tive oportunidade e o prazer de ver jogar, todavia, nada ganharam ... Com esse exemplo "pedagógico", concluo, temos muita qualidade, mas temos também de demonstrar em campo que queremos muito GANHAR (nem que se ja a tocar bombo em algumas partidas, e foi isso que faltou ao tal Brasil vintage) , e ao vislumbrar aquele "pequeno utilitário" André André com Alma até Almeida, acabo por me tranquilizar, porque esse Filho do Dragão irá com certeza influenciar positivamente a nossa Equipa, e no médio prazo, não estranharia se o André assumir o estatuto de Capitão do FC Porto!

    1 abraço,

    PT

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paulo, quando digo da "superioridade" estou a falar desta perversa psicologia invertida que fazem.

      O Vieira vai ter de pagar o Mitroglu, o Jimenez e o que conseguiu manter, mas coitadinhos, têm uma equipa de sobras. Enquanto o Nico não for embora, vai continuar tudo igual (quantas jogadas de golo não começaram em Gaitán?) e o Vitória vai conseguir fazer omeletes sem ovos enquanto o Lopetegui tem um "Ferrari"...

      Nada disso. Psicologia invertida.

      Felizmente o FC Porto tem agora jogadores à Porto e está a ganhar maturidade e calo. Este ano vai tudo piar fininho. E não vamos ser só nós os desgastados.

      Abraço

      Eliminar
  5. Antigamente, papava tudo o que era tertúlias destas. Mas o anti-portismo de Goberns, RGSs, Santos e Guerras é de tal forma insuportável que me fez desistir lentamente destas verborreias televisivas, onde se fala muito de bastidores e arbitragens (quando convém) e muito pouco de futebol.

    É preciso padecer mesmo de um anti-portismo primário para desmentir que Capela tentou carregar o FC Porto de amarelo. Seria o mesmo que eu dizer que Wakaso não jogou a bola com o braço na área. Felizmente, não sou calimero, nem me chamo Rui Santos. O rosto público da desonestidade intelectual.

    Sobre os fundos: essa questão sempre foi a maior hipocrisia do legado de Bruno de Carvalho, que recorre à Holdimo para pagar o ordenado pornográfico ao messias. Considero interessante essa história do Sporting/Cervi. A rever.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai ser giro, sobretudo para o processo Doyen.

      Abraço

      Eliminar
  6. Boa tarde amigos Portistas...

    Realmente mas que país este... mas como já foi dito aqui pelo Jorge, é apoiar a nossa equipa com os das claques do FCPORTO. Tivemos a verdadeira prova este ultimo jogo com um arbitro a dar amarelos por tudo e por nada e mesmo assim não nos encolhemos pelo contrario....

    Cão que so ladra só assusta uma vez...Mas cão que morde provoca medo uma vida inteira...

    Por isso é assim cerrar os destes e pensar "Fizeste nos isto então agora é que vais ver"

    Abraço a todos

    Força grande PORTO

    Assinado: Neves

    http://dragaoeaguia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ir para cima deles conscientes do que temos pela frente.

      Abraço

      Eliminar
  7. Eu posso dizer que vi os 3 programas na íntegra. E no campeonato nacional tive a mesma percepção, nunca ouvi muito o Diamantino mas gostei, foi objectivo sem querer apenas fazer sobressair o seu clube.
    O BB nem é preciso elogiar, é um Dragão e que sabe como nos defender como mais ninguém.
    No Play-Off é sempre assim, mas o Inácio perdeu completamente o controlo, o que a mim me indica que o caso Doyen esta pra sair. Pena o Rodolfo não saber fazer lhe as perguntas certas. O Inácio já não é a primeira vez que diz que o Sporting teve lucro e que anda a reduzir o passivo mês atrás de mês. E insinua que no nosso clube o dinheiro das transferências desaparece. O que o Rodolfo lhe devia dizer era. " Ó labrego, então o teu clube vende um jogador e nem lucro teve neste defeso e nós vendemos o que vendemos e é que tamos mal?" Começa a ser ridículo ver o Inácio.
    No Trio aconcelho a verem o Gobern a ficar sem palavras. Quis se armar a justificar o porquê de jogarmos em Arouca e a dar um exemplo ao contrário e enterraram no.
    Agora falta os que tem os "comentadores adversários" mais reles. Mas quero é que chegue muito rápido quarta e domingo.
    Lopetegui e a nossa equipa vão mostrar o que valem.

    ResponderEliminar
  8. Está a chegar a Champions e o jogo com o Benfica...por esses dois motivos acredito que o patrocinio nas camisolas estará para breve...e não será por acaso que aparece hoje uma noticia (repetida) no jogo sobre isso...ou estarei só a imaginar coisas?

    ResponderEliminar
  9. Boa noite! Sei que isto não tem nada a ver com o post, mas fiquei com uma dúvida este fim de semana. Alguém me sabe responder o porquê de não ser a new balance a equipar a equipa de basquetebol?
    Agradeço desde já as possíveis respostas.

    Pessoal quarta é para começar a ganhar claro!!

    Pedro Santos

    ResponderEliminar
  10. Ao ver o prolongamento só me veio reforçar uma ideia. É por personagens como o Pedro "Mentiroso" Guerra que o jogo de domingo não pode ser encarado como um simples jogo, é uma batalha que tem que servir para responder-mos a gajos como este.
    Da boca desta personagem só sai que o Benfica é o maior é o Vieira então, é mais perfeito que a perfeição em si.
    Mas achei piada à preocupação dele com o Varela, e a dizer que é como o que aconteceu ao Quaresma. Ridículo. Gostava de ver no lugar do Manuel Serrão o BB, para lhe responder como deve ser.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O director da BTV na TVI como comentador! Faz todo o sentido, claro, e não é porco nem nada.

      Abraço

      Eliminar
  11. Os "dois pesos e duas medidas" dos "paineleiros" são irrelevantes.

    O que seria relevante seria os dirigentes do FCPORTO SAD implementarem uma estratégia em que os seus jogadores renunciassem às selecções.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Luis, já percebemos a ideia!

      Muda a cassete!

      Abraço

      Eliminar