quarta-feira, 17 de junho de 2015

Erros e Egos


Nunca gostei de Jorge Jesus. É, a partir de agora, decidi que vou chamar os bois pelos nomes, literalmente. As confusões no Belenenses, o delírio no Braga, a arrogância sobranceira no benfas. Não há, para mim, pior burro do que aquele que se recusa a aprender e a evoluir, reconfortado no seu imenso superior ego. Jorge Jesus é, nesse capítulo, uma espécie superior de asno. É daqueles que prefere mudar todas as variáveis à sua volta a ter de mudar um milímetro em si próprio. "Eu estou bem, os outros é que estão errados". Exacto, JJ, é isso mesmo. Uma coisa eu aplaudo em Jesus, a sua capacidade de misdirection. Enquanto todos acham que Jesus golpeou Vieira, a verdade é simples, já a disse mas repito-a. Jesus não teria o super plantel para este ano que Vieira sempre lhe deu. O dinheiro esgotou-se, teria de ir encarar a Champions como os crescidos, por isso mandou-se para a frente, a norte da segunda circular. 

No zbordem, o imberbe Bruno de Carvalho vai, qual cãozinho amestrado, fazer tudo o que o Predestinado quiser. Junta-se a pólvora ao rastilho. Um que desdiz e se contradiz desde que o follow spot se lhe aponte, o outro rasga contratos e faz promessas, pensando que a cobrança não se segue à promessa. Jesus terá a Supertaça contra um benfas que era seu - perder seria uma humilhação - o campeonato para começar (veremos contra quem) e a pré-eliminatória da Champions League. Esta última, tão certo como o Sol nascer todos os dias, Jesus irá ignorar em absoluto. Como com Vieira, Jesus não está minimamente preocupado com a viabilidade da instituição para quem trabalha. Quer continuar a ser rei no seu laguinho. Veremos como isso será. O processo da Doyen já corre, o da Somague vem aí. Sem dinheiro da Champions, o mercado será mais impiedoso.


Por isso prefiro aqueles que, sendo humanos, erram. E se o reconhecem, melhor ainda. Só da Dúvida nasce o Conhecimento. E fico feliz que haja quem queira evoluir, crescer, expandir-se, transformar-se. Esse é aquele que tem horizonte. Esse é aquele que sabe que as alegrias são saborosas, mas os erros são as verdadeiras dádivas. São eles que expandem, são eles que fazem a transmutação, que nos tornam maiores. Do aprendizado com eles, vamos construindo uma  obra próxima da perfeição. O erro sobre o ego.

Enfim, por vezes também há erros que prejudicam. Danilo Pereira parece estar prestes a cometer um. Mas esse é também o perfume fascinante do mentiroso, do ilusionista: prometer de uma forma descarada aquilo que não pode dar. Então aliada à sociopatia de um mentiroso compulsivo que empurra com a barriga, ainda pior. Mas estará Danilo Pereira mesmo a pensar que pode fazer duplo pivot com William? Vai para estar no banco? Qual é o alcance europeu do zbordem? Querem-me fazer crer que Danilo Pereira acha que tem mais hipóteses de ser campeão em Alvaláxia?®
Esse é o terrível elan dos média. Fazer os incautos crer que a mentira é a realidade. Que, por um homem passar de um lado para o outro de uma estrada, é automaticamente campeão. E todos os que vão atrás.

E há aqueles que fazem harakiri. Muito obrigado, senhor Maxi. Agora o teu presidente já pode fazer de ti o que quer com os teus tiros no pé. Não vou falar do Cardozobol. Isso era o que tu querias. Vou só dizer que quem quer fingir que negoceia com rivais, não se diz mal deles para não ser encurralado. Para mim, na minha casa, nem com um lacinho na cabeça.

E por último, não é nenhum erro, muito pelo contrário, assegurar o nosso Baía Mexicano. Bem-vindo, Gudiño. Sempre soube que eras um dos nossos, um verdadeiro Portista. Agora, é bom saber que o és de facto, só nosso.

E também há erros saborosos

11 comentários:

  1. "
    Não há, para mim, pior burro do que aquele que se recusa a aprender e a evoluir, reconfortado no seu imenso superior ego. Jorge Jesus é, nesse capítulo, uma espé
    cie superior de asno.
    "

    T-O-P!
    e está tudo (bem) dito

    abr@ço forte
    Miguel Lima | Tomo III

    ResponderEliminar
  2. Jajus é um bom treinador português, no campeonato português, com os árbitros portugueses e é um conhecedor profundo do mainstream português, sabe tudo. É esperto e aprendeu á sua custa, desde os Felgueiras desta vida, passando pelos Setubals, Belenenses ( em ambos ajudou a desce-los de divisão ) acabando, neste momento, num clube comandado por um chefe de claque +/- nazi. Ele percebeu como se deve bater nos pequenos, aniquilando-os, mas nunca, nunca aprendeu a golpear os grandes, ás vezes um murro melhor acertado, mas não a derrubá-los, por isso nunca o considerei inteligente e ele sabe que é só ladino. Iremos ouvir, está época, sobre JJ, aquilo que Maomé teve medo de dizer sobre o toucinho.
    Lopetegui é o meu treinador, contínuo a pensar que iremos ganhar títulos com ele e acho que o grande erro - os outros foram, em minha opinião, de opções momentâneas - foi cometido contra o vencedor da taça. Claro, esta época terá uma missão muito mais dificil, mas acredito piamente na sua inteligência.
    O FCP continuará, em Lisboa, a ser o motor para toda a gente ganhar dinheiro á sua custa, é o que lhes dá tesão, por isso Max disse que o criamos e Danilo só irá jogar no outro clube se nós assim o quisermos, não tenham dúvidas.

    ResponderEliminar
  3. O problema não está no burro, mas antes nos outros burros que querem fazê-lo crer ser um cavalo... Uma espécie de mistura entre o personagem do Shrek e a malha dos UHF...

    Imbicto abraço!

    Http://imbictopoema.wordpress.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em breve será bem visível a todos o erro.

      Abraço

      Eliminar
  4. O Treinador JJ tem muita categoria, é inquestionável. O Danilo Pereira vir para os Dragões, seria bom, mas tendo em conta as más relações do FCPorto com a sucursal offshore dos só lazarentos, será muito improvável. O Cantinflas dos filmes violentos, jogador azul e branco? Nem pensar. Haverá no mundo, concerteza, outros laterais direitos, com valor, assim existam olheiros no FCPorto.

    Luís (O do Sérgio Conceição ou Marco Silva)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há um fundo que detém 30% do jogador e que pode ser favorável ao negócio..

      Abraço

      Eliminar
  5. Ai Jesus,Bruno!

    Quando será que esses badamecos como o Maxi vão aprender que no voleibol não há fora-de-jogo... e que está interdito a qualquer jogador dar dois toques seguidos com a mão na bola?

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até no voleibol o Cardozo fez falta!

      Abraço

      Eliminar
  6. De acordo em quase tudo, JJ, Maxi e até Lopetegui (esforçando-me muito), menos no que toca ao Danilo, ou melhor, ao interesse do Sporting em contratá-lo.

    Para mim é claro e tem muita lógica: apostando na entrada na Liga dos Campeõs, Jesus acredita que pode valorizar William para o vender gordinho no final da época, e se isso suceeder, Danilo já levará um ano às suas ordens e pronto a substituir o William. Ou até o contrário, se Danilo entrar a matar aproveitando uma lesão do outro, por exemplo.

    Já quanto a optar pelo Sporting se de facto também puder vir para cá, aí logicamente considero burrice. Mas não tenho assim tanta certeza que estejamos a fazer tudo para o trazer (o que também considero burrice, já agora).

    ResponderEliminar