segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Mitos e Confusoes

E se, de repente, Imbula for embora? Quanto custou, afinal, o "plantel mais caro de sempre?". Eu digo. 10M de Corona. 2,8M de Danilo. 1,5 de André André. E esta? 14,3M é um plantel caro?

Aqui reside, uma vez mais, uma demonstração do que faz o silêncio portista acerca de todas as matérias - dispara uma falsa noção de coisas que não existem. Não pagamos 20M por Imbula, muito provavelmente, não iremos pagar nada, ou apenas a nossa parte. Receberemos na exacta proporção da nossa parte em negócio, quando ele for embora.

Se é aceitável pensar que Jiménez só custou 9M ao ficaben, estava mais do que na hora de tratar Imbula pela proporção exacta do que custou. Retiraria pressão à equipa, ao jogador e à própria SAD.

O que está a acontecer a Imbula é um crime, mas não é único. Imbula é um médio defensivo com a mais-valia da transposição box-to-box do jogo, de uma forma vertical. Essa verticalidade, no futebol de Lopetegui, pura e simplesmente não existe. Desta feita, parece-me que foi um erro de casting. De Lopetegui ou da SAD? Ninguém sabe. Acho grave estar já no mercado. Outro treinador poderia tirar um alto rendimento de Imbula.

Como também de Brahimi, Corona e Bueno, que não são extremos. Um é meio ofensivo, os outros dois segundos avançados. Uma vez mais, jogadores que não encaixam no estilo de jogo lateralizado de Lopetegui. 

É um erro? É sim, senhor. São maus? Nem pensar! Poderiam render muito mais? Claro que sim! No caso de Imbula e Brahimi, corremos o sério risco de os vermos nos próximos clubes a serem muito mais do que foram aqui... e de no lamentarmos depois por isso.

E já que se fala de gastos, ontem o Basket do FC Porto esmagaram o "colosso" ficaben, num extraordinário esforço de superação e união, com uma defesa e uma transição defesa-ataque demolidoras que deixaram Carlos Lisboa com a cara no chão. O que demonstra é que, simplesmente, somos um Clube que não precisa de estrelas de renome, mas sim de um sentimento de união e equipa. No FC Porto à Porto o colectivo supera sempre o individual. E, no caso do basket, é treinado por um espanhol!

O Miguel e o Rodolfo andam lixados com Lopetegui, como quase todos nós andamos. O Miguel e o Rodolfo têm o direito de quererem mais, e melhor. Todos exigimos isso. No entanto, o Miguel e o Rodolfo não estão no café. Estão num espaço representando alguém pelo FC Porto - que não do FC Porto. Convinha ao Miguel e ao Rodolfo não fazerem o jogo do ficaben e do sportem. Era só uma ideia. O que pensamos em privado e o que dizemos em público tem de ter teores diferentes. Devem ser coerentes com o que pensamos. Com o que sentimos. Com o que desejamos para com o Clube que Amamos. Mas não deve fazer o jogo do inimigo!

47 comentários:

  1. O Rui Santos afirmou ontem no Play Off, que o orçamento do Porto são 70 milhões contra 56 do Benfica e 25 do Sporting!!

    Se correlacionar isto com as últimas contratações do reinado do Lopetegui, Adrian (do Atletico madrid) 15M? Quantos jogos este fez?! Imbula 20M e agora diz-se que vai sair?!

    Se correlacionar isto com titulos: zero! Se correlacionar isto com o futebol que a equipa pratica após um ano e meio (é tempo mais que suficiente) chegamos à conclusão que em termos futebolisticos somos muito pobres, é só queimar tempo com passes para trás e para os lados!!

    Comparar tudo isto com a realidade, desculpem, mas é MEDIOCRE!! Nunca pensei ver o FC Porto a deitar milhões ao lixo, com um treinador desconhecido, teimoso, e ainda por cima BURRO porque não percebe que está errado e é incapaz de mudar!

    O Porto não o manda embora porque seria um dos maiores flop's da historia do clube! Gastar este €€ todo e não ganhar nada em 2 anos, meus caros, é OBRA!

    Nota: já vi alguêm comparar o Lopetegui com o Vitor Pereira, é comparar a noite com o dia! O Vitor ao fim de um ano e meio já tinha ganho mais com um orçamento substancialmente inferior, enquanto que o Lopetegui em todos os jogos decisivos, falha-os todos!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse valor É FALSO, não se pagou ainda nada disso pelo Adrián, são se pagará nada disto pelo Imbula, e por aí em diante.

      Ó António, o António nunca reparou no sectarismo com que Rui Santos fala do FC Porto?

      Quem compara Lopetegui com VP? Ainda assim, VP tinha um onze cheio de Portismo, raça e experiência que Lopetegui não tem.

      Eliminar
    2. Atenção que todos já sabemos que o Rui Santos não é de fiar... Concordo totalmente que o nosso futebol é, neste momento, pobre. Eu, pelo menos, estava à espera de melhor nesta altura... Quanto às comparações com o VP, sem entrar no domínio do futebol jogado (já muito discutido), e entrando apenas no campo do orçamento, acho que não devemos ir por aí. Se enumerar o plantel que VP tinha à disposição na 1ª época verá que pouco investimento havia a fazer...

      Eliminar
    3. Gustavo, mesmo o segundo ano de VP, não pedia meças em raça, entrega, atitude e jogo à Porto!

      Vitor Pereira não tinha de explicar a ninguém o que era Ser o FC Porto.


      Abraço

      Eliminar
    4. Tal e qual! Ele próprio encarnava (neste caso, azulava) e vivia esses valores!

      Eliminar
    5. Eles custaram esses valores, o €€ tem de vir de algum lado e no futebol como na vida, ninguêm dá nada a ninguêm.

      Se o clube não pagou ou vai parte desses valores, mais razão me dás quando eu como muitos já percebemos que o nosso clube está nas mãos de agentes, fundos, empresários, Jorge Mendes's e afins!

      É anormal a quantidade de despesas que têm incorrido nos últimos anos. Somos ingênuos para não entendermos o que se está a passar?! Aliás, isto também aconteceu com os nossos rivais com os resultados à vista de todos!

      Eu nunca pensei que também aconteceria no FC Porto!! Mas...o PC tem 78 anos, certo? Para bom entendedor meia palavra basta.

      O FC Porto mudou nos últimos anos, pior cego é quem não quer ver.

      Eliminar
  2. O Miguel e o Rodolfo, andam lixados com o que Lopetegui fez e faz ao F. C. do Porto. Se calassem o que sentem e que há muito detectaram é que estavam a prestar um mau serviço ao Clube. Assim, só provam que são seres que não seguem o rebanho, só porque sim. O Clube é muito mais importante que algumas criaturas.
    A. Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qual rebanho? Uns defendem o seu clube, os outros atacam os que deveriam defender!

      Chega-se ao cúmulo de ver Inácio a defender Lopetegui e o Rodolfo a defender o Jesus!

      Abraço

      Eliminar
  3. é este ano que percebo que nao percebo nada disto...
    acreditei num modelo, pareceu-me ver alguma evolucao, lenta, é certo, mas em consolidacao com (ou apesar d)a chegada de novo contentor de jogadores, mas agora tudo a ser varrido como um castelo de cartas.
    e o que mais custa é ter que ir dando razoes aos "rodolfos" de café que vou conhecendo, alguns amigos proximos, que veem o futebol como folhas nos 90s ("prá frente, é preciso é motivar, chuta, aquele nao vale nada"), e pronto, um gajo ta aqui do alto a achar que sabe o que é uma basculacao, e a posse, e triangulam-mos assim bem apertados.
    tal como referes, estes jogadores deviam bem render bem mais. e nao me parece que estejam a boicotar o treinador. mais, o modelo que em teoria seria o meu *e* o do porto, é absolutamente estéril sem pequenos (acho eu que seriam pequenos) ajustes que nao sao feitos. nao há danoninho que entre ali, porra. um contra, uma desmarcacao, um jogo central, um extremo que feche no meio quando em posse no ultimo terco, um kinder que acompanhe a bomba, e pronto, quando dou por ela, sou mais um treinador de bancada que nao percebe nada do que diz. "Forca, chuta carago!". que desalento, pá, porra.
    tal como há uma e duas épocas, continuamos em muitas frentes e como tal, desaconselham-se mudancas. mas com manifestacoes como a marcada para esta quarta no estádio do dragao via fb, parece-me que vai ser complicado que seja essa a solucao encontrada.
    haja coragem para proteger o treinador, que é, pelo menos o gajo que apanha com todas as balas de fora e fogo amigo. nao se arranja ninguem da SPDE para o guardar? pois... temos outras preocupacoes...
    desterrado que sou, vi 3 jogos esta epoca: guimaraes em agosto (assobiadelas ao herrera desde os 30minutos), chelsea em londres (nao vou repetir o que ouvi na bancada da claque) e academica em dezembro (jogo da assobiadela "ao bueno") - está tudo maluco? ou eu devia ser um deles porque eles é que percebem? "eu bem disse que eles nao jogam nada" ou nao jogam porque voces nao deixam?

    nao percebo nada disto e neste momento nao sei o que será melhor...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Michael: eu e tu!
      Está a fazer-se uma verdadeira tempestade num copo d'água.
      As vezes me pergunto se estou a ver as coisas muito mal e se não são estes adeptos que estão certos. Este sentimento de incerteza morre logo no momento em que vejo adeptos do clube a exibirem tarjas que dizem "espanhol demite-te" no regresso da equipa ao dragão. Naquele momento entendi que aquelas pessoas estão fora de si e não entendem muito bem o que estão a fazer. Não estão apenas a destruir um espanhol mas também os cinco jogadores espanhois que temos no plantel e que tendo mais ou menos valor, sempre respeitaram o clube.
      Abraço

      Eliminar
  4. Jorge, em que lugar está o basquete? Em que lugar te parece que acabará? É isso que queremos para o futebol? Bolas, isso é uma gestão falaciosa da expetativa, não? Percebo a ideia, mas nunca esperaremos o mesmo do futebol e do basquete ou do andebol que seja. Queremos sempre bem mais. Por isso não é justo comparar derrotas de uns com as vitórias de outros. Grandes vitórias que sejam. E foi!
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Et tu, Silvae? É evidente que não estou a fazer comparações directas.

      Estou a dizer, sim, que me revejo num grupo menos caro, mais ligado, mais "underdog", se quiseres, mas onde não caiba a questão "Será que temos equipa".

      FC Porto sempre foi feio, porco e mau. E é assim que se quer. Cheio de combatividade. E isso vê-se no Andebol, na B, no Basket - que veio este ano da Proliga - etc.

      Sou MUITO contra a política de contratações que é a INVERSA da que sempre tivemos (comprar barato, vender caro). Não quero galácticos. Quero raçudos. E tu sabes que é isso que quero dizer!

      Abraço

      Eliminar
    2. Sim amigo, mas não podes esquecer que no futebol não mais seremos underdogs. No way! Olha, o Iker é caro. E raça não lhe falta.
      Mas tens razão, é preciso que aquela malta sinta o nosso orgulho espatifado e saia do buraco. Xô depressão! Há uma parte em que talvez possamos ajudar. Quem quiser...
      Abração.

      Eliminar
    3. Ah, e podiam ter ido 10. E ficado o Oliver! Anda a ganhar mofo em Madrid e tanta falta que cá faz...

      Eliminar
  5. Até podia ter gasto 0€ em reforços e ter 200M€ em salários.

    A verdade é que o Lopetegui teve os dois plantéis mais caros da história do futebol português, e de muito longe.

    Vão ser sensivelmente 140M€ em salários (embora claro que nem tudo vai para o futebol) em duas épocas e aquele que é de longe o jogador mais caro da história do futebol português (é irrelevante de onde vem o dinheiro, ele custou mesmo 20M€) nesta época. E já na época passada teve 3 jogadores que foram avaliados em mais de 90M€ (!!!). Agora é imaginar um clube português contratar na mesma época 3 jogadores por 90M€ e perder o campeonato.

    Só uma nota para o comentário inicial: o Sporting deve gastar mais de 25M€, provavelmente vai andar à volta dos 35/40M€, esse valor diz respeito à época passada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E qanto vendeu? E quanto perdeu? Ontem ouvi João Gobern defender de forma descarada uma "profunda renovação" do ficaben - DOIS JOGADORES! - sem nenhuma resposta da parte do lesto em atacar Guedes!

      Lopetegui foi forçado a reconstruir TUDO depois de perder 11 jogadores! (Fabiano, Danilo, Alex, Casemiro, Óliver, Quaresma, Jackson, Quintero, Reyes, Ricardo, Hernâni)

      Essa soma aritmética simples não pode ser realizável!

      Abraço

      Eliminar
    2. Jorge, não é evidente quando entras num modelo de empréstimos e o aceitas, que tens de andar sistematicamente a reconstruir do zero? Ele aceitou isso e ainda por cima parte eram jogadores espanhois que contribuiu para o PIB do seu pais.

      O Lopetegui é co-responsável do que está a acontecer, mas ele é uma marioneta nas mãos de quem hoje controla o Porto.

      Eliminar
  6. Os orçamentos não ganham títulos. Obviamente que têm um peso significativo nas probabilidades de vencer, ao ter influência na qualidade da equipa, mas só por si não garantem nada.

    Ora vamos ver, o SCP tem um orçamento baixo. Ok, podemos considerar que a maioria dos jogadores já vinham de trás, vários oriundos da formação. E porquê? Justamente porque não ganharam quase nada nos últimos anos. Tivessem ganho, ou tivessem feito algo mais na Europa, e provavelmente já os teriam vendido, como acontece há anos com FCP e, mais recentemente, SLB.

    Com as vendas, vem a necessidade de comprar para substituir os que saem. E aí sim, um clube que se diz candidato, terá que abrir os cordões à bolsa para comprar jovens com potencial. O pior é que o mercado não é como há 10-20anos, agora os grandes europeus também os procuram diretamente, e isso fez os preços subirem bastante. Encontrar pérolas que mais ninguém conhece, a preço de saldo, é neste momento um mito. Se forem realmente bons, já toda a gente sabe, ponto.

    Voltando atrás, imaginem que o SCP finalmente "mata o borrego" e dá nas vistas na Europa, despertando a cobiça. Perde William, Rui Patrício, João Mário, Adrien, etc etc (sim, que o amor à camisola também depende do salário), encaixa uns bons milhões mas terá que comprar outros para substituir. Se quiser investir pouco, a médio/longo prazo como antes, vai buscar à formação ou compra jovens promessas, mas têm que estar preparados para esperar uns 2-3anos antes de conseguirem uma equipa forte e capaz. Se querem ser candidatos a ganhar novamente no ano seguinte, tem que gastar. Aí o orçamento dispara, é disso que parece que as pessoas se esquecem.

    Se o orçamento do FCP foi alto, foi porque as receitas anteriores foram muito altas (juntamente com a necessidade de vender para equilibrar contas), e compensou financeiramente. Isso apesar de não ter compensado desportivamente, mas isso são outras contas. Este ano poderemos "sofrer" do mesmo mal, embora os recentes contratos possam ajudar a alavancar outras condições junto dos bancos - só espero que os nossos dirigentes não se deslumbrem com os números.

    Resumindo, é um ciclo que o FCP conhece demasiado bem. O SCP tem estado mais "protegido", mas se começarem a ganhar terão de entrar no jogo. E aí veremos como ficam os orçamentos...

    Cumps

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vender 2-3 titulares concordo. 11 jogadores, nem pensar!

      Abraço

      Eliminar
  7. E para acrescentar, aos que dizem "meio na brincadeira" para colocar os B's no lugar dos A's... esqueçam.
    Convém relembrar que, mesmo as equipas mais fracas da primeira liga, foram as que ficaram nos lugares cimeiros da segunda. Acredito que o FCP B teria condições para andar no meio da tabela, nada mais. Não vamos comparar o incomparável, para além da diferença que é a nível de pressão e exigência (nem todos os "craques" da B chegam a sê-lo na A).

    Um aparte - tivesse Aboubakar marcado naquele lance, e toda a história poderia ser diferente. Sabemos da apetência de JJ em jogar na defensiva, possível após ficar em vantagem, num lance com tanto de mérito de Slimani mas MUITO DEMÉRITO de quem o deixou cabecear sem qualquer oposição! Os lances da segunda parte - incluindo o golo - foram possíveis devido ao risco que corremos em atacar (e bem).
    Resumindo, SCP esteve melhor, mostraram bom entendimento entre jogadores pelos motivos que já referi antes. Mas não alinhem no joguinho da CSD, não foram esmagadores, acredito que caso tivéssemos marcado primeiro (ou mesmo empatado) a coisa poderia ter sido muito diferente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na primeira parte jogamos futebol. Não bom, mas jogamos. Na segunda, não.

      Abraço

      Eliminar
    2. Concordo Jorge, mas isso deveu-se em grande parte à alteração das condicionantes. Na primeira parte, até ao golo, partimos em vantagem pois o empate era-nos mais favorável e estávamos a jogar fora - a iniciativa era deles. Ataque continuado não é o ponto forte deste SCP, tanto que, do que me recordo, não tivemos menos oportunidades que eles nesse período.

      Na segunda parte foi diferente, entramos em desvantagem, e aí Jesus está como peixe na água. Com um bom bloco defensivo, simplesmente repelia os ataques (que com a nossa equipa não são assim tão difíceis de bloquear, basta cortar linhas de passe e garantir 2 jogadores em cima dos nossos criativos), e os espaços que tivemos na primeira parte, desapareceram. Em contrapartida, demos espaço nas costas para contra-ataques rápidos, coisa que o SCP sabe fazer bem porque têm jogadores que sabem distribuir jogo com velocidade.

      Por isso indiquei o primeiro golo como o ponto de viragem, a partir do qual tudo mudou. Ainda por cima nem sequer foi um golo muito trabalhado... foi uma falha de marcação dispensável! Mas pronto, este já foi, vamos ver se nos mantemos na corrida à espera de um deslize.

      Abraço

      Eliminar
  8. o que o rodolfo diz nem ouço ate porque nunca teve dotes de dissertador, quanto ao miguel ja o ouvi mais e certo as estadias na capital tem lhe feito mal a cabeça. O plantel nao esta adequado ao tipo de futebol do treinador, nao e so imbula sao varios. Agora ele tem la varios espanhois e tirando o casillas e as duvidas do bueno bem podia ter arranjado tipos da tyerra dele mais adaptados as suas ideias futebolisticas e pelos vistem nem esses ele soube escolher.

    ResponderEliminar
  9. Quase nada a acrescentar á primeira parte do post, se bem que, em minha opinião, pense ser um erro, a vinda de Imbula (da maneira como nos "impingiram" o jogador), assim como, por exp., Indi. Um porque é ainda um jogador em formação, logo devia estar a competir na B, outro porque, para um central, joga muito mal de cabeça e veio com hábitos táticos (3x5x2 / 3x4x3) completamente fora do contexto do futebol portugues. Mas é só uma opinião sem importância nenhuma e quero dizer, sem por em causa o óbvio valor dos atletas.
    Quanto aos portistas-que-se-representam-a-si-próprios mas que ganham um bom fee mensal por, supostamente, serem do FC Porto, um adjectivo os une: VENDIDOS!

    ResponderEliminar
  10. Vamos lá acalmar!!!!!
    4ª feira o Rio Ave vai pagar a factura nem que seja pela taxa minima!!!!

    P.S. O Jorge sabe perfeitamente que sou critico de Lopetegui pela simples razão que o homem não tem ou não sabe ou não quer um plano B, C, tudo ao molho e fé em deus, chuveirinho e o losango prevertido (perdão, invertido). O raio do espanhol só quer aquilo e pronto e, isso enerva-me e faz-me detestá-lo, insultá-lo e se estivesse á minha beira ficaria com o fato lavado a perdigotos!
    Mas não sabia que anda no ar um boicote aos jogos do nosso FC PORTO!!!!
    Não quero acreditar? É verdade????

    Eu muitas vezes apetece-me mandar á fava o Lopetegui, os jogadores, o Pinto da Costa, a mulher dele, a minha, o meu cão e até eu mesmo. Mas renegar o FC PORTO???? Que MERDA de portistas sois vós que apelais ao boicote???
    Um FC PORTO só de vitórias e jogos de nota artística????
    Nem que o FC PORTO estivesse em último, a descer de divisão o meu sentimento seria assim!!!! Bem antes pelo contrário... e olhem que já vi o FC PORTO ficar em... 9º!!!!

    E já agora e isto vindo de um gajo que critica o Lopetegui, até como o Jorge sabe bem:
    - Vamos em 2º a DOIS pontos do primeiro, tendo jogado precisamente na casa deste, num resultado que não deslustra nem me cheira a humilhação. Foi, é e sempre será um jogo de tripla.Ah! ainda temos a revanche de poder mudar o resultado em nossa casa!
    - Clube em primeiro este, que joga tão bom futebol que não conseguiu se qualificar para a Champions, e na liga Europa teve o grande "piço" de lhe calhar o mais fraco grupo que há memória, e mesmo assim ficou em 2º lugar, e quando todos dizem que a Liga Europa é 2ª divisão do futebol europeu, o mestre das chiclas compara-a com a xémpes! Pudera, é o seu habitat natural!!!!
    - Estamos na Taça de Portugal a caminho das meias, enquanto os outros 2 que jogam um futebol de sonho, ou são assinantes das Sport Tv ou então vão-nos ver á Inácio...
    - Ficamos de fora da Taça da Liga, desdenhosamente desprezada por 99,9% dos portistas. mas como fomos eliminados em casa (de forma ultrajante, bem sei), agora todos a queriam ver no Museu...
    - Fomos despachados da Champions como já fomos N vezes com outros treinadores mais consagrados e não contestados (ou será que queriam ser campeões europeus quando em competição ainda lá andam Bayerns, Barcelonas, Reais e outros que tais?)

    E isto sou eu a falar, que até nem sequer sou "Lopetegui", que até acho que para o ano cá estará outro (tem que vir outro!), mas sou PORTO até ao fim dos meus dias!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os boicotes são como as greves: furam-se! Bora lá!

      Eliminar
  11. Jorge o Corona é tão extremo como o Varela, o Hulk. Antigamente é que os extremos eram gajos que iam à linha cruzar... Acredito que possa render mais à esquerda que à direita(mesmo que rende muito na direita) . Agora o Brahimi é jogador para que posição? É que se ele não joga a extremo esquerdo, onde é que vai jogar, a 3º médio? Para isso falta-lhe inteligência tática, posicionamento, agressividade e soltar mais a bola. É o Imbula também não é um box-to-box, ao contrário do Herrera e do André André, que têm as qualidades que lhe faltam, agressividade, pressão, e capacidade de jogar em posse. Não chega ter capacidade talvez única de arranque em força, velocidade e em finta constante. E já agora para os adeptos que muito falam da equipa B, esta joga com o modelo de jogo de Lopetegui.
    E é verdade, Jorge, há alguma possibilidade de haver neste mercado, ou não temos condições para isso? No entanto gostava de ver o João Graça e o Gleison Moreira na A, porque o primeiro tem capacidades para jogar a 3º médio, que nenhum dos que temos têm, talvez o mais parecido seja o Evandro, e o segundo porque joga a extremo direito com o pé esquerdo, tendo capacidade de finta curta e também o chamado faro de golo. Apesar de não saber até que ponto renderiam...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o Imbula transporta a bola sem que ninguém a consiga tirar, é o quê, exactamente?

      José, eu compreendo que queira ver Bs na A, mas ele devem ter o seu tirocínio normal. Neste contexto seria apenas torna-los carne para canhão.

      Abraço

      Eliminar
  12. Jorge,

    Antes gostava de ver alguns programas de futebol aos Domingos. Ontem nem liguei a televisão porque já pressentia o que vinha dali! Neste momento os únicos comentadores portistas em que me revejo são o Bernadino Barros e o Cândido Costa. Está tudo uma total insensatez!

    Uma coisa é certa: independentemente de ser melhor ou pior treinador, o Lopetegui é mais ou tão portista do que a maioria desses portistas de hoje. A maneira como sente e defende o clube nunca deveria ser posta em causa. Não acredito que ele sinta menos as derrotas do clube do que muitos destes adeptos que se sentem injuriados por não vencerem nada há dois anos. Não é preciso muito para perceber isso!

    Não me leves a mal, eu amo tanto o FCP que não consigo apoiar mais nenhum clube em lado algum, mas as vezes ponho-me a pensar: o quê que esta gente pensa que o FCP é que não pode perder e jogar mal algumas vezes? What the fuck!?

    Se vão aos quartos de final da Champions e são goleados pelo Bayern esquecem-se de tudo e de repente tudo de bom feito até aquela altura é esquecido. Quantas equipas grandes foram goleadas pelo Bayern recentemente? Se a equipa perde, jogando com os suplentes, por 3-1 contra uma boa equipa da mesma divisão, para a competição menos prioritária, é uma ofensa horrível e humilhação imperdoável.

    Uma coisa é ser exigente outra coisa é ser estúpido, cego e ingrato.

    Desculpa-me, mas um treinador que pega num plantel com 15 jogadores novos, com uma das médias de idade mais baixas da Champions e do campeonato português, que vinha de uma época horrível, e que consegue lutar pelo campeonato até a última jornada e ir aos quartos de final da champions não pode ser assim tão mal. Podem falar em "grandes plantéis" e "privilégios" mas quem era o Óliver e Casemiro antes de virem para o Porto? A direção sabia que o treinador precisaria de mais tempo do que o normal porque tinha um importante período de aprendizagem e adaptação a sua frente. Porque não dar o mínimo voto de confiança a quem tanto nos deu em 3 décadas?

    As coisas não estão perfeitas, há muita margem para melhorar, mas também não é nenhuma catástrofe.

    Muito sinceramente, como é que esperavam que uma equipa sob tanta pressão negativa fosse capaz de vencer uma equipa que neste momento está tão unida e confiante, e que jogava perante o seu público? Querem atirar a equipa pro chão e esperar que a mesma jogue com toda a confiança e força do mundo? Ou será que querem mesmo já perder tudo para o treinador sair à força?

    Admiro a tua vontade de argumentar e de desmarcarar mitos e confusões, mas esta gente está cega e não quer compreender nada. Querem sangue. Já decidiram.

    Abraço

    Braulio


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E por falar em mitos, o mito Bayern é um deles!

      Se o Barcelona, que é o Barcelona - e sim, eu acho que estamos uns furinhos abaixo do Barça - só chegou à final porque o Ter Stegen fez 4 defesas impossíveis, o que poderíamos fazer nós?

      O Arsenal também foi goleado chapa 5 no Allianz! Dizerem-me que, com o Ricardo, o Evandro e o Rúben de início, o FC Porto teria passado à fase seguinte, é de loucos! Marcaram 5 golos num instante, descansaram com bola, o Jackson marcou e eles marcaram para acabar com a moral!

      Isso é culpa de Lopetegui onde?!

      Abraço

      Eliminar
  13. Olá,
    Sou o www.dragaoatentoiii.wordpress.com
    Actualidade
    Sobre o momento actual do FC Porto digo o seguinte:
    1 - Primeiro para enfrentar Pinto da Costa é preciso uma alternativa credível, ou seja, uma personalidade com carisma, alguém com reconhecida competência e capacidade para mobilizar os sócios. E para já não vejo no horizonte azul e branco quem o possa fazer, quem esteja à altura. Há tempos atrás cheguei a depositar esperanças em Antero Henrique, hoje já tenho muitas dúvidas. Por outro lado há quem defenda nomes como: Vítor Baía, Fernando Gomes o bibota d'ouro...etc...etc...! Na minha opinião ainda está para surgir quem tenha "pedalada" para assumir o cargo. O que vejo é alguma gente a posicionar-se mas unicamente para ganhar protagonismo. Gente que o que quer é pavonear-se e ganhar vantagens, até porque actualmente o cargo de presidente do FC Porto é bem pago (vencimento e comissões).
    2 - Relativamente à equipa técnica, mais propriamente Lopetegui, também acho que com o actual plantel uma equipa técnica experiente, competente e com prestígio; faria melhor, ou pelo menos, tinha obrigação de fazer.
    Temos o exemplo do JJ um técnico algo bronco, com um discurso medíocre, mas que como treinador de campo já conseguiu provar que em poucos meses é possível formar uma equipa, um colectivo... Mesmo com limitações de plantel que se reconhecem...! É verdade que também nas competições europeias não tem convencido, mas no consumo interno tem mostrado obra...!
    3 - Como nós sabemos Pinto da Costa é um mito, e como tal baseia-se no seu prestígio para impor as suas (dele) ideias que com as quais nem sempre acerta. Mas tem os seus apoiantes, e como tal, para enfrentá-los há que constituir um grupo organizado dum certo número significativo de sócios, isto é, se quiserem ter algum impacto e conseguirem fazer-se ouvir. E então, nas Assembleias Gerais do Clube, expõem-se as dúvidas, pedem-se explicações e até eventualmente desencadeia-se processo de mudança, de renovação, se for o caso.

    Abraço,
    Armando Monteiro

    ResponderEliminar
  14. Caro Jorge,

    Toca na ferida quanto aos pecados de Lopetegui na gestão do plantel.

    Sou portista desde de sempre. Serei portista sempre. Gosto do jogo. Enervo-me muito a ver o Porto e até sou capaz de me levar pela emoção, por vezes negativa, mas jamais critiquei um jogador, um dirigente ou um treinador a título pessoal. O que hoje se está a passar por causa de Lopetegui é indesculpável e revela bem o carácter de alguns supostos comentadores portistas. Simplesmente não se faz é é demasiado baixo. Não gosto dos métodos e modelo de Lopetegui. Considero que foi um erro de casting brutal que a história acabará por provar, contudo reconheço que é um profissional 100% que prefere prejudicar-se a prejudicar o clube. Não tenho dúvidas nenhuma quanto ao carácter e seriedade de Lopetegui. Tem dado o peito as balas. Seguramente com muitos erros mas não merece este rol de críticas pessoais e baixas que tenho visto, lido e ouvido. Ainda por cima vindas de muitos portistas. Até isto deveria servir de alerta para a SAD e em especial o presidente PC intervir, falarem aos adeptos e liderar este processo. Até nisto estamos ultrapassado. Jorge, repare que depois de mais uma xistrada quem lidera o processo de reclamação é o Sporting e não o Porto. Ou seja fomos novamente ultrapassamos. Tudo isto são sinais perigosos. Queremos gerir tanto que acabamos por não fazer nada.

    Concordo com o pedido feito pelos superdragoes quanto aos assobios. Revela elevação.

    Venha um vitória na quarta feira para acalmar as hostes. Bem precisamos.

    Raoc

    ResponderEliminar
  15. Estou a chegar a uma conclusão que as verdadeiras confusões são mesmo os empresários que rondam o Dragão.
    Ora veja-se que ontem, no clássico do basquetebol o Presidente não esteve lá.
    Será que se o Presidente mostra-se o olho da rua a pelo menos a metade desses empresários, a nossa situação não estaria melhor.
    Não será excessiva esta aglomeração de abutres que só vêem para aqui para resolver contratos e nada mais?
    Eu acho que se houvesse uma limpeza destes empresários e contratos |que alguns tem vindo a desviar uma parte da nossa economia| teríamos um Presidente mais virado para o Clube.
    E todos nós sabemos que com Pinto da Costa focado mais no Clube que em outros assuntos, a nossa situação seria quase oposta a que vivemos.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  16. No meio disto tudo à duas questões que me deixam intrigado. Naquele programa que se chama "mais bastidores" um dos indivíduos avançou à uns tempos que alguem tinha entregue o onze inicial do F.c.Porto a jesus no Benfica Porto do ano passado, eu achei estranho o facto de isso acontecer e de o tal senhor saber, e antes do jogo com o sporting ainda fizeram uma piada/pergunta dizendo que este ano será que podia acontecer o mesmo ou o jogador já nao está no plantel.?? E afirmaram que nao foi quaresma . Mas o que me deixou mesmo preocupado foi esse senhor no programa que antecede o dia do jogo Chelsea F.c.Porto afirmar que o Porto iria jogar sem aboubakar e sem ponta de lança. Como é que isto é possível e passar em claro? É que ele nao podia prever aquilo visto nao ser uma coisa óbvia ou até provável. Será que o Porto que tantos pedem, é tanto culpa do treinador?? Tenho uma certeza, antes, ninguém sabia nada que o Porto nao quisesse que se soubesse

    ResponderEliminar
  17. Boa Dia Jorge Vassalo,
    Muitos portistas estão-se a deixar ir nas tretas da comunicação social. Acordem e deixem de emprenhar pelos ouvidos. Atirem-se a quem os apouca e sempre apoucou incluindo a Rodolfos e a Guedes que, como muito bem diz, fazem o jogo dos adversários. Abraço

    ResponderEliminar
  18. Bom dia Jorge,

    Antes de mais um Bom Ano Novo para ti e para os teus.

    A minha ausência de comentários no último mês tem tido a haver com compromissos profissionais e por isso peço desculpa pelo longo interregno.

    Em relação ao estado atual das coisas no nosso clube, estatisticamente não estão famosos como é óbvio (afastados da Taça da Liga, da Liga dos Campeões e a não convencer e nem a dar segurança aos adeptos, nos jogos do campeonato) mas ainda estamos não perdemos nada dos objetivos principais.

    A grande questão que todos colocam de momento é a se Lopetegui deve sair e eu não vou fugir a ela...

    Lopetegui é um grande treinador que mete as suas equipas a controlar o jogo de maneira eficaz, contudo as "amarras" táticas são grandes e a equipa depois não se consegue soltar para os últimos 30 metros sem se desequilibrar atrás... portanto se marcarmos primeiro, ganhamos 90% dos jogos, caso soframos um golo a probabilidade de sofrermos outro, quando estamos atrás do empate, é elevada.

    Agora, não é nada disto que estamos a avaliar no Lopetegui... estamos a avaliar um homem desgastado e ultimamente com opções "estranhas" (André Silva não serve para entrar e estrear-se num jogo ganho, mas serve para substituir Aboubakar e estrear-se, quando estamos a perder, num jogo contra um grande na casa do adversário... ).

    A grande questão não é se os adeptos ou se a direção está com Lopetegui... a grande questão é se os jogadores acreditam na capacidade tática da equipa, em caso de precisarmos de virar um resultado.

    Da anarquia tática e individual, que tenho visto no relvado, depois de estarmos a perder ou quando estamos empatados perto do fim, diria que não e aqui sim, reside o problema...

    Lopetegui deveria, já na antevisão do jogo do Rio Ave, dar um "soco na mesa"... dizer claramente que vamos ganhar e até podia trazer 11 Messis, que contra estes jogadores e este grupo, nada se consegue opor! Deveria dar um grito de revolta e dizer claramente que vamos come-los e que vão pagar todas as favas!!

    Mas se Lopetegui vai com o discurso que são muito difíceis e que estão muito bem orientados, não vai funcionar...

    Para mim Lopetegui tem de começar a picar os seus jogadores e deixar-se de elogiar adversários e etc, pois de todas as conferências que já conhecemos dele, já sabemos que os adversários são todos bons e bem orientados.

    É um momento decisivo para ela junto do seu grupo... terá Lopetegui a capacidade de motivar e espicaçar o grupo agora? Eu duvido mas surpresas podem acontecer.

    Eu fui durante muito tempo atleta federado, e quando deixamos de acreditar que o líder nos pode levar a bom porto, é um momento muito complicado dentro do balneário e que se reflete totalmente para dentro do campo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conhece algum treinador que tenha dito que o adversário é fácil ou mal orientado?
      Eu não...

      Eliminar
    2. Conheço! Mourinho quando foi preciso dar o grito de revolta e não só.

      Não é dizer que os adversários são isto e aquilo... é simplesmente vincar que os nossos são os melhores e comemos quem vier a seguir.

      Nestas alturas, o treinador tem de se focar na equipa dele e não elogiar o adversário... A equipa precisa de sentir as emoções e o apoio público e não somente as palavras no campo e em privado.

      Eliminar
    3. Dizer que alguém vai pagar a factura, não é dizer que vai ser fácil ou que o adversário é "fraco".
      É apenas dizer que vamos revoltados e com vontade extra de corrigir um percalço!

      Percebo perfeitamente o ponto de vista, mas não aceito o exagero que se faz dele!
      É dado um foco exagerado em relação a Lopetegui, como se ele fosse muito diferente dos outros.
      A comunicação social carrega nisso... com a agenda que se sabe!

      Eliminar
    4. Vamos lá ver Carrela... eu não falei da Comunicação Social... falei da equipa e do balneário que é a única coisa que interessa, no final do dia.

      Neste momento a equipa é muito menos equipa do que era o ano passado.

      A defesa mete desposiciona-se, o meio-campo está demasiado aberto ou demasiado recuado ou demasiado avançado, mas nunca faz a ligação convenientemente, o avançado perdido e os extremos entregues a si mesmo.

      O ano passado a equipa era um bloco mais único e mais solido e o que mudou? A crença dos atletas em que a táctica vai de facto resultar...

      Vemos, por exemplo, Imbula encostado aos centrais e a abrir um buraco monumental para a linha ofensiva, com a equipa a perder 0-2 no Dragão.

      Vemos Evandro completamente perdido sem saber se avança ou se recua, quando a bola lhe chega aos pés...

      Vemos O Rúben perdido quando joga com o Herrera, pois este vai deambular na frente e Ruben olha para o Danilo e o Danilo para o Ruben e não sabem se podem sair das suas posições, pois tem o sentimento claro que se deixam de ser posicionais a equipa vai-se partir, no momento da perda de bola.

      Existe uma falta de confiança na táctica que Lopetegui quer alarmante no seio do grupo e isso é mais que visível a olho nu, no terreno de jogo.

      Os jogadores tem de ser resgatados para confiarem no treinador e tem de ser com um discurso forte, de garra e revolta ou senão, nunca mais vão ser jogadores para Lopetegui...

      Eliminar
  19. O discurso:) Faz muito e um dos que entendeu isso foi Mourinho! O poder da palavra é enorme quando é usada com mestria.

    Foi a partir do discurso pobre do Lopetegui que percebi que não é treinador para o Porto. A evolução do que ele diz é zero, é aquele discurso tipico de "ninguêm me compreende, estão todos contra mim". Um treinador está a prazo quando a mensagem dele não passa.

    O mundo está cheio de teóricos, que sabem tudo no papel, quem não se recorda de Jose Peseiro, Carlos Queirós...? O que adianda seres um "génio" se depois ninguêm te entende? E depois aparece um "tosco" como o JJ, que ninguêm falar sabe, mas todos percebem o que ele quer?!

    A mensagem de Lopetegui não passa e bastou-me 6 meses para perceber isso.

    ResponderEliminar
  20. O Miguel e o Rodolfo sabem que se nao tiverem cuidado com o que dizem, o tacho pode acabar e isto está mau para todos...basta ver que o outro rapaz já quer ser presidente do FCP. Abraço.

    ResponderEliminar