segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Análise FC Porto 1-0 benfica (5ª Jornada)


Em dia de aniversário (não era para dizer nada mas o senhor Lima deu com a língua nos dentes...), o Dragão deu-me uma prenda enorme. A justiça, não só do jogo, mas de tudo o que foi dito, escrito, dado a entender, pressionado, etc, veio através do meu jogador preferido de todo o plantel, André André, com um momento de entendimento fantástico com Varela e uma via aberta para a Glória. Mas vamos aos factos absolutamente desapaixonados, antes das notas:

- É um facto que o "benfica do rolo compressor" teve duas ocasiões de golo claras, durante todo o jogo. De bola parada. De resto, pese embora uma fraca primeira parte (ver "Faltas"), o FC Porto controlou o jogo e, na segunda parte, foi muito superior.

- É um facto que Maxi fez uma entrada para amarelo. Mas só fez uma. O primeiro amarelo deve ser porque o vento soprou de noroeste ou coisa assim. Sobretudo depois do festival de sarrefada de Samaris, Luisão, André Almeida e o puto Semedo, que já está cedinho a aprender com os melhores a arte de bem agredir quando ninguém está a ver.

- É um facto que a equipa teve pouco tempo de preparação, não jogou em casa contra a equipa de ciclismo, mas superou-se, especialmente na segunda parte, com Raça e Atitude. Não esperava que Rui Vitória viesse dar aquela conferência de imprensa ridícula depois do jogo, a queixar-se da arbitragem (é para rir, certo?) e a dizer, como um chorão, coisas como 'vocês vão ver, nós vamos mostrar-vos como é' e coisas do género. Não lhe fica bem. Eu sei que a imprensa não lhe vai malhar como malha em Lopetegui (para verem como pega esta conversa, ouvi a história de que "ele não sabe conduzir o Ferrari" como um disco riscado atrás de mim até ao golo, a lavagem cerebral passa) mas que é interessante a arte de bem deflectir, é. Continuem assim que vão bem.

- É um facto que todos estranhamos cada substituição, mas todas resultaram plenamente. Quando muitos pensávamos que seria Brahimi a sair pela horrível primeira parte, sai um não-também-melhor Corona para um melhor Varela, que foi, aliás, decisivo. Quando sai Rúben ficamos indignados, mas Danilo ajudou a suster uma hipotética reacção benfiquista, e o Rei Bakar estava mesmo, mesmo nas lonas.  Osvaldo assustou mais do que fez, mas a sua frescura sacudiu o ataque e isso foi o suficiente para dar justiça ao resultado.

Foto de José Lacerda

André André - Como não destacar o Júnior? Força, garra, Raça, não dar nenhum lance como perdido, fazer tudo o que é preciso, insisto, é o que melhor faz a família André. Mas o André segundo passa o primeiro. Joga muito à bola! "Marcar num clássico, pelo clube do coração, era tudo o que eu sonhava. Sinto-me realizado." Palavra do futuro Capitão do FC Porto.

San Iker Casillas - Um grande guarda-redes é isto: ser decisivo e mudar a história dos encontros, passar toda a segunda parte a ver um jogo no melhor lugar do Dragão. Mas ficou sempre a sensação que, caso necessário, outro grande voo aconteceria. E podemos respirar de alívio.

Rúben Neves - O maestro com a sua batuta põe o FC Porto a jogar para a frente ao invés de para trás. Vou repetir-me: leitura de jogo soberba, dinâmica, acutilância. Torna o 10 desnecessário, quando se tem um 6 assim. Aos 18 anos.

Imbula - Eu sei que estou sozinho, mas vou desde já fazer uma aposta: daqui a um mês vai andar nas bocas de todos os Portistas. Só falta uma coisa a Gianelli: que a equipa o perceba. Imbula pega na bola, tudo para a frente. Ninguém tira a bola a Imbula, faz sempre o passe final e as arrancadas e a protecção que dá à bola são soberbas. Grande jogo.

O Brahimi da segunda parte - Rápido, ágil e, então no fim, endiabrado, fez inclinar a balança e levou tudo na frente. Falta-lhe decidir melhor o tempo de passe, mas estava lá.

Lopetegui - Eu sei, eu sei. Ele deixa-nos de cabelos pé. As tácticas são estranhas, as substituições parecem palermas. Mas resultam e de que maneira. Mesmo com um coro de assobios. Não importa. 3 passos à frente. E é assim que tem de ser.

Dragão - As faixas, o apoio, o calar das claques benfiquistas, o sentir as injustiças como nossas... fantástico! Pode ser sempre assim?


A primeira parte - Espaços imensos, deixar o benfica a dominar na nossa casa, trocas de bola inconsequentes, falta de dinamismo e de ataque... temi o pior. Felizmente não aconteceu. E a segunda parte trouxe de volta o FC Porto ao FC Porto.

O Brahimi da primeira parte - Tanta asneira disse eu para o argelino! Então o Layún desmarca-se 4 vezes na linha e ele não tabela com ele? Depois lembrei-me... o Sandro fazia o interior e o Brahimi o exterior. A afinar aquela ligação rapidamente.

O anti-jogo de equipa pequena - O benfica a meter duas bolas para dentro do jogo, a atrasar reposições, a simular lesões... são artistas portugueses. Uma vergonha.

Já agora, duas breves notas:

- A justiça divina parece ter protegido o André Silva e, afinal, parece que a coisa não vai ser assim tão má. Subscrevo letra por letra o Dragão Diário neste particular.

- Até quando se vai andar a criticar o treinador e os jogadores e a dizer que "assim não vamos lá"? Querem ópera contra o benfica? O que é demais é moléstia! Vejam as estatísticas do jogo! (obrigado André Guimarães!) Mas isto só vai parar quando formos campeões? Querem mais Raça do que a da segunda parte? Falta alguma Mística aqui?!



90 comentários:

  1. Excelente vou já partilhar.
    Rocha

    ResponderEliminar
  2. Parabéns de novo, Jorge. Vá afina com o coro: ganhamos apesar do Espanhol. Oh well...
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O caralho. Há gente que se acha predestinada, superior. Tão bom. Tão estúpidozinho.

      Abraço

      Eliminar
  3. Concordo com tudo.
    Talvez um pouco menos com Imbula, não pelo prognóstico, porque ai estou 100% de acordo, o rapaz não engana é TOP, ou vai ser!
    Mas ontem ficou um pouco aquém, porque fez as coisas bem pela metade, transportou com qualidade mas não largou a bola com qualidade/critério, acabando por perder os lances.


    Em relação às estatísticas, de referir que os "mais melhores bons" jogadores do campeonato, Jonas e Gaitán, fizeram 0 remetes, 0 remates à baliza. O Gaitán teve de assinalável 6 perdas de bola!
    Ambos fizeram jus ao circo que representam e foram os verdadeiros palhaços durante todo o jogo.


    VAI PORTO!
    Vai Julen!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gaitan não é aquele jogador que tem tido os gigantes europeus completamente loucos pela sua contratação desde 2010. É, deve ser o mesmo gajo.

      Eliminar
    2. Carrela, o Imbula não fez as coisas pela metade. A equipa é que ainda não sabe jogar com o Imbula....

      Abraço

      Eliminar
    3. Sim, não teve o acompanhamento devido dos colegas.
      Mas se sobes e ninguém acompanha, mais vale parar, proteger e passar a bola, que continuar a levar a sua avante até perder a bola...

      É evidente que esta equipa precisa de tempo, e tem qualidade para muito mais!

      "Ninguém" quer saber disso, mas Julen entrou com Iker, Layun, Maxi, Imbula, André, Corona como 1ª vez no nosso 11 para o clássico.
      Ao passo que o Benfica entrou com Mitroglou, Semedo e Gonçalo.


      Estamos no bom caminho!

      Abraço

      Eliminar
  4. Adoro olhar para essa estatística:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É linda, até porque para quem lê a imprensa de hoje, haverá sítios que pensarão que o adversário jogou muito e o que nos valeu foi Casillas... Mas pronto, mais do mesmo....

      Abraço

      Eliminar
  5. É mesmo deprimente, época passada perdiamos por causa do espanhol, este ano ganhamos apesar do espanhol.
    Boa vitória. Curiosamente época passada perdemos com os coisinhos tendo feito um jogo mais conseguido que ontem. Ou como o futebol pode ser ingrato.
    Abraço, P. Torres.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso, porque quem desenha a estratégia é a Fada Madrinha. E quem os escolhe também.

      Haja pachorra...

      Abraço

      Eliminar
  6. Foi na loja do Mestre André
    que eu comprei um melãozinho,
    tiro liro, liro um melãozinho,
    Ai olá, ai olé,
    Foi na loja do Mestre André.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai olá, ai olé,
      Foi na loja do Mestre André.

      Olha lá, ó carvalho, agora não Tertúlia pré-match?

      Ai o carago...

      Abraço

      Eliminar
    2. Não me telefonaste.... E como era muita confusão ontem.... Entrei às 17:15 lá para dentro lol

      Eliminar
  7. Bom dia dragão! :D
    Uma excelente análise, mais uma!
    Grande jogatana do André (deve ser do nome, só pode)!!! :)

    Obrigado pela referência, sempre às ordens!

    Abraçom

    ResponderEliminar
  8. Extraordinária a reacção de parte dos adeptos do Porto. Ganha-se por causa dos jogadores, perde-se (ou empata-se) por causa do treinador. Parecem ser cada vez menos os que analisam os jogos do Porto com lucidez e seriedade, já que há muitos que desistiram de ser portistas para serem exclusivamente anti-Lopetegui. Ainda mais engraçado é o engrandecimento do trabalho individual dos jogadores - como se fosse possível resolverem jogos sozinhos, em particular quando a jogada do golo é fruto do colectivo - tendo em conta que muitos destes são aposta do treinador: Rúben Neves (o tal que veio directamente dos juvenis), Casillas (deve ter vindo para Portugal por causa do JJ...) ou Aboubakar (claramente que aprendeu tudo sozinho). Mas enfim...

    Destaco ainda que, no ano passado, o JJ foi aclamado por ter utilizado uma táctica "cínica" para ganhar no Porto. O homem jogou na retranca mas, como venceu a partida contra o Porto de Lopetegui, foi elogiado por todos por ter desenhado aquela táctica fantástica que iludiu o inexperiente treinador do Porto. Só podia ser por graça e obra do mestre da táctica. Ontem, vencemos o jogo mas não estivemos brilhantes. Mas fomos superiores e, na segunda parte, tivemos várias oportunidades claras para marcar, sendo que o Benfica só criou perigo de bola parada nos primeiros 15 minutos de jogo. Estivemos longe do nosso melhor, mas não deixámos o rival jogar e criar lances de golo. A minha pergunta é a seguinte: por que é que se elogia JJ pela péssima exibição do ano passado, enaltecendo a estratégia "sem nota artística" mas pragmática, e não se diz o mesmo do nosso treinador? Quando se trata do Lopetegui, não há cá pragmatismos nem cinismos? É sempre mau, ganhe ou perca. É isso?

    Manuel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve ser.

      Destaco, sublinho e subscrevo cada uma das suas palavras!

      Abraço

      Eliminar
  9. era imperial ganhar este jogo...vai ser o boost de confianca que precisavamos

    o jorge tal como eu, spre com gde fe no abombakar...nao foram precisos mt jogos para o provar

    ouvir lampioes a dizer "o maxi devia ter sido expulso" e' a melhor das ironias....

    sexta ja ha jogo, e segue se um periodo de 4 jogos seguidos em casa (com selecoes plo meio)

    e face ao momento mais nervoso do chelsea, pra semana no dragao tambem poderemos sonhar

    ResponderEliminar
  10. Bom post.. não vi no estádio e honestamente não consegui descortinar o ambiente no dragão pela edição facciosa da sportv.. um aparte e que demonstra isso bem foi o comentário da minha namorada e que aos poucos liga mais à bola foi o seguinte: "olha lá, no jogo com o guimaraes não se ouvia quase os SD a cantar (estávamos na arquibancada sobre o coletivo) e agora ouve-se tão bem os gajos do benfica"..
    quanto ao jogo.. tambem vi os mesmos erros de brahimi mas não tive a sensibilidade para pensar nisso, mas espero que a bola a entrar mais vezes no Layun seja uma verdadeira arma de ataque

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quatro desmarcações quatro!

      Grrrr

      Abraço

      Eliminar
    2. E as vezes que ele pousava o jogo?? um jogador com a técnica e velocidade do Brahimi só tem que pegar no jogo e andar, não é pisar a bola e levantar a cabeça e fletir para o meio :/
      MAs é bom saber o que podemos melhorar e o que a equipa pode dar.. outros não têm a mesma possibilidade se não dar iniciativa de jogo a equipas mais qualificadas

      Abraço

      Eliminar
  11. Imbictos parabéns, meu caro amigo!!! Desconhecia! Que bela prenda, pá!

    Subscrevo praticamente na íntegra o que dizes.
    Hoje, sou um homem novo :D

    Imbicto abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ObrigadoS meu caro amigo! Ainda por cima foi um dos da terrinha, ein? Altamente!

      Abraço

      Eliminar
  12. Antes de mais nada, parabéns. Ontem fui ao nosso grande estádio ver o jogo que todos ansiamos ver, a visita do lampiões. E é sempre uma alegria ver a cabeça do lampião continuar a inchar. Sobre o jogo já foi tudo dito. Devo dizer que fiquei mais que irritado quando o Lopetegui fez a substituição do Abou pelo Osvaldo. Mas no fim foi o mister que teve razão e ainda bem (por isso é que não sou eu o mister do FCP). Que me irrite sempre com as substituições e que no fim tenha sempre ele a razão. Um excelente jogo na 2ª parte por parte do FCP. Quero aqui destacar Aboubakar, pelo que joga e pela alegria que sente em ser jogador do FCP. É substituído a 5 minutos do final e em vez de se sentar no banco e amuar, festeja o golo do companheiro de equipa como se fosse ele próprio a ter facturado. Isto é mística, é ADN. Não precisa de bater no peito e mostrar o manto sagrado. Gosto muito de espreitar os pasquins do jornalixo desportivo nacional, após vitorias importantes, porque nunca desiludem. Um rapaz cosmopolita de seu nome Bernardo Ribeiro, director adjunto do Rascord, descobriu que o Maxi é um jogador duro e que costuma dar umas bordoadas nos adversários e que por vezes consegue passar entre "os pingos da chuva". Só demorou foi meia dúzia de anos...porque será? Ah, e confirma-se: 5 jogos, 5 amarelos. Acho que até o proprio Maxi já percebeu o que é verdadeiramente o #colinho. Ainda bem que a lesão do André é menos grave do que o que se pensava. Deixei no facebook do pequeno animal do Atlético, o que pensava dele como profissional de futebol. Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Rebelo.

      O Rei Bakar é grande, o Rei Bakar é justo.

      Deus guarde o Rei Bakar.

      Abraço

      Eliminar
  13. Bom dia caro Jorge Vassalo,

    Antes de mais, muitos parabéns (atrasados).

    Grande atitude. Grande jogo, com raça e querer. Acredito que este era o empurrão que faltava para arrancarmos para mais uma época de glória. Em suma, subscrevo tudo o que afirma no seu post. Continuo sem perceber o porque de assobiar o mister nas substituições. É tempo de confiarem no homem. Tem acertado mais vezes do que errado.

    Um abraço

    Alberto Queirós.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Alberto.

      Sabe, para uns, Tordesilhas é mais importante do que o FC Porto....

      Abraço

      Eliminar
  14. Bom dia caro Jorge,

    Parabéns(atrasados) antes de mais!!

    Em relação ao jogo... Lopetegui esteve igual a ele próprio.

    É um dos melhores treinadores do Mundo a ler o jogo e a actuar a partir do banco e é um treinador médio-baixo a preparar os jogos e a equipa para nele entrar.

    Contudo e apesar da equipa revelar dificuldades nas abordagens iniciais, raramente e mesmo nesses períodos, concede oportunidades reais aos adversários.

    Ontem concordei e até esperei por aquelas substituições, tanto por convicção com por já conhecer o treinador. Com a ausência de Bueno na convocatória, nunca poderíamos usar o falso médio e não podíamos fragilizar a zona do meio-campo, que estava a dominar completamente o jogo ao tirar um Imbula para meter um Osvaldo por exemplo.

    Lopetegui teve 8/10 ontem e somente porque nos primeiros 30 minutos a equipa não esteve de igual para igual.

    Em relação aos atletas, tivemos André André, Casillas, Marcano num nível fantástico.

    Depois Rúben, Aboubakar e Maxi,muito próximos destes.

    Layun foi muito prejudicado por Brahimi não jogar com ele, mas defensivamente esteve aceitável.

    Maicon este bem nos cortes mas algo perdido nas acções de passe e mesmo em alguns entradas a destempo.

    Imbula é aquilo que dizes... Grande atleta mas os colegas ficam maravilhados a vê-lo transportar a bola ao invés de correrem com ele a dar-lhe soluções de passe (e que granda "besta" que é Imbula... aquilo é uma montanha com 2 pernas!)

    Corona desligado da equipa e da táctica... precisa obviamente de mais jogos com a equipa para entrosar movimentos e de continuar a jogar.

    Brahimi esteve trapalhão mas acabou por ser importante na segunda metade da segunda parte.

    Varela, Danilo e Osvaldo, todos eles acrescentaram algo e mantiveram a equipa ligada à corrente e foi assim que ganhamos o jogo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado João.

      Ai então anular o benfica e fazê-los correr até quebrar não foi bem pensado?! Hummm

      Abraço

      Eliminar
    2. Na primeira parte não foi pensado não senhor como bem sabes.

      Tanto que a meio da primeira parte, o que possibilitou o equilíbrio da partida foi meter o André André no meio, passando o Corona para a ala,

      O fazê-los correr até quebrar não é contra o Benfica é contra toda a gente e quem se suicidou nesse aspeto foi o Rui Vitória e nada teve a haver com a posição tática do Lopetegui, pois ao sacrificar os médios da maneira que o fez , ainda para mais tendo dois avançados, só pode dar naquilo.

      Eliminar
    3. Andas a emprenhar pelos ouvidos... eles já não podiam com uma gata pelo rabo, moço.

      Não vás na canção do bandido.

      Abraço

      Eliminar
    4. Qual canção do bandido Jorge?!?! Eu nem leio a concorrência pah! ^^

      O Lopetegui fez o seu jogo normal e foi surpreendido pelas linhas do Benfica tão subidas e tão próximas, que colocou o benfica a dominar os primeiros 30 minutos.

      Lopetegui mexeu e equilibrou o jogo, obrigando o benfica a recuar um pouco mas sem qualquer acção de desequilíbrio, fim da 1ª parte.

      2ª parte Lopetegui pede exactamente que os jogadores comecem novamente a pressionar em cima e rasgam o jogo para as laterais constantemente (mesmo com passes de lado a lado) e o Rui Vitória recua a equipa a tentar um rasgo de Gaitan ou um corte na linha intermédia por parte do Jonas ou Mitroglou, que proprocione o contra-ataque.

      Lopetegui responde com Varela e Danilo para continuar a pressão e a dinâmica e o benfica fica sem força, pois os dois médios já estavam de rastos e o Gonçalo Guedes que muito trabalhou defensivamente, estava completamente KO.

      Dá-se as alterações com RV a tentar reforçar o meio e a refrescar o lado de Brahimi, mas aì a defesa também já estava de rastos com os constantes safanões dados ora por Abou ora por André André ora por Maxi ora por Layun, portanto as substituições não vieram fazer qualquer diferença e para mais Samaris e André Almeida eram os buracos que estavam a abrir as brechas todas e esses ficaram lá.

      Lopetegui leu tudo isto muito bem e percebeu bem os timings do jogo e ganhou na Maratona, num jogo em que RV jogou nos 10.000 metros.

      E foi isto que se passou em campo... aqui ninguém emprenha por os ouvidos de ninguém meu!

      Eliminar
  15. Caro Jorge,
    Antes de mais, parabéns atrasados! E que rica prenda lhe deu o FC Porto!
    O FC Porto venceu o primeiro clássico da época, de forma justa e merecida. É verdade que objetivamente é uma vitória que significa três pontos,
    tal como todas as outras, mas na verdade vencer o Benfica significa muito mais do que somar apenas três pontos… porque estes jogos não se jogam, ganham-se.

    Cumprimentos

    Ana Andrade

    www.portistaacemporcento.blogspot.com



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Ana!

      E ganharam-se mesmo! E foi lindo!

      Abraço

      Eliminar
  16. Não me interessada nada, só que ganhámos e estes jogos são para ganhar. E ganhámos bem, na minha opinião. É muito importante ressaltar isso, para todos, mas sobretudo para um treinador num certo limbo, que agora vence e pode trabalhar com mais tranquilidade. Que nos faça bom proveito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será que vai ter tranquilidade? Com estes adeptos?

      Abraço

      Eliminar
  17. Lopetegui merecia esta vitória, e sou da opinião que era uma vitória importante para a equipa crescer e sacudir a pressão.
    Estava ansioso por ver os comentadores nos programas de ontem, a espumarem pela boca e a dizerem que afinal o jogo de ontem não era assim tão importante.
    No Trio de Ataque começaram a emissão por falar nas eleições na Grécia, nada que me admire. E depois começam por dizer que o Porto ganhou e Lopetegui se queixou do arbitro. Ridiculo. O nosso treinador respondeu ao treinador do benfica, nada mais. quem se queixou foi o Rui Vitória, o que não é nada de novo. Mas ontem saiu-se com uma frase ainda mais ridicula que o normal. Diz ele que ninguem tem nada que contradizer as verdades absolutas que ele diz, imaginem que era Lopetegui a falar assim. Era trocidado hoje.
    Ainda não vi o Prolongamento mas quero ver o que diz o Rui Santos, aposto que o benfica já ter duas derrotas não é nenhum problema de maior.
    Mas hoje há dois programas muito importantes. Quero ver o que diz hoje Pedro Guerra do Varela, será que ainda está revoltado por ele ser o novo Quaresma segunda ele?
    E Rui Gomes da Silva, o visionário que na semana passada dizia que se ia estar a rir muito depois do jogo.

    Uma última nota:
    BB é um mestre a defender o nosso clube. Ouvi-lo falar do nosso clube é musica pros nosso ouvidos. E Diamantino é do tipo de adversários que eu gosto. Justo quando ganha e quando perde. Sabe dar valor a quem o tem, é de louvar no meio de tantos porcos sem moral.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Pedro Guerra já conseguiu correr com o Cutty Sark.

      BB é grande!

      Abraço!

      Eliminar
  18. Meu caro Jorge,

    Os meus parabéns com algum atraso, e felicite-mo-nos por mais uma vitória do nosso FC Porto duplamente saborosa por ser contra quem foi.

    Um grande abraço e...

    FC PORTO SEMPRE

    ResponderEliminar
  19. Muitos parabéns, Jorge.

    Pelo aniversário e pelo blog, pois claro! Estou contigo no Imbula. Pelo que vejo, é uma locomotiva em crescimento. Quando ganhar tracção, vamos pedir mais uns aninhos de Porto a este jovem.

    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado meu caro,

      Imbula vai crescer e bem, connosco.

      Vai ser de morte.

      Abraço

      Eliminar
  20. Vitória importante e justa, pois o F.C.PORTO fez uma grande 2ª parte com várias ocasiôes de golo e esteve quase sempre em cima do adversário, a 1ª parte não gostei e convém rever os nossos lances de bola parada defensiva, mas valeu Casillas com 2 grandes defesas e tirando isso o rival não teve mais nenhuma oportunidade de golo.
    Positivo: ambiente no Dragão - Querer ganhar até ao último minuto - André André - Abou - Iker- Layun- Maxi
    Negativo: 1ª parte - Árbitro - penalty claro por marcar de ilusao sobre Abou - Tvs so mostraram o lance do Maxi e Maicon mas a cotovelada do a. almeida não e também o facto de não malharem no vitória e tentarem fazer da exibição deles melhor que o que foi, mas em relação ao Lopetegui estão sempre prontos a malhar e nunca lhe dão mérito, mas deu gosto ver tanto melão ontem nas tvs, desde os adeptos aos jornaleiros.
    João Moreira

    ResponderEliminar
  21. Parabens pelo aniversario,Jorge.
    Lopetegui já merecia uma vitória destas.Ontem fui ao nosso querido estádio e o ambiente esteve impressionante no apoio ao nosso clube(excepto nos assobios aquando da ...bendita substituiçao do Rei Aboubakar pelo Osvaldo).Gostei.
    Grande 2ªparte do FCPorto e sobretudo grande atitude,grande alma da equipe do FCPorto.Conforme o nosso treinador referiu é bom lembrar que a equipe ,depois duma longa viajem de retorno chegou pelas 08,00h de 5ªfeira.
    Grande André André,Ruben Neves e excelente Imbula.Tem razao ,é um excelente jogador e mais uns jogos em cima vai ficar um tremendo jogador.
    È de rir a questao do Maxi.Deve ser por vestir de azul e branco.Entao de encarnado em 8 epocas pelos vistos no campeonato nacional nao teve sequer 1 vermelho direto e em 2 meses de azul ja o querem trucidar?
    O treinador melhor do mundo e arredores JJ afinal com o Lokomotiv faz gestao desportiva e pelos vistos até o elogiam e ...é verdade ,até perdeu o jogo,e o lopetegui faz rotatividade e batem nele??até alguns portistas,infelizmente.
    Poderá alguem me explicar qual a diferença entre a gestao desportiva do J.J. e a rotatividade do "espanhol"que só mete a jogar carradas de hermanos,perdão enganei-me...afinal meteu o Rubens com 18 anos .Ah e o André André tambem é portugues.
    FCPORTO SEMPRE

    Abraço
    RUIFCPESPAÇOK

    ´

    ResponderEliminar
  22. Subscrevo por inteiro. Houve raça, houve querer vencer, houve mística.
    E o portador da mesma (sim, sabemos de quem ele é filho) rais parta se não lembrou o seu progenitor no estilo no remate para o golo. É o Homem do Leme, futuro capitão do FC Porto sem dúvida.

    Grande vitória.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  23. Antes de mais Parabéns pelo seu aniversário.
    Foi uma vitória saborosa, com um golo soberbo de André que é um dos nossos, que nos afagou a Alma Portista. Muita coisa boa na equipa, apesar de alguns períodos da primeira parte em que o Benfica surpreendentemente esteve melhor. Depois, foi um grande Porto com um treinador competente que não merecia a execrável assobiadela que recebeu aquando da substituição de Aboubakar. Lembro que o Jorge sempre apoiou o nigeriano e aí está um jogador precioso. Nesse espírito, espero que não se engane em relação a Imbula que ontem não convenceu. Já André, Ruben e Casillas foram excepcionais. Layun é uma boa aquisição e Corona uma desilusão, pelo menos neste jogo em que não ganhou um duelo um para um e está lá precisamente para isso. Também Brahimi não conseguiu ganhar ao seu adversário directo, apesar da pancada que levou nos primeiros minutos na linha do "critério largo" de que o Benfica sempre tem e que a Maxi agora o Porto já não beneficia. Finalmente, o destaque pela negativa para o "paleio" hipócrita e sonso do "bem falante" Rui Vitória a insinuar que a justa vitória do Porto se deveu a uma má decisão do árbitro. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muita azia da boa para os lados de Rui Vitória.

      Abraço

      Eliminar
  24. Caro Jorge

    eu só tive a oportunidade de ver o jogo a partir dos 55min, vi pela primeira vez fora da cidade do porto, vi na cidade do sado num tasco cheio de vermelhos em que os unicos a defender as nossas cores era eu e uma amiga e acredite que foi o golo que mais prazer me deu em gritar e festejar pela arrogancia demonstrada por esses individuos.

    Abraço
    Miguel S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É maios ou menos como estar no Dragão e ver o golo ao cair do pano!

      Abraço!

      Eliminar
  25. Retomamos a normalidade, ganhamos sobre quem mereceu uma derrota mais pesada, sobre quem, desde o inicio do jogo, praticou anti-jogo, sobre quem segurou o meio campo criando, apenas, oportunidades em lances de bola parada, em suma, ganhamos sobre quem se, ao contrário do que diz o seu medíocre treinador, acagaçou perante o extraordinário ambiente. Álias, se olharmos as capas da provinciana, invejosa, sacana, imprensa lisbonense facilmente chegamos áquela conclusão, então na dos prostitutos da cofina 2 o topo da estupidez humana foi plenamente atingido.
    P.S.
    O FILHO DA PUTA que fez aquilo ao André Silva, além de lhe partirem os cornos quando cá vier, devia ser privado de exercer a sua profissão enquanto o miúdo estiver lesionado, tal como aconteceu, no passado, a jogadores do FCP quando lesionaram outros colegas. A atenção do DD e dos blogers portistas.
    Peço desculpa pela linguagem, mas aquilo não se faz!

    ResponderEliminar
  26. Respostas
    1. Aquilo não é um camarão, é uma lagosta suada...Vale cada quilo.

      Eliminar
  27. Contra tudo e contra todos, até mesmo os que se dizem nossos... Porque já li blogues onde transparece uma certa "tristeza" por não se confirmarem as teorias do autor...

    Quanto a este cagão, felicíssimo com o resultado. Equipa que não jogou, ganhou.

    Saudações,
    Fábio Pinto da Costa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muita tristeza sinto eu quem se dedica a bater nos seus. E às vezes está bem próximo da equipa, ainda por cima!

      Abraço

      Eliminar
  28. Caro Jorge, agora que penso, pode ter havido uma incompleta concepção do meu anterior comentário. O cagao que refiro sou eu, que vim cá comentar em vésperas do jogo com dúvidas sobre a confiança na equipa.

    Peço desculpa por qualquer mal entendido e não publique este comentário onde me retrato, não há necessidade.

    Fábio Pinto da Costa

    ResponderEliminar
  29. Gaffe!... Peço desculpa em primeiro lugar ao jogador, a Jorge Vassalo e aos leitores deste blog por me ter enganado na nacionalidade de Aboubakar que efectivamente é Camaronês.
    JnPorto.

    ResponderEliminar
  30. A ratazana Santos não resistiu a falar no Vilas Boas e que este já só está à espera do dia pra voltar a treina o Porto. Isto quando Lopetegui ganha ao Benfica, imagino se não ganhássemos.
    E não estou admirado mas andarem a fazer previsões do que seria se o Benfica tem marcado um golo, é ridículo, tal como quem teve esse comentário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ratazana, desde que saiu do armário como sportinguista na semana passada, já me deixa indiferente.

      Abraço

      Eliminar
  31. Vi o jogo no Algarve.. Tranquilamente num café de um benfiquista muito cordato.. Saltamos no golo, eu e a minha mulher.. não saltamos sozinhos.. No fim do jogo, depois de todos os comentários que fui ouvindo, levantei-me e, com delicadeza, não resisti: "é que isto para nós é sempre um 25 de Abril!" Grande abraço de parabéns!
    HMF

    ResponderEliminar

  32. esse Lima é cá um boca grande... :)

    Abr@ço forte
    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
  33. Mais uma excelente analise e estou completamente de acordo. Escrevo este comentário mais por felicitar o trabalho feito nest blog que sigo diariamente.

    Sinto o FC Porto no meu coração, ainda mais por estar a morar fora de Portugal. Felizmente sigo os jogos pela televisão mas sempre de coração apertado por não poder sentir o calor do Dragao. De qualquer forma estou sempre actualizado e devo dizer que apesar da exibição de ontem não ter sido perfeita, foi uma excelente vitoria cheia de garra. Certamente que nos vai dar a ainda mais motivação para os próximos jogos e para o resto do campeonato.

    Mais uma vez parabéns pelo excelente trabalho e estarei aqui para continuar a seguir este blog de referencia.

    Um grande abraço directamente de Belfast, Irlanda do Norte.

    ResponderEliminar
  34. Jesus a reeditar a sua velha forma de jogar. Contra 10 mais de uma hora. Assim não custa.
    E pelo que vejo dos jogos do Sporting qualquer dia há um programa só dedicado aos possíveis penaltis pro Sporting.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confrangedor. Escreverei sobre isso amanhã.

      Abraço

      Eliminar
  35. O benfica caiu de pé com um golo do André Andre!!! Caiu e mereceu cair. EXPLOSÃO!!! ÊXTASE!!! O que fizeram ao ANDRÉ SILVA É INADMISSÍVEL, UM ULTRAJE AO FUTEBOL E AO FAIR PLAY, SINTO UMA REVOLTA E INDIGNAÇÃO IMENSA, SÓ CONSIGO DESEJAR O MAL ÁQUELE FDP!!! ASS. RICARDO GOMES

    ResponderEliminar
  36. Ainda agora começaram os programas desportivos de segunda-feira, mas estão ainda todos a falar do jogo do Sporting ou do caso Carillo. Parece que ontem jogamos contra uma equipa de meio da tabela e que não conta pro título sequer. Já estou habituado mas é triste. Se o jogo acaba de outra maneira era o programa todo a falar do mesmo, enfim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Helder, o que interessa é celebrarmos no fim. O resto... é piners :D

      Abraço

      Eliminar
  37. Vejam esta estatística do jogo no sapo http://desporto.sapo.pt/futebol/primeira_liga/epoca-1516/jogos/191570 e comparem com a do Sr. Jorge Vassalo. Para esta comunicação social vale tudo, até falsear estatísticas. Quanto ao jogo, os nossos primeiros 25m ficaram aquém da nossa qualidade superior em relação ao inimigo, a ânsia de procurar o ataque e jogar rápido retirou-nos a nossa matriz de jogo, a posse de bola e circulação. Com isto, o inimigo que recuperava a bola com facilidade saía em ataques rápidos mas inconsequentes, sendo que os lances de perigo que criaram resultaram de 2 bolas paradas, nos quais Casillas mostrou a sua categoria, segurança e serenidade. A partir daqui foi sempre a crescer, primeiro com equilíbrio e depois com domínio que se intensificou no 2.º tempo. SOMOS MELHORES, BEM MELHORES, temos qualidade no onze e no banco, onde também incluo o treinador. Vencemos porque quisemos ganhar, tivemos vontade, crença e raça!!! Vencemos porque demonstramos dimensão física nos 90m, eles ficaram-se por 25m a 30m. Vencemos porque temos mais qualidade, melhor futebol, mais ideias... Obviamente não gostei de tudo, sobretudo os assobios e o burburinho contra os nossos jogadores e treinador. Talvez seja ingénuo, mas ser PORTO, AMAR O F. C. DO PORTO NÃO É ASSOBIAR A EQUIPA!!! Ass. Ricardo Gomes

    ResponderEliminar
  38. Meu caro amigo,

    Antes de mais, sai daqui um abração de parabéns! Bela prenda hein?
    1a parte fraquita, 2ª bem melhor, ocasiões de golo, bla, bla, bla... Ganhamos aqueles caralhos!! Who the fuck cares? E aquele teu conterrâneo ... Cada vez mais gosto dele pá!

    ResponderEliminar
  39. Boas Jorge,

    Sabes que site é este?

    http://www.buzztrade.com/

    Li por aí umas coisitas...

    ResponderEliminar
  40. Parabéns, Jorge ! Atrasados mas sinceros.

    Deste que o estima,
    Arnaldo Peles

    ResponderEliminar
  41. Queria deixar aqui um comentário em relação a um certo jogador do benfica, o Jonas.
    É verdade que a minha aversão é total seja qual for o jogador que vista aquela camisola, mas enerva-me ainda mais ver um jogador a tentar enganar o arbitro constantemente com simulações a maior parte das vezes ridiculas.
    No lance com o Maxi Pereira isso é por demais evidente, e gostei do comentário do José Guilherme Aguiar a esse lance, "Coitado do Jonas, partiu a perna quando levou com a bola".
    Outro lance foi o do Maicon, só faltou atirar-se para o chão e agarrar-se à cara.
    Depois ainda teve o suposto lance do segundo amarelo ao Maxi, e que ainda se tentou picar com o antigo colega, o que revela muito do caracter de alguns jogadores, porque não foi apenas Jonas que tiveram atitudes pouco profissionais para com o Maxi, e sendo um antigo colega de balneário é triste. Mas como foi contra alguém que agora veste de Azul, é tudo futebol.
    O importante é que eles agora olham pra cima, e que assim continuem até ao fim.

    ResponderEliminar