terça-feira, 3 de novembro de 2015

Antevisão Maccabi Tel Aviv - FC Porto (Fase De Grupos Champions League)


Naquela que é, aparentemente, novamente a prioridade máxima do FC Porto este ano, uma vitória sobre o Maccabi de Tel Aviv abrirá escancarada a porta para os Oitavos de Final da prova. Não existem jogos faceis na Champions League e a vantagem casa poderá dar algum elan ao Maccabi, por isso nada de facilitismos.

Não conto com eles. O FC Porto que se apresentou contra o Maccabi em casa tinha um com o pé relativamente levantado do acelerador, que não estou a contar ver em Israel, embora ache que o Maccabi vá ter de arriscar mais e, por isso, fazer um jogo mais aberto do que aquele que fez por cá.

Por isso, é de esperar um FC Porto mais equilibrado a meio campo, na sua tradicional forma de Champions League. É-me difícil fazer um onze, porque pressinto surpresas por parte de Lopetegui, para tentar apanhar o Maccabi em contrapé.

Ganhar e ganhar, para arrumar esta questão (embora tenhamos sempre de pontuar em casa contra o Dínamo). Nesta prova, a motivação está alta, tudo é bem ponderado e organizado com o Grande Clube que o FC Porto sabe ser.

 Helton, Casillas e João Costa (g.r.); Maxi Pereira, Martins Indi, Marcano, Rúben Neves, Varela, Aboubakar, Tello, Sérgio Oliveira, Evandro, Herrera, Jesús Corona, André Silva, André André, Miguel Layún, Danilo, Bueno e Imbula.

 Casillas; Maxi, Marcano, Indi, Layún; Rúben, Imbula, André André; Corona, Aboubakar, Tello.

Numa nota final off-topic, nem uma reacção oficial à rasteira provocação da RTP. Continuamos como vemos. A chacota nacional. Uma vergonha. Dos dois lados.

17 comentários:



  1. @ Jorge

    sobre a tua nota final:
    de facto, é mesmo muito estranho. nada de nada sobre uma promo que roça o abjecto, o vil de uma afronta a todos nós, fazendo-nos passar por morcões, por lorpas...
    e nem me refiro à 'newsletter'; ontem estive a ver o "90' à Porto" e n-a-d-a!, nem uma palavra, silêncio absoluto... dá a entender que, na Estrutura, há quem goste de "comer gelados com a testa"... é que esta é daquelas situações que não dá para esperar, para fazer queixa junto das entidades competentes, porquanto as mesmas não decidem em tempo útil - antes, há que reagir no momento e não tendo medo de chamar os bois pelos seus nomes...

    abr@ço
    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E com isto, continua a esvair-se o respeito...

      Abraçom

      Eliminar
  2. Caro Jorge,

    Compreendo a revolta, que partilho, com o silêncio institucional.
    No entanto, parece-me claro que algo está a mudar no status-quo dos últimos anos, sendo o sintoma mais claro o desconforto do slb nestes meses iniciais.
    Não acredito que o principal responsável por isto seja o presidente do sporting lisbon. Hoje surge a retaliação no mínimo ridicula com a historia dos roupões.
    Aguardemos, confio que algo esteja a ser feito.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tentar mudar a direcção da atenção é um acto desesperado.

      O simples facto de ser possível é que já é mau.

      Abraço

      Eliminar
    2. Tentar mudar a direcção da atenção é um acto desesperado.

      O simples facto de ser possível é que já é mau.

      Abraço

      Eliminar
  3. Difícil seria a RTP criar um stop semelhante ao que fez para o FCP.
    Porquê?
    Porque se criassem um spot com os jogadores do Galatasaray vestidos à FCP ou à SCP, a pedir que o Benfica jogasse como se estivesse a jogar contra o FCP ou SCP, o resultado seria: derrota, derrota e ainda derrota, que são os brilhantes resultados da agremiação este ano contra os seus rivais mais diretos.

    Tiveram que se virar para outro lado, correndo o risco do ridículo.
    "Ai, vamos jogar como se estivessemos a jogar contra o FCP". 7 em cada 10 é derrota, catano!.

    ResponderEliminar

  4. lá vamos nós descer de divisão por oferecermos «roupões a árbitros», nalguns casos «personalizados», para que estes não apareçam com os penduricalhos e as partes pudibúndicas à mostra «e que assim»...
    já agora: qual será a pena por se oferecer água quente? e se também se oferecer sabonete?...
    [ridículos, estes gajos do correio da manha...]

    abr@ço
    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
  5. ...não há fufus nem gaitinhas, é para ganhar e pronto, ou não foi, também a pensar nisso, que se adiou o jogo de sábado?

    ResponderEliminar
  6. Eu não concordo em absoluto que se ofereça seja o que for a árbitros e afins. Custa a crer que se ofereça algo personalizado a um arbitro se este é nomeado segundo creio dois ou 3 dias antes da realização do jogo (estou a referir-me aos da 1ª Liga) o que quer dizer que deve existir alguma fábrica a trabalhar somente para brindes a árbitros. Deve ser a única profissão que para exercer a sua actividade recebe prendas, e com que intuito? Alguém dá alguma coisa sem esperar nada em troca? Um arbitro que na sua carreira faça umas dezenas de jogos dos ditos grandes deve ter em sua casa dezenas de camisolas de cada um dos clubes.. pode bem abrir uma loja de artigos desportivos. Para esses senhores é natal todos os domingos.. ou então quando eu vir um arbitro a prejudicar uma das equipas pode-me levar a pensar que a prenda de um deles é maior do que do outro. ACABEM COM TODO O TIPO DE PRENDAS.. até podem aproveitar como exemplo para acabarem com isso que os trabalhadores ficaram sem o seu prémio de um ano de trabalho ao sonegarem-lhe o subsidio de natal.
    Gostava de saber se também foi oferecido ao B. Paixão algo de semelhante pelo FC Porto.. só por curiosidade.. curiosidade mesmo.
    Cumprimentos
    A.Martins

    ResponderEliminar
  7. Concordo em absoluto. No entanto limpar a questão dos vouchers com a do roupão é das coisas mais ridículas de todo sempre.

    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Concordo em absoluto. No entanto limpar a questão dos vouchers com a do roupão é das coisas mais ridículas de todo sempre.

    Abraço

    ResponderEliminar

  9. @ A. Martins

    «o que quer dizer que deve existir alguma fábrica a trabalhar somente para brindes a árbitros. Deve ser a única profissão que para exercer a sua actividade recebe prendas, e com que intuito? Alguém dá alguma coisa sem esperar nada em troca»

    como se comprova aqui e por uma fonte insuspeita (no sentido em que é tudo menos azul), o árbitro visado pela oferta do roupão mencionou tal facto no relatório - cumprindo o que está estipulado nos regulamentos.
    o mesmo não o fizeram quem foi ofertado com 'vouchers' e afins...

    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
  10. Espero que não estejam a confundir o meu portismo... Eu não visei o roupão.. eu critiquei as ofertas aos árbitros e afins. Eu não disse que era ilegal... eu disse que não concordava com ofertas a árbitros. O Porto sabe e o seu presidente melhor que ninguém, que somos escrutinados ao ínfimo pormenor e daí eu ser absolutamente contra que seja dadas abébias á imprensa.. -veja-se o destaque de 1ª pag. do Jornal de Noticias sobre o problema dos adeptos no avião.. sim o Jornal de Noticias fez um grande enfase para agradar a quem?

    Cumprimentos
    A. Martins

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. @ Martins

      longe de mim estar a criticar o portismo seja de quem for!
      apenas e só quis demonstrar que, em relação à sua citação, está demonstrado que poderemos estar tranquilos.
      e deu para perceber muito bem que éccontra as ofertas de simpatia, seja de que forma for. para que não haja dúvidas: eu também ;)

      e agora vamos
      lá ver o nosso FCPorto :)

      cumprimentos
      Miguel | Tomo III

      Eliminar