domingo, 21 de fevereiro de 2016

Análise FC Porto 3-2 Moreirense Remontada Na Raça!


Be still, my beating heart! Caramba, estou a ficar velho para isto! Mas agora não há jogo onde não se comece vindo de trás? Tivemos hoje (mais uma) vitória da raça e do querer, da superação de erros próprios e a história magnífica de um fim de ano de FC Porto à Porto. Só um grande FC Porto pôde dar uma volta tão grande em 93 minutos. E, sejamos francos, é disso que mais gostamos deste jogo: deu-se tudo, deixou-se a pele em campo, não se descansou enquanto o objectivo não foi alcançado. Este é um FC Porto capaz de tudo. É preciso é começar os jogos com mais calma e mais por cima. 

Rapazes, já vos sabemos raçudos, ok? Não é preciso mostrar mais. A gente acredita em vós. Obrigado. Vamos a notas.

Suk - Que grande, grande, grande jogo do coreano! Intenso, rápido, forte, raçudo, lutador, agressivo, solidário, inteligente, Suk foi a primeira corporização de um jogador à Porto neste jogo - antes de todos os outros. Marcou um golo, poderia ter, à vontade, marcado mais três. Aboubakar que se cuide, pode ser ultrapassado a oriente!

Casillas - Sem culpas nos golos, se mais uma vez ficamos em jogo, foi porque fez brilhantes defesas em alturas cruciais. A nossa galáctica estrela tem sido um verdadeiro herói. Só espero que se mantenha assim sempre. E a forma como ele põe os jogadores em sentido é fabulosa. Danilo saiu com as orelhas a arder, melhor hoje a central do que a trinco, teve Casillas a corrigi-lo na defesa muitas vezes. Uma verdadeira lenda.

Evandro - Evandro esteve como peixe na água, no meio deste ataque com espaço de Peseiro. Desmarcações fantásticas, passes a rasgar lindos e um golo que nos deu a vitória depois de um extraordinário salvamento de Herrera, foram os marcos de um jogador, a todos os títulos, feliz!

FC Porto à Porto - A esta altura, o verdadeiro milagre de Peseiro é este: há um Porto entregue, unido, confiante, abnegado e raçudo neste FC Porto. Quando tudo parecia perdido, renasce o Dragão qual fénix. Depois desta vitória, estou em crer que todos sabemos que tudo é possível! Força Porto, allez!

Adeptos - Hoje foram o verdadeiro 12º jogador. A vitória só foi possível graças ao apoio de um público paciente e entregue, que esteve com a equipa sempre (uma ou outra excepção que só confirma a regra), esta é a massa adepta que venho pedindo desde o início. Muito obrigado! Esta é a força que leva a equipa mais à frente! Esta é a força decisiva para a vitória


Corona - Lento, complicativo e desfasado do jogo, Jesus Corona ainda não parece ter encontrado o seu espaço neste FC Porto de Peseiro. Com Alberto Bueno quase recuperado, é bom que Corona se mostre essencial, senão trocaremos burritos por paellas.

André André - Não está claramente bem o nosso caxineiro. André está desgastado e, a partir de determinado momento, arrasta-se em campo, complicando mais do que simplifica ou ajuda. Não acho que fosse prejudicial um bom descanso para recuperar a forma. Temos mais opções para a posição, sem prejuízo do seu natural lugar. 

Do 80 ao 8 - Passamos de um FC Porto lento e ultra-defensivo para um FC Porto de vertigens com um natural handicap: o espaço nas costas. Não ajuda não ter centrais fixos, estando lesionados ou sendo muito novos, e a projecção atacante dos laterais. Não é, no entanto, culpa de Chidozie (como não será de  Verdasca). A defesa é um sector que necessita de entrosamento e de automatismos, mais do que qualquer outro. Não é só a falta de soluções. É também de rotina. A rever, urgentemente.

Nota final : Para quem acha que não houve penalti, atentem por favor à imagem abaixo e ao pé esquerdo do defesa do Moreirense. Penalti claro. Indubitável.


29 comentários:

  1. Epa é assim...eu gosto das ideias de jogo do Peseiro, do futebol ofensivo.

    Mas tem até ao fim do campeonato para mostrar que consegue por a equipa a defender bem e a ser (muito) melhor na transição defensiva.

    Estes problemas defensivos que estamos a ter não são um acaso...o zbordem e o Braga tiveram exactamente os mesmos problemas com o Peseiro.

    Num clube como o FC Porto tem que se exigir que a equipa ataque bem E defenda bem. É por isso que não gosto de ouvir o Peseiro dizer que fica contente marcando mais um golo que o adversário. Ou seja...ele próprio sabe que a equipa vai ter problemas na defesa.
    Não pode ser. Tem que mudar essa sua forma de pensar e mostrar que também consegue por a equipa a defender bem. Caso contrário vamos sempre sofrer imenso contra qualquer equipa.

    Ter uma boa reacção à perda de bola era essencial...nem que seja recorrendo à falta para evitar as saídas rápidas do adversário que nos apanham sempre «abertos».

    Já se viu que consegue por a equipa a atacar bem...agora falta que a equipa seja dominadora, que não deixe o adversário jogar. Isto enquanto ataca (muito). Terá que ser essa a evolução natural da equipa para que Peseiro continue na próxima época.



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há jogo em que as peças da defesa não mudem. Contra o Belenenses, Layún estará castigado. Não há processo defensivo que se consolide desta forma.

      Abraço

      Eliminar
  2. Vitória da Raça e do Esforço demosntrado pelos atletas, com mérito mais uma vez do Peseiro a mexer bem as peças em campo...

    Começando pelo Penaltie.

    Pareceu um penaltie claro no momento (de realçar que é o arbitro que o assinala e este não ve todo o lance, so o deslizar do defesa ate atingir o Maxi)...
    Com as repetições percebe-se que o jogador do Moreirense tambem toca na bola...

    A questao é se toca primeiro na bola ou no Maxi?
    Contudo já vi serem assinalados penalties em lances muitos parecidos, principalmente quando o avançado tenta rematar á baliza e os defesas por tras colocam o pé no meio impedindo assim o remate e nesses lances ninguem diz que não é penaltie...
    Ou quando o avançado remata e é posteriomente derrubado pelo defesa, muitas vezes é assinalado penaltie...

    A questão é que este lance agora vai ser aproveitado para escamotear o COLINHO, parte II com que os vermelhos são beneficiados jornada sim, jornada não, consoante jogam em casa ou fora...

    Principalmente desde Guimarães, passando pelo Nacional, Belenenses e agora Paços, 4 jogos que tiveram casos e sempre, SEMPRE em beneficio dos vermelhos.

    Quanto ao jogo, foi do 8 ao 80...
    Desatenções proprias da falta de entrosamento na defesa e de jogos a este nivel...
    Com um meio campo (2 medios defensivos + 3 medios ofensivos) muito macio, é preciso bater mais, ou querem passar um jogo sem fazer faltas?
    Se não fazem faltas duras, pelo menos encostem ao adversário para este não jogar á vontade.

    Assim expoem a defesa no momento da perda da bola em acções ofensivas, têm de aprender a fazer isso...

    A partir dos 30m foi um corrupio de lances de golo, mas a bola teimava em não entrar, valeu a crença e a raça de virar mais um jogo que tinha começado mal mas que acabou com uma vitória merecida pelo esforço demonstrado...

    Minha equipa para quinta (Dortmund) a pensar na gestão que é necessário fazer com alguns atletas...(pensando que não estão lesionados)
    Casillas, Maxi, Marcano, Indy (Danilo), Layun;
    Danilo (Sergio), Ruben, Evandro;
    Marega/Varela, Aboubakar, Brahimi

    Visto que Herrera e André estão a apresentar cansaço, principalmente o André e o Corona está claramente muito complicativo...

    Simplesmente acho que não temos qualidade suficiente no plantel para lutar em 2 frentes de 3 em 3 dias...e por isso a gestão.

    Gil Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Liga Europa é, nesta fase, para mim, facultativa, e não tenho vergonha de o dizer.

      Abraço

      Eliminar
  3. Olá Sr. Jorge...
    Uma vitória na raça... foi bom... amei ouvir o público do Dragão a puxar pela equipa... honestamente, já sentia falta desta intensidade, deste nervoso miúdinho, deste acreditar infindável... que bom que é sentir o Porto de volta.
    Quanto às criticas à equipa... não se pode criticar nada... zero... neste momento não há tempo para treinar, não há tempo para recuperar e as soluções de recurso foram reduzidas. Que raio... ontem levamos tada a gente que tinhamos disponível e ao olhar para o banco eu só pensava... Mas o que é que o mister há-de fazer? pensei que ele ía tirar Chidosie e meter Evandro, reforçar o meio campo e meter os médios mais à frente, não... tirou Corona, que não estava a fazer nadinha... tá certo... mas e para as alas? quem? o André anda exausto... no banco não havia nada de jeito... Varela? Marega?? não me parece... tipo... o Mister não tem culpa. Só não percebo o que se passa com Bueno... precisamos de ti moço. Com a defesa constantemente a ser remendada, sem conseguir criar rotinas e a treinar em jogo não é fácil. E quando dizem que esta foi a 4ª virada... não meus amigos não foi... foi a 5ª, o problema foi que nos roubaram a 5ª virada. De resto força Porto.... contigo até ao fim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Toda a razão Cila. Quem faz tudo o que pode, a mais não é obrigado.

      Abraço

      Eliminar
  4. Tem feito mais o Zé português num mês, que o ilusionista do País Basco em ano e meio.
    Os PORTISTAS como eu, habituados a vencer, tem de compreender que provavelmente, não iram vencer nada esta época. Isto porque a sad castanha não foi competente.
    Mas estou confiante que no futuro próximo o Sr Peseiro vai resgatar O MEU, O TEU, O NOSSO FCPORTO.

    Luís (O do Nuno Espírito Santo, Pedro Martins, ou Lito Vidigal)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nenhum desses é melhor que o Peseiro. Nem um só.

      Mude lá isso para Luís (O do José Peseiro).

      Abraço

      Eliminar
  5. Caro Jorge,

    Por imperativo pessoal comecei a ver o jogo e já perdiamos por 1 a zero. Passado algum tempo chega o segundo golo do Moreirense e pensei " já fomos". A nossa reacção é excelente e ainda antes do penalti falhamos golos em catadupa. Há uma cabeçada de Suk que o GR defende sem sequer olhar para a bola!!! Simplesmente bate-lhe no braço. Ganhamos na raça. Ganhamos á Porto e repare como foi notório que o publico, pelo menos na TV percebe-se, sempre apoiou porque reconheceu que a entrega, o querer a atitude competitiva estava lá.
    Temos que melhorar a nossa agressividade defensiva. Repare: no segundo golo do Moreirense, para além de mais uma perda de bola de Herrera, o Danilo deixa Iury Medeiros dominar, rodar e fazer o passe sem nunca o pressionar. Não pode e é por isso que ao contrário de si julgo queo double André é importantissimo porque num lance semelhante faria falta em ultima instancia mas parava a jogada. Aos 75 minutos de jogo o Porto tinha 1 falta cometida??!!!! Não pode. Temos que melhorar muito em termos de agressividade e posiocinamento defensivo e não sãoi apenas os defesas.
    No resto fizemos, deixamos tudo em camp e fomos premiados. Grande jogatana de Suk e mais uma vez um Layun que correu kms e sempre com uma predisposição incrivel.
    Quanto ao penalti, confesso que não me parece que exista, contudo é bem diferente do colinho que anda pelo Sul. Por lá já não é preciso cair, basta saltar por cima do adversario para marcarem penalti. Agora vão tentar colar este lance e generalizar a todos os "grandes" que são beneficiados.
    Força Porto. Força Peseiro.
    Raoc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho a certeza que Peseiro vai trabalhar na agressividade defensiva.

      Abraço

      Eliminar
  6. Ora bem, foi de facto um jogo difícil. Temos que realçar o lado bom da coisa, a capacidade de dar a volta, o inconformismo, a raça e o acreditar. Por outro lado, não podemos olvidar as falhas defensivas que nos colocaram nessa posição - para além dos golos (oportunos) era assustadora a facilidade com que apenas 2 jogadores do Moreirense conseguiam provocar o pânico, só Boateng sozinho passava por aquela defesa como faca quente em manteiga. Não têm predicados técnicos ainda? Recorram à cacetada, a certa altura mostraram na estatística que eles tinham 13 faltas contra apenas 1 nossa! Mais agressividade na defesa, jogadores como Bruno Alves não eram mauzinhos só porque sim - se a bola passa, o jogador não pode passar, se possível ainda no meio campo.

    Lá à frente, gostei. Embora se note que falta algum entrosamento para as "tabelinhas" temos que admitir que Suk, sozinho, criou ou tentou mais remates do que toda a equipa criava há uns meses atrás. Gosto do jogador, talvez não seja um portento europeu mas parece aquele tipo de jogador capaz de provocar muitos estragos no nosso campeonato. Bastante bom no jogo aéreo, e sem receio de sair da zona de conforto para ir buscar a bola, ir à linha cruzar, fazer o que for preciso e não apenas ficar à espera.

    Sei que muitos desconfiam de Marega, mas eu até não desgosto do estilo. Um pouco tosco talvez, mas com uma força física e rapidez capaz de furar barreiras, se conseguir aliar isso a um bom remate ou passe no final, será muito útil. Mais uma vez, um jogador típico para consumo interno. A verdade é que precisamos desses para ganhar campeonatos... os virtuosos por vezes emperram, temos que recorrer aos todo-o-terreno.

    Um realce especial para o jogador, muitas vezes "patinho feio" do público, Herrera. Aquele terceiro golo é dele. Valeu!

    Estes são os jogos que podem valer/custar um campeonato. Para já, continuamos a acreditar. A diferença qualitativa entre "nós" e "eles" ainda existe, mas é menor a cada dia. Interessa é sobreviver durante esta fase de crescimento.

    Começa a ser óbvio que JJ estará a seguir a mesma opção do ano passado... acabar com as "distrações" para se focar num único objetivo. Não o censuro, parte de mim (racional) concorda que, para nós, sair agora da LE seria vantajoso. Mas a parte emocional não aceita isso tão bem - temos que dar tudo por tudo, se não chegar, amigos na mesma.

    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ver vamos. Desde que não tolha a equipa...

      Abraço

      Eliminar
  7. Foi um bom jogo do FCP, apesar de a defesa estar totalmente aos remendos. O Chidozie confirma apenas aquilo que estava a vista de todos: é um projecto de (grande) jogador, que ontem cometeu erros de júnior - na verdade, aquilo que ainda é. Para já, o Chidozie só é opção numa equipa da I Liga: no F.C.P., que não tem mais opções. Ainda não consigo perceber as críticas de alguns adeptos aos reforços de inverno do FCP: o Suk ontem fez um grandíssimo jogo, sozinho devastou a defesa contrária - nota-se que está muito mais entrosado do que o Marega, por exemplo, que tem menos tempo de FCP. Não é fácil chegar a uma equipa no estado em que está o FCP e tudo correr bem, sobretudo quando os adeptos cobram por tudo e mais alguma coisa. Para mim a grande diferença é que antes, com o Lopes, o Porto, a perder, a ganhar ou a empatar, jogava sempre da mesma maneira. Agora não é bem esse o caso…

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jogar na raça, na luta e no querer, é tudo o que se pode pedir... numa pré-época.

      O resto, vem com o tempo.

      Abraço

      Eliminar
  8. Quem não está bem fisicamente ou psicologicamente tem de ir para o banco! Não adianta ter André^2, Corona e outros em campo só por ter... Se não estão bem, banco! Suk ontem correu por 3, precisamos de mais destes dentro do campo.
    Para quinta gostava de ver um 4-4-2 com dupla Suk e Aboubakar.

    Abraços!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez, quem sabe. Não temos nada a perder!

      Abraço

      Eliminar
  9. Caro Jorge,

    Como sempre na "mouche"! Foi um remontada na Raça, sem dúvida. Só isso nos valeu para não sairmos de novo derrotados. Valeu pela entrega e abnegação, contra o azar de não marcar e de sofrer nas primeiras investidas adversárias. Temos Porto e uma nova alma a ressurgir no Dragão.

    Abraço,

    Joker

    ResponderEliminar
  10. Caro Jorge,
    Esta foi uma vitória difícil, mas muito importante, pautada pela garra e o querer da equipa que nunca desistiu de procurar dar a volta a um resultado negativo.

    Cumprimentos

    Ana Andrade

    www.portistaacemporcento.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde,

    Na raça, caralho! :D

    Há muito que não via os jogadores do FCP lutarem tanto em campo. Os adeptos também estiverem excelentes e desta vez ajudaram bastante. Sem eles não seria possível.

    Herrera tem jogado muito. Apesar de levar com assobios quase todos os jogos tem conseguido grandes exibições. Surpreendeu-me bastante. Suk também entregou-se ao jogo completamente. Tem menos classe que o Aboubakar mas tem muita alma e nunca desiste.

    Precisamos sofrer menos golos.

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A luta na posição 9 ganhou um fôlego muito grande.

      Continuo sem perceber a obsessão contra Herrera, mas enfim.

      Abraço

      Eliminar
  12. Aquando do 2º golo dos conegos, virei-me para o meu irmão e disse-lhe que se marcassemos um golo antes do intervalo, dariamos a volta ao resultado e o Suk marcaria de... cabeça!

    Ainda bem que os jogadores leram o meu pensamento!

    ResponderEliminar
  13. Caro Jorge

    Não podemos estar sempre de acordo, para mim é um penalti muito forçado, mas também já vi mais flagrantes e não foram marcados.

    Agora o que quero destacar deste jogo foi a força de vontade, de crer, ambição e orgulho demonstrada pelos jogadores. Sinceramente há jogadores neste momento que precisão de ir passar uns tempos no banco, entre eles Brahimi, Corona André André (desde que teve a lesão que está a precisar de descançar, parece que anda a gasóleo).

    Também gostei de ler por essa blogosfera que o Suk já é um grande jogador, quando até á pouco tempo estavam a descascar na direção pela sua contratação.

    Estou a gostar de ver o telejornal da rtp1 para eles foi um jogo muito polémico, mas não ouvi dizer o mesmo ontem relativamente ao jogo dos vermelhos. Já sei que ninguém tem resposta mas até quando é que isto vai continuar.

    Abraço
    Miguel S

    ResponderEliminar

  14. Alguém é capaz de me explicar porque é que o Chidozie fez aquilo no jogo de ontem e na equipa B não dava essas barracadas. Duvido que haja alguma explicação, logo se for preciso é de meter o Chidozie nos juniores, ainda vai a tempo de aprender a não dar barracadas posicionais.

    Verdasca já deve estar a reclamar duma oportunidade na equipa principal.

    Outra vez, Peseiro terá muito trabalho pela frente.

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde Jorge Vassalo,
    Depois do escândalo de Sábado já se previa que eles arranjariam qualquer coisa para envolver o Porto para disfarçar. Comparar o penalti de P. Ferreira com o do Dragão é inacreditável. Deixo aqui um comentário de Eurico que ilustra o nojo que os arranjinhos do clube do regime provoca. Ao menos Eurico Gomes põe o dedo na ferida da farsa que é a farsa do futebol português. Abraço

    http://www.record.xl.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/detalhe/eurico-gomes-enojado-apos-p-ferreira-benfica.html

    ResponderEliminar