segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Análise FC Porto 1-0 CS Marítimo (19ª Jornada) [ACTUALIZADO BOMBA!]


Jogo esforçado, complicado e naturalmente confuso, notou-se uma entrega diferente, um sentido mais positivo e tendente à baliza, mas também, como disse André André ao Porto Canal, uma grande ansiedade. Novos métodos, novos posicionamentos, mas a programação do hábito rotinado idêntico.

Quero sublinhar a importância capital deste aspecto. Neste momento há uma clara dicotomia corpo/cabeça nos jogadores. Sabem dos aspectos a mudar, mas o automático, aquilo que é treinado, sistematizando, para que seja feito sem pensar, é ainda o mesmo, e nota-se essa falta de fluidez de quem se detém quando tende, naturalmente, a fazer aquilo que é o seu automatismo a cada situação.

Houve belíssimas desmarcações, passes em profundidade que foram, invariavelmente, tidos como foras de jogo, e muito querer, embora se traduzisse numa urgência nem sempre positiva.

Importa deixar bem vincado que foram feitos dois/três treinos antes do jogo e que as mudanças ainda estão por vir. Houve lampejos de mais soltura mas os automatismos e mudanças tácticas só virão como tempo e o Dragão, como qualquer animal que muda a pele, fica frágil na sua transição. Há que dar um certo tempo e tolerância. Mas as vitórias, mesmo do género desta, são fundamentais. Uma palavras para os adeptos, que souberam apoiar bem a equipa até ao fim. Obrigado!


As formigas atómicas - André André e Maxi não deixam nenhuma bola para trás, não se abstraem do jogo e entregam-se a cada lance. Mais até o segundo do que o primeiro, não chegaram ao balneário com um pingo de suor por escorrer, certamente. Dois motores muito bons.

Corona - Impressionante a rotação e disponibilidade de Tecatito, a ir a todas, muitas vezes a buscar bolas... difíceis... enviadas pelo seu compatriota Herrera, podia ter marcado mais e jogado mais... se o tivessem deixado jogar.

Suk - A disponibilidade de Suk e a sua entrega estão, neste momento, a anos-luz da nulidade Aboubakar. Ainda que sem oportunidades de golo (Corona poderia ter feito passe para o seu golo de estreia), também foi outro exemplo de uma entrega muito à Porto.


Jorge Ferreira e sus muchachos - Três penalties não assinalados, três foras de jogo na cara do golo e bastante fechar de olhos disciplinar para os jogadores do Marítimo - sarrefeiros à quinta casa - são neste momento o espelho de uma arbitragem que não respeita o Dragão e que é (quase) sempre tendenciosa contra nós, com a agravante de Jorge Ferreira ser despreparado e alheio do jogo jogado. Um pavor. Teríamos outra confiança e jogo com uma arbitragem mais condigna.

Herrera - Abandonada de novo a capa do super Hector Miguel, voltou Herrera, o aluado saturniano no meio campo, cheio de passes errados e mal medidos, defesa pobre, posicionamento pavoroso. Um terror.

Aboubakar - Que pena que tenho que Abou seja um jogador com tanto talento e que se deixa afectar psicologicamente com tanta brutalidade! Está a começar a ser ultrapassado, já de início, por Suk. A equipa precisa de Rei Bakar de volta e não desta pessoa que não se faz a lances, que não ganha divididas... que não faz o seu trabalho.

Em construção - A transição será gradual. Há tanto por fazer! Mas tenho a certeza que Peseiro sabe desse facto. Vamos ver já, para a semana, diferenças claras, estou certo.

ACTUALIZAÇÃO: Olha, olha, que giro! É por estas e por outras que eu ainda acredito que o FC Porto é o mesmo, apesar dos silêncios arbitrais! Marega é um excelente avançado e José Sá um guarda-redes de muito, muito futuro! Bem-vindos! Muito feliz por estas contratações!

46 comentários:

  1. Neste jogo não podíamos esperar milagres.Ficou provado depois de mais uma arbitragem encomendada que este ano somos um alvo a abater mas eles nem precisam de estar preocupados pois nós abatemo-nos a nós próprios deixando o Lopetegui ficar tanto tempo. Presidente a culpa é toda sua por mais uma época a zero. De facto convenco-me cada vez mais que é preciso mudar pois esta Sad nem com os roubos constantes de que somos alvos muda a sua atitude é silêncio.Fora com eles que só se interessam com a conta bancária e não com o sucesso desportivo. Com estes centrais não vamos a lado nenhum pois são do pior que há, nem na equipa B têm lugar. Como é possível uma nulidade como o Herrera ser capitão? Ao que chegamos!É preciso reforcarmo-nos já, se queremos ainda lutar por algo, pois com estes cepos nem a taça ganhamos.Peseiro não é milagreiro e só espero que no Estoril com mais uma arbitragem encomendada não enterremos de vez as tênues esperanças que ainda possamos ter no campeonato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje já veio um extremo muito forte. Central e outro extremo a caminho. Ninguém anda a dormir. Silêncio arbitral tem de ser estratégico.

      Abraço

      Eliminar
    2. Marega extremo muito forte? Hum

      Eliminar
    3. Não. É fraquinho. Uma nódoa. Agora tudo é mau. Nada presta. Nem ninguém. Incrível.

      Eliminar
  2. Vai demorar a melhorar, temos que ser pacientes.
    Quanto ao árbitro, foram as grandes penalidades, foras de jogo, mas também os livres perigosos à entrada da área que não foram marcados (pelo menos 2) e mais do que isso os atirar para o chão sempre que os jogadores do Porto respiravam e que o árbitro assinalava falta. A melhoria na equipa vai demorar pois não se altera o chip com meia dúzia de treinos mas alguém na federação não quer que o Porto melhore. A mudança de treinador no Porto creio que veio intensificar o trabalho de Vitor Pereira...E no próximo jogo vamos a um campo onde até se marcam penaltis com faltas fora da área.
    O mister tem que avisar os rapazes que para se ganhar jogos temos que ser muito, mas muito melhores que os adversários.
    Abraço, P. Torres

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já acontece há 10 anos. Há que aguentar a bomboca e marcar mais do que os outros...

      Abraço

      Eliminar
  3. Fizeram-me lembrar um politraumatizado na primeira sessão de reabilitação: sabem como mas (ainda) não conseguem fazê-lo...

    Destaco o novo sistema, perigoso defensivamente mas com muito potencial no campeonato.

    E o fundamental: a vitória.

    Abraço portista,

    LAeB : Do Porto com Amor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagina com o Bueno ao lado do (Abou/Suk/Marega).

      Abraço

      Eliminar
  4. Caro Jorge,

    Foi um jogo atípico de ambos os lados, pelo mesmo motivo - troca de treinador - embora me pareça que se notou bem mais no FCP. Principalmente pelo que indicou André^2, ansiedade, já que o Marítimo poucas obrigações tinha de sair dali com um resultado positivo, logo, nada tinha a perder. Mas também pelo histórico recente de ambas as equipas, onde o FCP está claramente por baixo no aspeto anímico. Estava, espero.

    A nossa equipa está em mudanças radicais, passando de um modelo de posse para modelo de ataque direto (?), e uma alteração tão "radical" como esta a meio da época não se faz sem consequências. Se correr bem ainda conseguimos "passar pelos pingos da chuva", ganhando os pontinhos que nos permitam manter na corrida até atingir alguma maturidade, a ver se quando chegar a hora das "grandes decisões" já se consiga ombrear com os rivais. Penso que nesta época os confrontos diretos serão cruciais, mais do que nunca, se os quisermos ultrapassar. Não vai ser fácil, tendo em conta o avanço que levam em termos de treino, rotinas e processos. Acredito que seja possível, "apenas" terão de trabalhar 200%, espero que saibam disso.

    Isto tem um condão - pelo menos os treinadores adversários terão uma dificuldade imensa em marcar a nossa equipa, pois não fazem a mínima de como jogaremos, logo, como nos travar. Só lhes resta tentar bloquear os criativos (Brahimi, Corona), daí ser indispensável termos os laterais em boa forma para o ataque (Maxi, Layun) e, acima de tudo, precisamos de um ponta de lança eficaz - ou médios dispostos a rematar à entrada da área (ainda acho que rematamos pouco, há demasiada tendência em tentar "entrar na baliza com a bola").

    PS: Acho que houve mais tentativas de desmarcação neste jogo do que nos 2 meses anteriores!! Pena que os fiscais de linha nem sempre tenham ajuizado bem. Uma palavra para Maxi - ele mais do que ninguém já deve ter percebido a diferença do "manto protetor"...

    Abraço

    ResponderEliminar
  5. a nota dos penaltys e dos caceteiros do maritimoo e' importante, pq sao daquele tipo de coisas, que se assinalados, podem ajudar a trazer tranquilidade, e a mudar todo um cenario... e tem vindo a ser o pao nosso de cada dia...e nao obstante que o mister tem mto trabalho (motivacional e tactico) pla frente.

    PS: jose sa e marega? hummm....continua o fetiche do FCP plos GR? casillas pra despachar? helton? e o promissor gudino?

    e o marega? hum.... e um central que realmente se precisa nada? hummm
    manu365

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uns são negócios de oportunidade... outros, de fundo...

      Calma.

      Abraço

      Eliminar
  6. Bom dia Jorge Vassalo,

    Boa vitória. Não foi ópera, nem podia ser. Temos muito caminho, mas pelo menos já sabemos as coordenadas e o destino. Acredito que o nosso sistema vai incluir Bueno, que estando bem é um jogador extraordinário. É só rever o homem a jogar o ano passado em Espanha. Muito bom tecnicamente e com golo. Quanto às novas contratações, "chapeau". O Sá será o nosso futuro guarda redes e seguramente o dono da baliza nacional. Tudo a seu tempo. Quanto ao Marega, arrisca-se a pegar de estaca na equipa, fazendo sombra ao Abou e ao Suk.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Bueno nas costa do ponta de lança vai fazer muito estrago.

      Abraço

      Eliminar
  7. Ainda ontem comentava que não percebia a contratação do Marega por parte do Sporting... e hoje vem parar ao Porto. Para mim, é um jogador muito mau e sem a mínima qualidade para o Porto. Onde chegamos...

    Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que tal esperar para ver o que faz nó FC Porto?

      Abraço

      Eliminar
    2. Oi...
      Para mim é só o melhor avançado a jogar em Portugal de costas pra a balisa. a receber a bola dos médios e defesas, e aguentar-la enquanto a equipa sobe em transição defensiva....
      Curioso para o ver com o Suk que me tem surpreendido pela positiva. Acorda Abombakar....

      Eliminar
  8. Vi o jogo num canal brasileiro, e os próprios comentadores não queriam acreditar na arbitragem do Sr.(?) Jorge Ferreira. É o pão nosso de cada dia, são os roubos de catedral, demasiada pressão para nos prejudicarem e para colocar o mestre da táctica "sei o que fizeste no ano passado" em 1º. Este campeonato à semelhança dos outros dois, já está entregue. Resta-nos vender caro o campeonato, resta-nos Ser Porto.

    Marco

    Peniche

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estamos a 5 pontos. Prognósticos só no fim do jogo.

      Abraço

      Eliminar
  9. E agora? Peseiro continua na senda de Lopetegui, 4 penalties por assinalar, 3 contra Maxi e 1 contra Suk e um off-side inexistente a Corona com clara situação de golo. Já percebem porque a equipa é insegura?

    ResponderEliminar
  10. A unanimidade dos adeptos diz que o resultado era o mais importante. Em parte, concordo, pois é preciso moralizar e não podemos perder mais pontos. Mas, a meu ver pessoal, o mais importante (e que me deu mais gosto e esperança) foi ver as ligeiras melhorias da equipa em campo, algo mais objectiva e vertical. Com novo modelo de jogo a privilegiar o ataque. Além disso o Peseiro mostrou (para quem não sabia) que tem boa leitura de jogo e mexeu bem na equipa (os jogadores entraram bem).

    Claro está que ainda é muito cedo e apenas três treinos não poderiam nunca causar grande impacto na equipa mas, sinceramente, estava e estou optimista quanto ao futuro próximo. Peseiro não tem a obrigação de ganhar o campeonato mas tem o dever de pôr a equipa forte e acredito que, quer sejamos campeões ao não, a equipa irá estar muito forte no final da época e já com um futebol muito diferente.

    A arbitragem foi novamente uma vergonha e ainda acrescentou mais sofrimento (e sabor...) a esta vitória. Com um árbitro imparcial tínhamos ganho por alguns de diferença mas já nos vamos habituando a isto: Contra tudo e contra todos!

    Os reforços de hoje surpreenderam-me porque estavam noticiados como certos no SCP e assistimos a mais um volte-face "á la Danilo" e tantos outros. Independentemente de gostarem ou não dos jogadores, todos temos que concordar que quem sabe não esquece, e a nossa SAD continua a blindar os negócios que faz. Tivemos agora o exemplo destes dois jogadores e tivemos também o exemplo da contratação do treinador. A imprensa apontou-nos os nomes de uma dúzia de treinadores e NINGUÉM acertou. O sigilo absoluto da nossa SAD, tantas vezes criticado com razão, continua a revelar velhas virtudes. Viva!

    Quanto aos reforços em si:

    José Sá será, possivelmente, o nosso guarda-redes do futuro. Acredito que Helton jogue mais dois anos para passar o testemunho a Gudiño ou a a Sá. Casillas deverá sair este ano (who cares?).

    Marega, digam o que disserem, é raçudo e tem faro para o golo. Era um jogador que, sinceramente, tinha pena que fosse para Lisboa. Está melhor connosco. Gosto!

    Com tempo, calma e resultados, vamos lá. Os próximos tempos ditarão uma "desespanholização" do plantel e um arrumar de casa á medida das nossas verdadeiras necessidades e interesses com jogadores mais habituados ao nosso campeonato, sem ordenados milionários mas com muito suor.


    PL

    PS: Gostei daquele "vamos caralh..." de Peseiro longe das câmaras no final do jogo.

    ResponderEliminar
  11. Caro Jorge, vou apenas falar da "Bomba"...

    O Marega sendo um bom avançado, bastante rápido, não o acho melhor que alguns míudos da B, o José Sá é um excelente GR com bastante futuro...mas também temos na B e Júniors igualmente excelentes GR's com bastante futuro!

    A ser verdade, espero que não seja por capricho porque se falava que estariam os 2 a caminho do Sporting...mas que tenham sido a pedido de Peseiro (mais o Marega que o Sá) a ver vamos!

    São bons jogadores, mas temos iguais dentro de portas...a gastar dinheiro que seja naquilo que não temos e nos faz falta! No entanto, a partir do momento que vistam aquela camisola sagrada, serão mais 2 dos melhores jogadores do mundo!

    Abraçom

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo, o termo "bomba" é no sentido do inesperado.

      Os jogadores da B têm de ser aproveitados, mas com cabeça e calma. Veja-se o André Silva. Não saltemos etapas.

      Abraço

      Eliminar
    2. Eu percebi o "Bomba" :)

      Sim, é um facto que têm de ser aproveitados com calma, cabeça, sem se saltarem etapas!

      O que quero dizer, quando falei deles é que provavelmente temos dentro de portas quem faça o mesmo trabalho que o Marega e o José Sá (principalmente este)!

      O Sá não vai sentar o Casillas e atirar com o Helton para a bancada...para o lugar dele temos o Gudiño, o João Costa e mais uns quantos...são estas pequenas verbas que num todo se tornam enormes que temos de nos acautelar! Não podemos gastar dinheiro apenas para que bons jogadores não reforcem os adversários...quando temos lacunas evidentes no nosso plantel!

      Mas são 2 bons jogadores sim...tenho pena é que o Sá vá ficar agora meia época a descansar!!!

      Eliminar
  12. O Marega pode vir a ser um bom reforço, faz-me lembrar o Ghilas que nós não soubemos aproveitar. Mas mais importante seria a vinda de um defesa central de classe por isso espero que ainda tenhamos essa surpresa...e já agora um médio criativo. Será pedir muito?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Medios criativos temos dois: Brahimi e Bueno. E Otávio emprestado. Para já não falar do Quintero..

      Estou 100% de acordo com o central.

      Abraço

      Eliminar
  13. Caro Jorge,
    Alguém me explica porque razão o FCPorto joga para a TL na quarta e para o campeonato no sábado e o b€sfica joga na terça e domingo?

    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não faço ideia. Mas imagino que o FC Porto B vá jogar com o Feirense.

      Abraço

      Eliminar
  14. Caro Jorge,

    Jogo muito sofrido, com toda a instabilidade emocional a vir ao de cima. Ainda assim ganhamos bem. O Maritimo podia ter marcado mas nós também podiamos ter sentenciado o jogo por diversas vezes e então aquela oportunidade de Corona logo a seguir ao golo...???!!!!
    Mais uma vez fomos roubados e parece que não se passa nada. Só na primeira parte foram 3 fora de jogo, um penalti e 2 amarelos. É incrivel. É absolutamente lamentável a forma como repetidamente nos tratam. E jã não falo apenas na SAD, falo também dos jogadores porque com a excepção de double André não há um único jogador que pressione, espernei e comande o Porto dentro de campo.
    Tudo somado, importante vitoria e bom discurso de todos os intervenientes portistas.

    Quanto á bomba, tenho as minhas dúvidas se virão já, ou se irão ser emprestados a outro clube. Não percebo a contratação do GR, tendo em conta o que temos no plantel e o que temos na equipa B (na minha opinião Gudino é o futuro GR do Porto). Ainda compreendo a vinda de Marega mas julgo sinceramente que ou estamos perante mais uma bicada aos verdes ou estamos a planear a vinda de uma verdadeira bomba, daquelas que saem na "rifas".

    Raoc

    ResponderEliminar
  15. Vamos mudar para 4-4-2 ou 4-2-4? Mas para isso, ou jogámos com 2 médios, ou com 4, sendo um deles um 10, sem extremos.
    Cá dentro até deverá funcionar, mas temos de ter cuidado "lá fora".
    Já agora, Jorge há alguma "garantia" que deverão vir um extremo e um central?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, está a ser negociado um para cada uma dessas posições.

      Abraço

      Eliminar
  16. E já agora outra questão? Porque razão jogamos na quarta feira para o campeonato de andebol e na quinta para a taça?

    ResponderEliminar
  17. Concordo com a análise e assino por debaixo há tanto tempo que não via os jogadores do FCP a fazerem desmarcações bem feitas, uma maior pressão, um jogo mais vertical e objectivo e bem como uma maior tendencia de jogar tambem pelo meio.

    Estou positivamente ansioso para ver o que o futuro nos reserva.

    ResponderEliminar
  18. Quanto ao jogo o mais importante foi a vitória.Como disse o julio magalhães na entrevista a pc não temos razões de queixa das arbitragens.. ainda ontem se não fosse a roubalheira que se viu, o jogo poderia ter sido outro, com mais calma e confiança da nossa parte, como podemos continuar calados perante estes roubos jogo após jogo?
    Quanto aos reforços sá e marega pelo que já li pela net chego a 2 conclusões: 1- quando iam assinar pelos outros eram bons, mas como vem para cá já não prestam(azia muita azia) 2 - Só depois de os vermos jogar é que nós portistas podemos tirar conclusões se são ou não jogadores para o nosso clube. Abraço Portista. João Moreira

    ResponderEliminar
  19. Nao percebo a contrataçao de jose sá, uma orelha do gudino é melhor que o jose sá inteiro, e renovaram na semana atrás com gudino...Quanto a marega é um bom jogador que precisa de evoluir alguns aspectos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Raul Gudinho tem 19 anos! Pode, à vontade, ter uma carreira de outros tantos! Não percebo este fervor de pôr jovens inexperientes à frente de lugares! Deixa-los crescer, com calma e tempo!

      Abraço

      Eliminar
    2. Eu não percebo é a sobreposição das idades à qualidade do jogador. Se é melhor tem de jogar tenha 12 15 ou 35 anos.

      Eliminar
  20. Boa Tarde Jorge Vassalo,
    Já aqui se disse praticamente tudo sobre o jogo mas nunca será demais salientar a péssima arbitragem de Jorge Ferreira que tornou difícil o que poderia ter sido normal, bastando ter marcado o que teria de ser marcado. Abominando a calimerice tão de agrado dos nossos principais rivais, esta arbitragem parece ter vindo com a intenção de nos prejudicar, como outras que infelizmente nos têm acontecido nas últimas épocas mas José Peseiro pareceu muito incomodado com isso durante o jogo mas quando falou à CS não tocou no tema o mesmo acontecendo com o nosso Dragões Diário. Mas esta mansidão estende-se os nossos adeptos que tão severos e poderosos foram quando o anterior treinador meteu Bueno em vez de André Silva [a maior vaia de sempre no Dragão] mas tão mansos se comportaram perante o árbitro de ontem que tinha a agravante de que já nos ter prejudicado seriamente na época anterior. Tal como a SAD, os nossos adeptos parecem anestesiados com a sucessão de erros graves cometidos contra a equipa, erros que não devem ajudar em nada aos jogadores que vêem o campo sistematicamente inclinado contra eles. Dar de barato pelo menos dois penaltis indiscutíveis e num deles Maxi ver um cartão amarelo é obra!... Perpassa a ideia de que a equipa tem obrigação de contornar essas contrariedades como se os golos no futebol aparecessem com facilidade e como se os penaltis perdoados não contariam para desequilibrar os jogos. Entretanto, como os nossos adeptos vão insistindo em vaiar os seus, para um árbitro com a prestação miserável como o que nos calhou ontem deve ter sido gratificante, anedótico, surrealista ... Eu sei lá... Constatar que em vez dele o capitão Herrera terá colhido as maiores vaias no Dragão. Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem a liderança a chamar a atenção e a mostrar o caminho, não censuro os adeptos por pouco o fazer.

      Abraço

      Eliminar