terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

A Lógica Da Batata


Uma constatação fácil de se retirar é que o FC Porto teve um terramoto com a "filosofia Lopetegui". Se o FC Porto entregou todo o scouting e management a Lopetegui, houve todo um choque tectónico com a entrada de Peseiro que deixa marcas. 

Não percebo se os responsáveis do futebol decidiram contratar à peça, sem uma "lista de compras", mas, com a saída de Imbula, Osvaldo e Tello, vai-se esvaziando a ideia do "plantel mais caro" e "de melhor qualidade". Isso é, pura e simplesmente, mentira.

O principal problema é o central. Não se discute sequer se havia necessidade deste. Havia, em género, número e grau. Não há um com uma personalidade dominante, segura e forte. Maicon é um caso patológico. Não duvido que seja uma excelente pessoa e um Portista de coração. Isso não discuto. Mas um jogador que, em sete anos de clube, repete os mesmos erros consecutivamente, é um jogador sem evolução. Marcano é, tecnicamente, bastante bom, mas parece estar sempre ansioso. A sua postura é sempre tensa e insegura, e isso pode ser fatal. Quanto a Martins Indi, as suas limitações são claras: arrisca demasiado a falta quando lhe falta o jeito. E isso leva ao disparate, o que já aconteceu várias vezes.

Atacar uma lesão ou impedimento de dois deles com Danilo e Chidozie, é uma mostra de laxismo e incompetência por parte da SAD. Não importa se muito bom ou fraco, se por empréstimo ou pago, não se pode atacar um só nome e esperar pelo melhor. As coisas não funcionam assim. É importante, isso sim, não deixar nas mãos de um trinco e um miúdo, uma posição tão importante.

Já do resto, tenho muitas dúvidas. A questão do 10 parece-me absurda. Temos um médio ofensivo/segundo avançado que encaixa como uma luva no estilo de jogo de Peseiro: Alberto Bueno. Neste estilo mutante de Peseiro, Bueno poderá potenciar - finalmente - as capacidades que tem e a sua veia goleadora. Quero sublinhar que Bueno não tem feito mais do que dar o litro sempre que foi chamado. E o esquema de Lopetegui fazia dele um corpo totalmente estranho! Neste trio, com Brahimi e Corona, em que todos podem ir trocando as posições com todos, Bueno será a solução ofensiva que precisamos. Já agora, é preciso sublinhar que o esquema de Peseiro não favorece extremos de raiz.

Por fim, a questão do ponta de lança. Quero desfazer um mito. Jackson marcou, nos dois últimos anos, 20 e 21 golos, respectivamente. À vigésima jornada, depois de uma crise de confiança e um jogo que não favorecia as suas características, Abou tem 9. Vamos ver com quantos acaba a temporada. Em tudo o resto, Abou não fica atrás de Jackson. Força na recepção, apoio aos colegas, vir buscar jogo, fazer passes e desmarcações de qualidade. É, mentalmente, mais frágil do que Jackson? Provavelmente. Mas Jackson tem, a esta altura, 2 golos. Dois. Não desvalorizemos o que Abou passou, ao ser o meio de uma equipa vazia e desorientada, sem força nem prazer de jogar.

No entanto, Suk, Marega e Sá são, claramente, contratações com muito pouco plano e sentido. Terão sido oportunidades, cujo propósito parece de lógica muito vaga. 

Este ano foi um ano falhado para a grande estrutura de contratações goleadoras, porque depositaram o seu trabalho nas mãos de outrem. Essa é uma lição necessária e dura. Da mesma forma como é vital reduzir a folha salarial, está na hora de aprender uma realidade básica: em filosofia vencedora não se mexe. Que haja humildade de perceber isso e de se retratar no verão.

Em conclusão, este é o plantel que temos, é com ele que tudo faremos para vencer, é com eles que estou, é neles que acredito. A partir daqui, não falta nada. Seremos campeões.

34 comentários:

  1. Bem, em suma, limpámos o plantel daqueles que não queriam cá estar.
    Mas não veio um central, mas para quê? Só compreendia se algum dos nossos 3 saíssem, ou se viesse um jovem com margem de progressão, até porque temos a melhor defesa da liga. Falta é subir o Victor García à A, porque não temos ninguém para substituir o Maxi, sem ser o Layún.
    Agora em relação ao 10, nós habitualmente não jogámos com um. O Óliver não jogava a 10, o Lucho não jogava a 10 e Moutinho não jogava 10. Mas são jogadores com excelente capacidade de passe e visão de jogo. Bueno, também não é 10, quanto muito um falso 9. Pelo menos é o que me parece. Por isso, se jogarmos com um meio campo a 3, não me parece que um deles seja o Bueno, no entanto ele pode vir a ser importante, no decorrer dos jogos, ou se jogarmos noutro sistema. Não precisávamos de um 10, mas sim de um construtor de jogo, e tendo em conta que muito provavelmente o Herrera, que eu gosto muito, sairá na próxima época, temos de arranjar alguém para esse lugar, seja vindo do B, ou contratação.
    De resto, o Rafa Silva não veio, mas também por aquele valor, não sei... Mas para o ano seria uma opção muito válida para render o Brahimi.

    ResponderEliminar
  2. Só com 3 centrais fracos vai ser difícil ganhar alguma coisa pois eles não dão o mínimo de confiança. É uma política suicida e de confiar na sorte,a ver vamos o que sucede mas só espero que contra o Dortmund e os vermelhos não metam água como costumam fazer muitas vezes senão a humilhação pode ser grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema dos centrais só se porá com as lesões. Fora disso, já se ganhou a equipas mais difíceis com eles.

      Abraço

      Eliminar
  3. Discordo, concordo e discordo! :)Enfim, acho que não estamos nada mal.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não acho que estejamos.

      Espero é que deixe de uma vez por todas de contratar jogadores que mal chegam já querem sair!

      Abraço

      Eliminar
  4. Caro Jorge,

    A nossa questão central só poderia ser resolvida se viesse alguém para titular e isso só lá para o fim da época (secalhar com o Reyes)... Portanto estamos muito bem como estamos, se fosse para vir mais um empata... Chidozie como quarto central está muito bem (e Danilo para o desenrasca também).

    O que poderemos questionar é se o trio Indi-Marcano-Maicon, deveriam ser os três primeiros centrais... mas isso são políticas de outras aquisições...

    Depois e quanto a mim, faltaram os empréstimos claros de Sérgio Oliveira e André Silva (não percebo de maneira nenhuma que algum dos dois tenha ficado, pois para o lugar do André Silva temos n jogadores e para o do Sérgio Oliveira é n^2, portanto não sei que tipo de evolução podem ter ser jogar ou a jogar numa II Liga).

    De resto saíram Tello e Osvaldo, entrando Marega e Suk... São jogadores mais lutadores, com força e voluntariosos e que vão a todas ao contrário dos seus antecessores... talvez com menos qualidade mas com mais garra... eu já gostei da entrega e da luta de Suk, vamos lá ver como Marega se estreia nesta Quarta (em principio).

    E para mais, tanto Suk como Marega encaixam melhor neste perfil de 4-2-3-1 do que Tello e Osvaldo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A qualidade de Suk e de Marega não é nada má!

      Abraço

      Eliminar
    2. Eu também acho que eles são jogadores agora quando se fala de um Osvaldo e de um Tello e compara-se com Marega e Suk, fica-se a perder na fama...

      No terreno, logo falaremos mais para a frente mas Suk, para mim, já fez mais que o Osvaldo em todo o tempo que aqui andou e ganha infinitamente menos...

      E já agora, a limpeza de salários é que foi de valor... saíram 3 das grandes e exageradas massas salariais ficando a restar 2... Casillas e Maxi, sendo que o Uruguaio paga-se a si próprio com cada gota de suor que larga em cada jogo que faz.

      Eliminar
    3. O salário de Casillas paga-se a si próprio no marketing e nas próprias camisolas! O alcance de Casillas é brutal! Para mim os salários pornográficos estão resolvidos. Maxi ganha o que merece.

      Abraço

      Eliminar
    4. Ainda bem que levantas esse ponto do Casillas Jorge e inteiramente de acordo, agora se nós estamos a tirar ou não a melhor rentabilidade disso, já é outra questão completamente diferente...

      Se fossemos fazer uma pré-temporada pela Asia, a aproveitar a fama que Casillas ganhou por lá, será que muitos dos nossos jogadores não ficariam favorecidos por aquelas bandas? Será que os nossos lucros em vendas de camisolas não dispararia? Será que com o Casillas, não seriamos mais que bem acolhidos nesses espaços?

      Questões, que poderiam evitar a venda de 1 titular por época... Não a qualquer preço mas fazer como os grandes Europeus fazem.

      Eliminar
    5. Partindo do princípio que Casillas fica cá para o ano, uma pré-época à volta do mundo é a ultima coisa que esta equipa precisa.

      Abraço

      Eliminar
  5. Eu só conto com os que cá estão, já nos deram provas que são capazes de ganhar, como a velha máxima diz um jogo é ganho com 90% de transpiração e 10% de inspiração. Tem de haver entreajuda entre todos os jogadores, não se esqueçam que com estes centrais o FCP teve das melhores defesas no ano passado, contudo, também acho que continua a haver necessidade de um central patrão. No jogo com o Estoril, eu sei que é só um exemplo e ainda não é regra, já se viu o que este jogadores podem fazer, apenas têm de ganhar animo, motivação.

    Não sei se o Rafa para o ano vem ou não, mas pagar 16M é muito dinheiro e ele será que era a solução? Tenho algumas duvidas. O que a SAD fez neste mercado foi livrar-se de algumas ervas daninhas que não tinham vontade de cá estar.

    O pessoal fala do Suk e do Marega, eu na minha humilde opinião ainda vão surpreender. Agora como se costuma dizer vamos esperar para ver e continuar a apoiar.

    Abraço
    Miguel S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que eles têm muita qualidade!

      E o Rafa é muito caro.

      Abraço

      Eliminar
  6. Sou daqueles que consideram que só faz falta quem cá está. E como tal, sem novas contratações, estes serão os nossos jogadores que vão tentar atacar o título.
    Honestamente acho que é mais importante um grande treinador que um grande craque. O nosso ex-treinador teve ao seu dispor neste último ano e meio alguns grandes jogadores e qual foi o resultado? Pois... Por isso acredito que Peseiro (sem dúvida um upgrade em relação ao ex-treinador) irá conseguir fazer um melhor trabalho com estes jogadores do que o anterior treinador fez com o que tinha. Pois a qualidade está lá, apesar de nem todos os nosso jogadores serem sobredotados, NÃO TEMOS NENHUM JOGADOR MAU, apenas tínhamos alguns que não estavam com a cabeça cá e muitos que estavam a ser (muito) mal aproveitados. Por isso vi com bons olhos esta janela de transferências pois senti que a tendência já começa a ser outra: Acabar com os pseudo-craques e respectivos salários milionários e apontar a jogadores habituados ao nosso campeonato ou com características para tal. Mais uma vez a vasta experiência e conhecimento de Peseiro poderão proporcionar melhores contratações que alguma vez Lopetegui conseguiria. Reconheço que ele até poderia ter bastantes conhecimentos em Espanha mas do que vale recebermos camiões vindos de Espanha carregados de jogadores se depois para pouco ou nada servem?

    O Nosso Grande Clube nunca foi conhecido por contratar craques mas sim por fazer nascer craques.

    Em suma, fiquei agradado com a saída do Imbula, do Tello e do Osvaldo. Jogadores claramente a mais nesta Equipa e que preferem outros "andamentos"...
    José Sá será a para de Gudino os guarda-redes do futuro (Casillas há de ir embora no Verão). E quanto a Marega e Suk, para mim, são simplesmente dois dos jogadores que mais se têm destacado nesta liga. E não me venham com a conversa do "são jogadores para este e para aquele, não para nós". Um jogador quando é realmente bom é útil em qualquer equipa. Basta lembrarem-se de como foram formadas as nossas duas equipas campeãs europeias.

    Rebenta com os jogadores, Peseiro, que eles estão aí para isso!

    PL

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde Jorge,

    Enfim, resta rezar para que nenhum dos 3 defesas se lesione nem que nenhum dos 2 extremos, únicos com capacidade técnica para desiquilibrar, seja castigado ou se lesione também.

    Qual foi a necessidade de enfraquecer também a equipa B, emprestando/dispensando o central mais experiente? Sobram 3 miudos de 18 anos para a posição que exige maior maturidade.

    Uma dúvida: o Maurício não estava emprestado ao FCP pelo Portimonense? Foi emprestado ao Marítimo pelo FCP ou pelo Portimonense?

    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de mais Maurício saiu porque não tinha qualidade suficiente para um Porto... um central cheio de limitações gritantes e com tomadas de decisões ridículas, portanto não enfraqueceu a B...

      Veio um central Internacional Sub-20 dos Estados Unidos, que tem somente 18 anos... Portanto, se tivemos alguma coisa, foi um aumento da potencial qualidade da defesa.

      A saída do Rafa, essa sim, veio enfraquecer a defesa na esquerda, mas Rafa precisava de aumentar o patamar competitivo e aprender alguns comportamentos defensivos e a Académica poderá ser o ideal.

      No Caso do Empréstimo, é óbvio que o Maurício foi emprestado pelo Portimonense ao Marítimo com o nosso aval, já que o jogador estava sob-contrato connosco.... Nós o libertamos e o Portimonense teve a possibilidade de empresta-lo ao Maritimo o que para a equipa Algarvia só tem vantagens.

      Eliminar
  8. Viva

    Considero que o Abou foi "vítima" do apagão psicológico de toda a equipa; mas não me esqueço que tem menos 5 anos que o Jackson e que este, mais experiente, também falhava volta e meia.

    abraço,
    bms

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não havia golo cantado por Martinez enfiado.

      Abraço

      Eliminar
  9. Também não via uma necessidade urgente de ir buscar jogadores, acabamos de mudar de treinador e estamos em fase de transição de processos, comprar por comprar (em jeito de desespero) raramente dá bom resultado. Penso que temos entre portas, juntamente com os B's e emprestados, muita matéria prima para trabalhar. Isso do "não tem qualidade para nós" é TRETA, se cá chegaram é porque mostraram algo a certa altura, se nunca mais voltaram a mostrar pode dever-se a muitos fatores, incluindo alguns externos aos próprios. Não nego que este treinador inspira-me mais confiança no que diz respeito a extrair mais dos jogadores, e é nisso que aposto "as minhas fichas".

    Lopetegui queixou-se de que perdeu muitos jogadores influentes, está correto, mas não se pode queixar de não ter jogadores à altura. Mal corre se o nosso plantel atual não chega para ganhar a um Nacional, a um Rio Ave, até a um Braga! Se não chega para ganhar uma prova europeia isso é outra história, mas acho que ninguém lhe exigiu isso.

    Resta dar tempo a Peseiro para trabalhar os que temos, e ver a evolução. Depois de alguns meses de trabalho será possível proceder a nova triagem de qualidade, e aí sim, ir buscar o que precisamos, com tempo e ponderação. Porque às vezes até podemos ter e não sabemos...

    Todas estas mudanças trouxeram uma alteração significativa no cenário do campeonato - deixamos de ser favoritos, e com isso a pressão sobre nós caiu a pique. Embora eu considere que a pressão pode ser útil, saudável e às vezes essencial para nos superarmos, isso será quando estivermos fortes, sólidos e com as ideias assentes. Nesta fase até é favorável, para o novo treinador poder trabalhar a equipa com alguma calma. E, quem sabe, se o facto de avançarmos como "underdogs" não nos traz alguma vantagem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais e nossos jogadores emprestados por aì temos talento qb!

      Será que Reyes ou Quintero, com esta nova táctica e treinador, não renderiam mais?

      Será que um Josué, não faria mais que um Evandro ou um Sérgio Oliveira?

      Será que um Otávio ou um Ivo Rodrigues, não poderão ser já opções válidas para a próxima época, tendo em conta o que estão a fazer em equipas da 1ª divisão?

      Ou será que um Ghilas, ou Hernâni, ou Ismael Diaz, ou Vitor Garcia, não poderão já ser parte das reais opções do ano que vem?

      Antes de irmos comprar mais, é preciso despachar o "refugo" que temos no plantel actual e verificar se dentro dos emprestados e/ou dos B's, não está aquilo que precisamos...

      Eliminar
    2. Por acaso, dos que agora saíram, penso que Tello ainda poderia ter uma palavra a dizer. A sua velocidade e capacidade de remate não foram devidamente aproveitados com Lopetegui (apenas na vitória sobre o SCP, porque teve essas chances), e com Peseiro talvez tivesse mais oportunidades de explorar situações similares em transições rápidas. Mas como não sabemos exatamente o que ia na cabeça do jogador e o que (ou quem) motivou a saída, nem vale a pena especular...

      É bom termos opções. Mas também é preciso saber gerir expetativas, porque se ter excesso de jogadores para certas posições pode, por um lado, fomentar a competitividade, por outro pode desmoralizar alguns que simplesmente deixam de acreditar. E muitas vezes é aí que reside a sua força. E não me digam que isso só acontece aos medíocres, porque já todos vimos a influência da moral em jogadores de topo como... CR7.

      Portanto concordo, despachar o lastro é essencial para os que ficam saberem que têm hipóteses reais de serem opção um dia.

      Eliminar
    3. Tello é que quis sair. Só fico com pena da saida do Cristián. Mas também tinha um salário elevadíssimo.

      Abraço

      Eliminar
    4. Possivelmente ficou alarmado com a saída do Mister conterrâneo - se com ele já não era opção regular, então com outro... vamos embora! Azareco.
      Osvaldo foi um erro de casting (as oportunidades também não foram muitas, e nas que teve faltou alguma sorte), Imbula foi um erro de enquadramento (local errado na hora errada / estratégia errada / treinador errado / etc).
      "Problemas" que tinham de ser resolvidos, e foram.

      Amanhã há mais futebol.

      Abraço

      Eliminar
    5. Por acaso acho que o Imbula iria amuar de qualquer maneira. Mesmo com a chegada do Peseiro não mudou a atitude. O Osvaldo está pior agora do que no FC Porto (bem feita, fdp!) e sim, concordo, o Tello teve medo. Paciência. Vai para o terceiro classificado da serie A, a 8 pontos do primeiro. Lá está, a Champions...

      Abraço

      Eliminar
  10. o porto tem uma equipa jeitosa, tem de fazer como fazem os outros e potenciar aqulo que tem, o esporting nao tem melhores jogadores e o benfica tambem nao. Para 85% das equipas em portugal chega e sobra se os jogadores correrem e a equipa atacar, contra os 3 ou 4 mais dificeis tem de valer o coletivo e trabalho do treinador. Gaba se realmente muito jackson mas eu nunca fui um grande fa, faltava lhe o que falta a abou escola de base, tecnica de base como se percebe agora em espanha onde a força fisica e mental nao chegam. lembro o enzo do benfica que ca era o maior, desapareceu porque ca jesus espremeu o pouco que tinha para dar, tem de ser assim aproveitar o que se tem e tirar o melhor depois temos na B bons jogadores que podem ir fazendo uma perninha e se mostrarem realmente valor começarem a ser opçoes importantes. Lopetegui foi e sera sempre incompetente como treinador de futebol de clube, nao percebe nada daquilo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos capacidade para mais e, continuo a dizer, gosto muito do Aboubakar!

      Abraço

      Eliminar
  11. Ou contratávamos um central que fosse titular indiscutível, um grande central ; patrão (que seria caro e muito difícil de 'arranjar em Janeiro) ou não não se contratava ninguém...
    imo

    O Chidozie pode ser um miúdo...mas tem um potencial brutal.E isso é bom para a integração da equipa B na principal e pode-se perfeitamente estender a ouras posições SE, repito SE o jogador ou jogadores da B tiverem potencial e que se veja que podem ser uma aposta real para a equipa A.
    Um bom exemplo: Francisco Ramos.

    ResponderEliminar
  12. Se por um lado nos livramos de 3 "preguiçosos", por outro não reforçamos uma posição que está perto de frágil.
    Mostra que a SAD não anda, mais uma vez, atenta ao futebol.
    De resto temos uma posição de GR para 4 e de 1 PL para 4, muito exagerado.
    Este duplo negócio Marega Sá, só vem a "encher chouriços".
    Já e uma melhoria ter-nos livrado de 3 "pesos-pesados" na folha salarial.
    Espero que no futuro se livre da camioneta de GRs que temos no papel, e de muitos outros jogadores que não tem provado nada a ninguém.
    Se é para contratar que seja para integra-lo na equipa A por uns anos, e não contratar 5 e empresta-los a todos.
    Ainda não se aprendeu com os erros, mas ao pouco e pouco vai-se livrando desses erros.
    Que seja o próximo verão, uma estação em que se livre de mais uns quantos.

    Abraços.

    ResponderEliminar